Como é o relacionamento do casal que tem filhos fora do Brasil

_DSC9160

Hoje é dia de projeto Mães no Canadá – veja todos os posts aqui – e o tema é um pouco diferente do que estamos acostumados, pois não irá focar nas crianças e si, mas no casal e como o relacionamento fica quando se tem filhos fora do Brasil (leia-se “sem uma rede de apoio). A foto que escolhi é muito forte para mim e representa bem o que eu irei falar abaixo: meu marido segurando forte na minha mãe em um batizado no Brasil, algumas semanas depois de perdemos nosso primeiro filho.

Não tem como eu não começar a escrever sobre o assunto citando esses dois posts sobre o nosso caminho para nos tornarmos pais. Para quem não sabe eu engravidei pela primeira vez em 2012 e perdi o bebê. E depois engravidei em 2013, e perdi novamente. Eu sinto que meu relacionamento com meu marido mudou durante nesta época e, apesar de eu achar que isso aconteceria independente de onde estávamos, estar longe da família e contar somente com ele foi algo muito forte e, apesar de toda a tristeza envolvida, muito especial. Ter passado por duas perdas e a incerteza de não sabermos se poderíamos ter filhos nos uniu muito. E nos fez ainda mais cúmplices e apaixonados um pelo outro. Não tem um dia que eu não olhe para o Juliano e fique aliviada por Deus ter colocado ele no meu caminho e no dos meninos. Tudo que ele fez por mim nesses momentos de perda e tristeza e durante meu tratamento (injeções e cirurgias) certamente fazem a gente ter um vínculo que vai além dos nossos filhos. É algo difícil de explicar mas que é sentido diariamente, em tudo que fazemos. Ele é, certamente, o grande amor da minha vida.

A vontade que tínhamos de ter nossos filhos – e o longo caminho que traçamos para ter eles nos braços – não nos faz pensar na falta de momentos que não ficamos à sós ou dos bares e eventos noturnos que frequentávamos antes de termos os meninos. Nós agradecemos diariamente e não conseguimos pensar nas privações que ter filhos pode trazer na vida de um casal. Não é que essas privações não existam – e até acho que elas são bem maiores quando moramos fora do Brasil – mas nós não achamos isso importante. Nós somos tão felizes de ter os nossos tão sonhados meninos que não há nada melhor do que usufruir todos os momentos que podemos ao lado dos dois. E é assim que nos sentimos: felizes, gratos e abençoados.

Ai você vai pensar “mas o casal precisa de algum momento a sós”. Eu sei – e concordo. Eu e meu marido temos a vantagem de podermos trabalhar de casa alguns dias da semana (antes da pandemia). E com isso traçamos a meta de almoçarmos fora todas as sextas, que é o dia que ambos trabalham de casa. A gente almoça onde gostamos e no ritmo que queremos… e é maravilhoso. Eu me arrumo, não penso em fraldas ou algo para entreter os pequenos… e a gente escolhe um restaurante bem diferente e mais fino, daqueles que você sabe que não é kid-friendly. Ainda, temos a sorte dos meninos dormirem muito bem e cedo: 7:30pm estão na cama. Assim, temos a noite toda para a gente se curtir, ver um filme e conversar. Claro que nem sempre é possível porque a gente acaba trabalhando, limpando e fazendo 1001 tarefas, mas tentamos sempre lembrar da importância desses momentos juntos e focar na gente, como casal e não pais.

Então, é difícil falar sobre o assunto sem trazer o passado e tudo que vivi. Acho que essa história – e a luta – para ser mãe realmente me marcou e influencia até hoje minhas escolhas como mãe e meu relacionamento com aquela pessoa que lutou comigo para que o Thomas e o Ian nascessem. E confesso que estar sozinha com ele aqui no Canadá deixou nosso vínculo ainda mais forte. Eu nunca tive medo porque sabia que tinha a melhor pessoa ao meu lado – e até hoje sei disso.

Espero que tenham gostado do tema e não deixem de visitar as redes sociais das outras mães brasileiras que moram no Canadá para saber o que elas tem a dizer sobre o assunto.

Alessandra (Bathurst, NB) | Canadiando
Amanda (Richmond, BC) | Viva Canada
Beatriz (Vancouver, BC) | Biba Cria
Carol (Ottawa, ON) | Fala Maluca
Carol (Mississauga, ON) | Minha Neve e Cia
Cassandra (Vancouver, BC) | Canada.br
Danielle (Toronto, ON) | Vidal no Norte
Livi (Toronto, ON) | Baianos no Pólo Norte
Mariana (Calgary, AB) | De Bem Com a Vida
Musa (Toronto, ON) | Mamãe Musa
Nayara (East Gwillimbury, ON) | My Family no Canada

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *