Waterloo Central Railway: o passeio de trem incrível entre o St Jacobs Market e a St Jacobs Village

Continuando os posts sobre o passeio incrível que fizemos na região de Waterloo-Kitchener-Cambridge (chamado de Tri-Cities, há 1 hora de Toronto) hoje eu vou falar de um passeio que agradou todos, mas simplesmente deslumbrou o Thomas: o passeio de trem feito pela Waterloo Central Railway ligando dois dos principais pontos turísticos da região, o St Jacobs Market e a vila de St Jacobs. Eu vou falar sobre estas 3 atrações separadas e contar detalhes sobre este passeio imperdível, incluindo onde comemos e o que tem para fazer em cada lugar.

St Jacobs Market

O mercado de St Jacobs (datado de 1975) é o maior mercado de fazendeiros do Canadá, que funciona o ano todo nas quintas e sábados, das 7am até 3:30pm no endereço 878 Weber Street North em Waterloo. O local tem muitos produtos locais e é super popular entre moradores da região e também de outros lugares, incluindo Toronto (por lá passam mais de 1 milhão de visitantes por ano). São frutas, verduras, carnes, queijos, pães, doces, geléias, maple syrup, flores, artesanato, entre muitos outros produtos de 450 produtores locais. A parte legal é que dá para conversar com eles e saber mais sobre a vida rural da região. Isso se contar as vendinhas de comida que são super populares entre os visitantes, que aproveitam para almoçar ou fazer um lanche no local.

Neste post aqui eu falei um pouco sobre a região – que é um lugar que sempre visitamos, todos os anos – e mostrei um mapa sobre a área do mercado. O mercado abrange não só o edifício principal que possui os produtos que citei acima, mas uma praça de alimentação, um outlet (com lojas de marcas), um mercado de móveis antigos e objetos de decoração, um teatro e até passeios de charrete. E vale falar que o edifício principal foi destruído por um super incêndio em 2013 e reconstruído e reaberto em 2015.

Passeio de trem da Waterloo Central Railway

O passeio de trem passa por parte da estrada histórica que une várias partes da região de Waterloo e possui 3 paradas: Northfield Drive, St Jacobs’ Market, St’Jacobs Village e Elmira. O trajeto inteiro – da primeira até a última estação – demora em média 55 minutos (incluindo as paradas), mas o seu ticket dá direito a sair e entrar no trem em todos os trechos, além de ir e voltar. Se você quiser saber mais sobre horários e dias que os trens operam clique aqui.

Nós fomos em um dia de “passeio normal”, isto é, sem nenhuma celebração ou feriado, mas confesso para vocês que já tinha tentado ir em eventos temáticos (como Natal e Harry Potter) e não consegui pois os ingressos esgotam muito rapidamente. Leia mais sobre eventos temáticos aqui.

O que vale citar é que a Waterloo Central Railway possui vários trens, muitos deles históricos e bem pouco comuns. As locomotivas a vapor são enormes, linda e ainda funcionam no local e os passeios com elas acontecem nos feriados prolongados (clique aqui e veja mais informação). Eles possuem vários trens e você pode saber sobre todos eles clicando aqui. E vale falar que as pessoas que trabalham no local são voluntários que trabalham arrumando os trens, dirigindo-os e são conhecedores da história ferroviária da região, além de serem extremamente simpáticos e prestativos. Fizemos o passeio e ficamos maravilhados não só com o que vimos, mas com a educação e carinho que fomos tratados. Thomas até usou chapéu de condutor e falou no rádio que todos estavam à bordo para que o trem pudesse partir. Ele amou e nós também!

A Vila de St Jacobs

DSC_7662

Uma das paradas do trem é na vila de St Jacobs, e foi lá o nosso destino. Nós paramos no local para passear, almoçar e tomar um café. Que delícia de lugar e que delícia de passeio (já mostrado para vocês neste post aqui). No nosso passeio do final de semana chegamos e fomos direto almoçar no Jacob’s Grill. O restaurante tem comida bem caseira, ambiente gostoso e um pátio para os dias quentes lindo e bem disputado – e de dentro do restaurante você tem acesso a uma padaria deliciosa, a Stone Crook, que é super tradicional da região.

Depois do almoço delicioso seguimos para uma caminhada pela rua principal da vila – a King Street – e encontramos o Eco Café, um local maravilhoso e imperdível. O dono do café é um americano que viveu muitos anos na Colômbia e dá para notar a influência sul-americana na decoração, comida e no ambiente. Lá encontramos café brasileiro e até alfajores. E vale ainda dizer que o local possui wi-fi, sofás extremamente gostosos e é pet-friendly (isso mesmo, cachorros bem comportados são permitidos dentro do café). O lugar estava lotado e tem ótimos reviews, portanto se você foi visitar a região não pode deixar de ir no local, cujo endereço é 1441 King St N, St Jacobs.

E ai, gostaram das dicas? Tranquilamente você consegue passar um dia inteiro fazendo estas atividades. E vale falar que não fomos até Elmira, o ponto final do trem – depois do almoço na vila de St Jacobs nós voltamos para o mercado, onde estava o nosso carro. Semana que vem eu mostro um post com o roteiro de tudo que fizemos, para vocês terem uma noção de como seria o planejamento deste passeio. Elmira é uma cidade super rural e que possui o maior festival de Maple Syrup de um único dia do mundo e dá para chegar de trem no festival e evitar trânsito. O festival acontece em 2018 no dia 7 de abril e mais informações você encontra aqui.

Por fim, eu gostaria de agradecer ao Waterloo Central Railway, à Waterloo Region Tourism e à Attractions Ontario por organizarem este e outros passeios incríveis que fizemos em um final de semana inesquecível na região.



6 Comment threads
4 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Aline Menezes

Oi Gaby.

Estamos indo em dezembro e vi seu post e surgiu o interesse de fazer o passeio “The Polar Express”, vamos ficar em Toronto, você acha que daria para fazer bate e volta? Vi que você citou que podemos descer nas estações e voltar para o Trem , seria o mesmo ou outro?

Raíssa Rosa

Oi Gaby!
Tu achas que dá para fazer essa viagem saindo de Toronto de ônibus? Ou é necessário carro para se locomover nessas cidades? Como funciona o transporte lá?
Obrigada!

Jaqueline Cordeiro

Oi Gaby,
Estamos pensando em fazer esse passeio até Elmira no festival de Maple Syrup. Vc acha que vale a pena ou melhor ir de carro até Elmira? Não temos nenhuma criança no grupo.
Minha dúvida é se a vista é bonita e tal. O que acha?

Fabiana Mattos

Obrigada pelo post! Já tinha pesquisado esse passeio e estava na minha lista pra esse ano, com o seu roteiro ficou ainda mais fácil. Meu filho vai adorar!

Vanessa

Amei as dicas Gabi. Tem como chegar na cidade de Waterllo de transporte público saindo de Toronto? Ai da para facilmente ir nestas atrações. Me responde por favior