Dicas para quem quer morar no Canadá

Já dizia o ditado: “querer não é poder”; porém, querer é o primeiro passo de agir (não é mesmo?). Em primeiro lugar é preciso querer muito algo e depois vem o planejamento, a ralação, a organização e, enfim, a ação. No caso de morar em outra país há um enorme gap entre querer, decidir e fazer, já que esta não é uma decisão simples. Eu sempre digo para as pessoas que me mandam email perguntando sobre minha mudança para o Canadá que não foi uma decisão fácil, mas também não foi difícil… e se eu estivesse no início do meu processo (ou na fase do “querer”) eu iria gostar de ter recebido as dicas que estou escrevendo neste post.

Estude a língua

Para você viver sua vida Canadense plenamente, isto é, sair nas ruas e conseguir fazer compras e interagir com as pessoas e conseguir um emprego digno você deve falar a língua do local. Não precisa chegar super fluente, mas ter uma noção inicial de inglês ou francês (no caso da província de Quebéc) vai te ajudar nos primeiros dias/meses a sentir-se “parte” daqui. Não deixe para aprender inglês somente aqui e assim que você decidir vir para cá comece a estudar. Não precisa ser cursinho, há vários cursos online gratuitos e canais no youtube que certamente irão te ajudar.

Se possível, visite o país no inverno

O inverno é rigoroso na maioria do Canadá e em todo o país você sentirá muito mais frio do que sentiria no inverno do Brasil. O processo de imigração é longo e imagine passar por ele, vir para cá e não suportar o inverno. Muita gente se deslumbra com o outono Canadense e ama o verão, mas o inverno e o frio – que pode durar até 6 meses – podem ser assustadores. Eu sempre aconselho as pessoas que tem interesse em imigrar que, antes de decidirem, venham ao Canadá conhecer o país para ver se gostam e, especialmente, que conheçam o inverno para ver se o suportam.

Explore sua real razão para mudar

É importante pensar nos motivos que fizeram você querer morar no Canadá e colocar na balança para ver se este motivo é válido ou não. Pergunte-se “por que você quer ir?” e “por que você não quer ir?” e compare suas respostas. Fazer um curso no exterior e melhorar seu CV, melhorar a qualidade de vida, ter novas experiências e conhecer novas culturas, aprender uma nova língua, ter mais segurança… tudo são motivos válidos. Cuidado com motivos do tipo “no Brasil está complicado viver” ou “não aguento mais o Brasil”, pois nenhum lugar é perfeito e o Canadá também tem vários problemas e não é perfeito.

DSCN0273

Conheça outras experiências

Vale pesquisar blogs, conversar com amigos que moram fora, participar de grupos de Brasileiros que moram por aqui… apesar das pessoas serem diferentes eu acho super válido a comunicação entre pessoas que moram em um determinado lugar e pessoas que querem morar naquele lugar. Eu mesma quando vim para cá me comuniquei com várias pessoas que já moravam aqui e pesquisei muitos blogs para entender melhor a dinâmica de Toronto.

Entenda o que é necessário (documentos, visto, hospedagem, etc)

Você decidiu que quer vir, mas precisa saber o que é necessário para que consiga vir para cá. Mesmo que você venha por um curto período há uma série de documentos necessários para que você faça seu visto. Eu escrevi um post com o que você deve fazer antes de morar para o Canadá e acho que vale a pena lê-lo se você está vindo para cá.

DSC_0084

Tenha um plano, mas não se preocupe se ele não sair exatamente como você planejou

É sempre bom planejar sua nova vida, mas cuidado: quase sempre aquilo que você planejou não vai acontecer. Se você tiver um plano mais flexível as chances de você não se decepcionar e ser mais feliz são maiores. Ah, e se as coisas não acontecerem conforme o planejado não se preocupe… sempre há um plano B e você pode voltar para o Brasil. Mas ai você pode me dizer: “ah Gabriela, mas e o dinheiro gasto, os documentos, o emprego perdido?”… tudo isso pode ser recuperado. Você não deve pensar nisso como uma perda: o objetivo deve ser sempre “morar fora e viver uma nova cultura” e você deve pensar que alcançou este objetivo mas não era aquilo que você imaginou.

Busque apoio da família e amigos

Certamente a saudade da família e das pessoas especiais é um dos principais – senão o único – motivo que te faça repensar ficar morando fora do país por um longo período. Quem mora fora do Brasil tem que saber que irá (e se preparar para) perder festas, datas especiais, sentir falta de abraços longos, de conversas fora de hora e de momentos especiais. Não é fácil… morar fora da família e amigos é difícil… mas é mais difícil quando eles não apoiam a sua decisão de morar longe. Quando ficam te cobrando quando você vai voltar ou não entendem que a sua decisão te faz feliz, apesar da saudade. Eu tenho uma família que super me apoia, e isso faz uma grande diferença.

DSC_9768

Viva intensamente esta experiência

Pronto, você decidiu morar no Canadá, planejou-se e veio para cá. Então viva todos os momentos intensamente. Nevou? Coloque as camadas de roupas e saia na rua para passear e curtir a cidade branca… Choveu? Capa de chuva e bora bater perna… Quer passear e não sabe aonde? Pegue o transporte público, salte em uma estação desconhecida e explore as diferentes regiões da cidade… Está com fome? Entre em um restaurante local e delicia-se com novos sabores. Não dá para ficar o tempo todo sentindo falta do Brasil…você tem que respirar fundo e curtir poutine, neve e hockey, mesmo que no fundo o que você queria era pão de queijo, praia e futebol.

DSC_6815



  • 16 Responses

    1. Silvia Koller disse:

      Oi Gaby, obrigada pelas tuas dicas, acompanho o teu blog e ele está sendo muito útil! Estou em Toronto desde o dia 26/02 e retorno pra o Brasil dia 28/03. Tenho a ideia de vir pra estudar até o fim do ano, mas confesso que me decepcionei um pouco com a quantidade de mendigos e pessoas pedindo dinheiro. Isso me deu um pouco de medo sobre a estabilidade econômica da cidade. 🙁

    2. Janaina disse:

      Gaby estou com planos de me mudar para o Canadá e seus posts tem me ajudado muito. Seu texto é sincero e generoso. Continue a nos ajudar! Obrigada!

    3. Monnique disse:

      Gaby, vai fazer um ano que estive aí durante 1 mês. E amei (como não amar??) a cidade!! Gostaria de poder trocar mais ideias com você! Quero mudar assim que der para o Canadá daqui a 2 anos e vou me preparar para isso. Conheci um casal de filipinos que amei e eles me deram muita força. Será que podemos nos falar por email?

    4. Vilmar disse:

      Perfeito, mais um excelente post meus parabéns.

    5. Guilherme disse:

      Olá Gaby,

      Venho apenas para comprimentá-la. A sua escrita é fluida, muito ilustrativa e super envolvente.
      Parabéns pelo seu trabalho, material publicado de muita qualidade e lindas fotos.

    6. Sara disse:

      Oi Gabriela. Tenho interesse em viver no Canadá. Na verdade queria ir para a província do Québec, pois estudo o francês à alguns anos. Queria muito fazer um mestrado, já ouvi falar que as universidades no Canadá são bem acessíveis ($). Você sabe me dizer se isso é real? E se teria chances de conseguir algum tipo de bolsa?
      Outra coisa, é possível um estrangeiro conseguir um emprego na área?
      Muito obrigado pela atenção.

    7. Adri disse:

      Super post Gaby! Tenho certeza que será uma luz para quem quer vir e não sabe por onde começar!

      Beijos,
      Adri

    8. Ricardo Pachiega disse:

      Gaby,
      Estou aqui há um mês e posso afirmar que seu blog foi SENSACIONAL para esta decisão!
      Retorno ao Brasil na próxima semana mas me sentirei por aqui acompanhando seu trabalho.
      Forte Abraço e Obrigado!!!

    9. Miriam disse:

      Adorei seu post e como é verdade o que você escreveu! Adorei sua última frase me deu até vontade de sair pra comer poutine hj a noite! 😊

    10. Adriano disse:

      Parabéns! Ótimo!

    11. Stella disse:

      Adorei o post!

    12. Claudio Almeida disse:

      Gaby,

      Parabéns pelas ótimas máterias que você escreve sobre seu dia-a-dia no Canadá! Quando estive em Toronto com minha esposa em Maio, grande parte das dicas da cidade consegui em seu blog.
      Próximo ano Eu, minha esposa e dois filhos pequenos estaremos desembarcando em Toronto, onde farei meu mestrado.
      Mais uma vez, parabéns pelo Blog!

      Abs.

      Cláudio Almeida

    13. Luiz disse:

      Boa tarde tenho vontade de ir com a minha familia para manitoba o ano que vem…o que vce acha…obrigado

    14. Anna Beatriz disse:

      Legal! Obrigada pelas dicas, Gaby!
      Seu blog como sempre com assuntos muito interessantes!
      Keep on going!
      😉

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *