Viagem aos Alpes Europeus [Parte 4]

DSC_7060

Hoje eu vou relatar os últimos dias que estivemos viajando pelos Alpes Europeus, mais precisamente na Suíça. Não deixe de ler a parte 1, parte 2 e parte 3 desta viagem linda, cujo foco foi apreciar a natureza e evitar o agito das grandes cidades européias. O último lugar que visitamos foi uma região bem particular da Suíça, remota e ao mesmo tempo turística, rural e ao mesmo tempo super conectada (há trens, bondinhos e teleféricos para todos os seus cantos). Depois de termos percorrido 15 dias em lugares maravilhosos eu ficava pensando se conseguiria me surpreender ainda mais… mas eu consegui (e muito!). E abaixo vocês vão entender o porquê.

Nossa última base: Lauterbrunnen na Suíça

A Suíça tem 65% do seu território coberto pelos Alpes, então se você viajar por lá sabe que vai encontrar montanhas nevadas. E estas montanhas estão entre as principais atrações do país. A região que fomos está no terceiro lugar dos lugares mais visitados da Suíça (perdendo somente para o monte Matterhorn em Zermatt e o Chateau de Chillon em Montreux no lago Geneva) e é chamada de The Jungfrau Region. A região possui três grandes montes com glaciares chamados de “big tree”- Jungfrau, Monch e Eiger. O ponto de partida da região é geralmente a cidade de Interlaken, que é uma cidade maior (i.e. com mais opções de hospedagem) e que fica entre os os lagos Brienzersee e Thunersee, o que explica o nome da cidade. A partir dela a maioria das pessoas visita as cidadezinhas locais de Grindelwald, Murren, Wengen e Lauterbrunnen. Nós optamos por ficar em uma das cidadezinhas – Lauterbrunnen – para realmente ficar em contato com a natureza.

DSC_7237

DSC_7256

DSC_7293

DSC_7327

DSC_8021

DSC_8298

Lauterbrunnen é um lugar incrível, que parece ter saído de um livro de histórias ou de uma pintura. Ou até de um filme – e até pode ser já que a região serviu como inspiração para JRR Tolkien criar as paisagens da série de livros “O Senhor dos Anéis”. A pequena vila possui chalés, alguns poucos restaurantes, uma igrejinha e uma estação de trem localizados em um vale cercado de gigantescos penhascos e, acreditem, 72 cachoeiras. A localização da cidade é espetacular mas a estrela do local é certamente a cachoeira Staubbach, que fica no centro da cidade. Ela possui 297 metros de altura e é a primeira coisa que você vai notar quando chegar por lá. Staubbach é também uma das cachoeiras mais altas da Europa e possivelmente a mais bela que eu já vi.

DSC_7333

DSC_7346

DSC_7394

DSC_7424

DSC_8081

DSC_8293

DSC_8290

DSC_8255 (1)

A região é a combinação perfeita do que você poderia esperar da Suíça: cachoeiras, grandes montanhas de picos nevados, vacas em enormes pastos, casinhas de madeira tradicionais, trens e mais trens, muitas pistas de bicicleta e muito verde. Eu confesso para vocês que escolhendo as fotos para este post eu fechei meus olhos um pouco e consegui relembrar um pouco das belezas daquele lugar incrível – me sinto realmente abençoada de ter tido a oportunidade de visitar Lauterbrunnen. Clique aqui e veja um ótimo mapa sobre o local.

Attachment-1 (34)

DSC_8261

Onde ficamos hospedados

Conforme escrevi anteriormente optamos por ficar hospedados em Lauterbrunnen, para realmente ficarmos perto da natureza. Vale falar que na vila não há grandes hotéis, mas vários chalés e apartamentos completos para você curtir seus dias na região de Jungfrau. Ficamos hospedados em um apartamento de frente para a cachoeira Staubbach e foi show. Pegamos uma época bem cheia na cidade e quase não encontramos opção via sites como hotels.ca e airbnb. O jeito foi procurar contato diretamente com as empresas suíças e torcer para dar certo (e deu!). Eu não bati nenhuma foto de dentro do nosso apto, mas através do link do local – este aqui – vocês podem ver a cara do nosso apartamento: bem simples mas super completo e confortável. A foto abaixo foi a única que bate da parte de fora do local.

Attachment-1 (26)

Atrações que visitamos na região

Utilizando como base Lauterbrunnen visitamos os seguintes lugares: Murren, Wengen, Grindelwald, First, Interlaken e a pequena vila de Isentwald. Também aproveitamos um dia de chuva na região e fomos conhecer a capital da Suíça – Berna.

Mürren foi a primeira cidadezinha que visitamos, que é a aldeia mais alta e habitada da região (encontra-se em um planalto a 1650 metros acima do vale de Lauterbrunnen. Para chegar no local você pega um teleférico enorme (que tem capacidade para umas 50 pessoas se não me engano) até Grütschalp. De lá você pega um trem até a cidadezinha de Mürren. O passeio de trem é lindo e as paisagens de tirar o fôlego. De Mürren voce ainda pode continuar o passeio e pegar um cable car até o monte Schilthorn (monte de 2970 metros de altura que é famoso por ter sido cenário de um dos filmes do James Bond). Há também um funicular até Allmendhubel, um lugar considerado lindo para admirar as 3 montanhas famosas da região (Eiger, Mönch e Jungfrau). Optamos por ficar apenas na vila de Mürren. Passeamos bastante pelo local, tiramos lindas fotos e almoçamos por lá.

DSC_7053

DSC_7055

DSC_7081

DSC_7085

DSC_7114

DSC_7124

Attachment-1 (44)

Attachment-1 (35)

Attachment-1 (36)

Attachment-1 (37)

Attachment-1 (38)

Wengen foi uma outra cidade que visitamos. O local é super popular no inverno entre os amantes de ski. Achei a cidadezinha – que não tem acesso via carro, somente trem – extremamente simpática e acolhedora. Nós passamos no local em um final de tarde, fizemos compras em uma lojinha local, comemos fondue e caminhamos entre ovelhas, igrejinhas e jardins. Vale falar que Wengen é “caminho” para a subida ao Jungfrau, uma das principais atrações da região. O Jungfrau é a montanha que você chega através da estação ferroviária mais alta da Europa (3454 metros de altura), que foi construído entre 1896 e 1912. Eu ainda não acredito que não fomos no local – o clima não estava legal e não valia a pena pagar os quase $200 euros para subir e não poder apreciar a vista. Fica para a próxima, com certeza.

DSC_7786 (1)

DSC_7796

DSC_7814

Attachment-1 (19)

Attachment-1 (20)

Grindelwald é uma cidadezinha maior, também com mais opções de hospedagem. Ela fica pertinho de Lauterbrunnen e dá para chegar de carro. A principal atração do local – além da paisagem incrível e da geleira eterna que se destaca – é pegar o teleférico para First. First é uma região no topo das montanhas, onde não há vila (ao contrário de Murren e Wengen) mas possui uma vista incrível e um lago maravilhoso (Bachalpsee). A gôndola que te leva para o topo de First tem capacidade para 6 pessoas e demora quase 30 minutos para chegar no topo, passando por 2 estações intermediárias. Você nem sente a subida pois a paisagem é incrível. Na volta você tem a opção de descer um trecho fazendo zipline, andando de carrinho ou bike. O que vc vai sentir é o bolso: CHF58 por pessoa para subir e descer.

Attachment-1 (24)

Attachment-1 (23)

Attachment-1 (25)

Attachment-1 (46)

DSC_7782

Chegando no topo de First todos os caminhos te levam ao Bachalpsee, o lago maravilhoso que reflete as principais montanhas da região. Eu tinha lido MUITO sobre a trilha e visto que ela “não era difícil” e que “tinha apenas uma subida inicial”. Achava que poderia levar o Thomas no carrinho mas desistimos na primeira subida – pois depois dela vem mais uma e uma e uma. A caminhada dura em média 1h e o nível não é tão fácil assim. Optamos por dividirmos em 2 grupos – primeiro as meninas foram visitar o logo, enquanto os meninos cuidavam dos bebês e depois trocamos os grupos. Foi uma ótima decisão porque todos nós pudemos apreciar as lindas paisagens e as crianças ficaram confortáveis no restaurante e lojas do local. Vale citar ainda que o marido e seu irmão desceram a montanha de bike e nós de teleférico (dá para alugar bike lá no topo e devolver na base).

DSC_7570

DSC_7572

DSC_7574

DSC_7589 (1)

DSC_7610

DSC_7639

DSC_7616

DSC_7699

DSC_7707

E não podemos esquecer que em First há o Cliff Walk, uma passarela suspensa que poderá te render belas fotos.

DSC_7554

DSC_7567 (1)

Interlaken é uma cidade que fica entre o lago Thun (Thunersee) e lago Brienz (Brienzersee) e é conhecida como capital da aventura na Suíça. Muita gente vai para lá para fazer esportes de aventura, como paragliding. Conforme falei anteriormente é em Interlaken que a maioria das pessoas se hospeda quando vão explorar a região. Nós passamos apenas de carro pela cidade e nada nos chamou atenção para pararmos e explorarmos o local. Infelizmente os 5 dias que ficamos por lá não foram suficientes para fazer um passeio de barco pelos lagos, mas fica aqui a dica se você quiser explorar mais a região. No lago Thun fica o castelo Schadau e o Oberhofen (belíssimos) e o lago Brienz também tem seus encantos e várias construções lindas e antigas na sua costa, além das Cataratas de Giessbach.

DSC_7146

DSC_7176 (1)

Isentwald é uma vila na beira do lago Brienz. A vila é super antiga (há registros dela em 1146) e toda sua história pode ser vista nas suas construções. Você só pode entrar de carro no local se estiver hospedado por lá ou estiver indo jantar em algum restaurante ou visitar alguém. Foi o que fizemos: fomos jantar em um restaurante de frutos do mar com vista para o lago e caminhamos (e nos apaixonamos) pelo local. Ta ai um lugar lindo demais para visitar quando você estiver na região – e as fotos abaixo comprovam isso.

DSC_7183

DSC_7202

Attachment-1 (29)

Attachment-1 (30)

Attachment-1 (31)

Attachment-1 (33)

E por fim em um dia chuvoso na região de Jungfrau – fomos visitar a cidade de Berna, capital da Suíça. Como contei no post 1 sobre esta nossa viagem nosso foco não era visitar grandes cidades. Mas como o tempo estava péssimo em Lauterbrunnen a gente correu para Berna para almoçar e conhecer a cidade. Eu esperava uma cidade maior – por ser a capital – e fiquei surpresa (positivamente) em ver que a cidade não é tão grande. Passeamos pelo centro histórico – que é patrimônio mundial da UNESCO), conhecendo a famosa Torre do Relógio (Zytglogge), as diversas fontes (são mais de 100 em atividade, sendo 11 delas datadas da Idade Média), a Catedral da cidade, o parque Münsterplattform (um parque super gostoso com mirante para o rio Aare), o parlamento suíço, o Bärenplatzbrunnen (uma rua cheia de restaurantes, onde almoçamos) e galerias do centro. Vale falar que o rio que corta a cidade estava com tons marrons, bem diferente das fotos que havia visto do local. Gostei bastante da cidade, apesar de termos ficado por lá menos de 1 dia. O destaque final ficou para o Thomas, que amou os chafarizes de água na frente do Parlamento e curtiu demais se molhar e brincar com os primos por lá.

DSC_7818 (1)

DSC_7825

DSC_7833 (1)

DSC_7834

DSC_7839-(1)

DSC_7840

DSC_7904

DSC_7932

Attachment-1 (14)

Attachment-1 (15)

Attachment-1 (16)

Attachment-1 (17)

E acabaram os posts sobre a nossa viagem ao redor dos Alpes Europeus. Espero que tenham gostado do meu relato e não deixem de ler o post 1, post 2 e post 3 se ainda não viram. Foi uma viagem inesquecível e eu agradeço os membros da nossa família que nos acompanharam nestes lugares lindos.

You may also like...

6 Responses

  1. Larissa Piedade disse:

    Um lugar mais lindo que o outro em cada post dessa viagem!!
    Lugares maravilhosos, e ótimas dicas de viagem!

    Só fiquei com uma dúvida, nessas cidades menores…a comunicação era em inglês ou só em alemão? ou outro língua local??

    Parabéns pelas fotos!!

    • Ola Larissa! Obrigada pelo recadinho. Era de um inglês meio difícil de entender hehehehe…. Alguns lugares o atendente ia literalmente atrás de alguém que falasse inglês. Beijos

  2. Andressa disse:

    Os Alpes sao realmente maravilhosos essas regioes sao maravilhosas mesmo, o passeio p Jungfrau é inesquecivel pena que o tempo nao ajudou p vcs… Interlaken vale sim a visita no local.. fiquei duas vezes la como ponto do visitacao de outras cidades… penso q no inverno seria mais atrativa pela vista encantador e as aguas das geleiras q correm pelo rio “verdinhas” sem esquecer que de diversas cidades da suiça um dos melhores fondues vc encontra ali em interlaken. Lindas fotos e parabens adorei os relatos de sua viagem!!!

  3. Viajento disse:

    Eu fiquei hospedado em Berna, então fiz só o passeio de um dia para o Top of Europe. Passeio por essas cidadezinhas, que achei bem lindas também!

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *