Sobre o carnaval no Brasil e o frio extremo no Canadá

Se tem uma coisa que eu não sinto falta NENHUMA é o carnaval. Nunca gostei. E o motivo é muito simples: se o carnaval fosse sinônimo de alegria (como era antigamente e como os estrangeiros acreditam que seja) tudo bem, mas nos últimos anos o que vemos na maioria dos lugares são muitas pessoas bêbadas nas ruas, um trânsito caótico, record de acidentes nas estradas, meninas novinhas de saias mini vulgarizando-se, convites de festas absurdamente caros (i.e. todo mundo tentando ganhar dinheiro às custas dos outros), caos nas cidades mais lindas do Brasil, ruas fedidas de tanta urina, drogas (essa parte os noticiários não mostram), músicas sem sentido (geralmente vulgarizando as mulheres ou menosprezando a inteligência do povo) e muita (muita) futilidade. Não, esse rotúlo de cultura sempre esteve longe do meu pensamento e eu me sinto muito aliviada morando fora do Brasil e não tendo que conviver com o carnaval todo ano, mesmo que para isso tenhamos que passar por um frio insuportável.

maxresdefault

Foto: Globo.com (e não é quem ainda tem Globeleza gente, a mulher pelada sambando em todos os horários na TV).

Sim, aqui está um frio insuportável e até histórico, com vários alertas de frio. Clique aqui e veja o post sobre termos de avisos meteorológicos de inverno e aqui para ver. O site do governo Canadense também tem uma página com todos os alertas meteorológicos no Canadá (clique aqui). Enfim, na sexta (13 de fevereiro) os termômetros marcaram de manhã -22C (com sensação de -33C) e as temperaturas irão piorar durante o final de semana (com previsão de sensação de -40C em algumas regiões no domingo de manhã). Mas mesmo com o frio, com a temperatura insuportável eu ainda sim não sinto saudade do carnaval.

15

Minha mãe está congelando aqui em casa e pegamos a Globo Internacional para ela ver as novelas. Sentei para ver o jornal nacional de ontem e eu fiquei impressionada como tudo está igual (como quando eu morava no Brasil): primeiro eles passam informação sobre o trânsito (pessoas indo aproveitar o feriado ENORME de carnaval nas praias), depois sobre o desfile das escolas de samba e sobre o carnaval da Bahia. As notícias que realmente importam (toda a corrupção e falta de moral que está acontecendo no Brasil) não viram manchete e as poucas reportagens sobre isso são reduzidas para dar direito à “alegria do carnaval”. Ai você pode me julgar e dizer: “Ah Gabriela, o povo Brasileiro é tão sofrido, deixa ele curtir um pouco essa semana de folia e alegria!”. Eu não concordo, acho que curtir o carnaval diante de tudo que vem acontecendo no Brasil é resultado da apatia e da inércia da nossa sociedade, infelizmente. Eu ficaria muito mais feliz se este povo sofrido conseguisse curtir algo mais cultural/mais inteligente e pudesse ficar feliz com boa educação ou saúde de qualidade. Que o senhor que eu vi no Jornal Nacional que economizou dinheiro o ano todo para comprar a fantasia de R$1.200 tivesse outros princípios. E, sou obrigada a desabar mais um pouco, é muito CHATO o Brasil ser sempre conhecido por causa do samba e carnaval. Tem tanta coisa melhor no Brasil do que isso. Vale acrescentar que eu amo o Brasil e sou sim orgulhosa de ser Brasileira.

photo (3)

O bom de tudo isso? É que depois do Carnaval o ano realmente começa no Brasil. E por aqui, cada dia que passa nos deixa mais perto da primavera!



  • 50 Responses

    1. Tati disse:

      “…acho que curtir o carnaval diante de tudo que vem acontecendo no Brasil é resultado da apatia e da inércia da nossa sociedade…” Gaby, concordo exatamente com você! E nunca sou entendida / compreendida por amigos nem familiares.
      Vou dar um exemplo: Ano passado eu e meu marido boicotamos a Copa. Simplesmente não assistimos a nenhum jogo. Se a gente não concordava com como as coisas foram feitas e como o dinheiro foi utilizado, porque assistir e dar audiência? É triste pois da Copa sim, eu gostava… Minhas lembranças de criança da Copa de 94 e do Tetra são muito legais. Nunca imaginaria que dalí a 20 anos eu iria ignorar completamente uma Copa ocorrendo no meu país.

    2. Clara Alves disse:

      Não tenho problema com quem gosta de Carnaval, mas o foda mesmo é essa tendência da cidade parar tudo pra isso. Quem não gosta das festas se dá mal, porque qualquer lugar que você vá é trânsito, é tumulto, é música alta, televisão só dá isso, instagram tem 300 fotos de gente fantasiada. Uma coisa chata que só. Fora o calor! Você que tem sorte de tá nesse friozinho aí haha

      Ainda bem que ano que vem não vou tá mais por aqui pra me preocupar com isso uaheuhe

    3. Marcela Nering disse:

      Não poderia concordar mais…
      Sorte a sua não ter que conviver com isso todo dia, eu tô cada vez mais desanimada com essa realidade, com tudo que vem acontecendo… A vontade de ir embora daqui e ter uma vida com mais qualidade e mais coerência é GIGANTE!
      Beijos!

    4. Jaqueline Soares disse:

      Oie Gaby, façam das suas palavras as minhas, estou planejamento me mudar do Brasil daqui 2 ou 3 anos, e oro a Deus pra conseguir acelerar o processo. A cada ano que passa sinto que nasci no país errado.
      País passando por uma crise em todos os sentidos, desde água a inflação, e mesmo assim as pessoas esquecem e vão as ruas “curtir” o carnaval.
      Além de outros fatores que nem vou listar porque ficaria horas.
      Canadá me aguarde porque jajá estarei aii 😀

      Gaby arrasou no post.

      Beijosss =**

    5. Jessica Mary disse:

      Oi Gaby,Concordo em TUDO em o que vc disse. É realmente triste ver tudo o que o carnaval trás de ruim,mas as pessoas são “cegas” pra perceberem e so querem ver somente o “lado bom”.

    6. Tiago Barauna disse:

      Gaby!
      Esse post me tornou ainda mais seu fã! Rsrsrs

      EXATAMENTE isso! O problema é que nesses “dias de folia” o Brasil esquece de seus problemas, cadê a história da Petrobrás? Ninguém lembra, pois todo mundo está na “alegria de carnaval”.
      Carnaval tornou-se um sinônimo de bebedeiras exageradas, pessoas sem noção de seus limites e acidentes intermináveis nas estradas;

      Tens completa razão em relação ao Brasil, ainda está e não sei por quanto tempo transmitirá as mesmas notícias no Jornal Nacional.

      Abraços 🙂

    7. Detesto o carnaval e toda a hipocrisia que ele traz. Odeio todas as desculpas “ah, mas pode porque é carnaval”. Graças a Deus aqui em Floripa a coisa é bem de leve, mas fico pensando em quem mora em grandes locais, como Rio e Salvador, que vira um palco de insanidades nesse feriado.
      Eu fico bem feliz e quietinha em casa comendo gostosuras e aproveitando a família 🙂
      Falando em família, que saudades!!! <3

    8. Anne disse:

      Concordo com tudo!! Assini embaixo!!

    9. Douglas disse:

      Oi Gabriela, respeito sua opinião. Mas eu te deixo a seguinte dica: cuidado ao assistir noticiários como o Jornal Nacional e outros grandes grupos de mídia. Como empresa privada, as notícias serão mostradas de maneira a defender seus interesses políticos e econômicos. O “tudo o que está acontecendo” a que você se refere acontece e sempre aconteceu desde que o Brasil virou república, ou melhor, desde a colônia. Lembre-se, a familia Marinho, a mais rica do Brasil segundo a Forbes, foi uma das maiores defensoras da ditadura militar e utiliza de seu espaço para vender a imagem de um Brasil mais caótico do que ele realmente é. Quanto ao carnaval em si, acho que existe um pouco de tudo. O maior problema, no meu ponto de vista, é que transformaram uma festa popular em mais uma maneira de extrair muito dinheiro das pessoas. Tudo de bom para você e sua família.

      • Obrigada pela mensagem Douglas. O Jornal Nacional eu assisti durante a semana do carnaval, o que “vem acontecendo no Brasil” eu vejo por ler jornais e websites (não tenho TV Globo quando meus pais não estão aqui). Bom domingo e stay warm (está muito frio em Toronto, – 28C de sensação térmica – não sei aonde vc está mas se estiver no Canadá está frio em qualquer lugar heheheh) 🙂

    10. Leonardo Giacomin disse:

      Firmar posição nunca é tarefa fácil, seja qual for o assunto, por mais banal que ele seja, como, por exemplo, gostar ou não de algo. Opinar é expor e se expor, e não há nada mais democrático e autêntico do que isto! Independente do assunto que tratas no blog: viagens, trabalho, vida pessoal ou opiniões, é inquestionável assumir que todos são tratados de forma muito autêntica, e o que o torna autêntico, no meu sentir, é o fato de escreveres para você. Opine, escreva, posicione-se! E se vamos gostar ou concordar? Pouco importa. A propósito do tema, acho que já gostei mais do Carnaval, mas ainda continuo gostando.

    11. rose disse:

      Gaby,eu concordo com tudo e mais um pouco com vc,moro na Bahia e vejo o ano todo as pessoas reclamando que não tem dinheiro,ta difícil,reclama do governo e compra esses abadás caríssimos…na televisão só passa como é lindo o carnaval…em fim…o povo tem o governo que merece…quem gosta do carnaval ótimo…para mim é dispensável.

    12. Alex disse:

      Pois é, Gaby, o Carnaval – que foi uma festa inventada e definida arbitrariamente como símbolo de “brasilidade” sendo que há muitas regiões do Brasil que não se identificam com os valores culturais carnavalescos; a hater que se sentiu ofendida deveria ler livros acadêmicos como “Feitiço Decente” de Carlos Sandroni e “O Mistério do Samba” de Hermano Vianna para entender como o Carnaval brasileiro, que nem era feriado há 80 anos, transformou-se no que é – se transformou num grande negócio para alguns e passou dos limites. Completamente. Não discuto a existência do Carnaval, o direito de participar dele nem os valores culturais que ele expressa, mas defendo 100% o direito de não cair na folia, de não ser folião. E quando todas as ruas ao seu redor estão fechadas e tomadas por blocos, o barulho dos foliões não te deixa fazer nada e não há opções alternativas… há algo de muito errado.

    13. Guilherme disse:

      Gaby… odeio inveja mas.. certamente tambem gostaria de estar na sua situação.. nao ha duvidas q vou postar seu texto no meu fb… parabens pelo blog!

    14. Sara disse:

      Me desculpe mas se você não gosta do Carnaval, não tente generalizar rs. Até mesmo qui no Canadá, esse país de primeiro mundo maravilhoso que todo mundo diz, existem lugares em que a vulgaridade, gente bêbada, caos e todas essas coisas rolam solta. (Lugares esses que eu tive o desprazer de conhecer pessoalmente, ou seja, não ouvi falar, eu vi) O que quero dizer é que tudo depende de onde você está, e com quem você está. O Carnaval do Brasil tem coisas riquíssimas e representações mega fortes de cultura. Lógico que existe o que vc disse, mas não generalize, pois até mesmo no Canadá a gente encontra esse tipo de coisa. Não gostar do carnaval é uma coisa, generalizar como se fosse uma grande festa caótica vulgar e sem sentido é outra. Beijos.

      • Obrigada pelo comentário e pela sua opinião Sara. Respeito o que você escreveu e espero que você também respeite minha opinião. Happy Valentine’s Day!

      • Sara disse:

        Adoro seu blog, mas me senti meio ofendida, e até um pouco revoltada haha uma vez que amo o Brasil e defendo as representações culturais, e sim, o carnaval é uma representação fortíssima. Creio que esse tipo de postagem pode acabar tendo esse resultado em meio aos seus leitores. Mas enfim, é você quem decide o que postar rs mas não achei legal. (apenas opinião de uma leitora, caso isso seja relevante.)

        • Acho super relevante sua opinião Sara, e você tem todo o direito de não gostar do texto assim como eu tenho o direito de escrever minha opinião. Não se preocupe e agradeço sim seu comentário. Amo o Brasil, amo as minhas raizes e amo o país que eu nasci e não menosprezei nem um pouco o Brasil (não foi minha intenção pelo menos). O que quis dizer é que não gosto do Carnaval e fico chateada do Brasil apenas refletir isso quando tem muita cultura e história para contar: os índios, a bela natureza, o povo que vive na seca e miséria mas trata bem todo mundo. Gosto sim, da parte cultural que o carnaval poderia representar, mas que nao é isso que eu estou assistindo na televisão ou nos sites. Enfim, uma vez mais agradeço sua opinião e ótimo dia!

    15. Letty disse:

      Gaby, vc disse tudo que eu sempre digo por aqui e ninguém me compreende.

      Quanto ao carnaval esse ano, amanhã vou praí, curtir bastante frio e neve *-*

    16. Amanda de Souza disse:

      Gabi, descobri seu blog hoje e adoooooooooorei! Confesso que te vejo reclamando do frio e lembro que adoraria estar aí (talvez reclamando também) sentindo as baixas temperaturas de Toronto!!!! hehe Sou do Rio Grande do Sul. O clima hoje está ventoso (muito) e as temperaturas estão baixas para o verão (22º). Vou me formar em julho (estou fazendo TCC 🙁 ), e pretendo fazer um intercâmbio após a formatura, com certeza para o Canadá! Preciso me planejar muito bem, porque sou servidora pública do poder judiciário e não posso simplesmente abandonar o barco e sair correndo. Vou pegar muitas dicas aqui no teu blog. Beeeijos

      • Ola Amanda. Seja bem-vinda. Eu adoro o frio, mas -40C será complicado… Vc vai se formar em que? Venha, o Canada é um otimo pais e recebe muito bem os estudantes e imigrantes. Beijos

        • Amanda de Souza disse:

          Em Direito. Já pesquisei bastante e vi que por aí as possibilidades tanto de estudo/especialização quanto de trabalho na minha área são pouquíssimas em razão da diferença dos sistemas jurídicos. Isso me deixa um pouco triste, mas enfim… Se souber de alguma coisa sobre isso, me conta, pra mim me animar 🙂 bjo.

    17. Anna disse:

      Eu que já estou na 3 idade posso afirmar que o carnaval no Brasil mudou e mudou muito . Gaby concordo contigo. Não sou contra desfiles das escolas porém sou contra as verbas públicas que fazer falta para outros setores mais importantes como saúde educação etc….etc…. E muito mais etc. Mas rende votos. Emfim nosso amado Brasil passa por um momento de regressão . Vamos torcer para que os brasileiros após as festas caiam na real e lutem por um futuro melhor com menos corrupção e mais investimentos em realmente precisa. Bjos Gaby.

    18. Marta Rocha disse:

      Oi Gaby, concordo plenamente com você, tbm não gosto dessa vulgaridade explicita a toda hora na TV e tbm não curto festa sem sentido e que em nada acrescenta para a boa educação do povo. No jornal todos os dias só tem coisa ruim, corrupção, violência, miséria etc. Foi em busca de outros valores e mais qualidade de vida que começamos nossa jornada em busca de algo melhor para nossa família. Em abril chegaremos aí, e meu filho que só tem 4 anos vai poder crescer e absolver outras prioridades que realmente fazem a diferença na formação do caráter além da oportunidade única de receber uma educação de qualidade. Estamos ansiosos pela nova jornada. Abraço!

    19. Tatiana disse:

      Concordo com vc Gaby. E esse lance de “uma festa tão adorada pelos brasileiros” é pura babaquice! Eu ja curti carnaval qndo era mais nova mas tbm era um unico dia e nao quatro ou cinco dias. Respeito quem gosta, mas parar o país todo é demais.
      Nao podemos esquecer dos milhões que são dados pelo governo as escolas de samba e blocos de rua! Enquanto isso centenas morrem sem medicos, sem remédios ou no trânsito vitimas da falta de educação do povo “adorador” de Carnaval.

    20. Denicielle disse:

      Vc conseguiu expressar toda a minha indignação em um post.
      Odeio e sempre odiei o carnaval, pra mim as pessoas encontraram uma data para assumir toda sua decadência e falta de escrúpulo. As mulheres já são vulgares, mas no carnaval parece um monte de mulher da vida, Aff tenho nojo de tudo isso.
      Tb não gosto de Qdo estou viajando as pessoas ficam: ah, do Brasil, calor, praia, mulheres.
      Trocaria tudo isso por um país onde somos todos respeitados e onde não tenha tanta vulgaridade a luz do dia.

    21. Letícia disse:

      Gabi,tbm moro em Floripa,e estou me organizando para imigrar para o Canada. Achei seu blog em um dos grupos do Facebook. O que começou com uma lida descompromissada, virou um vício.
      Adoro ler seu blog,suas dicas, e como não se apaixonar pelo seu cão e as fotos mais lindas que vc tira?impossível não ficar com um sorriso no rosto.
      hehehehe
      Mas confesso que esse texto foi escrito para mim, nunca consegui colocar em palavras o sentimento do Carnaval brasileiro. É uma junção de obscenidade com prioridades erradas.
      Nossos jornais só noticiam futebol e samba, e como vc disse, as notícias que realmente importan estão cada vez mais diminutas. É uma pena que isso esteja acontecendo no Brasil.
      De qualquer maneira, continue com esse trabalho maravilhoso, e saiba que vc serve de inspiração para muitas pessoas.
      Grande beijo

    22. Natalia disse:

      Gaby adoro seu blog e sempre leio muitas dicas de Toronto que você coloca. Respeito sua opinião e seus gostos, isso não se discute mas você virou uma imagem pública e muitas pessoas te seguem. Com esse post e com o post dessa semana (sobre as pessoas cuidando da sua vida, que na minha opinião foi um post totalmente vazio, sem propósito) você perde pontos com os brasileiros que te acompanham. Acho que se escolheu ter um blog, tem que falar da maneira mais sutil possível quando está criticando algo, principalmente o carnaval que é uma festa tão adorada pelos brasileiros. E droga, corrupção, pessoas bêbadas tem em todo lugar! E os jornais e revistas estão sempre falando disso no Brasil. Não vejo nenhum problema em incluírem o tema carnaval nor jornais.
      Don’t get me wrong ok? Só acho que tem brasileiro lendo o post e. pensando como eu mas só comenta mesmo quem concorda com vc.

      • Olá Natália. Obrigada pelo recado e pela sua opinião. Eu optei por ter um blog para colocar sim minha opinião sobre diversos temas, sejam eles polêmicos ou não. Eu não quis diEr que há problema em incluir o carnaval nos jornais, só acho que não deveriam dedicar 80% do programa para isso, quando há tanta coisa mais importante para ser falada. Enfim, esta é minha opinião e estarei escrevendo meus posts sempre, sendo eles “vazios” ou não. Mas agradeço de coração seu comentário, porque acho que as pessoas crescem com críticas, não somente com comentários positivos. Happy Valentines Day!

      • Sara disse:

        Super concordo com a Natália. Seu post meio que me ofendeu, uma vez que eu sou uma grande defensora e apaixonada por qualquer tipo de representação da cultura brasileira. =/

    23. Leo B disse:

      Perfeito em cada palavra, Gaby. E haja paciência com este frio.

    24. Jéssica Labre disse:

      Gaby concordo 100%. Eu moro no RJ e esse ano quis fugir. Vim pra Curitiba e estou adorando. A cidade está cheia de quem quer fugir do carnaval, tem muita gente do RJ, do Nordeste. Ainda bem que ainda temos alguns estados pra fugir!

      • Que legal! Bom saber que você pode encontrar cidades nas quais você consegue curtir o feriado sem carnaval! Aproveite!

        • Alex disse:

          Gaby, há lugares em que o Carnaval não é nem um pouco democrático, já que quem NÃO QUER participar dele vira prisioneiro dos foliões, blocos, trios e afins. Muitos bairros da zona sul do Rio são assim. Simplesmente não dá para escapar do Carnaval, pois há blocos em todas as ruas próximas e foliões fazendo barulho por toda parte. E nem há o direito de ir e vir para outras coisas que não a folia, pois fecham as ruas para os blocos. Insuportável! É nosso último Carnaval no Brasil, mas pelo terceiro ano consecutivo estamos fugindo para Minas amanhã. Graças a Deus é o último!

    25. ALEXANDRE disse:

      100% correto

    26. Gaby concordo com você em número, gênero e grau !
      Eu também odeio carnaval. Pra mim é a pior época do ano.

      boa sorte com o frio.

    27. Tsai Ying Huey disse:

      Concordo com você, fico indignada com tanta alegria diante de toda situação política e econômica do país. E fico mais indignada por que não conseguem fazer um hospital, escola, estrada entre outras coisas com a mesma qualidade de construir um carro alegórico…..

    28. Nossa, é mesmo… saudade 0 do carnaval!!!

    29. marcele disse:

      Bom ponto de vista, Gaby.

    30. Helder disse:

      Concordo linha por linha com o que disseste. Infelizmente, o Brasil está condenado.

    31. Grasiela M Vicentini disse:

      Super concordo Gabi…nao curto carnaval !!! Ahhh e o dia que eu fui me matricular aqui na escola q estou estudando a coreana que me atendeu pra fazer minha matriculada disse oooooo Brasileira vc ??? Povo do Brasil muito festeirooo !!! É assim que somos vistos….povo festeiro . Tenho globo internacional aqui em casa programacao pessima e hj passando carnaval no nordeste…ja troquei de canal…bjo bom fds

      • Poise Grasi. Gostaria que fossemos lembrados por sermos um povo guerreiro que mesmo depois de tanta corrupção ainda sorri e tem esperança! 😉 se cuida neste final de semana polar! Beijos

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *