10 coisas para NÃO FAZER em Toronto

Em todos os posts eu trago dicas sobre o que fazer em Toronto. Hoje resolvi escrever algo diferente e falar sobre aquilo que você NÃO deve fazer quando estiver visitando esta cidade.

1- Não venha para Toronto sem checar os eventos que acontecem na cidade
Toronto é uma cidade repleta de eventos: jogos dos diversos times da cidade, shows e mais shows, festivais, e muito mais. Sempre que alguém vem nos visitar eu checo para ver se haverá algum evento e se há ingressos disponíveis. Não custa nada checar: vai que você dá sorte de ver o seu ídolo de pertinho e tornar sua viagem ainda mais inesquecível.

Jojoe_U2_GNC

2- Não venha para Toronto somente no calor
Quando morávamos no Brasil eu e o marido sempre viajávamos para países com estações diferentes do verão, já que como Brasileiros já estamos muito acostumados com calor. E todas as vezes éramos questionados do porquê de “viajar e passar frio” ou “pagar para não sair na rua porque está nevando”. Para mim, viajar e ver algo novo, mudar totalmente de ares e visitar Toronto no inverno ou outono une isso tudo! O outono Canadense é uma experiência única! E o inverno é sim, muito frio você não vai conseguir ficar horas e horas andando na rua, mas a natureza e a paisagem são tão lindas que serão certamente a lembrança mais marcante que você terá da viagem. Se tiver oportunidade (e saúde) venha no outono (e veja isso, isso e isso) ou no inverno (e veja isso, isso e isso).

Outono_GNC

3- Não se hospede fora da cidade de Toronto
Pouca gente sabe mas Toronto em si é pequena e não vive sem suas regiões vizinhas (por exemplo, o maior aeroporto da cidade fica em Mississauga, o maior e melhor outlet da cidade fica em Vaughan). Quem vier a Toronto vai ouvir muito a expressão GTA (Greater Toronto Area) que nada mais é do que a região metropolitana de Toronto (quer saber mais sobre a GTA leia este post aqui). Na minha opinião, se hospedar fora do centro é ter que correr para pegar transporte público antes dele fechar (o metro fecha a 1pm) ou pagar caro para voltar para o hotel se quiser curtir um pouco mais a noite da cidade. Se você estiver de carro, se hospedar fora do centro é se preocupar com o estacionamento, com multa e com trânsito. Se hospedar fora do centro também não vale a pena pois você se priva de dar uma passadinha no hotel para pegar um casaco, tomar um banho, carregar a camera, pegar aquela dica anotada num papel que você esqueceu em cima da cama do hotel…

Hotel_GNC

4- Não fique somente 1 dia na cidade
Toronto é a cidade de conexão para qualquer pessoa que vem ao Canadá via AirCanada, o que faz com que as pessoas acabem passando algumas horas por aqui e conhecendo a cidade. Apesar de ter a fama de ser a mais americanizada cidade do Canadá, Toronto é linda, cheia de atrações e merece muito mais do que 1 dia. Ai você se pergunta: quantos dias é ideal para conhecer Toronto? Eu não sei a resposta, mas indico um post no blog com um roteiro de 4 dias pela cidade. Se não tiver jeito e você só conseguir mesmo ficar por aqui 24 horas, tenho certeza que você sairá daqui com gostinho de quero mais. Porém, tenho aqui no blog um roteiro que pode te ajudar a fazer essas horas serem muito bem aproveitadas.

1dia_GNC

5- Não visite apenas o centro
Essa história de que Toronto é só CN Tower, Bloor Street e Eaton Centre é coisa do passado gente. Se você estiver por aqui (e com mais tempo é claro), não deixe de conhecer outras regiões da cidade (além do Centro). E eu trago várias dicas e posts aqui no GNC, como por exemplo Bluffer’s Park, Ilhas de Toronto, Humber Bay, Unionville, Village of Islington, Old Mill, Lakeshore, e, é claro, Niagara Falls.

Island_GNC

6- Não economize em restaurantes
A maior besteira que um turista pode fazer em suas viagens é deixar de provar a comida local. Muito da cultura de um povo está na sua comida, certo? Porém pense em um lugar que é tão multicultural, mas tão multicultural que isso acaba refletindo na sua culinária. Sim, Toronto é assim e por aqui você encontra restaurantes (bons) de várias cozinhas mundiais. Só para citar alguns exemplos, já experimentei comida grega, etíope, vietnamita, japonesa, árabe, mediterrânea, mexicana, espanhola, polonesa, portuguesa, alemã, e é claro, brasileira. Se você esta em dúvida qual tipo de restaurante visitar eu sugiro dar uma olhadinha no blogto, um blog super legal que traz o melhor de Toronto (inclusive em cada tipo de comida). Clique aqui e veja o post explicando sobre isso. E não pense que os restaurantes de Toronto são muito caros – comparado com outros lugares do mundo (incluindo o Brasil) acho os valores daqui relativamente bons.

Restaurante_GNC

7- Não faça refeições somente em shoppings e restaurantes de redes conhecidas
Essa dica do que “não fazer” se completa à dica anterior. Quero enfatizar que você vai encontrar restaurantes de rede como McDonalds, Subway, Swiss Chalet, NY Fries, Hard Rock Cafe, Pizza Hut, Taco Bell, Burger King, Boston Pizza, etc… eles são bons e quebram sim um galhão quando a gente está com fome. Mas o que quero dizer é que você não tem que ter medo de arriscar. Siga 3 simples dicas e curta a culinária de Toronto: (1) escolha o tipo de comida que você quer comer, (2) veja as opções próximas a você, e (3) check no tripadvisor e blogto o que as pessoas falam destes locais. Na foto abaixo um prato que pedi em um restaurante Etíope em um jantar com 4 amigas Canadenses.

Etiope_GNC

8- Não deixe de subir na CN Tower
Ir a NY e não subir no Empire State Builing, ir a Orlando e não conhecer o Magic Kingdom, ir a Paris e não conhecer a Eiffel Tower, ir a Toronto e não subir na CN Tower. Pode parecer exagero e papo de guia de turismo, mas certamente subir na CN Tower é uma experiência incrível. Além disso, a vista de lá de cima é fascinante. Já falei aqui no blog que você pode aproveitar a visita e jantar no restaurante 360, no topo da torre. Todas as dicas sobre o jantar estão neste post aqui.

CNTower

9- Não beba somente água e refrigerante
Venha a Toronto e não deixe de provar as cervejas locais (preciso escrever um post sobre isso), os vinhos locais e o Icewine. Certamente você ficará tentado a beber água (que é de graça nos restaurantes) ou o refrigerante refill (você paga um valor e pode beber coca a noite toda), mas as bebidas locais são ótimas e merecem um espaço na sua viagem (ou bolso!).

Bebidas_GNC

10- Não venha para Toronto com a mente fechada
Toronto é multicultural e visitar a cidade é experimentar gente de tudo quanto é tipo, cor, gostos… É difícil explicar isso mas os Canadenses em geral não se importam com o que o outro está vestindo (o que faz com, consequentemente, eles não se importem com o que vestem, desde que seja confortável e próprio para a estação). Não venha para Toronto com pré-conceitos (“olha a menina de short curtíssimo”, “olha aquele ali cheio de tatuagens”, “e aquele ali vestindo calça de pijama”). Se sua mente estiver aberta você certamente vai entender Toronto e se apaixonar por esta cidade que abriga esta mistura de culturas. Aproveite para ser e vestir o que você quiser por aqui! Não deixe de visitar a Spadina Avenue para entender bem o que estou falando.

Mae_GNC copy



40 Comment threads
20 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
44 Comment authors
Calíope Trindade Oliveira

Gaby, tow lendo seus textos todossss. Estarei no Canadá em abril de 2019 e tow pegando suas dicas para melhorar meu roteiro. Me tira uma dúvida, dá para fazer o passeio pelo Lago Ontário no mês de abril? Porque os sites que olhei até agora não falam em abril, já começam em maio? Você conhece alguma empresa que faça esse tipo de passeio em abril? Obrigada!

Vanessa Hildebrando Louzada

Gaby!!
Seus posts são fofos e ajudam muito!! Obrigada pelo carinho ;)

Geovani Simioni de Barros

Ola
Estou pensando em ir morar em Toronto, vou precisar trabalhar e estudar.
É bom viver nesta cidade ?

Karla Beltrão

Gaby, estou indo para Toronto de 10 a 23/07/18 e gostaria de saber qual o site eu poderia olhar a programação local: shows, eventos culturais, etc.

Andréia

Gaby,tudo bem?
Então quando você fala não deixe de se hospedar em Toronto,assim em caso de intercâmbio quando se escolhe homestay em média fica uns 30 min do centro e onde ficam as escolas.Isso séria fora da cidade?