O primeiro jogo da NBA do Thomas

attachment-1-1

Quem me acompanha nas redes sociais (facebook, instagram ou twitter) viu que nosso dia de Natal deste ano foi diferente: estávamos em Cleveland (Ohio) e assistimos a um jogão de baskeball da NBA do Cleveland Cavaliers (atuais campeões – o time do Lebron James) contra o Golden State Warriors (atuais vice campeões – o time do Stephen Curry). Este foi o primeiro jogo da NBA do Thomas e tanto eu quanto o Ju estávamos bem apreensivos se iríamos conseguir sentar e ver alguma parte do jogo – porque o Thomas já anda e está em uma fase que não quer ficar parado – mas para nossa surpresa ele ficou ÓTIMO e conseguimos ver boa parte do jogo. E eu vou contar em detalhes para vocês como foi tudo isso neste post.

attachment-1-9

Chegamos na arena bem perto do horário do início do jogo (o jogo começava 2:30pm e chegamos 2:20pm). A foto acima é do marido e do Thomas na entrada do estádio. A entrada nos jogos da NBA é normalmente super tranquila e como os assentos são marcados a gente não tem que se preocupar em pegar um bom lugar (isto é, você fica no lugar que você comprou). Aliás, a gente ficou em um super lugar, afinal era Natal e nos demos de presente dois assentos na oitava fileira (atrás de uma das cestas) e deu para acompanhar o jogo de pertinho. Sentar perto da quadra foi proposital pois queríamos que o Thomas pudesse ver o jogo de perto e não ficasse somente olhando para o telão.

attachment-1-7

Não compramos assento pro Thomas e também não há espaço para levar carrinho. O jeito era ter Thomas no colo o tempo todo. E quem conhece meu bebê sabe que ele gosta de agito, de andar e dificilmente fica parado no colo. Mas milagrosamente ele se comportou muito bem. E o bom dos jogos de basketball da NBA é que o público, apesar de ficar a maior parte do tempo sentado, levanta nos melhores lances e anda bastante – vai comprar comida, vai no banheiro, etc – e há também muitas interrupções no jogo. Então eu sabia que se precisasse sair com o Thomas eu não iria atrapalhar ninguém. Ah, e nosso assento era na ponta da fileira, o que fez uma diferença enorme em toda esta dinâmica de levar um bebê de 14 meses a um jogo da NBA.

attachment-1-5

Não sei se todos sabem as regras mas um jogo de basketball é dividido em 4 quartos de 12 minutos de jogo (não contando os pedidos de tempo, as interrupções por faltas, os lances livres, etc). Thomas ficou no colo do papai o primeiro quarto todinho, somente observando tudo bem sério e bem atento. Eu até tentei bater algumas fotos mas ele e o papai só queriam prestar atenção no jogo. Ele olhava sério, observando tudo…mas eu sabia que ele estava curtindo pois toda vez que tocava uma música ele dançava.

attachment-1-11

attachment-1-14

Durante o segundo quarto ele começou a ficar um pouco mais agitado e quando “nada mais era novidade” ele resolveu querer andar… e tive que ir para a parte da arena com restaurantes para ele correr um pouco (isso mesmo, correr porque andar ele não quer mais). Aproveitamos para dar uma volta completa na arena e olhar a quadra de outros ângulos. Tudo devidamente registrado é claro!

attachment-1-13

attachment-1-6

A arena onde acontecem os jogos da NBA do Cleveland é a Quicken Loans Arena (conhecida como “The Q”) que possui 20.562 assentos e estava praticamente lotada quando fomos. Além dos jogos da NBA o local sedia jogos de outros dois times da cidade, um de hockey e outro de futebol americano. Mas vale falar que os jogos da NBA são os principais do local e tudo na arena é dedicado ao esporte (olha só na figura abaixo os signs fofos dos banheiros).

attachment-1-4

Entre o segundo e o terceiro quarto há um intervalo de 15 minutos e aproveitamos para beber algo, dar uma voltinha pela arena e bater algumas fotos do local. E neste intervalo o Thomas até apareceu no telão. Uma pena que não estava com o celular na mão na hora que ele foi filmado, mas ele ficou olhando para o telão e aprontando. Foi tão fofo, adorei! Pena demais de não ter registrado este momento (alguém assistiu ao jogo e nos viu?). Ah, e há uma parte do local com bolas de basketball com o modelo das mãos dos jogadores e olha que a mão do Thomas não estava tão pequena (quando comparada ao do Kyrie Irving), não é mesmo?. Vale falar que quem conhece o Thomas ao vivo nota que ele tem mãos e pés enormes.

attachment-1-12

No terceiro quarto Thomas já estava super cansado: mamou e ficou quietinho no meu colo assistindo o restinho do jogo. O final do jogo foi bem competitivo e o time da cidade (Cleveland) virou e acabou ganhando. Durante todo o jogo havia MUITO barulho e como Thomas é acostumado com barulho (e gente) desde pequeno ele não se incomodou. Ele não chorou nenhum momento (por causa disso) mas toda vez que pediam para a galera gritar ele colocava as mãos nos ouvidos sozinho. Eu consegui até fazer um registro (olha só a foto abaixo).

attachment-1-10

attachment-1-2

Se alguém me pedisse algumas dicas de como levar um bebê para assistir a um jogo da NBA eu daria estas 3 dicas: 1) pegue um assento perto da quadra (pois você consegue ouvir os jogadores e ver o jogo e a ação, o que irá entreter a criança), pegue um jogo à tarde (a maioria dos jogos acontece à noite e como Thomas dorme cedo ele não conseguiria curtir – este que fomos começou 2:30pm foi ideal); e, 3) tenha disponível brinquedos, mamadeiras e leve em consideração o temperamento do seu filho (não dá para achar que ele vai cooperar se é uma criança que não gosta de barulho, de pessoas estranhas ao seu redor, ou simplesmente não fica quieta de jeito algum – Thomas é agitado mas tem seus momentos de calmaria e é extremamente observador, o que facilitou muito).

attachment-1-3

Por fim todos saíram felizes: o time da cidade ganhou de virada (o que é bem melhor), Thomas se comportou muito bem e curtiu bastante seu primeiro jogo de basketball da NBA e papai e mamãe saíram aliviados e já estão programando os próximos jogos que irão em Toronto, obviamente na companhia do bebê.

You may also like...

5 Responses

  1. Maria Helena disse:

    Oh meu Deus. Que post lindo! Não acredito que um bebe de 1 ano conseguiu ficar quieto no colo? Esse Thomas é demais mesmo!

  2. Isabela disse:

    O Thomas é uma gracinha!!! Adoro as expressões dele!
    Tbm tenho um blog e contei sobre o meu primeiro jogo dos Raptors que fui esse mes aqui em Toronto, se alguém tiver curiosidade!
    http://isabelatonon.com.br/jogo-de-basquete-em-toronto-go-raptors/

  1. 04/01/2017

    […] Quickens Loans, que fica bem no centro da cidade. Nós fomos a um jogo por lá e eu contei tudinho aqui no blog. Clique aqui e aqui para mais […]

  2. 26/01/2017

    […] jogo de basketball do Thomas foi no Natal e ele se comportou muito bem (contei tudo para vocês aqui no blog). Eu estou louca para levá-lo a um jogo aqui em Toronto, só estou mesmo esperando algum […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *