Wet’n’Wild Toronto: um passeio de verão imperdível para sua família

Se você me acompanhou nos stories do instagram há algumas semanas atrás viu que fomos passear no parque Wet’n’Wild com os meninos e também amigos. O dia foi perfeito e curtimos muito todas as horas que ficamos por lá. Os meninos – especialmente o Thomas – voltou acabado e já dormiu no carro, emendando com a noite. E nós pudemos ter um momento em família cheio de diversão, o que nos deixou muito feliz. Porque tivemos mais um momento especial no parque – não é nossa primeira vez por lá e eu já mostrei as outras vezes que fomos no local neste post aqui e aqui – eu resolvi escrever este post falando sobre esta nossa visita e algumas observações importantes para quem vai com família e quer usufruir ao máximo do passeio.

Em primeiro lugar preciso dizer que o parque fica aberto de junho à setembro e fomos em um domingo de junho, que é ainda considerado baixa temporada. Estava bem cheio mas mesmo assim foi tranquilo de achar uma sombra para colocar o bebê e uma mesa embaixo de uma árvore para almoçarmos. Acho que se você vai com criança nos meses mais movimentados – julho e agosto – o ideal é ir durante a semana e evitar ao máximo os finais de semana, que é quando o parque lota. O parque em si é bem grande mas com bebês e crianças pequenas você não vai querer enfrentar filas nos restaurantes e vai precisar de uma espreguiçadeira na sombra.

Falando em sombra eu acho que o parque deveria ter mais guarda-sóis nas áreas ao redor das piscinas, porque é onde você vai querer estar com criança pequena. Uma opção incrível – e mais cara – são as 12 cabanas que o local possui. Em resumo o preço do aluguel das cabanas por dia varia entre CAD$125 e CAD$225 (dependendo do dia da semana que você for) e pode acomodar até 8 pessoas. O lado bom é que há sofás, cadeiras, toalhas, sombra o tempo todo, um baú com cadeado para você guardar as suas coisas, água e você pode pedir a comida sem sair do local, pois há garçons disponíveis. O bom é que o seu lugar de descanso – e o lugar de descanso dos seus pequenos – está garantido e com sombra, o que pode fazer a sua experiência ser bem melhor.

Se você não quiser gastar eu indico ficar nas mesas de picnic na frente do Bear Footin’ Bay. Essa região do parque é super gostosa, cheia de árvores e pertinho de alguns dos restaurantes. Foi lá que ficamos a maior parte do tempo que estivemos no parque e conseguimos relaxar e curtir muito com os pequenos. Também ficamos na frente da área kids, a Wet’n’Wild Jr, mas como estávamos famintos logo fugimos para a área que citei anteriormente e conseguimos ao mesmo tempo ficar fresquinhos, relaxados e alimentados.

Em relação à comida levamos comida para o Ian e nossos amigos levaram snacks para as crianças. Na entrada do parque fomos revistada mas ninguém criou caso com a comida do meu bebê. Claro que não dá para levar comida para todo mundo, mas acredito que eles tenham um bom senso e deixem pais de crianças pequenas levarem o que seus filhos são acostumados a comer. No site diz que eles aceitam levar comida de bebê (fórmula), comidas para diabéticos e pessoas com alergia. Vale falar que o local tem 3 restaurantes com as opções básicas de hamburger, cachorro quente e pizza, além de frango frito, costelas e outras comidas. Nós comemos poutine e subway e foi ótimo.

Nosso filho mais velho – Thomas, de 3 anos e meio – curtiu especificamente 3 áreas do parque: a Bear Footin’ Bay (brinquedo com chafarizes e aquele balde de água enorme que vai enchendo e em um certo momento caí encharcando todo mundo), a Coconut Cove (lazy river) e a Wet’n’Wild Junior (uma área para crianças menores, mas que os adultos não podem descer no tobogã). Vale falar que no total há 15 área no parque com 33 tobogãs e você pode ver todas as atrações clicando aqui. A maioria das atrações requer que seu filho tenha 42 inches ou 1.10cm de altura para brincar.

E sim, a água ainda estava bem gelada, mas nada que pudesse atrapalhar o passeio. Estava um dia quente e depois de alguns minutos na água a gente já se acostumava e curtimos muito. Todos entraram nas piscinas, até o nosso bebê.

Por fim quero dar a dica deste produto aqui, um cercadinho para crianças pequenas que me salvou durante o passeio. Esse produto não era meu – era dos nossos amigos – mas curti tanto que comprei um para a gente. Além de ter proteção para o sol o espaço é enorme e o Ian conseguiu curtir e ficar protegido, brincando e aproveitando o passeio fora do carrinho ou do colo. O cercadinho é super fácil de abrir e fechar e também prático para carregar – só um pouco pesado.

Espero que tenham gostado do meu relato e não deixem de visitar o parque se vierem para Toronto nos meses quentes. Vale falar que eles tem várias promoções de ingressos e vocês podem ver tudo sobre tickets clicando aqui. Nós ganhamos nossos tickets e apesar disso tudo que escrevi reflete minha real opinião sobre o local: eu adoro o parque e indico para todo mundo!



Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *