Aeroporto de Hamilton: uma opção para quem quer voar para outras cidades do Canadá, USA e Caribe “saindo de Toronto”

Attachment-1 (90)

No feriado do Canada Day viajamos para Halifax de avião e nosso vôo saiu do Aeroporto Internacional John C. Munro, um aeroporto pequeno que fica na cidade de Hamilton (1h do centro de Toronto de carro). O motivo que nos fez escolher este aeroporto foi o preço das passagens, que na época estava CAD$150 mais barato para cada passageiro saindo de lá. Claro que eu não poderia deixar de dar esta dica aqui no blog e resolvi escrever em detalhes sobre a experiência de voar saindo deste aeroporto, os prós e contras e também fazer algumas pesquisas de preços de passagens para ver se foi sorte nossa ou se os preços são realmente baratos.

Attachment-1 (86)

A experiência

Nosso vôo partia 1pm de Hamilton e como era sexta-feira pré-feriado a gente resolveu sair cedinho para não pegar trânsito. Parte do trajeto é feito pela estrada QEW e ela pode estar bem congestionada. Para nossa surpresa chegamos super rápido (um pouco menos de 1h na estrada) e não pegamos trânsito parado. Eu confesso que até fiquei um pouco assustada pois éramos os únicos no aeroporto, literalmente. Comemos algo no Tim Hortons de lá – o único local que tem antes dos portões de embarque para você comer. Foi bom também pois Thomas pode correr solto e também há internet gratuita.

Attachment-1 (89)

Attachment-1 (85)

Fizemos nosso check-in e foi super tranquilo. Estávamos em 4 adultos, uma criança e um cachorro e pode ser bem complicado por causa dos diversos passaportes e também o embarque especial do Jojoe e o carrinho e caminha do Thomas. Mas foi muito tranquilo e logo depois já passamos rapidamente pelo Raio-X e já estávamos sentados na sala de embarque.

Attachment-1 (79)

Attachment-1 (80)

Attachment-1 (84)

A sala é bem espaçosa e bem acolhedora. Eles possuem várias fotos das diversas cachoeiras de Hamilton (clique aqui e leia mais sobre isso), além de poltronas confortáveis e até um espaço kids. Há um Tim Hortons pequeno (que só vende bebidas e bolos – nada de sanduíches) e um restaurante que vende bebidas alcóolicas, pizza e cachorro quente. No quesito comida o local me decepcionou bastante. Ah, e tem até um mini galeria de arte, com algumas obras de artistas locais. E no quesito compras tem uma lojinha estilo banca de revistas (balas, livros, revistas) e um Duty Free (que não vendia nada de bom).

Attachment-1 (81)

Attachment-1 (82)

Na hora de entrar no avião foi super tranquilo – embarque rápido e foram super prestativos com a gente e “nosso grupo”. A gente vai andando até o avião (não há túneis) e como era um dia de muito calor foi ótimo. E nem preciso contar que Thomas AMOU entrar no avião. Ele berrava “avião, avião” e foi legal ter esta experiência com ele, já que os túneis impedem um pouco ele de ter esta noção de que ele está dentro de um avião.

Os prós

Há muitas vantagens para quem voa partindo de Hamilton. Em primeiro lugar tudo é muito rápido por lá: poucas pessoas utilizam o aeroporto então você gasta bem menos tempo no check-in, embarque, entrada para a área de embarque e pegando as malas, quando comparado com o Pearson. Também achei as pessoas bem mais prestativas e tranquilas (nada de muita muvuca e agito que acontece no Pearson de Toronto). O local em si é pequeno e acolhedor e é bem fácil de resolver qualquer problema relacionado ao seu vôo, já que o aeroporto é super pequeno e tudo parece funcionar rápido demais. Além disso, a internet é gratuita e rápida.

Os contras

Porém, há também algumas desvantagens de voar saindo do aeroporto de Hamilton. Em primeiro lugar o aeroporto fica afastado do centro de Toronto e não dá para chegar de transporte público. Se você tem carro espere gastar CAD$60 no estacionamento de 7 dias (foi o que gastamos) e se você não tem carro os shuttles estão em torno de CAD$100. Ainda, não há nenhum restaurante para você comer por lá. Antes dos portões há um Tim Hortons e após entrar na área de embarque há um outro Tim Hortons (pequeno, que só vende bolos e muffins) e um “restaurante” que tinha no menu fatias de pizza e hot dog. Nós estávamos no local perto do almoço e queríamos muito ter almoçado. Conforme falei anteriormente o embarque não é feito por túneis (a gente tem que caminhar até o avião), então em dias com chuva e frio pode ser complicado. Por fim, achei que há poucos banheiros (3 para ser mais exata – 1 na parte externa, 1 nas salas de embarque e 1 na parte de malas) e as filas estavam enormes, especialmente no desembarque. Não havia trocador de fraldas em um deles.

Os destinos

Obviamente os destinos do aeroporto de Hamilton são restritos e não tão variados quanto o Pearson. Mas confesso que eu fiquei impressionada com a variedade de locais que você pode viajar saindo de Hamilton. No Canadá dá para ir para Halifax, Montreal, Winnipeg, Edmonton, Calgary, Vancouver, Saskatoon e Moncton. E há vários destinos nos USA e Caribe, incluindo Orlando, Las Vegas, Cancun, Punta Cana e muito mais. Clique aqui e veja o mapa com todos os destinos. Vale ressaltar que nem todos os destinos podem ser voados o ano todo – e no mapa do link anterior há diferentes cores para destinos que podem ser visitados o ano todo ou em uma determinada temporada.

Mapa_Destinos_Hamilton

Os preços

Conforme comentei com vocês os preços da nossa passagem para Halifax estavam bem mais baratos saindo de Hamilton, mas compramos as passagens com vários meses de antecedência. Eu dei uma olhada em alguns vôos através do Expedia para poder escrever este post e confesso que achei que encontraria preços mais baratos como os que encontrei no nosso vôo para Halifax. Vários vôos estão com preços semelhantes e somente vôos com datas mais distantes – para outubro ou novembro – e para destinos menos populares – como Edmonton e Moncton – é que estavam mais baratos saindo de Hamilton. Mas ai você tem que contar o preço do deslocamento e pode não valer a pena sair de Hamilton. Mesmo assim eu achei importante dar esta dica para vocês, para vocês incluírem Hamilton nas buscas quando estiverem planejando uma viagem. Meu marido comentou com colegas do serviço sobre o aeroporto e eles disseram que no inverno há várias promoções de vôos saindo para o Caribe de lá – então é ficar ligado para conferir quando o frio chegar.

Attachment-1 (78)

E vale ainda falar que grudado no aeroporto tem um Museu de Aviões de Guerra Antigos, o Canadian Warplane Heritage Museum. O museu é pequeno mas vale a visita se você curte este tipo de atração. O Thomas e meu marido AMAM aviões e já colocamos no calendário de eventos de verão visitar o local. Obviamente quando visitarmos contarei para vocês a experiência.

Espero que tenham gostado da dica e se conhecerem mais algum aeroporto que vale a pena voar – a não ser o Toronto Pearson – ou se já voaram de Hamilton vou adorar ler os relatos e saber das dicas de vocês.



  • 2 Responses

    1. Carol disse:

      Olá, qual seria um bom site ou lojas turisticas da pra procurar voos de Toronto para os EUA. Estou indo passar uns meses e planejo passar uns dias em NY

    2. Para mais dicas sobre aeroportos aqui em Toronto clique: http://gabynocanada.com/?s=aeroporto

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *