Awenda Provincial Park e arredores

No final de semana resolvemos no aventurar a 2 duas de Toronto, no Awenda Provincial Park. Apesar de grande parte deste parque provincial estar fechada – camping, algumas estradas e banheiros – nosso objetivo com o passeio era explorar toda a região (e não somente o parque) então fomos mesmo assim. O tempo estava nublado e até pegamos alguns chuviscos, mas nada impediu de aproveitarmos MUITO o passeio e nos apaixonarmos pelo lugar. Neste post vou contar um pouco sobre esse dia especial para vocês. Já adianto que este post não terá muitas fotos porque estava bem chuvoso e com neblina, mas eu não poderia deixar de vir dar essa dica para vocês.

Como o roteiro do dia foi estabelecido

Estamos no meio de uma pandemia e não há banheiros nem hotéis disponíveis para curtirmos a região por mais tempo – isto é, por um final de semana inteiro e não somente um dia. E sabendo disso montamos um roteiro de passeio que infelizmente não nos dá a oportunidade de explorar em detalhes todos os lugares que visitamos, mas conseguimos conhecer um pouco, o que já nos deixa muito feliz. Nem sempre as coisas correm como o planejado nesses passeios: já chegamos a dirigir uma hora para um destino e ao chegarmos lá o local estava, demos meia volta e voltamos para Toronto, literalmente. Mas nos arriscamos mesmo assim, porque gostamos de dirigir e ficar horas na estrada. Os meninos também adoram.

No caso deste passeio específico nós fizemos o trajeto Toronto > Barrie inicialmente, para colocarmos carga no nosso carro elétrico. Para quem não sabe fazemos todos os passeios utilizando nosso Tesla e amamos a experiência de ter um carro extremamente confortável, moderno e com autonomia de mais de 500km. Eu prometo que irei falar mais sobre o carro em outro post. Apesar de não precisarmos parar para colocar mais carga, sempre fazemos porque queremos ficar tranquilos enquanto exploramos as cidadezinhas e estradas secundárias dos locais que visitamos. Em Barrie há dois supercharges da Tesla (você pode ver a localização de todos os carregadores da Tesla na América do Norte aqui).

De Barrie seguimos quase que em linha reta até o parque provincial na ponta da Península Penetanguishene, passando por cidadezinhas como Midhurst, Elmvale e pequenas comunidades que fazem parte do município de Tiny, como Perkinsfield e Lafontaine. Alguma observações sobre a região:

  1. No caminho você passa por um zoológico chamada de Elmvale Jungle Zoo e eu confesso que me partiu o coração quando vi. Eu detesto zoológicos mas este, localizado na beira da estrada, está em péssimas condições e mesmo assim, da estrada mesmo, você vê os animais.
  2. Assim que você passar de Elmvale e entrar no município de Tiny você vai notar uma trilha paralela à estrada. Essa trilha faz parte do The Great Trail e é simplesmente linda: com pontes e muitas árvores. Paramos para dar uma caminhada e deu vontade de fazer ela toda. A parte da trilha que passa em Tiny está especificada neste mapa interativo aqui.
  3. Como falei anteriormente nossos passeios de quarentena são restritos já que não podemos dormir nos locais que passeamos, então não conseguimos explorar as inúmeras praias localizadas na parte leste da Península. Mas fica aqui a dica de algumas que li que são lindas: Bluewater beach, Jackson beach park e La Fontaine beach.
  4. Se você quiser comprar comidas e beliscos para um picnic antes de chegar no Awenda o lugar com mais opções é Elmvale, incluindo drive thru de McDonalds e Tim Hortons, se você estiver planejando o passeio durante a pandemia e não quiser entrar em nenhum estabelecimento comercial.

Sobre o Awenda Provincial Park

O Parque Provincial de Awenda foi fundado em 1975 e abrange 2915 hectares no extremo norte da Península Penetanguishene na região da Georgian Bay. Existem 333 lugares para acampar (102 são elétricos) e, como falei antes, todos estavam fechados quando fomos. Há ainda no local um cottage, que pode ser alugado. O parque ainda possui uma área coberta para picnic na área de Trail/Activity Centre, uma loja, banheiros e há equipamentos para alugar equipamentos (como canoas). Dentro de parque ficam cinco praias, sendo que a mais procurada e com mais areia é a Methodist Point Bay, que também é a mais afastada. Clique aqui para ver o mapa do parque. Você pode ver mais informações sobre atividades e facilities clicando aqui e aqui, respectivamente.

O que torna o Awenda tão especial

Nós só conseguimos passear nos finais de semana, porque trabalhamos full time nos dias de semana. E com isso eu fico sempre muito apreensiva em escolher lugares para passear: não quero achar lugares comuns. Quero cidadezinhas e parques pouco conhecidos, onde eu sei que não haverá muitas pessoas e poderemos curtir mais tranquilamente nosso passeio, mesmo que a maior parte dele seja feita de dentro do carro. Quando eu procurei lugares para visitar todos que apareciam eram comuns e foi ai que comecei a olhar por regiões que nunca fomos e veio a Península Penetanguishene e o Awenda. E comecei a ler que as trilhas e a natureza do local é mais bonita na primavera, quando o verde claro das árvores se destaca. Não pensei duas vezes e fomos.

Certamente dirigir pela estrada principal do parque me fez esquecer de tudo que estamos vivendo e renovou minhas energias: que maravilhoso. O Parque Provincial de Awenda é o lar de uma floresta decídua temperada – ou seja, uma mata que perde todas as suas folhas no outono e inverno. Com isso, na primavera a floresta fica com um verde muito claro e vivo, que é maravilhoso. É uma visão verde limão que não sai na minha cabeça desde que visitamos. Vale falar que partes das árvores do local tem mais de 260 anos de idade.

O local tem muitos white trilliums, a flor símbolo de Ontário que eu nunca tinha visto. Encontrar a flor me emocionou porque eu consegui perceber que estava sim explorando o local que escolhemos morar muito mais do que as atrações óbvias e conhecidas, mas de uma maneira profunda. E, para completar tudo isso, o Awenda tem 17 sítios arqueológicos que provam que a área foi ocupada por seres humanos há 11.000 anos atrás.

As cidades vizinhas

Depois de explorarmos trilhas paralelas à estrada principal no parque – não nos aventuramos em nenhuma região mais afastada já que a maioria das estradas estavam fechadas e também não fomos na beira do lago – seguimos pelo lado oeste da península, para visitar duas cidades que tínhamos muita curiosidade em conhecer: Penetanguishene e Midland. Infelizmente nessa hora a chuva e a neblina começaram a cercar a região, mas mesmo assim achamos tudo lindo e a região me lembrou muito algumas cidadezinhas da costa Atlântica do Canadá.

Penetanguishene é uma cidade linda com uma população de 9000 habitantes. O destaque da cidade – além da bela natureza – é o Discovery Harbour (uma base naval e militar super histórica), com réplicas de barcos de 1812 (o HMS Bee e o HMS Tecumsethe) e o fotogênico King’s Wharf Theatre. Há ainda o Parc Rotary Champlain Wendat Park, onde você tem uma vista linda da cidade e das torres da igreja católica St. Anne. E se você gosta de igreja como eu não pode perder de visitar a igreja St. James on-the-Lines de 1840.

Midland é maior e é considerada o centro econômico da região. A igreja Martyrs’ Shrine é linda e uma das atrações mais importantes do local, sendo que o Papa João Paulo II já foi até lá fazer uma missa e tudo! Ao redor do lago o que chama a atenção é a arte do ADM Milling Company, que ilustra índios e padres e é enorme. Uma pena que o clima não estava bom e a foto ficou péssima, mas está ai para vocês apreciarem.

De Midland voltamos para Toronto pois os meninos não aguentavam mais ficar no carro: o clima estava muito ruim e infelizmente não conseguimos explorar alguns lugares e parques que tínhamos colocado no nosso roteiro, como o Little Lake Park.

Espero que tenham gostado do post. Não deixem de comentar o que acharam e se já conheciam a região. Estamos explorando lugares incríveis e bem pouco conhecidos e nos próximos dias estarei mostrando mais destes lugares e trazendo roteiros e curiosidades destas regiões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *