Morar no Canadá: o que fazer antes de viajar

Untitled-1Você decidiu morar no Canadá e não sabe por onde começar? Não se desespere, eu te entendo perfeitamente e estou aqui para te ajudar. Isso porque esse “recomeço” foi mais ou menos o que aconteceu comigo em 2010: recebi a carta de aceite da Universidade de Toronto no início de maio e minhas aulas iriam começar no início de setembro (eu ju-ra-va que não ia conseguir passar no processo seletivo e nem estava me preocupando com nada). Ainda, apesar de não estar trabalhando na época, tinha minha casa toda montada (em SP e em Floripa), meu marido (que tinha um ótimo emprego) e meu cachorro (que era e continua sendo meu amor). É um momento de alegria e muita ansiedade… que você pensa que vai se desesperar a qualquer momento. Quando você decide morar fora do Brasil há sim muito o que fazer, mas com planejamento e calma dá tudo certo. Neste post eu resolvi listar alguns pontos simples sobre o que você precisa fazer antes de vir morar no Canadá. Espero que seja bem útil e aguardo comentários e sugestões de outros pontos que possam ser importantes mas foram esquecidos.

1. Documentação e visto

MorandoForaBrasil1Não dá para decidir vir para o Canadá, comprar a passagem e chegar aqui. Você precisa de vários documentos e de visto para entrar no país. Se você estiver vindo para cá como turista ou pretende morar temporariamente (estudar ou trabalhar) você vai precisar de visto. Clique aqui e veja informações sobre como retirar o seu visto de turismo, aqui para visto de trabalho, e aqui para visto de estudos.

Agora, se você pretende vir para cá permanentemente, há vários processos de imigração. Eu não sou nenhuma expert e não conheço as categorias. Sempre sugiro que meus leitores entrem no site do governo Canadense, verifiquem se são elegíveis e vejam as categorias para imigração. O processo é confuso e se você não se sentir seguro sugiro contratar algum profissional para fazer isso por você. EU fiz meu processo sozinha, não conheço ninguém para indicar.

Além do visto você vai precisar de um passaporte válido. Sempre confira a data de validade do seu passaporte e se estiver com poucos meses eu sugiro você fazer um novo passaporte para não se preocupar com isso. Um outro ponto é que pelo Canadá ser tão pertinho dos USA eu sempre recomendo que as pessoas já façam o visto Americano durante este processo de coleta de documentos. Você tem a opção de fazer o visto aqui em Toronto na Embaixada dos USA (que fica na University Avenue). Para informações sobre o sito americano de turismo clique aqui.

Em relação a carteira de motorista, a carteira do Brasil tem validade de aproximadamente 3 meses para turistas e 2 meses para residentes. Há a opção da carteira internacional, mas se você vem permanentemente é ideal que você faça a carteira canadense (você só poderá comprar carro se tiver este documento). Eu já contei sobre o processo todo aqui no blog.

Uma outra dica é fazer a tradução juramentada de documentos importantes, como certidão de nascimento e casamento, certificados universitários, etc. Isso, principalmente, se você estiver vindo para cá com visto de estudos e trabalho mas tem interesse em ficar permanentemente. As traduções não tem validade e podem ser úteis para outros propósitos, além da aplicação para residência permanente (por exemplo, para alugar nosso primeiro apartamento aqui eu tive que comprovar que era casada – pois era uma residência familiar da UofT e precisei da minha certidão de casamento).

2. Escolha da cidade

MorandoForaBrasil2O Canadá é enorme e há várias opções de cidades. As cidades mais populares entre os imigrantes são Vancouver, Toronto, Montreal, Ottawa,  Calgary e Victoria e muitos sites de imigração falam que os novos imigrantes devem apostar em regiões menos visadas, como Regina e Halifax. Novamente, não sei como o processo funciona e não sei se é mais fácil você escolher ou não uma cidade menos popular. Apesar do processo, acho que você deve levar em consideração a cidade em si, se ela te agrada e se você conseguiria viver por lá muito tempo (se este é o seu objetivo). Eu sempre sugiro que as pessoas que pensam em imigrar tentem vir antes para o Canadá para fazer um curso de inglês de curta duração ou mesmo passear, para ter certeza que é aqui que você vai encontrar tudo que procura. Como o inverno em algumas cidades é extremo, vale a pena também pesquisar pelas médias de temperaturas nas cidades Canadenses antes de tomar sua decisão.

3. Hospedagem

MorandoForaBrasil3Hospedagem é um dos maiores questionamentos quando o assunto é morar fora e certamente há muitas opções de hospedagem: hotel, hostel, aluguel de apto, airBnB, casa de família, casa de estudantes, etc. Se você está vindo para cá eu sugiro que fique nos primeiros dias em um AirBnB ou Hostel. Utilize estes primeiros dias para visitar apartamentos nas regiões da cidade que você pretende morar, contactar um realtor ou fazer pesquisas de apartamentos na região que você quer morar. Às vezes, caminhando pelo bairro que você quer morar, você vê placas de aluga-se e pode encontrar seu apto (isso já aconteceu com uma amiga). Outra dica é que nos finais de semana (pelo menos aqui em TO) acontecem os open houses (os imóveis ficam abertos para visitação).

Para pesquisar locais para alugar há vários websites: realtor.ca, viewit.ca, rentit.ca, gottarent.com, etc. Há ainda a opção do craigslist e kijiji mas já vi muita gente entrar pelo cano (alugar antecipadamente e depois de pagar o depósito a pessoa sumir e não ter apto nenhum). No fundo eu só conseguiria alugar direto de um agente, e aqui em Ontario uma das agências mais conhecidas é a REMAX e no site deles vocês podem pesquisar por imóveis também.

4. Dinheiro

MorandoForaBrasil4Quanto você vai precisar trazer e quanto vai precisar economizar… esse é um assunto super pessoal e que eu não gosto de responder, pois cada um possui seu estilo de vida e cada um gasta de uma maneira diferente. Por isso, escrevi um post geral com o custo de vida em Toronto, que possui uma lista de vários gastos (ai você pode somar os gastos relacionados ao seu estilo de vida). Se você está vindo para turistar ou quer saber quanto em geral deve trazer para cada dia bem aproveitado na cidade, clique aqui e veja um outro post que escrevi para vocês.

Um ponto bem importante é que quando você for alugar seu apto, a imobiliária ou o proprietário vai pedir pelo menos 2 meses de aluguel adiantado (o primeiro e o último). Ainda, como você recém chegou por aqui e não tem crédito, eles irão pedir mais do que 3 aluguéis adiantados (conheço pessoas que tiveram que pagar 6 meses). Então, planeje-se!

Se você vem para o Canadá em definitivo, o ideal é fechar suas contas em bancos Brasileiros. Mas se por algum motivo você não puder e ainda quiser manter sua conta no Brasil é preciso avisar o banco que você está indo viajar e ver se o mesmo oferece opções de saques internacionais. Increver-se no bankline para movimentar sua conta pela internet é super importante. Outra coisa, ligar para desbloquear os cartões de crédito também é fundamental.

Abrir contas em bancos canadenses não é difícil, mas lembro que meu limite de saque inicialmente era super baixo, assim como o crédito dos meus cartões canadenses (que inicialmente eram em torno de $500 por mês). Lembro que quando fomos comprar nossa TV tivemos que pagar um pouco com cartão de crédito, um pouco com débito e um pouco em cash para dar o valor total. Isso tudo acontece também porque você não tem crédito por aqui. Então fica a dica! Lembrando que o máximo em espécie que cada viajante pode trazer do Brasil para o Canadá é R$10.000,00 (ou o equivalente em dólares canadenses). Se você trouxer mais do que isso, deverá declarar o excesso aqui.

5. Saúde

MorandoForaBrasil5Acho super importante você fazer um seguro de viagem e um seguro saúde quando estiver vindo para cá, mesmo que venha em definitivo. Não sei quanto às outras províncias, mas aqui em Ontario você só será elegível a ter o OHIP (seguro de saúde da província) depois de 3 meses de entrada no país (e com o PR é claro).

Uma outra dica que eu dou é: faça check-ups com seu médico e dentista antes de mudar para cá. Isso porque conseguir um médico de família aqui no Canadá não é muito fácil. Médico de família é um clínico geral que vai te acompanhar, fazer exames e te encaminhar para especialistas. Em relação aos serviços odontológicos, aqui no Canadá eles não são cobertos pelo sistema de saúde e você terá que pagar suas limpezas out of your pocket. Às vezes, algumas empresas oferecem planos de saúde complementários, que te darão direito ao dentista, medicamente e outros serviços como fisioterapeuta, massagens, etc. Portanto, quando for aceitar um emprego sempre pergunte se há health insurance.

Ainda, acho super importante que você traga uma mini-farmácia com você, isto é, traga um estoque de alguns remédios que você toma diariamente e também os de emergência. Isso porque pode demorar para você descobrir qual tomar por aqui. Aqui você encontra vários remédios (eu, por exemplo, só tomo os daqui agora), mas no começo você fica um pouco confusa no que comprar e na hora do apuro não dá para arriscar. E se você toma algum remédio com prescrição médica, traga a receita e caixas extra.

6. Legalização no Brasil

MorandoForaBrasil6Muita gente pensa que para sair do Brasil e morar no Canadá é só arrumar as malas, pegar o passaporte com o visto e vir para cá. Gente, tem tanta burocracia que se você não estiver determinado irá desistir. EM primeiro lugar, você precisará legalizar a situação no Brasil, ou seja, comunicar a saída do Brasil. Para isso, você precisará entregar dois documentos: a comunicação de saída definitiva e a declaração de saída definitiva. Esses dois documentos são super importantes em relação ao imposto de renda e o ideal é que você procure um advogado para te ajudar a fazer isso.

Uma outra dica super importante é que você deixe uma procuração com alguém da família. Esta procuração era chamada de “plenos poderes”, mas hoje quando você chega no cartório e explica a situação eles já tem um modelinho e sabem como fazer. Basicamente você irá nomear alguém para representá-lo no Brasil caso algo precise ser feito em bancos, universidades, órgãos públicos, etc. Para fazer a procuração é necessário que você e a pessoa que será seu procurador estejam presentes no cartório e tenham em mãos documento de identidade e CPF.

7. Arrumando as malas

MorandoForaBrasil7É possível colocar toda sua vida em 2 malas de 30 kg? Muita gente pode responder que não, impossível. Nós viemos para o Canadá e trouxemos o mínimo possível e deixamos no Brasil tudo que não era importante. Refizemos toda a nossa cozinha (da-lhe Ikea) e enxoval e foi muito legal “recomeçar” em todos os aspectos. O que fizemos foi trazer roupas, documentos e algumas coisas que gostávamos e deixei malas arrumadas com mais coisas para quando a família viesse pudesse trazer para nós. Até hoje, quase 5 anos depois, quando meus pais vem para cá eles trazem alguma coisa – sejam fotos, uma toalha de crochê que minha avó bordou para mim, um enfeite de casa com um significado especial.

Eu nunca fui apegada às coisa materiais, mas tinha minhas casas “montadinhas” e, apesar da felicidade em estar realizando um sonho (de estudar fora do Brasil) eu sofri um pouco no começo em desfazer-me de quase tudo que tínhamos. Isso mesmo, não trouxemos nada: jogos de cristais, 3 jogos de jantares que ganhamos no casamento, nossos álbuns de viagem, coleção de vinhos e bebidas, utensílios domésticos, roupas de cama e banho com bordados, quadros de parede, tapetes… tudo ou foi vendido, ou foi doado, ou está guardado em caixas na casa da minha sogra para serem abertas por nossos netos. Enquanto me desfazia dos meus bens materiais para vir para o Canadá viver um sonho eu passei a me questionar sobre as coisas que havia comprado e comecei a perceber que muitas das coisas que eu tinha não iriam me deixar mais feliz. Eu não estaria feliz por ter um jogo de cristais lindo, ou uma geladeira que tinha um bebedouro na porta. Todas essas coisas materiais não me faziam felizes. O que estava me fazendo feliz naquele momento era a conquista de ser aceita em uma das melhores Universidades do mundo e a certeza que viveríamos os melhores anos das nossas vidas em um país diferente, redescobrindo-nos em um lugar novo.

8. Despedidas

MorandoForaBrasil8Comece a fazer as despedidas 1 mês antes da data de partida. Isso porque você vai ter que almoçar com suas amigas, tomar café na casa de sua avó, jantar com seus pais, sogros, irmãos… e ainda tem seus tios, primos, colegas de trabalho. Você vai querer ver todo mundo e os últimos dias que antecedem a viagem são muito estressantes e ocupados. Então sugiro que você já marque com antecedência e vá vendo todo mundo. No meu caso, como eu morava em SP e minha família em Floripa eu tinha poucos amigos para me despedir e foi mais fácil. Outro ponto que foi mais fácil é que somente meu marido me levou para o aeroporto, então não precisei me despedir de muitas pessoas (somente dele). Para quem não sabe, eu vim antes para o Canadá – pois minhas aulas começavam em Setembro – e ele e o Joe vieram em Janeiro do outro ano.



174
Comentários

110 Comment threads
64 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
114 Comment authors
Carla

Olá, adorei o post. Você tem dicas de como faço para levar meu dog comigo?

Abs,

Oi Gaby, obrigada por esse post super completo. Tivemos problemas em nosso housing em Toronto e escrevemos nosso relato no blog http://www.familyincanada.com .Esperamos poder ajudar para que mais pessoas não caiam em golpes.
O link tá aqui. https://familyincanada.com/2018/03/03/perrengues-na-locacao-do-seu-imovel-em-toronto-e-demais-cidades-de-ontario-veja-onde-e-como-defender-seus-direitos/

REGIANE BRAGANÇA MATOS SABOIA FERREIRA

Olá Gaby. Uma vez que vc vai definitivo para o Canadá. Não pode mais voltar para o Brasil? Adorei suas dicas. Meu esposo esta pensando em ir primeiro estudar em um college e trabalhar. Para depois ir eu e meus dois filhos. O que vc acha. Que dica vc nos dá. Desde já agradeço.

Michele

Oi Gaby,
Estamos de mudança para Toronto agora em Março. Acompanho seu blog faz muito tempo. Obrigada por tanta dedicação em nos passar informações de qualidade. Tenho uma dúvida : Além do relatório de saúde que fica registrado no sistema do consulado. É necessário um relatório de vacinação detalhado para crianças.?Tenho duas filhas, de 10 anos e 5 anos e já fizeram todas as vacinas requisitadas para a idade. Esse relatório precisa ser traduzido juramentado? Desde já obrigada

Felipe Viana

Oi Gaby, me chamo Felipe, tenho 18 anos. A família de uma amiga e eu estamos planejando imigrar para Toronto até 2020 (no máximo), uma das principais razões de pensarmos na imigração é a universidade para minha amiga e eu, e uma boa qualidade de vida durante a velhice para os pais dela. Estamos bem no começo do planejamento e como obsessivo por informação que sou, me deparei com seu blog em minhas pesquisas, já tendo lido mais de 40 posts. Uma coisa que ainda me deixa de cabelo em pé é a situação do visto, neste ano, surgiu uma… Read more »