Como foi a despedida da nossa townhouse em Toronto

Eu nem sei como começar a escrever este post. Eu sei que foi a gente que decidiu vender nossa townhouse e que ficamos felizes quando conseguimos uma boa oferta e assinamos o contrato. Eu sei que a gente vivia reclamando das escadas, na sala pequena e da pouca quantidade de janelas. Eu sei que o local já não comportava a energia dos meninos. Mas eu AMAVA aquele lugar e foi naquelas paredes que eu fui muito feliz, talvez o mais feliz que eu já fui.

No sábado dia 27 de fevereiro fomos para Toronto nos despedir da nossa townhouse. Na verdade fomos pegar mais algumas coisas nossas que tinham ficado para trás na mudança da semana anterior e limpar um pouco para deixar tudo ok quando o novo dono pegasse as chaves. Quem me conhece sabe que eu não poderia deixar passar o momento em branco: eu tive que bolar algo para fechar este ciclo nas nossas vidas, especialmente na vida dos meninos.

O que eu fiz? Eu falei com minhas parceiras Vivian da Personalized Dreams e Carol da Carol Bianchi Bakery e preparamos um picnic especial cheio de delícias e detalhes que remetiam a nossa mudança e momentos especiais que passamos naquele local; afinal, foram 9 anos morando lá. No cardápio docinhos, pirulitos de chocolate e um bolo de brigadeiro com lateral de kitkat. Na decoração fotos lindas de momentos que passamos naquele local e muito Jojoe, afinal nosso peludo viveu praticamente sua vida toda por lá.

A casa estava toda vazia e eu pensei muito onde deveria colocar. De início eu pensei em fazer na sala por motivos óbvios, mas ai meu coração começou a bater mais forte e arrumei tudo no quarto dos meninos. Esse é sem dúvidas o ambiente da casa que eu mais amo e eu contei mais detalhes sobre o local neste post aqui. Engraçado que eu fiquei quase 4 anos sem entrar lá mas depois que o Thomas nasceu este espaço acabou sendo o meu favorito – e do Jojoe também. Sempre que a gente não encontrava o peludo era só ir para esse quarto que ele estava lá: pegando sol e deitado em algum brinquedo ou roupa do Thomas. Então, nada mais justo que encerrar este ciclo da nossa vida neste cômodo tão especial.

Deus foi tão bom que nos deu um dia extremamente ensolarado e um calor atípico de fevereiro: comemos docinho e bolo com a janela aberta, vendo nossas fotos, brincando e curtindo o sol batendo nos nossos rostos. Foi especial e foi necessário: nos despedir da nossa townhouse precisava de um momento assim.

Os meninos comeram um monte de açúcar e ficaram elétricos. Juliano então levou eles para a garagem para “ajudarem” a colocar as coisas no carro (i.e. gastar energia) e eu comecei a revisar cômodo por cômodo, retirando o que faltava e limpando se algo estivesse sujo. E foi ai que eu me despedi de cada um dos cantinhos da nossa casa e mentalmente me preparei para fechar a porta e nunca mais entrar. Pode parecer bobo isso mas não foi fácil girar a chave pela última vez. Esse espaço nos trouxe MUITA coisa boa e mesmo que a gente esteja prontos para o novo capítulo das nossas vidas é muito difícil não viver mais em um lugar tão familiar e especial.

Eu sei que ainda vai levar algum tempo para nos sentirmos em casa por aqui, ainda mais sabendo que essa casa será temporária e que logo logo mudaremos novamente. Eu espero que nós tenhamos feito a escolha certa – eu sinto no coração que fizemos! Quando colocamos na balança os prós e contras de nos mudarmos a balança fica equilibrada: ela não pende para nenhum lado. Mas seguindo nosso coração a gente resolveu “tentar” e viver mais afastado da grande cidade e em um contato maior com a natureza e mais espaço, cenário que achamos ideal para os meninos. E é no meio deste misto de sentimentos que um capítulo acaba e outro se inicia. Espero que vocês continuem aqui participando da nossa história, história essa que está apenas começando.

Se vocês quiserem assistir este momento é só clicar aqui e ver o vídeo do Youtube sobre nossa despedida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *