Fatos importantes sobre compra de imóvel no Canadá

photo

Hoje eu vou contar para vocês algumas curiosidades sobre o mercado imobiliário de Toronto, que está super competitivo e é uma loucura. Digo uma loucura porque os imóveis são colocados a venda por CAD$850.000 (por exemplo) e são vendidos por mais de 1 milhão, quando estão a menos de 1 semana no mercado. Por isso se você pensa em comprar um imóvel por aqui tem que estar preparado e ficar atento a como este sistema funciona, bem como ter um agente imobiliária (realtor) te ajudando. Quando compramos nossa casa tivemos uma ótima realtor nos ajudando e fez toda a diferença, pois ela conheceu nosso perfil, nos mostrou casas dentro da área e do valor que poderíamos pagar e nos ajudou com todo o processo de oferta e compra (inclusive se você estiver lendo este post e estiver procurando por uma realtor eu posso indicar a minha, que além de ser brasileira – falar português é fundamental quando o processo é todo novo, na minha opinião – é super competente e uma ótima profissional). Enfim, este post vai trazer algumas curiosidades e informações de como o processo de comprar um imóvel por aqui funciona.

Multiple Listing Service

Multiple Listing Service ou MLS é um sistema eletrônico de cadastramento de imóveis, que traz a maioria dos imóveis a venda ou para alugar no Canadá. Tanto os compradores quanto os corretores têm acesso a este sistema. O que acontece por aqui é que o seu realtor irá acessar este banco de dados e fazer uma busca específica para você (dentro do seu perfil – preço, região, tipo de moradia) e o sistema irá te mandar emails diários com opções de casas que se encaixam neste perfil. Se você gostar de alguma é só avisar seu realtor que ele irá marcar uma visita para você. Vale falar que o MLS é um sistema bem mais completo do que sites (como o realtor.ca) e muitas casas só ficam disponíveis no sistema.

Mortgage

Em português mortgage significa hipoteca e é o empréstimo que você vai precisar ter para comprar sua casa (se você não tiver todo o dinheiro). O ideal é entrar em contato com bancos e credores antes de procurar uma casa para ver quanto de dinheiro eles vão te emprestar – assim você sabe certinho até quanto você pode pagar por uma casa e irá procurar casas naquela faixa de preço. O credor irá verificar suas informações financeiras e montar seu mortgage. Quando você pensar em mortgage é important pensar nos seguintes termos: tipos de mortgage, mortgage term, interest rates, amortization periods e payment schedules.

Os tipos de mortgage variam entre o convencional (quando a entrada que você der for de pelo menos 20% do preço da compra do imóvel) ou de alta taxa (quando você der uma entrada menor do que 20% do valor da casa). Geralmente se você optar por dar uma entrada menor você terá que pagar um seguro extra. O mortgage term é o período de tempo que as condições do contrato de hipoteca, incluindo a taxa de juros, será corrigido. O prazo pode ser de seis meses até dez anos. Um prazo mais longo (por exemplo, cinco anos) permite planejar com antecedência e também protege você de aumentos de taxa de juros. Interest rates são taxas de juros, que podem ser fixas, variáveis ou ajustáveis. Aqui no Canadá as taxas de juros são bem baixas (algo em torno de 2.5%). Há ainda open and closed mortgages. Uma hipoteca fechada não pode ser paga, no todo ou em parte, antes do final do seu mandato e com ela você deve fazer apenas seus pagamentos mensais – você não pode pagar mais do que o pagamento acordado. Uma hipoteca fechada é uma boa escolha se você gostaria de ter um pagamento mensal fixo, já que com ela você pode planejar cuidadosamente suas despesas mensais. Já uma hipoteca aberta é flexível, significando que você pode pagar parte dela, ou o valor total a qualquer momento sem penalidade. Uma hipoteca aberta pode ser uma boa escolha se você pretende vender sua casa em um futuro próximo. Amortização é o período de tempo que toda a dívida – mortgage – será paga. Muitas hipotecas são amortizadas ao longo de 25 anos, mas períodos mais longos estão disponíveis. Quanto maior a amortização, maior o tempo para você pagar, menor os pagamentos mensais e maior a taxa. Por fim, você pode programar para pagar sua hipoteca da maneira que quiser (por mês, a cada duas semanas, etc).

Offer to Purchase

Depois de ter encontrado o imóvel que você deseja comprar, você precisa dar ao vendedor uma oferta de compra (às vezes chamado de Acordo de Compra e Venda – em inglês Agreement of Purchase and Sale). Porque este é um documento legal é muito importante você trabalhar com um realtor (que possui conhecimento sobre o assunto e irá cuidadosamente preparar o documento). Só para vocês terem uma idéia os itens o quão complexo esta oferta de compra deve ser seguem alguns dos itens que devem ser incluídos: nomes dos compradores, o preço que você está oferecendo para comprar o imóvel, os itens dentro da casa que você quer que estejam inclusos na venda (por exemplo eletrodomésticos e revestimentos de janela), o valor do seu depósito, o closing date (dia que você tomará posse da casa e a pagará), data que a oferta irá expirar (e o vendedor precisa aceitar ou não) e condições para que você compre a casa (como uma vistoria). Geralmente esta oferta é apresentada pelo seu realtor para o realtor do vendedor (o comprador e o vendedor não se falam diretamente, quem faz este trabalho são os agentes). Há 3 opções de resposta: o vendedor aceita a oferta, o vendedor faz uma contra-proposta (e ai uma negociação enorme pode acontecer) e o vendedor rejeita sua oferta.

Múltiplas Ofertas

Imóveis bons e com um bom preço são super competitivos e geralmente recebem múltiplas ofertas. E é ai que o “jogo de comprar um imóvel por aqui” começa. Vamos dizer que uma casa está à venda no mercado por CAD$500.000, você foi visitá-la e se apaixonou. Você e mais umas 3 famílias estão de olho. Pois bem, você deve trabalhar com sua realtor e tentar chegar ao maior preço possível para que a casa seja sua (porque quando múltiplas ofertas aparecem o vendedor irá aceitar aquela de maior valor, obviamente). Mas você também não quer pagar um valor muito acima do que a casa vale. Novamente, estar trabalhando com uma realtor é fundamental. O que nossa realtor fez quando compramos a nossa townhouse foi pesquisar o preço que imóveis semelhantes ao que queríamos na região foram vendidos. Assim não pagamos muito acima da média da região mas também conseguimos ser a melhor oferta, o que fez com que a casa que queríamos fosse nossa. Porque vamos combinar que não deve ser nada legal perder a “casa dos seus sonhos” por causa de CAD$1000, né? E vale falar que algumas casas são colocadas com um preço bem baixo para chamar a atenção de clientes. Existem vendedores que colocam im[oveis por CAD$600.000 mas não irão vender por menos de CAD$800.000, por exemplo. Tudo é um jogo e é super importante entender para pode ganhar.

Taxas e Serviços

Sempre que você comprar uma casa você deve incluir no valor algumas taxas importantes que devem ser pagar. A dica é que você sempre deixe “reservado” o valor de 1.5-2% do valor da casa para pagar taxas e serviços prestados, entre eles advogados e taxas municipais. O serviço do realtor será pago somente por aquele que vende a casa (que irá pagar para os dois realtors envolvidos). Se você está vendendo uma casa para comprar outra deverá pagar pelo imóvel que está sendo vendido. Há duas taxas que devem ser pagas aqui em Toronto: a taxa da província (Ontario Land Transfer Tax) e a taxa do município (Municipal Land Transfer Tax). As taxas são baseadas no preço do imóvel e são bem altas (na minha opinião). Ainda, se você está comprando seu imóvel pela primeira vez as taxas serão menores.

Aumento absurdo nos preços dos imóveis no Canadá

Antigamente os preços dos imóveis no Canadá costumavam seguir a taxa da inflação, que foi de 1.5% entre 2008 e 2015. Porém nos últimos anos temos observado um aumento absurdo nos preços dos imóveis, entre 5-7% ao ano. Os preços no Grande Vancouver dobraram em apenas uma década, enquanto os preços na Grande Toronto também dobraram desde 2004. O aumento dos preços dos imóveis torna as pessoas mais ricas somente no papel, podendo prejudicar as finanças pessoais de famílias que “pedem” mais do que “podem dar”. O Banco do Canadá disse que a proporção de famílias endividadas que devem pelo menos 3.5 vezes sua renda bruta dobrou nos últimos anos. Segue abaixo uma tabela retirada do site do Canadian Real Estate Association que traz o aumento dos preços dos imóveis entre 2008-2015 (a tabela mostra as 12 cidades que tiveram os maiores aumentos neste período no Canadá).

screen-shot-2016-12-10-at-10-15-25-pm

Portanto é muito importante você avaliar sua condição financeira e opções de compra antes de se comprometer e comprar sua casa. Por mais maravilhoso que possa ser ter uma casa requer muito planejamento e segurança financeira. E enfatizo novamente como é fundamental o papel de um agente ou realtor em todo este processo. Espero que tenham gostado do post. Obviamente eu não sou nenhuma expert no assunto mas espero que os tópicos destacados possam ajudar aqueles que estão chegando no país ou que estão pensando em comprar seu imóvel.

Fonte da foto: vancourier.com



  • 12 Responses

    1. Suellen disse:

      Gaby, tudo bem? Eu me mudo para o Canadá em Fevereiro do ano que vem e estou com dificuldade para encontrar o apartamento ideal para as minhas necessidades e orçamento! Você poderia, por gentileza, me indicar a realtor brasileira que te atendeu?
      Obrigada!
      Suellen

    2. Ana Maria Azevedo disse:

      Achei incrível seu post sobre imóveis. Parabéns!

    3. Alex disse:

      Como vai Gaby.,Logo estarei com minha família e cachorro ai no Canada para estudar e gostaria de conhecer vcs., abraco

    4. Adri disse:

      Muito bem explicado Gaby! Ótimo post como sempre!! Beijoo

    5. Vanessa Melo disse:

      Perfeita como sempre Gaby! Não pude deixar de lembrar dos Property Brothers ao ler o seu texto!

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *