Nosso passeio inesquecível no Long Point Provincial Park

No domingo resolvemos mudar o “sentido” dos nossos passeios – já que quase sempre vamos para o norte – e fomos para o sul. Se você pensar em Toronto como o centro ou o início da sua jornada, para todos os lados que você for você terá um lago diferente para explorar. Se você for para o Norte terá a Georgian Bay, se for para Leste pode explorar outras partes do lago Ontario ou até lagos menores como os lagos de Muskoka e também de Kawartha, se você for para Oeste você pode explorar o lago Huron. E, se você for para o Sul – como fomos neste passeio – você irá explorar o lago Erie, que é um dos maiores lagos do mundo (o número 11 para ser mais exata).

Por que ir para o Long Point Provincial Park?

Se você olha no mapa vai ver uma ponta que se destaca no sul de Ontario – que é na verdade uma ponta bem longa, de 40km. Essa ponta é o Long Point e tem cidade, parque provincial e duas National Wildlife Areas. O local é considerado um UNESCO World Biosphere Reserve e é parada para os pássaros que estão migrando e 383 diferentes tipos de pássaros já foram registrados ali. Inclusive, preciso dizer aqui, nosso passeio a pé foi acompanhado pelo canto de pássaros o tempo todo e foi lindo. O parque Long Point Provincial Park fica nessa ponta e vale o passeio pela sua beleza, pela sua praia e pela diferença de paisagem que você vai encontrar na região: eu nem acreditava que tinha um lugar assim tão perto de Toronto. Por alguns momentos imaginei que estava na Flórida.

O trajeto e o que ver no caminho

O trajeto Toronto > Long Point demora 2:15 horas de carro (180km) e não é perto. Você passa por estradas locais e vê muito verde e plantações, até chegar na beira do lago e esquecer do tempo que está no carro (vale a pena!). Sempre que planejo um passeio de carro eu acabo vendo “atrações” e “lugares fotogênicos” no caminho, porque assim o tempo no carro não fica tão cansativo. Abaixo segue a lista dos lugares que passamos – e gostamos – até chegar no Long Point.

Caledonia é uma cidadezinha super charmosa com menos de 10 mil habitantes, que é famosa pela sua ponte cheia de arcos e também um mill lindo de 1846, que se destaca passando pela estrada local e fora dela. A ponte – de 1927 – é chamada de Argyle Street Bridge e possui vários arcos com mais de 200 metros atravessando o Grand River. Dependendo do caminho que você pegar ela estará no seu trajeto. Uma coisa interessante é que na parte norte da ponte há uma casa antiga de estilo vitoriano que é a toll house. É lá que a pessoa que coletava o pedágio morava. A casa é linda mas achei bem abandonada.

Port Dover é uma cidade praiana bem popular por aqui. Nunca tínhamos ido e resolver passar de carro para dar uma olhada. Como imaginei estava lotada, mas a praia está fechada. Imagino que seja muito gostoso passar o dia por lá. O local tem pier, farol, marina, muitos restaurantes e lojinhas, tudo bem estilo praiano. Inclusive me lembrou vagamente algumas praias na Califórnia pelo estilo das lojinhas na beira da praia.

Norfolk County é o nome dessa região que engloba o caminho que fizemos entre Port Dover e Long Point. Eu achei a região bem rural, mas com algumas casas/mansões no caminho. Essa região é conhecida pelo enorme número de cervejarias e vinícolas – clique aqui e veja a lista. Desta vez nós não focamos em visitar estes locais porque acredito que estão fechados, mas já deixei anotado para uma próxima visita. Vale falar que há a Waterfront trail passa pela região – na beira do Lake Erie.

Port Rowan é uma cidadezinha super pequena que tem uma marina linda, com um parque e uma vista especial do Long Point. Tem alguns festivais de verão e em todos os lugares que li havia indicação para visitar a sorveteria da cidade, a Twins Icecream Parlour. Nós não fomos e me deu muita vontade – nem passei na frente então não sei se está aberta.

Praias e mais praias: a região é repleta de praias e eu fiquei impressionada quando pesquisei mais sobre o local. Claro que a maioria delas está fechada diante da pandemia, mas fica aqui um link para vocês clicarem e explorarem outros lugares quando tudo isso passar – clique aqui. Nós certamente iremos voltar neste verão e eu vou mostrar para vocês mais roteiros e passeios em outros lugares lindíssimos de Ontario.

Long Point Provincial Park

Eu sempre quis visitar este parque provincial e achei que seria uma boa opção durante a pandemia: estava certa. O parque estava VAZIO e isso deixou a gente muito a vontade para explorar tudo. Inclusive quando entramos e perguntamos o que estava aberto a atendente que nos vendo o passe ($15.50 para o dia) disse que poderíamos utilizar tudo, já que não tinha quase nenhum visitante. Quando ela viu que tínhamos crianças indicou até o parquinho, mas não usamos porque não quis arriscar.

Quando perguntei sobre a praia – porque todas as praias do caminho que fomos estavam fechadas – ela falou que não poderíamos ficar parados na praia, mas caminhando e evitando contato social (i.e. estar próximo das pessoas) não causaria nenhum problema. E foi isso que fizemos. Ah, e vale falar que os banheiros estavam abertos e as torneiras para lavar o pé e dar banho nas crianças também, então a nossa ida à praia (mesmo que para caminhar e não passar muito tempo) foi muito bem aproveitada.

O parque é conhecido não só pela sua praia, mas pelo seus campings – são 256 camp sites – e a praticidade de acampar na beira da praia e no meio de uma natureza incrível. Eu não sou fã de acampar, mas fiquei com vontade em um lugar assim, tão lindo e tão perto da natureza. E os caminhos que passam entre os campings são perfeitos para andar de bicicleta. Levamos a bicicleta do nosso filho mais velho e o patinete do menor e eles adoraram. O pequeno nem quis tirar o capacete na praia…

Nosso passeio no local foi incrível e renovou nossas energias. É um lugar muito lindo e de muita paz. Vale falar que além dos pássaros o local é cheio de tartarugas: nós vimos uma e eu consegui registrar uma foto.

Dicas importantes

Não há nenhum restaurante ou café de rede no caminho – o último Tim Hortons que vimos foi em Port Dover, e estava LOTADO. Então a dica é levar a comida para ficar no parque com calma. Como o camping não está aberto está tudo bem vazio – mas extremamente organizado e limpo – então você consegue facilmente sentar e comer nas diversas mesas de picnic e curtir a natureza do local e a companhia daqueles que você ama. Ainda, como disse, os banheiros estão abertos, então nesse ponto você não precisa se preocupar.

Espero que tenham gostado do passeio e aguardem porque tenho mais roteiros e dicas para passar de passeios que fizemos nas outras semanas e também dos novos passeios que estou organizando para os próximos finais de semana de calor. E não deixem de ver abaixo uma lista de alguns posts com passeios e lugares para conhecer em Ontario que já foram escritos aqui no blog:

Região de South Georgian Bay

Awenda Provincial Park e arredores

Elora e arredores

10 parques provinciais e áreas de conservação para passear perto de Toronto

10 lugares em Ontario que queremos visitar quando tudo voltar ao normal

Gananoque e a região das 1000 Ilhas

13 lugares curiosos que você não deve deixar de conhecer em Ontario

Stratford

A “ponte do beijo” no interior de Ontario

Cachoeiras de Hamilton

1 Resultado

  1. Anna disse:

    Lugares lindos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *