O que fazer para fugir da winter blues, a depressão de inverno

dsc_8875

Comumente eu vejo pessoas usando a palavra depressão quando estão se referindo a um inverno ou frio rigoroso. E apesar da maioria destas pessoas usarem o termo de uma maneira geral esta depressão de inverno é considerada doença, tem nome e sobrenome e é super comum por aqui. Seasonal affective disorder (SAD) ou em português desordem afetiva sazonal é um conjunto de transtornos de humor que acontece durante uma determinada estação do ano, repetidamente, em pessoas que possui uma saúde mental normal durante a maior parte do ano. A SAD é conhecida também como depressão de inverno, winter blues, depressão de verão (sim, tem gente que fica deprimida no verão) ou depressão sazonal, é bem mais comum no inverno. Em resumo as pessoas que sofrem de SAD são afetadas pelos dias curtos do inverno (i.e. menor exposição ao sol) e há uma maior produção de melatonina no corpo, causando letargia e sintomas de depressão.

Como hoje é dia 15 aqui no blog – dia do projeto #vidaemTO – eu e mais 4 blogueiras brasileiras que moram aqui em Toronto iremos escrever sobre o mesmo tema, que é o que fazemos para fugir do winter blues, a depressão de inverno que pode pegar qualquer pessoa, mesmo aquelas bem positivas e que curtem a neve e o frio. Abaixo irei dar 10 dicas do que eu faço e do que é recomendado fazer para que vc consiga passar bem pelos quase 6 meses de frio que acometem a cidade.

1. Seja um caçador do sol

A falta de sol é um dos principais contribuidores da depressão sazonal e de seus sintomas, como fadiga, irritabilidade e mudanças de humor. Estudos mostram que a exposição ao sol auxilia o seu cérebro na produção de serotonina, um hormônio que age como antidepressivo natural. Diante disso nos poucos dias de sol do inverno – clique aqui e leia mais sobre isso – eu costumo sair para caminhadas, sempre me agasalhando bastante (porque os dias de sol são geralmente os mais frios). Quando estou no trabalho e abre um sol eu sempre tento dar uma escapada e caminhar para pegar um chá no outro prédio, para poder pegar um pouco de sol.

2. Tome vitamina D

Suplementar vitamina D é importante para todos. De acordo com alguns estudos nós precisamos de 15 minutos de sol diretamente na nossa pele muitos dias por semana entre Maio e Setembro para termos reservas de vitamina D durante alguns meses do inverno. Em outubro – quando o frio tende a chegar – os níveis de vitamina D estão ideais mas acabam baixando nos próximos meses. Em janeiro os níveis já estão super baixos e é ai que é indicado a suplementação com cápsulas ou vitaminas. Se você for em uma farmácia verá que há diversas opções e os preços são ótimos (há tubos com 120 cápsulas por C$4). Eu não estava tomando neste inverno e após começar a tomar notei que meu ânimo aumentou muito.

3. Pratique algum esporte de inverno

Talvez seja difícil imaginar mas pessoas que gostam de fazer ski e snowboard esperam ansiosos o ano todo pelo inverno, quando eles conseguem praticar seu esporte favorito.
Praticar um esporte de inverno pode ajudar a substituir sentimentos ruins e o desânimo que o frio pode trazer por sentimentos de animação. Esportes como ski, snowboard e patinação no gelo proporcionam adrenalina além de serem geralmente praticadas ao ar livre e serem esportes, que são ótimos para a saúde. Clique aqui e aqui e veja posts sobre estações de ski próximas de Toronto. Se quiser uma lista de esportes de inverno clique aqui e veja o item 4.

4. Coma de uma maneira inteligente

Ninguém merece fazer dieta quando está -40C lá fora e você não consegue sair de casa, não é mesmo? Mas também engordar um montão durante o inverno não vai fazer com que você se sinta melhor. O jeito é comer de uma maneira inteligente. Eu estava conversando com nutricionistas no hospital que trabalho e elas falaram que dão várias dicas para os pacientes sobre quais alimentos eles devem escolher durante o inverno. Peixes ricos em ômega-3, frutas vermelhas, frutas cítricas, leites, chocolate amargo, bananas e peru são exemplos de alimentos que podem ajudar a melhorar o humor e a ansiedade. Evitar açúcar e carboidratos também é recomendado.

5. Planeje uma viagem para o calor

Acredito que 99% dos canadenses que eu conheço planejam uma viagem para algum lugar quente – geralmente algum lugar do Caribe ou México – durante o inverno. E se você está curioso há várias agências de turismo e pacotes de viagem (e os preços são ótimos!). Entre eles Flight Centre, iTravel2000 e Air Canada Vacations. É engraçado mas se você pesquisar agora verá que a maioria das promoções é para lugares quentes.

6. Pratique exercícios físicos

Ficar trancado dentro de casa porque está frio não vai fazer nada por você – ou melhor, vai fazer com que você fique mais depressivo e se sinta ainda pior. Exercícios físicos são fundamentais para melhorar a nossa qualidade de vida, e no inverno eles são ainda mais importantes. Se está muito frio lá fora hgá várias opções para você se exercitar indoors. A cidade de Toronto possui diversos centros comunitários que possuem academias e aulas de ginástica. Você também pode se exercitar nos shoppings – eles abrem mais cedo e você vai encontrar muitas pessoas caminhando por lá – e até no The Path, a cidade subterrânea daqui.

7. Visite lugares fechados de Toronto

Uma dica legal é aproveitar que está frio lá fora para conhecer museus, restaurantes e shoppings, lugares “fechados” que você não vai querer estar nos poucos meses de calor da cidade. Toronto possui várias atrações e inúmeros museus, a maioria deles está listado neste checklist de atrações da cidade que eu preparei.

8. Faça a terapia da luz

Se você estiver realmente sentindo os efeitos da SAD e da falta de luz há uma terapia chamada de terapia da luz que é comprovadamente eficaz para melhorar seu humor. Segundo relatos 30 minutos recebendo esta luz artificial pode ser tão eficaz quanto a medicação anti-depressiva que é usada em casos mais extremos. Algumas filiais da Toronto Public Library fornecem esta terapia (leia mais aqui). Abrir cortinas e sentar-se mais perto de janelas também pode ajudar a fornecer uma dose extra de sol.

9. Mantenha-se ocupado

Estar ocupado é maravilhoso e faz com que você mantenha sua cabeça ocupada de coisas positivas e não de pensamentos negativos. Organizar uma festa, leia um bom livro, fazer projetos para o verão, escrever um blog sobre sua experiência no inverno canadense, organizar álbuns de viagem, visite lugares diferentes, conheça diferentes restaurantes de diferentes cozinhas do mundo, trabalhe bastante (para poder folgar mais nos meses mais quentes)… há tantas coisas que você pode fazer para se manter ocupado e evitar se preocupar tanto com o frio lá fora. Eu, por exemplo, tiro o inverno para trabalhar muito pois durante o verão eu gosto de passar o final de tarde na frente do lago e jantar por lá. Outra coisa que faço é organizar fotos e organizar a casa em geral, para deixar tudo limpo e no lugar para os meses quentes (que são quando geralmente recebemos visitas).

10. Embrace Winter

Eu adoro este termo e sempre uso ele quando recebo mensagens de leitores que não sabem o que fazer no inverno. O termo significa que você deve acolher o inverno e curtir tudo relacionado a ele (até o frio). O Canadá é frio e mesmo nos locais mais quentes (como Toronto, por exemplo) você vai ter 6 meses de frio, com temperaturas de 1 dígito e até negativas com 2 dígitos. Não dá para ficar 6 meses do ano trancado em casa ou reclamando que está frio – porque certamente nestes casos o winter blues vai te pegar. Temos que viver e curtir todos os momentos que a nossa vida Canadense nos proporciona. Já até escrevi aqui no blog um texto cujo título é uma das perguntas mais frequentes que recebo aqui no blog: “Como você consegue aguentar o frio?”. Minha resposta à esta pergunta foi simples: da próxima vez que alguém me perguntar como eu consigo aguentar o frio eu irei responder com a seguinte pergunta: “Como você consegue aguentar a mesma estação durante todo o ano?”. Ter as 4 estações do ano bem definidas é privilégio de poucos locais e eu agradeço sempre por morar em uma cidade que nos proporciona isso. Leia mais aqui.

Não deixe de acompanhar o que as outras meninas que participam do projeto tem a dizer sobre este assunto:

vida-em-to
Carina Outside Brazil
Livi Baianos PóloNorte
MariVirei Canadense
MirellaMikix



  • 8 Responses

    1. Livi disse:

      Apesar de não ser a minha estação favorita eu sempre tento aproveitar o inverno e as coisas que só temos nessa época. Mas chega uma hora que preciso fugir pelo menos uns dias pra procurar o sol. Não tem jeito 😉
      Beijos

    2. Eu não gosto do inverno, mas deixar que ele te atinja não pode, tem que ser forte e correr atrás de coisas legais para fazer, além de ficar atento a vitamina D e pequenos detalhes que faz a alegria voltar 😉
      Bjão

    3. Alessandra disse:

      Post perfeito Gaby. Sério, suas dicas são ótimas e cobrem tudo que alguém que está vindo para Toronto precisa saber. Obrigada por compartilhar tudo isso com a gente!

    4. Mariana disse:

      Realmente, não dá para passar 6 meses do ano reclamando de frio! É necessário EMBRACEar a estação mesmo!
      Morei em NY por 2 invernos e apesar de obviamente sentir o frio, foram os melhores dois invernos da minha vida! Agora aguardo, um dia estarei curtindo o inverno do Canadá! Uhuuu

    5. Mariana disse:

      Adoro seu blog! Ele me foi muito útil quando morei em Toronto! Dá um ânimo a mais ver como você curte ao máximo a vida canadense e sempre mantém o alto astral mesmo com as dificuldades do clima rigoroso! Seus posts inspiram a gente a curtir mais a cidade e manter sempre a positividade!É inspirador! Obrigada! 🙂

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *