Curtindo a Casa Loma no verão

DSC_7306

Que Toronto é uma cidade super diferente no verão todo mundo já está cansado de ler aqui no blog. A cidade fica mais viva, cheia de gente, muitos eventos e um outro ar paira em cada cantinho da cidade, literalmente. E certamente o verão também muda a maneira que podemos aproveitar as principais atrações turísticas da cidade. Por exemplo, na CN Tower você tem a oportunidade (se tiver coragem e $ para isso, pois custa CAD$195) de fazer o The Edge Walk e caminhar por fora da torre preso a um cabo; no Harbourfront você tem vários eventos, incluindo o Ontario’s Celebration Zone (que tem zipline grátis e outras atividades); e é no verão que o parque Canada’s Wonderland fica aberto e você pode curtir montanhas-russas, parques de piscina e outras atrações. Hoje irei falar de como você pode curtir a Casa Loma no verão.

DSC_7302

DSC_7299

DSC_7250

DSC_7260

DSC_7318

A Casa Loma (termo espanhol que significa Casa na Colina) é hoje um museu e uma das principais atrações turísticas de Toronto, construído como um castelo neo-romântico Europeu. Originalmente, foi a antiga residência do financista Sir Henry Mill Pellatt. O palacete foi construído ao longo de um período de três anos, entre 1911 e 1914. Até 1914 era considerada a maior residência da América do Norte. Entretanto, a casa nunca foi terminada, pois Sir Henry perdeu o seu monopólio de energia em favor do poder público, entrando em falência. Todos os seus bens foram confiscados, incluindo o castelo.

DSC_7238

DSC_7242

DSC_7253

DSC_7279

DSC_7286

A Casa Loma pode ser uma ótima opção turística em dias de muito frio, já que você pode visitar a casa e não precisa passar frio na rua. Porém, se você tiver a possibilidade de visitá-la no verão ou em meses mais quentes eu recomendo, já que os jardins da Casa são uma atração à parte, e os eventos de verão são demais. Entre estes eventos estão a Symphony in the Gardens (uma orquestra toca no jardim da Casa, todas as terças-feiras de junho à agosto) e o Soul in The City (o cantor Sean Jones toca jazz e blues todas as segundas-feiras de agosto). Para participar destes eventos vocês precisam apenas comprar a entrada normal para a atração ($24 adultos, $18 seniors, $14 crianças) e entrar na casa mais tarde. Os eventos começam 7:30pm, então dá para chegar um pouco antes, passear pela casa, e depois ir para o jardim curtir a música e jantar. Ah, vale citar que a Casa Loma faz parte do City Pass, um passe que dá direito ao turista visitar 5 atrações de Toronto por um preço mais em conta.

DSC_7246

DSC_7289

DSC_7298

A Casa possui 2 restaurantes – o Liberty Café e o Terrace Grill – que ficam lotados nos dias dos eventos. Ainda, nestes dias eles colocam mesas para jantar no jardim e no Glass Pavillion, aonde os shows acontecem. Havíamos feito uma reserva para jantar no jardim mas por alguma razão nossa reserva não estava lá, ou seja, ficamos sem mesa e acabamos comendo sentados em um banco e indo embora um pouco mais cedo (grávida de mais de 30 semanas não consegue ficar muito tempo fora de casa). Mas posso dizer que o lugar é lindo e o evento cheio de gente bonita e com muito alto astral. Super indico. Ah, e não poderia deixar de agradecer ao maridão pelas fotos incríveis que ele tirou (obrigada!).

Maiores informações veja: http://www.casaloma.org/

You may also like...

4 Responses

  1. JUCIARA ESPANHA disse:

    Gaby, já estive em Toronto duas vezes e só visitei a Casa Loma por fora, não sabia que era tão linda.
    Da próxima vez não posso perder! Valeu por mais essa dica maravilhosa!
    Beijos. (no Thomas também!)

  2. Paulo Elísio disse:

    Parabéns pelo post e pela qualidade das fotos. Tenho visto algumas de suas publicações e sempre fico admirado com a nitidez, foco, e a luz nas fotos. Tudo sempre bem colocado. As fotos são de sua autoria ? Que equipamento você usa ? Mais uma vez parabéns. Muito legal seu blog.

    • Ola Paulo. Obrigada pelo comentário. Sim, as fotos são nossas (meu marido que as bate) e temos uma Nikon D7000 (que não é uma camera profissional). Acho que os créditos aqui são todos do fotógrafo, conforme escrevi no final do post. 🙂

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *