Duas semanas. Duas viagens.

Attachment-1-(1)

Recebi algumas mensagens perguntando se estava tudo bem – porque eu fiquei uma semana sem postar. E a resposta é “estava tudo ótimo”. Nas últimas duas semanas eu e o maridão pegamos nossos “bebês” e fizemos duas viagens, assim na loucura. E digo loucura não porque fizemos duas viagens de avião em duas semanas, mas porque viajar de avião com bebê e cachorro e trabalhar (muito) entre as duas viagens é sim uma loucura. Eu só me dei conta sobre isso quando no Pearson Aeroporto a atendente do restaurante que jantamos (antes de embarcar para as duas viagens) lembrou de nós na segunda delas e comentou algo do tipo “que coragem de viajar com um bebê duas vezes” e quando ela viu o Jojoe (que só foi na segunda viagem) soltou um “e ainda mais com cachorro”. A gente dá um sorriso nestas horas, mas sabe que ela não está errada. Depois que a gente se torna mãe a vida é bem mais agitada e até uma viagem de final de semana tem que ser milimetricamente planejada. Antes eu e o Ju pegávamos o carro, colocávamos Jojoe nele e seguíamos dirigindo 2500 km direto para simplesmente assistir a um jogo de basketball da NBA (isso mesmo!.. e veja aqui). Hoje a gente tem que ter uma certa disciplina porque o Thomas não aguenta muita loucura, apesar de ter curtido muito as duas últimas semanas. Enfim, o objetivo deste post é contar um pouco o que fizemos e um resumão de onde passamos, e nos próximos posts vou tratar mais detalhes sobre alguns dos lugares.

Viagem 1: Miami

Attachment-1-(8)

Não sei se vocês sabem, mas minha única irmã mora em Miami com sua família. Ela se mudou para lá em janeiro do ano passado e desde então está curtindo a vida – e o calor – na Flórida. Sempre que a gente consegue acabamos dando uma escapadinha para lá, para matar a saudade da família e curtir o ótimo clima do local. Não sei se vocês lembram mas abril do ano passado foi a primeira viagem de avião do Thomas – ele tinha 6 meses – e o destino foi a casa da dinda dele em Miami. Na verdade eu nem considero uma “viagem” ir visitar a minha irmã, porque a gente é tão bem tratado por lá que eu acabo relaxando e descansando mesmo.

Attachment-1-(3)

Attachment-1-(11)

Em abril o filho da minha irmã faz aniversário (este ano 4 anos, o tempo voa mesmo) e a gente sempre vai para lá para comemorar. Neste ano fomos em uma quinta e voltamos no domingo (porque segunda tínhamos que estar em Toronto para trabalhar) mas foi muito bom. Meus pais também estavam por lá e eu não via meu pai desde outubro (quando fomos para o Brasil comemorar o primeiro aniversário do Thomas). Foi a primeira vez que o Thomas realmente interagiu com o primo: agora que ele anda e fala ele pode curtir bem mais, e adorou brincar na água, andar de bicicleta com o pai e curtir o primo.

Attachment-1-(15)

Attachment-1-(16)

Attachment-1-(9)

A festa foi em uma academia de ginástica e eu achava que o Thomas não ia curtir muito (por ele ser pequeno), mas ele adorou. Pulou muito na cama elástica e não parava de correr. Foi legal saber como estas festas funcionam pois agora que o Thomas está na creche (e tem vários amiguinhos) esta é uma ótima opção para reunir todo mundo e não enlouquecer com tantos detalhes e tanta criança. A minha irmã alugou um espaço para festas dentro da tal gym, pediu pizza, comprou bolo, brigadeiro, água e suco. Tinha também chips. A festa teve duração de 2h e depois disso todo mundo foi embora com sua sacolinha de lembrança. A decoração foi bem simples e sem muito trabalho: um bolo bonito, balões, umas bandeirinhas e só. Nada de decorações luxuosas, luzes de LED e chocolates personalizados. No final todos curtiram muito e ninguém se cansou tanto.

Attachment-1-(7)

Attachment-1-(6)

Attachment-1-(5)

Eu questiono muito o porquê de termos festas elaboradas para as crianças. Eles curtem muito algo simples, que envolva muita brincadeira e a presença dos amigos e da família. Acho que isso deveria ser a base de todas as festinhas infantis. Aqui no Canadá as festas são bem mais simples quando comparadas com o Brasil, e nos USA isso não é diferente. Eu adorei a idéia de fazer algo simples, em algum espaço para as crianças brincarem mesmo e quero começar a pesquisar aqui em Toronto.

Viagem 2: Califórnia e Las Vegas

Attachment-1-(4)

A segunda viagem começou 3 dias depois de chegarmos da primeira e durou 1 semana. Eu considero esta a primeira viagem da nossa família, pois levamos Jojoe. Pausa aqui para falar sobre como é viajar de avião do Canadá para os USA com cachorro. Apesar de já ter falado um pouco aqui acho legal dar uma resumida do que é necessário: ligar para a cia aérea e reservar o local do seu cachorro (pagamos algo em torno de C$50) e certificado de raiva e de saúde. Não precisa preencher nenhum formulário (não sei se isso funciona assim porque moramos no Canadá, portanto é bom se informar se você estiver viajando saindo do Brasil e quiser passar por USA e Canadá com seu peludo). E lembrando que Jojoe vai dentro do avião com a gente, em uma bolsa que compramos aqui no Canadá para trazê-lo para cá (leia mais aqui).

Attachment-1-(10)

Voltando à viagem, voamos até LA e de lá ficamos duas noites na casa dos nossos amigos Gabriel, Raquel e Abel. Eu estudei com a Raquel no primário e sempre que vamos para a Califórnia a gente dá um jeito de nos encontrarmos. A Raquel agora é mãe do Abel e foi muito gostoso encontrar ela pela primeira vez sendo mãe. O Thomas e o Abel se divertiram bastante e nós também. Aproveitamos que estávamos com os pequenos e fomos passar um dia super gostoso na Disneyland Califórnia. Aguardem que escreverei um post sobre o local.

Attachment-1-(17)

Attachment-1-(18)

De lá seguimos para Las Vegas para eu ir a um show dos Backstreet Boys (que estão fazendo residency na cidade). Sim gente, eu sou fã deles desde que eu tinha uns 15 anos e sempre que tenho oportunidade eu vou a um show (clique aqui e veja alguns dos shows que já fui). A gente foi até Las Vegas somente para eu ir ao show e maridão ficou no hotel tomando conta dos pequenos (obrigada!). Eu fiquei na frente do palco e curti demais – se você me acompanha no Instagram deve ter visto no stories um pouco destes momentos.

Attachment-1-(13)

Attachment-1-(12)

Depois de dançar por 2 horas e ficar sem voz seguimos viagem para dois parques nacionais americanos: Death Valley e Yosemite. O Death Valley fica a 160km a oeste de Las Vegas e é um deserto super quente e seco, com temperaturas altíssimas que podem chegar fácil a 50C no verão. Aproveitamos que estamos na primavera e incluímos a visita ao local pela primeira vez. Falarei mais sobre este parque incrível em um próximo post.

Attachment-1-(19)

Attachment-1-(2)

O outro parque nacional que fomos foi o Yosemite. Já havíamos ido no local em 2011 mas desta vez estávamos super bem acompanhados com Jojoe e Thomas. Não resistimos e voltamos para curtir um dos parques mais lindos dos USA com nossos pequenos. E foi especial demais. Mais detalhes escreverei em um próximo post.

Attachment-1-(20)

Depois de 6 meses de frio em Toronto a gente queria praia, sol e calor. E por isso a nossa viagem incluiu 3 dias em uma praia. Pensamos muito para escolher um local para ficar – porque acabamos sempre indo para San Diego – e escolhemos a secreta Pismo Beach, que é pouco famosa e linda demais.

Attachment-1-(21)

Attachment-1-(22)

Acertamos em cheio pois o lugar é incrível, mas não tivemos sorte com o clima: pegamos todos os dias com chuva fina e frio que, segundo a previsão do tempo, iria passar no dia que fomos embora. Mesmo assim a gente conseguiu curtir demais o local. Vale citar aqui que ficamos hospedados no Seacrest Hotel, que fica na frente no mar e é super pet-friendly. Falarei sobre o local em mais detalhes em um outro post.

Saldo

Attachment-1-(14)

Nem preciso dizer que o saldo final destas duas semanas foi super positivo: momentos inesquecíveis que ficarão na nossa memória para sempre, um cachorro super cansado e extremamente feliz, um bebê ainda mais curioso e falante (porque estar com ele em todos estes lugares incríveis só fez ele se desenvolver ainda mais), e uma mamãe e um papai cansados mas muito felizes. Viajar é realmente o melhor dos investimentos, é algo que nenhum dinheiro no mundo pode pagar. A sensação de conhecer lugares novos e, agora como mãe, ver estes lugares através das lentes do Thomas – como ele reage e como ele observa tudo – me deixa extremamente feliz e realizada. O saldo é positivo e nos faz querer viajar mais e mais com nossos pequenos. E que bom que nos próximos 3 meses teremos 3 novas viagens – para lugares igualmente lindos. Aguardem pois muita coisa legal irá passar por aqui.

Uma observação final: as fotos que ilustram este post são todas do meu celular. Ainda não tivemos tempo de olhar as fotos da máquina, mas tenho certeza que nos próximos posts muitas fotos lindas e muita inspiração irá surgir por aqui. Aguardem!



13 Comment threads
9 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
12 Comment authors
Lais

Oi Gaby!!
Na volta dos EUA para o Canadá você apresenta os mesmos certificados de raiva e de saúde? Porque aí eles já vão estar com mais de 3 dias de emitidos no momento da volta correto? Isso da algum problema?
Lindo post, como sempre!!
Abraços,
Lais

[…] bebês de 6-8 meses que requeriam muito mais atenção). E ele acabou começando na turminha nova entre uma viagem e outra e com a correria e os dias que ele faltou ele não se deu conta que tinha mudado permanentemente. […]

[…] tinha dois desejos na nossa viagem para Califórnia: ir no show dos Backstreet Boys (isso mesmo, você leu bem) e ir para uma praia. Precisava de sol, […]

Amanda Pereira

BSB??? Ah que demais Gabi. Amo eles e acredita que nao fui a nenhum show ainda? E vc ficou na frente hein. Sonho!

[…] contei para vocês aqui no blog na nossa última viagem para a Califórnia a gente passou pela Disneyland, o primeiro […]