Cherry Blossoms do High Park de Toronto em 2019

Ontem eu finalmente consegui ir no High Park ver as lindas cherry blossoms, que atingiram seu pico de abertura no final de semana passado. Depois que as flores abrem elas conseguem sobreviver por no máximo 10 dias, dependendo muito do clima, chuva e vento. Eu estava apreensiva e achei que não iria vê-las novamente – última vez que tinha visto foi em 2017 pois ano passado estava já bem grávida e não quis arriscar ficar caminhando por muito tempo no meio da muvuca.

Resolvi escrever este post para deixar registrado aqui no blog este passeio lindo que eu fiz com o Ian. Se você caiu neste post e quer dicas sobre as cherry blossoms de Toronto eu sugiro você clicar aqui e ver todos os posts do blog sobre o assunto.

Bom, eu esperei o Ian acordar do cochilo da manhã e ai fomos para o parque a pé mesmo. Eu moro bem pertinho – cerca de 10 minutos a pé do parque e mais 10-15 minutos a pé até o local onde as árvores estão – então não tinha desculpa para não ir. Fomos só eu e o Ian porque Jojoe – nosso cachorro – anda bem devagar e como havia previsão de chuva eu não quis arriscar demorar muito. Mas acabou que o sol veio com o céu azul e eu me senti super mal de não ter levado Jojoe conosco.

Chegamos no parque um pouco depois do meio-dia e estava bem cheio, mas não lotado. Basicamente há 2 grupos de pessoas que você encontrará com muita frequência: asiáticos e mães com seus bebês. Sério gente, os asiáticos AMAM estas flores e estão em todos os cantos do parque fotografando, cantando e apreciando as flores. E eu também fiquei impressionada com o número de mães com seus bebês passeando por lá.

Eu gostei de ter ido no meio de um dia de semana porque tinha espaço tranquilo para fazer nosso picnic e bater fotos sem ter muita gente do lado. Já fui nos finais de semana em outros anos e não recomendo: fica MUITO cheio.

Fizemos um picnic no sol – Ian almoçou e eu comi também – e depois voltamos para casa para o cochilo da tarde. Ficamos no parque quase 2 horas e foi muito agradável, um momento muito especial com meu bebê que ficará guardado sempre no meu coração (e aqui no blog também). As fotos que bati foram todas de celular e com zero profissionalismo, mas o objetivo do passeio era mesmo curtir meu bebê e a natureza linda do local.

Agora para finalizar preciso dizer que eu tive a sorte de encontrar minha amiga Lilian – fotógrafa do Licaflor Photography – que registrou momentos lindos meu e do Ian. Eu sempre me emociono com as fotos que a Lilian bate e estas também me emocionaram.

Espero que vocês utilizem este post como estímulo para saírem de casa neste final de semana e procurarem as cerejeiras espalhadas por Toronto para apreciarem e curtirem momentos perto destas árvores lindas. E para mais informações sobre o trabalho da Lilian e agendar suas fotos com ela é só clicar aqui.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *