Verão no Brasil. Verão no Canadá

Quem me acompanha no instagram viu que postei esta semana nosso primeiro dia na praia do ano – em maio. Tivemos temperaturas próximas dos 30C e depois do trabalho fomos no parque provincial que fica à 5 minutos de carro de casa para curtir o calor. Estava vazio e como é permitido sair ao ar livre nas redondezas de casa fomos e nos sentimos seguros e muito felizes.

Recebi várias mensagens com dúvidas sobre o verão no Canadá: mas já está calor? Essa praia ai não tem bicho? A areia é fininha? O lago é fundo e perigoso?… e por ai vai. Na verdade, muitas pessoas sempre me escrevem curiosas sobre o verão aqui então resolvi escrever este post com algumas diferenças e curiosidades do verão no Canadá.

Já quero deixar aqui um disclaimer: eu vivi minha infância e parte da vida adulta em Florianópolis, uma ilha com 42 praias. Minha idéia de verão no Brasil é na praia, passando longos meses no mar e certamente quando apresentar as diferenças aqui alguns dos pontos podem não ser verdadeiros para você. Então enquanto estiver lendo pense nisso.

Nada se compara às praias do Brasil

Você que vê as várias fotos do meninos em lagos e curtindo a areia deve pensar que tudo é maravilhoso. É muito bom e eu não tenho o que me queixar, mas NADA se compara a uma praia de verdade (com mar) e especialmente no hemisfério sul. As praias de lago não são limpas (porque sempre tem muita vegetação e bicho por perto), o fundo do lago quase sempre é cheio de pedras, a água é gelada (mesmo as águas quentes não se comparam ao mar quentinho que encontramos em algumas praias do Brasil) e a areia até pode ser fina, mas não é a mesma daquela que você encontra na beira do mar. Mesmo as praias de água salgada que eu fui no costa Atlântica do Canadá não são a mesma coisa. Eu não sei se eu fui mal acostumada de frequentar as praias de Floripa, mas eu não vejo comparação com as que temos aqui no Canadá.

Bafo lá. Bafo aqui.

Muita gente me escreve perguntando se aqui tem calor mesmo, daqueles sufocantes. E a resposta é SIM. O Canadá pode fazer muito calor e eu aprendi isso no primeiro ano aqui, quando senti 46C e vi que, assim como o inverno, o verão do Canadá não é brincadeira não (leia sobre cuidados no verão aqui). No geral eu sinto que aqui em Toronto e arredores é menos úmido que no Brasil então a gente não sofre tanto no calor. Mas, ao mesmo tempo, não ter a brisa do mar refrescando a gente faz o calor ter uma sensação estranha – é difícil de explicar. A coisa boa é que temos ar condicionado em vários lugares e sempre que você quer se refrescar é só entrar em alguma loja. E se estiver na praia é só se molhar no lago gelado que o frescor é instantâneo.

Olha o picolé! Espetinho na areia. Óculos e canga para comprar.

Tirando a diferença de natureza em si, há muitas outras diferenças entre as praias do Brasil e do Canadá. Em primeiro lugar muitas famílias vão passar o dia e levam churrasqueira, barraca e fazem uma “super farofa”. Se você pensa que viu “farofa” no Brasil está enganado: aqui a coisa é outro nível. Ainda, falando em diferenças, você não vai encontrar ninguém vendendo comida na praia. Se você quer um picolé terá que ir a alguma lojinha, que nem sempre fica perto da praia. Há ainda diferença no que as pessoas vestem: aqui você vê todos os tamanho de biquini, muitas pessoas de lingerie e muitas pessoas de roupa. A multiculturalidade se faz presente também nos banhos de lago.

FullSizeRender

Piscina pública, splash pads e wading pools

Há muitas piscinas públicas em Toronto (e acredito que no Canadá todo e elas são muito populares. É como se fossem as “piscinas de clube” que tínhamos no Brasil. Eu não lembro de ter piscina pública em Florianópolis. Outra maneira de se refrescar que você encontra com frequência por aqui são os splash pads, os chafarizes que jorram água e fazem a diversão da criançada nos parques da cidade. Há ainda um outro tipo de atividade chamado wading pool, que são espaços onde água é colocada bem rasinha para as crianças brincarem. Não lembro de ver nada disso nos parques de Florianópolis, mas até entendo porque há muitas praias.

Almoço no restaurante versus picnic no parque

Lembra da farofada que eu falei acima? Pois ela tem um motivo: muita gente passa o dia na praia e acaba fazendo picnic e churrasco. Lembro que no Brasil a gente sempre ia para a praia perto da casa de alguém ou ia comer em um restaurante perto. Aqui nem todas as praias tem restaurante por perto – mais normal não ter – então você tem sim que levar comida e estar preparado para tal. Eu não sei se isso é 100% verdade mas a maioria das pessoas não tem uma casa na cidade e uma casa na praia, até porque os imóveis são super caros aqui. Então se você quer passar o dia na praia tem que levar a farofa mesmo (ou procurar um Tim Hortons por perto para comer).

Férias de verão

As férias de verão do Brasil tinham Natal, Ano Novo e Carnaval e pareciam mais longas. Aqui as férias escolares mesmo tem duração de 2 meses (julho e agosto) e dois feriados (Canada Day e Civic Day). Eu lembro de até ficar feliz no Brasil quando tinha um dia de chuva ou mais frio para não “ter” que ir a praia (ah se eu soubesse…!). Aqui no Canadá a gente sai de casa TODO DIA que tiver temperatura positiva, porque sabe que logo logo o inverno rigoroso chega. Essa idéia de aproveitar o calor intensamente é frequente e todas as praias, parques, piscinas, festivais, ruas ficam lotados em situações normais.

Me conta o que vocês acham que ficou faltando nesta comparação. Acho que não importa mesmo onde você esteja: verão é uma época maravilhosa para curtir a natureza e a família e com o calor chegando aqui já ativamos o modo “verão” e certamente iremos aproveitar muito, nem que seja no quintal de casa brincando de mangueira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *