Sobre o record no nível das águas do lago Ontário em 2017

DSC_8378

Voltei! Depois de 3 semanas viajando, descansando e curtindo muito a família estou de volta em Toronto e aqui no blog. Obviamente cheia de novidades, fotos maravilhosas e várias dicas sobre os lugares lindos que passamos – Alemanha, Áustria, Itália e Suíça -, informações estas que eu pretendo compartilhar com vocês aqui no blog ainda este mês. Hoje eu irei tratar de um assunto que está em alta por aqui: o alto nível das águas do lago Ontário.

Enquanto viajava eu me desliguei de tudo e não acompanhei as notícias do que estava acontecendo em Toronto. Quando cheguei por aqui semana passada fiquei triste com o que vi: em 16 de maio houve um comunicado que a visitação para as ilhas de Toronto estava impedida até dia 30 de junho devido a alagamento. Porém, lendo mais notícias vi que este impedimento se estendeu até 31 de julho; ou seja, nada de Toronto Islands por enquanto aqui em Toronto. Não há nenhum serviço de ferries para visitação (há apenas ferries para o Ward’s Island Dock para residentes, trabalhadores e pessoas que estão ajudando na reconstrução do local). Mais de 40% da região está submersa, afetando as atrações do local (o parque de diversões, os restaurantes e as 3 praias). Realmente é uma notícia muito triste pois visitar as ilhas de Toronto é um passeio lindo e uma das principais atrações da cidade, especialmente nesta época do ano.

Fonte da foto: theglobeandmail.com

Fonte da foto: theglobeandmail.com

Resolvi pesquisar e entender melhor o que está acontecendo para contar para vocês. A primavera (abril-maio) é uma época de chuvas aqui em Toronto, onde geralmente o nível das águas do lago Ontário aumenta. Este ano tivemos um abril extremamente chuvoso, com 106.7 ml de precipitações. Toda esta chuva fez com que o nível do lago aumentasse somente em um mês 44cm, o terceiro maior salto registrado em um mês de abril desde 1918. No início de maio de 2017 o aumento deste nível já estava em 75.52 cm, o que corresponde a 55 centímetros acima da média para esta época do ano – um record. O gráfico abaixo (retirado do site NOAA – Great Lakes Environmental Research Labs) ilustra um pouco o que está acontecendo.

graph_nivelagua

Quem acompanha o blog sabe que eu moro pertinho da lakeshore (ou posso dizer do lago Ontário), e no nosso passeio de rotina do final de semana (depois de voltar de férias) fiquei abismada com o que vi. Na parte oeste do lago – perto do Humber River – há umas barreiras de contenção de água (que são super altas), para que a parte de água mais próxima da costa seja mais calma (dá para ver elas nas fotos que publiquei aqui e aqui). Pois bem, você praticamente não consegue ver nenhuma dessas barreiras de contenção, estão na sua maioria submersas. E as porções de areia ou praias da região também estão submersas ou extremamente reduzidas. Fiquei ainda surpresa de ver várias árvores “no meio do lago” (foto acima), partes da trilha com água, as casinhas dos salva-vidas também “no meio do lago” e muitos sacos de areia em várias porções da trilha para conter a água. Muita água mesmo!

DSC_8392

DSC_8384

DSC_8396

Na parte da Sunnyside Beach (que foi reduzida a um terço do seu tamanho original – ou menor) o deck principal quebrou e não vi nem sinal de SUPs, kayaks e canoas, que são super comuns no calor naquela região.

DSC_8391

DSC_8398

Vamos aguardar para ver o que acontece e esperar que a situação se reverta o quanto antes, torcendo por dias de sol e sem chuva (já que os maiores níveis do lago Ontario geralmente acontecem entre junho e julho). Estarei escrevendo aqui no blog quando souber de alguma novidade, fiquem de olho! Vale falar que as empresas de water taxi estão oferecendo tours para mostrar a região alagada e também a vista incrível do skyline de Toronto (veja as empresas que prestam este serviço clicando aqui). Esta pode ser uma opção se você está em Toronto somente nesta época do ano e quer conhecer o local de alguma maneira.



  • 5 Responses

    1. Cristina disse:

      Gaby obrigada por ter escrito sobre a Ilha. Fui com minha família na quinta passada até a estação para ir à ilha e ficamos sabendo lá que estava fechada. Ficamos bem desapontados e não estemos o motivo. Agora está esclarecido. Quem sabe na próxima vez q eu vier, consiga ir. Bj.

    1. 27/07/2017

      […] pois foi todo feito com gravetos das árvores que estão por todos os lados nas praias do local (devido a alta no nível das águas do lago Ontario). As artistas que fizeram esta obra – Thelia Shelton e Julie Ryan – também utilizaram […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *