Hockley Valley Resort: ski e hotel para toda a família há 1 hora de Toronto

Quem me acompanhou no instagram no final de semana viu que estávamos no Hockley Valley Resort, um hotel de luxo super confortável e incrível há uma hora de Toronto. Nós já tínhamos ido almoçar no local em 2017 e estava louca para ter a experiência de dormir e curtir tudo que o hotel oferece. Pois fomos convidados para ter esta experiência e vou contar hoje tudo para vocês. Vale falar que nem tudo correu conforme o planejado porque a montanha fechou devido a muita chuva e freezing rain que caíram na região, mas mesmo assim curtimos muito e voltaremos em breve para usufruir desta parte que ficou faltando.

Um resort para a família

Se você entrar no site do resort – este aqui – encontrará um local lindíssimo e pode ficar com dúvida se ele é kid-friendly ou se vale a pena levar seus filhos. A resposta a esta pergunta é: sim, leve seus filhos. Os quartos são amplos, a piscina possui uma parte rasa onde seu filho pode brincar, os restaurantes são kid-friendly e há aulas e muitas opções para os pequenos esquiarem e curtirem a montanha. Acho que no nosso caso particularmente um lugar assim foi ideal: a idéia era o Thomas ter aula de snowboard, Juliano o acompanhá-lo nas pistas e eu e o Ian ficarmos confortáveis usufruindo as facilidades do hotel. Se você tem filhos em idades semelhantes dos meus acho ideal. Ainda, se alguém do seu grupo não quer esquiar mas quer acompanhar vocês o local pode também ser uma ótima opção: dá para ficar relaxando na piscina ou hot tub, fazer academia, descansar e ler um livro na frente de uma das várias lareiras ou fazer algum tratamento de spa. Opções não faltam!

Nosso quarto

O Hockley Valley Resort possui 104 quartos de várias categorias e todas elas podem ser encontradas aqui. Nosso quarto – Deluxe Resort Room – era extremamente espaçoso e foi ótimo para acomodar nossa família, incluindo os meninos que são super energéticos e precisam de espaço. O quarto possuía 2 camas queen size, um sofá cama, uma cafeteira keurig, uma TV com vários canais, internet gratuita, uma varanda super espaçosa, um banheiro super espaçoso e um frigobar. Vale falar que eles já deixaram disponível um bercinho para o Ian e achei tudo extremamente limpo e bem cuidado.

Nosso jantar incrível no Cabin

O Resort possui vários restaurantes e a opção mais chique é o Cabin. O nome do local homenageia a primeira estrutura construída no local em 1865. O restaurante possui uma atmosfera incrível e é daqueles lugares que você se sente muito bem em estar. O restaurante é open-concept, que quer dizer que a cozinha é aberta e conseguimos ter a experiência de ver nossos pratos serem preparados na nossa frente – e toda a magia e dedicação colocada nesse preparo. Quando chegamos tínhamos sido colocados no chef’s table (uma mesa que dá diretamente para a cozinha) mas por causa das crianças optamos por pegar outra.

O menu é variado e certamente possui pratos que irão agradar todos. Tudo é feito na filosofia farm-to-table e nos meses quentes quase que todos os ingredientes dos pratos vem das hortas do local. O responsável por tudo isso é o Chef Iniyan Vijay, que veio se apresentar para nós e responder algumas das nossas perguntas. Eu fiquei impressionada em saber que quase tudo é feito no local: os pães, as pastas frescas, o ketchup, o sorvete… tudo delicioso e extremamente bem feito.

Agora vamos aos pratos? Antes que pudéssemos pedir algo já recebemos uma cesta com foccacia feita no local e geléia de tomate (maravilhosa!) e manteiga. De entrada o Ju comeu polvo grelhado e eu uma sopa de alho poró trufada que estava fantástica (uma das melhores sopas que eu já comi!). Os meninos comeram chicken noodle soup e amaram – não sobrou nada! Como prato principal eu pedi um spaguettini com mozzarella de buffalo e manjericão, o marido comeu um fillet mignon com cogumelos e os meninos penne com frango. Tudo bem feito e extremamente delicioso.

A sobremesa fechou nossa experiência com chave de ouro: uma tábua com várias delícias: trufas, sorvetes, cookies, sonhos, tiramisu e tortas… tudo feito no local. Eu não sou expert em culinárias mas dá para notar como tudo é feito com ingredientes de primeira e com muito cuidado. A experiência que tivemos no Cabin foi uma das mais incríveis que já tivemos em restaurantes aqui no Canadá, não só pela comida mas pelo atendimento e ambiente. E vale falar que fomos com duas crianças pequenas e fomos bem atendidos e todos curtiram muito – e comeram muito também!

O buffet de café da manhã

Uma ótima surpresa para mim foi que o hotel conta com um buffet de café da manhã incrível. A maioria dos pacotes vem com esta experiência mas na dúvida chequem para ter certeza. O buffet é super completo e diferenciado. Ele inclui sucos, iogurtes, cereal, granola, pães e bolos (com opção gluten free), ovos, bacon, oatmeal, queijos, salmão, panquecas, frutas e muito mais. Confesso que fiquei meio perdida e não sabia muito bem o que pegar, porque a variedade é grande mesmo. O buffet é servido em um dos restaurantes do local, com vista linda para a montanha de ski. Vimos que há mesas da rua, então acredito que nos meses quentes deve ser incrível tomar café da manhã outside, curtindo a paisagem linda do local.

O que fazer no local

Há muito o que fazer no resort e na região. Não tivemos sorte com o tempo e acabamos ficando limitados e tivemos que voltar correndo para Toronto por causa do freezing rain. Mas acho legal deixar aqui uma lista de tudo que pode ser feito no local, que é realmente incrível e cheio de atrações.

Montanha de ski: a primeira atração que eu não poderia deixar de falar é a montanha de ski. Se você visitar o Hockley Valley Resort no inverno não pode deixar de ter esta experiência. A montanha não é tão alta – está mais para um hill com uma altura de 430 metros, mas vale a experiência, especialmente se você quer aprender ou aperfeiçoar o esporte. Há 2 lifts de cadeira, 2 lifts para iniciantes (incluindo um magic carpet) e 16 pistas com níveis variados (verde até duplo diamante preto). O horário de funcionamento das pista de dia vai das 9am até 4pm, mas o legal é que ela funciona também à noite em alguns dias da semana, das 5pm até às 9pm. Não sabíamos que tínhamos esta opção à noite, mas fica aqui a dica pois vale muito. Eles alugam equipamento e também há a opção de fazer aulas. Todas as informações sobre esquiar no local – preços, horários, aulas – podem ser encontrados clicando aqui.

Spa: uma outra atividade que pode ser feita para quem estiver visitando o local é o spa. Eles possuem diversos tratamentos: massagens, tratamentos faciais, tratamentos para cabelo, mãos, pés, entre outros – vocês encontram todos os serviços clicando aqui. Vale falar que lá também tem um spa café, um restaurante com menu incrível que você pode apreciar no conforto do seu robe, entre um tratamento e outro.

Piscinas e academia: o hotel possui duas piscinas – uma externa e uma interna. Como fomos no frio obviamente só tivemos acesso a piscina interna. Ela é aquecida e possui uma parte bem rasa, que foi ótimo para as crianças brincarem. O espaço da piscina é bem equipado e possui banheiros, uma hot tub e sauna. Ali também fica a academia, que é pequena mas bem equipada. Depois que as crianças foram dormir meu marido aproveitou a estrutura e foi fazer exercício: ele adorou!

Golf: nos meses quentes o resort oferece um campo de 18 buracos que foi arquitetado por um campeão de golf canadense – vocês podem ver todas as informações sobre este campo de golf clicando aqui. Eu não sei nada de golf mas o espaço para a prática do esporte é enorme e a região é linda, então se você curte vale a pena conferir.

Vinícola: amei saber que o resort possui sua própria vinícola, a Adamo Estate Winery. Ela fica há apenas 1km da entrada do resort. O local já recebeu prêmios e tem um ambiente lindo. Nós só passamos no local por fora mas certamente quero voltar para ter esta experiência. Vale falar que dentro da vinícola fica o Paddock Café, restaurante servindo almoço, lanches, brunch nos domingos e um evento de massas e vinhos nas sextas à noite que parece imperdível (Wine and Unwind Friday Night). Vale falar que há também loja de vinho – na vinícola e no Resort – e você pode provar os vinhos do local em todos os restaurantes do Resort. Ah, e eles fazem wine tasting e wine tours também. Para ver todos os eventos acontecendo no local clique aqui.

The Farm: o Resort possui hortas e plantações de alimentos de onde advém 80% dos ingredientes dos pratos feitos nos restaurantes. Vocês podem visitar esta área nos meses quentes e mais informações podem ser encontradas aqui.

Restaurantes: além do Cabin e do Spa Café o Resort possui outros restaurantes. O Babbo é o bar do hall do hotel que serve alguns pratos e é ideal para um happy hour. The Restaurant 85 é outro restaurante, com janelas e um patio que dá para a montanha de ski. É lá que o café da manhã buffet é servido. Vale falar também que perto da entrada da estação de ski eles possuem um Ski Café com lanches e snacks para você não ter que tirar sua roupa e poder usufruir mais das montanhas.

Passeios ao redor do local: há muito o que fazer no Hockley Valley Resort, mas se você quer explorar a região vale a pena clicar aqui e ver tudo que pode ser feito ao redor do Resort.

Pacotes de hospedagem

Nós fomos convidados para fazer um review do resort e por isso nossa hospedagem foi gratuita, mas preciso dizer que ao redor do hotel há propagandas de diversos pacotes para hospedagem e achei os preços muito bons. Há diversas promoções e vocês podem ver todas clicando aqui. Entre as que eu mais gostei estão as seguintes (de Janeiro de 2020):

  • Stay & Ski Gateway: por CAD$299 por casal vocês ganham uma noite no hotel, o café da manhã (buffet) e os tickets para esquiar por um dia.
  • Winery Gateway: por CAD$398 por casal vocês ganham uma noite de hotel, o café da manhã (buffet), um jantar no Cabin e wine tasting com tábua de queijos na vinícola Adamo.
  • Girlfriends’ Gateway: por CAD$265 por pessoa você e suas amigas podem passar uma noite no hotel, com café da manhã (buffet), jantar no Cabin e $75 para gastar no spa.
  • March Break Promo: por CAD$334 uma família de 4 pessoas pode usufruir de uma noite de hotel, café da manhã (buffet) e esquiar por um dia (2 adultos e 2 crianças).

Visitar a montanha sem se hospedar

Por ser apenas há uma hora de Toronto você pode acabar optando por passar o dia no local. Isso é possível mas note que você estará perdendo parte da experiência e não poderá usufruir de tudo que o hotel oferece. Mas não poderia deixar de escrever que sim, é possível! Esquiar e almoçar no Cabin foi o que fizemos em 2017 e gostamos tanto que repetimos a dose. E certamente iremos repetir mais e mais vezes.

Espero que tenham gostado da dica e não deixem de incluir o Hockley Valley Resort nos planos de vocês. O local é perfeito para visitar com a família e funciona o ano todo. Por fim gostaria de agradecer ao Resort por nos receber e voltaremos muito em breve para usufruir da montanha, já que devido ao mau tempo não foi possível.

The English version of this blog post can be found here.

2 Resultados

  1. Bruna disse:

    Ahh estava esperando esse post! Meu aniversário cai num final de semana em Fevereiro então essa promoção do Stay + Ski é otima pra ir com meu marido! Vou super reservar, obrigada pelas dicas (esse resort eu ainda não tinha ouvido falar!)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *