15 lugares para visitar no Doors Open Toronto 2019

DSC_0152

Neste final de semana haverá em Toronto um dos eventos mais legais da cidade, o Doors Open Toronto. Ele é um evento organizado pela prefeitura da cidade e é quando você pode visitar vários pontos turísticos de graça ou ainda entrar em lugares que normalmente não são abertos para o público geral. Ele acontece sempre no último final de semana de maio (em 2019 será nos dias 25 e 26). Eu já participei de 3 edições e por isso sei o quão importante o planejamento é. Isso porque são 155 edifícios para escolher e por mais que sejam 2 dias de evento (sábado e domingo) se você não planejar não conseguirá ver nem 1/5 do que gostaria. O tema deste ano é “20 Something” e irá celebrar os 20 anos do evento. Se você quiser saber um pouco mais sobre o que eu vi e indiquei nos outros anos clique aqui.

Neste post eu selecionei 10 lugares que eu acho que são imperdíveis para você visitar na edição 2019, mas há muitos locais então sugiro vocês clicarem aqui e fazerem o seu planejamento, incluindo outros lugares além dos que eu estou citando abaixo. Porque, gente, é uma oportunidade incrível visitar vários lugares da cidade sem pagar nada e conhecer mais a fundo a história destes lugares e, consequentemente, da cidade de Toronto.

RC Harris: é a maior estação de tratamento de água de Toronto, construída entre os anos de 1932-1937 e aberta em 1941. Além do lindo edifício (por dentro e por fora), fica localizado na beira do lago Ontario em uma região linda. Um lugar especial para visitar durante o evento. Nós já visitamos o local durante um Doors Open Toronto e eu mostrei tudo para vocês neste post aqui.

Canada Life Building: o Canada Life Building é daqueles edifícios que fazem você ficar de boca aberta de tão lindo. Fica localizado na University Avenue e possui 15 andares (+2 na torre central). Lá fica a sede da Canada Life Insurance Company (empresa de seguros do Canadá) e este é um dos poucos edifícios de escritórios em Toronto que as janelas podem ser abertas por seus ocupantes. O observatório no 17th andar é incrível. Clique aqui e veja nossa visita ao local.

Osgoode Hall: Osgoode Hall é um patrimônio histórico do Canadá com sua construção iniciada entre 1829 e 1832 nos estilos de Paládio e Neoclássico. Abriga o Tribunal de Recurso de Ontário, o Tribunal Divisional do Superior Tribunal de Justiça, e da Law Society of Upper Canada. O nome do edifício honra William Osgoode, o primeiro juíz chefe da província de Ontario. O edifício abrigou a Osgoode Hall Law School até 1969, quando a faculdade foi transferida para o campus da Universidade de York, na comunidade de North York. Clique aqui e veja nossa visita ao local.

Bata Shoe Museum: sim, Toronto tem um museu com tema de sapato e você pode visitá-lo gratuitamente no evento Doors Open. Por mais que a gente pense que o tema não é relevante o local possui mais de 13 mil itens, incluindo sapatos, meias e acessórios (alguns deles com 4500 anos de idade). O museu é visitado não somente por amantes do mundo fashion mas visitantes que gostam de cultura e museus diferentes. Nós ainda não visitamos este museu, quem sabe não nos animamos no final de semana?!

St James Cathedral: esta igreja tem sido um marco de Toronto há mais de 150 anos, conhecido por sua arquitetura neogótica, torres altas e o toque característico de seus sinos. Construída de tijolo local e arenito de Ohio, a Catedral abriu para serviços em 1853 depois que um incêndio destruiu a catedral anterior. Os vitrais contam a história da expansão do cristianismo da Terra Santa para Roma, Inglaterra e, eventualmente, para o Canadá. O órgão de tubos de varredura é composto por mais de 5.000 tubos.

Historic Don Jail: é a prisão antiga (de 1864) que fica localizada no centro de Toronto, do lado leste do Don River, na Gerrard Street East, no bairro Riverdale. Lugar super histórico com uma arquitetura linda e que merece a visita nesta data. Nós já visitamos o local e eu mostrei tudo para vocês neste post aqui.

Toronto Humane Society: fundada em 1887, a Toronto Humane Society é uma das maiores organizações de bem-estar animal em Ontário. Em média, mais de 3.000 animais que passam pelas portas do abrigo precisam de cuidados e apoio. Os visitantes do local podem fazer uma visita aos bastidores do abrigo, (tours a cada 30 minutos), ler para os animais, fazer brinquedos para os animais necessitados, e muito mais.

 Black Creek Pioneer Village: a Black Creek Pioneer Village (em português, a vila pioneira do riacho negro) é um museu à céu aberto, que recria o estilo de vida dos Torontonianos no século 19. Lá você encontra uma coleção de edifícios e artefatos que vão fazer você imergir na vida, costumes e arredores dos primeiros moradores da cidade, que construíram as bases para a Toronto moderna. Abrangendo mais de 30 hectares de paisagens rurais intocadas, a Vila é uma experiência única com edifícios históricos – algumas originais, outras realocadas ou reconstruídas – de comunidades em todo o centro-sul de Ontário, que foram fielmente decorados com mobiliário original e artefatos. Clique aqui e veja posts sobre o local.

Scadding Cabin: nada mais nada menos que a casa mais antiga de Toronto, de 1794. A casa fica na área do Exhibition e esta é uma das poucas vezes que fica aberta para visitação do público. Nós já visitamos o local em edições anteriores do evento e eu mostrei tudo para vocês neste post aqui.

Aga Khan Museum: o Aga Khan Museum é um museu diferente, com exposição de peças de arte e documentos da história e arte muçulmana. O edifício onde fica o acervo impressiona e eu achei o local incrível. Além das exposições (dispostas em 2 andares) há um teatro de 350 lugares, duas salas de aula, um café, um restaurante (Diwan, de diferentes cozinhas de cultura islâmica) e uma lojinha. Nós já fomos neste museu e eu contei tudo neste post aqui.

Bay Lower Subway Station: esta é uma estação de metro que foi fechada ao público em 1966. Quando a Linha 2 foi inaugurada oficialmente em 1966, a Bay Lower estava em pleno uso. Trens alternativos usavam a conexão Wye, o que permitia aos clientes viajar da Linha 1 para a Linha 2 sem mudar de trem. O TTC testou este sistema por seis meses e também testou as duas linhas de metrô separadas por seis meses. Após o teste, o TTC decidiu que dois trens funcionavam melhor e Bay Lower foi fechada. Mas estará aberta para visitação durante o Doors Open Toronto deste ano.

Royal Ontario Museum: o maior museu de Toronto e um dos principais do Canadá fará parte desta edição do Doors Open Toronto. Mas, importante: os visitantes somente poderão visitar gratuitamente a Daphne Cockwell Gallery na Weston Entrance. Esta galeria é dedicada aos First Peoples Art e Cultura. Se você quiser visitar outras partes do museu terá que pagar a entrada. Mais sobre este museu você encontra aqui.

Paradise Theater: cinema antigo de 1937 que foi restaurado e esta prestes a ser aberto. O cinema fica localizado na região da Bloor Street West. Os visitantes – tour marcado de 30 minutos – aprenderão sobre a história secular do local e visitarão as instalações do mesmo.

Thomas Fisher Rare Book Library: biblioteca de livros raros da Universidade de Toronto, considerada uma das mais bonitas do mundo. A Thomas Fisher Rare Book Library tem a maior coleção de livros raros e manuscritos disponíveis para o público no Canadá, incluindo uma extensa coleção de primeiras edições de Lewis Carroll (autor de Alice no Pais das Maravilhas) e livros de eras antes de Cristo.

First Nations House: dentro da Universidade de Toronto, no histórico edifício North Borden coberto de hera na Spadina Ave. É o lar de uma biblioteca de mais de 4.000 livros sobre conhecimento indígena. Uma oportunidade única para conhecer a história do Canadá e explorar um lugar tão cultural em uma das melhores universidades do mundo.

John H. Daniels Faculty of Architecture, Landscape and Design: novamente parte da Universidade de Toronto, este prédio da faculdade de arquitetura foi reformado recentemente e como parte do Doors Open os visitantes irão fazer um tour pelas instalações. O edifício antigo data de 1875 e o moderno foi terminado recentemente.

Você pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *