10 dicas para aproveitar mais suas viagens

Acabamos de voltar de viagem incrível pela Califórnia e curtimos muito, muito mesmo. Sempre ao retornar de viagens eu reflito sobre os momentos que passei, como eu poderia ter aproveitado mais, o que eu faria diferente e o que me fez aproveitar tanto os dias fora de casa. E foi justamente refletindo sobre o que me fez aproveitar a viagem que eu resolvi escrever este post. Portanto hoje eu vou contar para vocês algumas dicas infalíveis que utilizo para aproveitar mais as minhas viagens. Eu segui a maioria destas dicas e posso dizer que consegui aproveitar muito. E por aproveitar bem eu quero dizer descansar, curtir as pessoas que estão comigo, bater fotos lindas, visitar lugares maravilhosos e viver momentos inesquecíveis que ficarão guardados para o resto da minha vida.

1. Não ligar o celular, computador, iPad ou qualquer aparelho eletrônico

yellowstone-38

Eu tenho um pacto comigo mesma quando viajo: raramente conecto meu celular nas redes wi-fi, não checo emails ou vejo redes sociais. Também não viajo com computador ou qualquer outros dispositivo que tenha acesso à internet. Eu preciso deste tempo para mim; ou melhor, minha mente precisa deste tempo. Os primeiros dias são difíceis mas depois você nem lembra de facebook, instagram ou mesmo dos seus emails, e é quando você consegue realmente se liberar do mundo virtual (e de suas preocupações) e curtir a viagem. Ah, eu nem levava meu celular para os destinos, mas com o novo iPhone a câmera é ótima, então eu tenho meu celular comigo para ser utilizado como câmera.

2. Bata muitas fotos

yellowstone-32

Bater fotos faz parte do meu objetivo de viagem. Eu quero sim conhecer lugares lindos, diferentes culturas e provar comidas típicas, mas eu preciso ter um registro de cada momento. Essa sou eu. E muitas vezes a gente inclui no roteiro lugares fotogênicos somente para ter um registro deles. Para não ser a louca das fotos eu e o marido geralmente chegamos em um lugar, o observamos bem e depois saímos batendo fotos. E a melhor parte disso é que a maioria das nossas fotos é espontânea (isto é, sem poses) o que torna a foto ainda mais linda e faz com que a gente continue curtindo o local entre os cliques. Para saber o local que meu marido bateu esta foto linda clique aqui.

3. Não vá somente a lugares turísticos

DSC_2096

Esta dica é ótima e eu sigo a risca sempre. Claro que se você for à Roma não pode deixar de ir ao Vaticano. Mas e se você estiver no Vaticano, não vale a pena explorar as ruelas ao redor da Catedral de San Pedro? A maneira de conhecer lugares lindos e não turísticos é explorar blogs de moradores dos meus destinos. Eu sempre encontro algum blog com dicas locais e sempre acabo achando uma igreja ou um museu pouco conhecido, e que geralmente acabam sendo os lugares mais legais de toda a viagem.

4. Não planeje todos os seus dias

photo

Claro que eu faço planejamento das nossas viagens (clique aqui e veja um pouco sobre isso), especialmente agora que temos um filho pequeno. Mas ao mesmo tempo eu tento ser bem flexível e deixo alguns dias “abertos” para explorar lugares que acabei descobrindo no meio da viagem, ou que eu precise de mais tempo para explorar. Posso dizer aqui que nunca seguimos um roteiro 100% e é por isso que eu nunca conseguirei viajar de excursão. Surpresas (ruins e especialmente boas) fazem parte das viagens e ter um roteiro flexível ajuda muito.

5. Viaje com todos aqueles que tem um pedaço do seu coração

Attachment-1-(7)

Outro dia eu recebi um recado pelo facebook do blog de uma leitora me parabenizando por ter viajado com um bebê e um cachorro de avião (leia sobre a viagem aqui). Eu respondi para ela que eu curto viajar com todos aqueles que tem um pedaço do meu coração, e isso inclui Jojoe (nosso scottie de quase 8 anos). Sim, dá um trabalho enorme mas é uma tranquilidade grande saber que ele está ali, ao nosso alcance, e que o dia dele será maravilhoso explorando praias, parques nacionais e cheiros diferentes. É uma tranquilidade saber que a felicidade dele naquele dia depende de nós e é por isso que sempre que possível eu vou incluir o nosso cachorro na viagem.

6. Tenha a mente aberta

DSC_8565

Eu acho importantíssimo viajar com a mente aberta, sem criar expectativas sobre o seu destino. Por mais que você leia em blogs ou ouça amigos dizerem que o destino X é demais, não dá para ir para o local achando que você vai amar loucamente. Tem que ir com um pé atrás e estar aberto à diversidade dos lugares e seus problemas também, afinal nenhum lugar do mundo é perfeito.

7. Organize seu trabalho antes de partir

FullSizeRender-(4)

Sempre que vou viajar eu reservo um dia para organizar tudo – auto-respostas nos emails, emails para as alunas que irão continuar minhas pesquisas e checar a agenda para ter certeza que todas as tarefas foram feitas ou remarcadas. No caso do blog eu não consigo deixar ele abandonado – quando a viagem é muito longa – e sempre deixo posts e mensagens no facebook pré agendados. Acho uma ótima maneira de continuar presente na vida dos meus leitores sem interferir na minha viagem. Eu tenho uma viagem de quase 3 semanas planejada para o final de maio e já deixei uma série de 25 posts agendados – um por dia – com curiosidades e lugares diferentes de Toronto. Eu planejei estes posts deste março e deixei eles prontos no decorrer de 2 meses. Acho que vale a pena o trabalho pois quando eu me disponho a fazer algo eu quero que seja bem feito… e sei que o blog irá continuar ativo e os leitores satisfeitos. A única coisa ruim é que não conseguirei responder as mensagens que irei receber, mas certamente farei isso após meu retorno.

8. Viaje somente com o necessário

IMG_0878

Com o tempo eu e meu marido aprendemos a ser práticos e viajar com poucas malas. Acho que a quantidade de coisas que você leva em uma mala é inversamente proporcional a sua prática em viajar: quem viaja muito leva poucas malas e quem viaja pouco leva muitas malas, pois não é um viajante experiente. Lembro que quando comecei a viajar eu levava 2 malas (só para mim) e com o tempo fui diminuindo cada vez mais e mais e hoje já viajamos somente com mala de mão e quando ficamos mais tempo a gente compartilha mala mesmo. É menos coisas para se preocupar, menos malas para abrir e fechar, menos malas para levar para o hotel e menos incomodação. Menos é mais neste sentido.

9. Se perca de propósito

DSC_7479

Os melhores momentos das viagens são aqueles inesperados, aqueles que você se perde e acaba encontrando um campo lindo, um prédio antigo, um cantinho da cidade totalmente fotogênico. Por isso quando estamos viajando a gente sempre “sai da rota do GPS” e pega estradas diferentes ou caminha pelas ruas paralelas das cidades para conhecer mais sobre elas.

10. Já planeje a próxima viagem

FullSizeRender-(6)

Não sei quanto a vocês, mas eu volto de viagem com um sentimento misto: muito feliz por estar de volta a minha casa e muito triste por estar deixando os dias de descanso e curtição. Além disso eu volto triste porque sei que não irei passar 24h com meus amores. Uma das minhas felicidades durante as minhas viagens é poder passar todas as horas do dia juntinho dos meus amores, já que em dias de trabalho intenso o Thomas fica pelo menos 8h no daycare. Para amenizar um pouco a tristeza eu gosto de já ter uma outra viagem planejada. Não precisa estar com tudo planejado nos mínimos detalhes, mas pelo menos a passagem de avião ter que estar comprada ou as férias aprovadas. E neste caso a nossa próxima viagem acontece ainda este mês, daqui a exatos 5 dias, e promete muitas fotos lindas e muitos momentos inesquecíveis junto dos meus amores. E é claro que irei compartilhar tudinho com vocês.



  • 22 Responses

    1. Hebert disse:

      9. Se perca de propósito
      Entre os lugares que tive oportunidade de conhecer, na Suiça ( Interlaken) e na Italia ( Milão, indo sentido Chiasso na Suiça ) me perdi com minha familia ( mãe e irmã) e pude ter a oportunidade de pedir informação para pessoas que foram super agradaveis e educadas. Inclusive na Suiça o que me surpreendeu foi um menino de uns 9 anos que conversou comigo em Italiano, Alemão e Inglês! Uma cultura surreal.

    2. Mara disse:

      Um dos meus maiores prazeres também é viajar e ao meu ver uma coisa “chata” do Canadá é não ter tantos dias de férias como no Brasil e consequentemente não dá pra viajar tanto. Como vc lida com isso?

    3. Lismara disse:

      Excelente dicas, Gaby!! Concordo com todas.
      Nas viagens eu também uso os eletrônicos somente quando é necessário, e bato muuuuitas fotos. Quero registrar todos os momentos hehe
      O que dói meu coração quando eu viajo é ficar longe da minha gata 🙁
      Eu não paro de pensar nela um segundo, mesmo sabendo que ela está bem em casa com minha família. Então imagino sua alegria quando você viaja com o Jojoe junto 😀
      O duro é quando bate aquela deprê pós-viagem… Mas faz parte, aí utilizamos sua dica 10, já planejar a próxima viagem hehe

      Ah, e boa viagem para vocês!!
      Descansem e aproveitem bastante!

      Beijos!

    4. Giovana disse:

      Oi gaby! Vi que na sua ultima viagem para os estados unidos, vc levou o jojoe com vocês ! Voce teve que fazer toda a papelada dele ou viagem canada > estados unidos nao precisa?

      • Olá Giovana. Para viajar para USA precisa ter um comprovante da vacina de raiva e atestado de saúde de um vet registrado. Não tem modelo para o atestado. Eu tenho posts sobre viajar com Joe que falo mais sobre isso.

    5. Erin C. disse:

      Pode curtir o post 1000x? Amei Gaby!

    6. Mariel Lopes disse:

      Ótimo post, Gaby! Com ótimas dicas :))
      Realmente, a quantidade de malas é inversamente proporcional à prática do viajante hehehe
      Concordo contigo em todos os pontos!

      Ah, boa viagem pra vocês! Aguardo as postagens aqui no blog.
      Abraço!

    7. Cristina Brito disse:

      Se perder de propósito, me perdendo de propósito foi que eu conheci um dos lugares que mais amei em Toronto, a estação de tratamento de água em Woobine Braço, que saudade de Toronto 💙💙💙

    8. Mayra Macedo disse:

      Adorei as dicas! Seu blog é fantástico!
      Te desejo mais e mais sucesso!

    9. Gabriella disse:

      Amei as dicas!!

    10. Isabela disse:

      Fofaaaaa! Gaby, vc é uma fofa!!

    1. 26/07/2017

      […] que eu não sou de planejar muito os meus dias quando eu viajo – conforme conte para vocês aqui – e gosto de estar mais flexível e não ter um itinerário tão rígido. Mas, no caso desta […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *