Um guia básico sobre bolsas de estudo para fazer doutorado no Canadá

Uma das dúvidas mais frequentes de quem me segue aqui no blog e nas redes sociais (instagram, facebook e youtube) é sobre bolsas para estudo aqui no Canadá. Para quem não sabe o Canadá surgiu na nossa vida porque eu vim para cá fazer meu doutorado (PhD) e eu tenho vídeo e post no blog contando os detalhes desta história incrível (clique aqui para ver). Mesmo com várias dicas sobre estudar no Canadá – leia aqui – eu ainda recebo dicas específicas sobre o pagamento, porque sei que é um ponto importante e que muitas pessoas acabam não conseguindo realizar seus sonhos por causa da parte financeira.

O que você precisa saber antes de tudo?

Alguns pontos importantes que eu preciso deixar claro para vocês, lembrando que eu não sou expert no assunto e que falo baseado na minha experiência (terminei meu doutorado em 2014 e muita coisa pode ter mudado):

  • O Canadá tem sim um sistema de empréstimo de verbas para as pessoas estudarem em uma instituição de ensino superior. O nome disso é student loans e você pode saber mais clicando aqui. Geralmente estes empréstimos não são dados para estudantes internacionais e eles variam muito entre províncias e cursos. Esta pode ser uma opção mas muito melhor tentar um grant (bolsa) que você não precisa pagar quando acabar os estudos, não é mesmo?
  • Tuition é o termo usado para a mensalidade que você irá pagar para estudar nas universidades daqui. Os valores geralmente estão expressos em detalhes nas instituições de ensino, então se você quiser saber quanto custa é sé pesquisar no site do Graduate Studies da instituição que você quer estudar. Note aqui que os termos são diferentes do que estamos acostumados no Brasil: undergraduate refere-se à graduação e graduate à pós-graduação. Clicando aqui você pode ver o site do Graduate Studies da Universidade de Toronto, que é onde eu fiz meu PhD.
  • O valor da tuition para estudante internacional é maior do que para canadenses ou residentes permanentes. E este é um dos grandes motivos de todo mundo realmente querer uma bolsa de estudos, porque fazer um PhD como estudante internacional pode ser muito caro, quase impossível de pagar. Vale falar que as instituições tem algumas exceções – clique aqui para ver a da UofT -, então vale você se informar para saber se pode se enquadrar e pagar menos.
  • Algumas universidades só admitem alunos que tenham um baseline funding, ou seja, você tem que ter um valor mínimo para contribuir com seu grupo de pesquisa e departamento.
  • Você deve entender como funciona o programa que está buscando e se você terá a oportunidade de ganhar dinheiro trabalhando dentro da universidade (como teaching assistant por exemplo) ou fazendo pesquisa (como research assistant). Vale falar que algumas bolsas estão vinculadas a você fazer essas assistantships e às vezes o valor do seu trabalho dando aula ou trabalhando em pesquisa está vinculado ao pagamento da tuition. Você não pode esquecer que o doutorado aqui no Canadá é geralmente focado em pesquisa e embora você tenha sim oportunidade de dar aulas saiba que a pesquisa científica será a maior parte dos seus dias. E não, você não conseguirá trabalhar em mais nada a não ser ela. O programa é full-time para quem consegue bolsa.

Quem pode me ajudar a escolher a melhor bolsa para eu aplicar?

É super difícil das dicas específicas sobre as melhores bolsas de estudo que você deve aplicar. O tipo de bolsa depende da área, do ano que você está aplicando, do seu currículo, da instituição que você está buscando… mesmo se a sua área e o seu projeto for parecido com o meu, eu ainda assim não posso te ajudar com dicas específicas porque existem vários fatores que são levados em consideração quando você for escolher o tipo de bolsa que irá aplicar. A melhor pessoa para te dar esta dica é seu futuro orientador. E sim, na prática você pode aplicar para várias. Mas, dependendo da instituição ou departamento que você está aplicando, pode haver um processo interno e também as aplicações podem ser muito diferentes. Algumas delas podem simplesmente “não ser para você” e ai você estará gastando tempo e energia em algo que não irá ter resultado. Eu acho que na vida da pesquisa científica a gente não pode ficar “atirando” para todos os lados e temos que utilizar nosso precioso tempo naquilo que é importante, que muita vezes pode ser ler e nos atualizar na nossa área de pesquisa e não fazer diversos projetos para bolsas que não são as certas para o nosso perfil.

Algumas opções de bolsas

Segue algumas opções de bolsas que inclusive estudantes internacionais podem aplicar. As bolsas são ótimas e além de você ter o funding para fazer seus estudo aqui, ter elas no ser CV é muito bom e certamente irá te abrir portas para outras oportunidades na área de pesquisa no Canadá – e fora dele. Vale pesquisar sobre elas e ver quais você se aplica e quando entrar em contato com possíveis orientadores já mostrar o seu conhecimento do processo, mesmo que ainda pequeno. Segue abaixo algumas destas bolsas:

National Research Councils

O governo canadense concede financiamento para pesquisa e treinamento de doutorado em diferentes campos por meio de um grupo de órgãos federais de pesquisa e desenvolvimento. A maior parte destas bolsas de doutorado é para cidadãos canadenses ou residentes permanentes, mas há alguns prêmios ou programas de financiamento que são disponibilizados para estudantes internacionais. Vale ficar de olho! Segue os 3 grandes grupos de bolsas:

  • The Social Sciences and Humanities Research Council (SSHRC) na área de humanas e ciências sociais: clique aqui
  • The Canadian Institutes of Health Research (CIHR) na área de saúde: clique aqui
  • The Natural Sciences and Engineering Research Council of Canada (NSERC) na área de ciências naturais e engenharia: clique aqui

Vanier Canada Graduate Scholarships

A Vanier CGS é um programa de bolsas de estudo para estudantes internacionais virem fazer os cursos de pós-graduação aqui no Canadá, com o valor de $50,000 por ano. Notem aqui que este valor não é muito alto, pois você deverá pagar todos os seus gastos e a tuition da Universidade, mas é um começo e sempre dá para aplicar para bolsas internas na instituição que você está e trabalhar em alguma atividade relacionada ao seu curso. São dadas exatas 166 bolsas por ano, sendo distribuídas nas 3 áreas/grupos de bolsas citados acima. Veja mais aqui.

IDRC Doctoral Research Awards

IDRC é o International Development Research Centre, um departamento do governo canadense para canadenses, residentes permanentes do Canadá e cidadãos de países em desenvolvimento que buscam estudos de doutorado em uma universidade canadense. São 5 as áreas que são funded e você pode ver elas clicando aqui. Há chamadas para funds de áreas e temas específicos e vale acompanhar clicando aqui. Note que os valores pagos são pequenos e geralmente não passam dos $20,000 por ano.

Mitacs Accelerate Fellowship

Eu gosto muito deste programa da MITACS, porque além de você ganhar o dinheiro para terminar os seus estudos você é conectado com empresas e terá também experiência na sua área, tendo este plus a mais no seu currículo. Essa bolsa serve tanto para mestrado quanto doutorado e você pode ver mais informações aqui. Vale acompanhar o site da MITACS porque eles tem outros tipos de bolsas e projetos, sempre com essa idéia de conectar estudantes com empresas fora do ambiente acadêmico, o que nem sempre é possível durante um doutorado.

Pierre Elliott Trudeau Foundation

Essa bolsa com o nome de um antigo primeiro ministro do Canadá – pai do atual Justin Trudeau – oferece bolsas de pesquisa para doutorado em ciências humanas e sociais em qualquer universidades canadenses. A única coisa aqui é que você precisa ser aceito para fazer seu doutorado primeiro e ai a universidade que te aceitou irá te recomendar para esta bolsa. Clique aqui para mais informações.

Outras oportunidades

As bolsas citadas acima são apenas algumas, então vale você pesquisar para encontrar outras opções. Algumas vezes a própria instituição de ensino direciona um pouco da sua verba para bolsas de estudo. Estas são mais difíceis de conseguir – você realmente tem que se destacar parta eles te selecionarem – mas ainda assim existe esta opção. Uma outra opção são bolsas através de empresas privadas, associações e fundações. Se você é um estudante internacional o apoio que seu futuro orientador irá te dar para te guiar dentro neste campo é fundamental – caso você opte por este caminho. Por fim, neste site aqui você pode ver outras opções de bolsas para estudantes internacionais baseado no país que você vem.

Espero que o post tenha sido útil e que vocês realmente consigam realizar seus sonhos na área de pesquisa científica e acadêmica. Boa sorte! A foto deste post é do Canva Pro.

Mais posts interessantes sobre o assunto:

1 Resultado

  1. Alexei disse:

    Para residente permanente e cidadão canadense a tuition pode ser engraçada… nós pagamos mas é como se não pagássemos. A universidade nos dá uma scholarship destinada a custear tuition. Recebemos esse dinheiro e ele é descontado em seguida. Não precisamos fazer nada. Fico me perguntando para que isso! Não tiro dinheiro do meu bolso. Por que então não extinguem as tuition fees e aplicam esse dinheiro diretamente nas instituições? Ah, talvez por causa dos estudantes internacionais que efetivamente precisam pagar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *