Tudo que você quer saber sobre o OHIP+, o serviço que fornece medicamentos gratuitos para crianças e jovens em Ontário

À partir de 1º de janeiro de 2018 a província de Ontário começou a fornecer medicamentos gratuitamente para crianças e jovens que são cobertos pelo OHIP e com 24 anos ou menos, independente da renda familiar, desde que não sejam cobertos por nenhum seguro de saúde privado. Esse serviço é chamado de OHIP+. Eu nunca tinha escrito sobre isso aqui no blog e resolvi escrever este post para explicar um pouco sobre o serviço.

Como funciona o serviço?

Se você tem OHIP não precisa se preocupar em cadastrar-se, pois a inscrição no OHIP+ é automática com base na idade e nos medicamentos elegíveis, que estarão disponíveis gratuitamente. Portanto, não há necessidade de inscrição para ingressar no programa e nenhum custo inicial para adquirir medicamentos elegíveis na farmácia. Aqueles que são elegíveis para o programa só precisam ter o número do cartão de saúde e uma receita válida a partir de 1º de janeiro de 2018.

Quais medicamentos e serviços são cobertos?

O programa OHIP+ abrangerá todos os medicamentos e serviços atualmente cobertos pelo programa Benefício de Medicamentos do Ontário (ODB). Isso inclui mais de 4.400 medicamentos e drogas adicionais elegíveis para financiamento através do Programa de Acesso Excepcional (EAP). Se um medicamento não estiver disponível através do programa ODB, ele não será coberto pelo OHIP+. Exemplos de medicamentos comuns e serviços que podem ser usados ​​por crianças e jovens, com 24 anos ou menos, cobertos pelo programa ODB, incluem: antibióticos para tratar infecções, inaladores para asma, insulinas, medicamentos diabéticos orais e tiras de teste de diabetes, antidepressivos, contraceptivos orais, medicamentos para epilepsia, medicamentos para tratar condições de saúde mental, medicamentos para doenças raras, programa de cessação de fumar de farmácia, entre outros. Se seu filho toma um medicamento específico e você quer saber se ele será coberto pode pesquisar aqui.

Como fazer para pedir/retirar os medicamentos nas farmácias?

Tudo é muito simples. Para fazer o pedido você precisa do cartão OHIP da criança e da prescrição do médico. Alguns lugares pedem somente o número, mas a minha experiência é deles pedirem o cartão físico mesmo. E para retirar é só dar o nome do paciente. Simples assim! Os farmacêuticos certamente irão perguntar sobre o seguro privado – se a criança tem ou não – já que isso irá determinar se ela é elegível ao OHIP+ (leia abaixo).

E se eu tenho um seguro de saúde privado?

A partir de 1 de abril de 2019 aconteceu uma mudança no OHIP+ : crianças que são cobertas por um seguro de saúde privado não são mais elegíveis ao serviço. Isso quer dizer que crianças e jovens com 24 anos ou menos que tenham um plano privado terão acesso à prescrição medicamentos através do seu plano privado, como fizeram antes do lançamento do OHIP + em 1 de janeiro de 2018. Como muitos seguros de saúde cobrem mais medicamentos que o OHIP+ isso não é uma perda para estas crianças, mas pode ser que você tenha que pagar uma parte do medicamento já que nem todos os seguros cobrem 100% e o governo não irá pagar a diferença. Leia mais sobre esta mudança aqui.

Será mesmo que o serviço é perfeito?

Pode parecer perfeito pensar que seu filho não precisará gastar nada com remédios até os 24 anos – e é. Mas há muitas críticas ao OHIP+ porque os medicamentos para as crianças realmente doentes – aqueles bem caros – não estão geralmente disponíveis no serviço – leia mais sobre isso aqui. O EAP – programa de excessões que incluiria estes medicamentos extra – na prática é bem complicado, pois exige vários exames e que os médicos preencham vários formulários. E ainda tem validade apenas de 1 ano; ou seja, todos os exames e formulários devem ser preenchidos todos os anos.

Mais informações sobre o OHIP+ você encontra aqui.

A foto em destaque é da Freepik.



2 Resultados

  1. Ana disse:

    Sorry, pode apagar o comentário inicial….vc escreveu sobre o fato de quem tem seguro privado não se encaixa. Isso foi horrível, principalmente pra quem usa medicamentos muito caros. Os planos só com tem 80%.
    Pode apagar tudo, desculpe novamente.

  2. Ana disse:

    Gaby,
    Isso não está mais valendo, foi revogado esse ano no final de abril se não me engano

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *