IKEA Sell-Back Program: o programa da Ikea que compra seu móvel usado e te dá créditos na loja

Attachment-1-(8)

Não é novidade que todo mundo ama a loja IKEA – e nós aqui em casa também. Se você mora em Toronto ou está vindo morar aqui as chances de você comprar na Ikea são altas (a não ser que você seja super rico e possa pagar móveis planejados ou de lojas de luxo, que por aqui acabam sendo bem mais caros do que no Brasil). Para quem não conhece a Ikea é uma loja sueca que vende móveis, aparelhos eletrônicos e utensílios para o lar a preços acessíveis, sendo os compradores os responsáveis por montar os móveis. A loja é famosa e conhecida por seus móveis modernos, simples e eco-friendly. Eu sou super suspeita pois AMO a loja e já escrevi vários posts sobre ela aqui no blog.

Hoje eu vou falar sobre um programa que tomei conhecimento a pouco tempo, quando fui visitar a loja recentemente: o The IKEA Sell-Back Program. Em resumo o programa foi lançado em novembro do ano passado e permite que as pessoas retornem móveis delicadamente usados ​​para serem revendidos em suas lojas, reduzindo a quantidade de lixo que vai para os aterros e, ao mesmo tempo, dando crédito aos clientes para comprar mais produtos na loja. A idéia é fantástica e eu não poderia deixar de trazer um post sobre o assunto aqui no blog. Abaixo eu explico como este programa funciona em detalhes.

Em primeiro lugar é importante saber que este programa só está disponível para os membros do programa de fidelidade da empresa, o Ikea Family, que é gratuito para participar. Depois de fazer o cadastro no programa de fidelidade os membros enviam 4 ou mais fotos para a empresa do produto e esperam 72h para que as fotos sejam avaliadas. A empresa irá responder fazendo uma oferta se o item for considerado em boas condições e se for elegível.

Nem tudo que a loja vende é elegível; apenas certos aparadores, cômodas, armários de gavetas de escritório, pequenas estruturas com gavetas, armários de sapato, estantes e prateleiras, cadeiras e banquinhos, mesas de jantar, móveis multimídia e mesas pequenas podem ser retornados. Roupa de cama, ou qualquer coisa com vidro, ou produtos usados para preparação de alimentos estão excluídos. Também são excluídos eletrodomésticos, produtos de bebê e criança, guarda-roupas da linha PAX, entre outros. Se for aceito, o cliente recebe créditos do valor para usar na loja. E os produtos serão vendidos na sessão “as is” que é uma parte que vende mercadorias levemente danificadas com desconto.

Segundo informações que encontrei em entrevistas quando o programa foi lançado parece que o valor retornável fica até no máximo 30% do valor do produto na loja. Vale falar que o programa faz parte da iniciativa da empresa de ser 100% sustentável até 2030. Achei a iniciativa ótima. Mais informações sobre o programa você encontra aqui.



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *