O carrinho de bebê Flexa da marca Diono

Certamente o item número 1 do enxoval de quem tem um bebê é o carrinho (ou stroller em inglês). Não adianta: você vai precisar de um carrinho, porque não dá para ficar segurando o bebê o tempo todo mas há sim a necessidade de ter o bebê o tempo todo perto de você. E, acreditem, vai chegar um momento que você vai querer sair e ver gente, e só com um bom carrinho você conseguirá passear tranquilamente – porque seu bebê ficará tranquilo. Eu fui convidada a testar o novo carrinho da marca Diono – o Flexa – e contar para vocês o que achei do produto. Eu aceitei porque estava procurando um carrinho grande mas compacto, que fosse perfeito para a cidade. O meu é muito grande e pesado e não estou achando mais fácil de sair com ele – e é ai que o Flexa entra e eu vou contar tudo para vocês neste post.

Vale falar que tivemos nossa primeira experiência com o Flexa quando fomos visitar o Canada’s Wonderland com a família (veja mais sobre este passeio aqui). Eu fiz de propósito e levei o carrinho novo para testar em um ambiente onde é importante ter um bom carrinho, já que ficamos o dia todo por lá e o Ian precisava de um lugar confortável para descansar e eu de um carrinho ágil e leve para aguentar o tranco de passear o dia todo. E o Flexa foi super aprovado: Ian dormiu no carrinho e ficou seguro e confortável nele durante todo o dia. Além disso consegui colocar tudo que eu queria nele e, uma coisa importante: ao pendurarmos as mochilas que levamos o carrinho não ficou instável nem tombou – coloquei até a cadeirinha portátil do Ian atrás dele e deu certinho (olha só a foto acima). Abaixo eu identifiquei alguns pontos que acho relevantes para contar para vocês sobre a experiência com este produto.

Perfeito para cidade. Nós moramos em uma townhouse e não temos muito espaço para guardar toda a bugiganga das crianças. Ter um carrinho grande acaba sendo um problema para nós; mas ao mesmo tempo um bebê pequeno exige um carrinho maior e com mais conforto. E é por isso que eu gostei do Flexa, porque ele é um carrinho full-sized mas compacto. Ele tem tudo que os carrinhos grandes tem – inclusive você pode acoplar o car seat de bebê nele – mas ele fecha como um umbrella stroller e é bem compacto mesmo. E vale falar que ele é resistente, o que a maioria dos umbrella strollers não é.

Dobra vertical. Acho que a principal característica do carrinho Flexa – e a que todo mundo adora no carrinho – é que ele fica fechadinho na posição vertical, por causa de apoios que tem nas rodas (olha só a foto do apoio abaixo para vocês entenderem). E isso faz com que seja mais fácil de guardá-lo em lugares pequenos (nós guardamos na garagem e não ocupa espaço algum, perfeito!). Também acho que torna o produto mais prático para os pais, porque ninguém merece ter que ficar se abaixando para pegar o carrinho deitado no chão, para arrumá-lo e depois abri-lo. Já deixar ele na posição vertical deixa tudo mais fácil.

Leve e pode ser usado desde o nascimento. O Flexa pesa 8.2kg, o que é super leve para um carrinho full-sized. Preciso confessar que toda vez que eu o uso eu fiquei me perguntando se o carrinho não é um umbrella stroller de tão leve e compacto que ele é. As rodas tem uma super qualidade e são duplas atrás, deixando o carrinho bem firme. Além disso, vale falar aqui que você pode usar o carrinho desde o nascimento – acoplando o car seat do bebê como eu falei – até mais ou menos 22 kg (ou 3 anos de idade).

Confortável. Se olharmos bem todas as características do Flexa veremos que elas foram planejadas para seu bebê ter mais conforto. E o conforto é tanto que o Ian sempre dorme quando fazemos passeios longos com o carrinho – coisa que ele nunca fazia antes. Aqui estão algumas das características do produto: o assento é super espaçoso e alto, a cobertura do carrinho de ajusta em duas posições para se adaptar ao crescimento do bebê, o apoio para os pés é dobrável, há um suporte para as pernas que é móvel, a barra do carrinho para o bebê segurar é acolchoada, o produto já vem com capa de chuva, capa com proteção UV50, e muito mais.

Pegadores telescópicos. Os pegadores do carrinho são chamados de “telescópicos”, porque possuem 4 posições, o que torna a altura do carrinho totalmente ajustável e adaptada a todos os usuários. Eu achei isso ótimo e perfeito já que sou alta e alguns carrinhos acabam ficando “pequenos” para mim.

Cinta de segurança de 5 pontos. Uma coisa que me chamou a atenção foi que o cinto de segurança do carrinho é bem mais estruturado do que os outros carrinhos que eu já tive. Achei isso ótimo. Mas não gostei do fato de que quando abrimos os pontos de segurança se soltam e depois temos que acoplá-los novamente, o que nem sempre é uma tarefa fácil quando o bebê não ajuda – ou não quer ir para o carrinho.

A cestinha do carrinho. Eu encontrei um ponto negativo no carrinho, que certamente não vai incomodar todas as mães mas me incomodou um pouco, porque eu saio de casa carregada de coisas. E este ponto negativo é a cestinha do carrinho: eu achei que poderia ser maior. na verdade a cesta é grande mas há uma barra que impede um pouco o acesso a ela. Como falei anteriormente nós fomos no Canada’s Wonderland testar o carrinho e como sempre eu saio com duas mochilas e uma cadeira de alimentação portátil para o Ian, e achei que a cestinha do carrinho não conseguiu suportar tudo que eu levei. Tá certo que eu levo MUITA COISA – e foi por isso que falei que este problema pode não ser algo ruim para várias mães – mas achei que a cestinha poderia ter um acesso mais fácil, o que a deixaria maior.

Espero que tenham gostado da dica e saibam que vocês encontram este carrinho para vender em diversos lugares aqui em Toronto, e também online da Amazon. Agradeço à Diono por ter me dado o Flexa para eu testá-lo e contar a experiência aqui no blog para vocês. Certamente iremos usá-lo MUITO e já virou um dos produtos favoritos de bebê que temos aqui em casa.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *