Sobre criar expectativas em relação a uma cidade ou viagem

DSC_8533-copy

Já perdi a conta do número de pessoas que me escrevem dizendo: “Após ler seu blog eu tenho que visitar Toronto” ou “Você me fez querer morar em Toronto” ou “Toronto deve ser demais, preciso conhecê-la”. Eu fico muito feliz de poder transmitir através dos meus posts a felicidade que tenho em morar nesta cidade que eu amo, mas ao mesmo tempo fico bem receosa pois cada pessoa tem seus gostos e sua opinião e algo que pode ser bom e maravilhoso para mim pode não ser para você. Foi pensando nisso que eu resolvi escrever este post falando sobre expectativas em relação à Toronto ou à viagens em geral.

Em primeiro lugar, você deve sempre visitar um lugar sem grandes expectativas. Eu sei que é difícil, pois muitas vezes nós fazemos várias pesquisas, vemos tantas fotos do lugar que vamos visitar e já montamos schedules de todos os nossos dias que é difícil chegar em um lugar novo e não ter muitas idéias na cabeça. Minha dica aqui é que você planeje sua viagem sim, mas tente pensar pouco sobre o que irá acontecer, como você vai reagir, se você vai gostar ou não do lugar e como seus dias serão, hora a hora. Geralmente você terá uma experiência totalmente diferente daquela que você imaginava, o que, de certa forma, será algo incrível e diferente. Por experiência própria eu posso dizer que criar expectativas altas não é bom, já que você pode se decepcionar muito com o lugar que está visitando. E, se você se decepcionar, não fique desesperado, acontece.

IMG_9155

Em segundo lugar, tenha sempre a mente aberta quando for visitar grandes cidades (e digo isso pensando em Toronto). O que quero dizer é que muita gente vem para cá com a idéia de “Canadá, país de primeiro mundo com ótima qualidade de vida para todos” ou “Lá sim as pessoas podem viver bem, em segurança e com tranquilidade” e acha que tudo aqui é perfeito. E não é. Aqui em Toronto há trânsito (caótico em alguns horários), há mendigos de rua (até mesmo no inverno), há furtos e assaltos (não tão frequentes quanto no Brasil, mas eles existem), há atrasos (constantes) no transporte público, e você vê sim lixo nas ruas. Toronto não é perfeita (como nenhuma cidade do mundo é), mas é maravilhosa com seus defeitos e suas qualidades. E é esta idéia que precisa estar presente na mente daqueles que vem para cá.

IMG_9136

IMG_1381

Em terceiro lugar, quanto mais você viajar, menos expectativas você deve criar. Vou tentar elaborar um pouco este conceito para vocês: quanto mais nós viajamos mais coisas legais nós vemos e mais exigentes nós ficamos. E comparações são inevitáveis para aqueles que são viajantes frequentes. Por exemplo, na nossa última roadtrip pelos USA (em dezembro/janeiro deste ano) percorremos vários estados e parques nacionais no oeste do país. Eu nunca tinha ido ao Grand Canyon e queria muito visitá-lo. Meu marido falou “não é tudo isso” mas eu queria ter minha opinião. Pra resumir a história, fomos, achei bonito, mas não foi o parque nacional que mais gostei ou que me emocionou. Alguns de vocês podem pensar “que chata ou exigente”, mas a verdade é que já vimos muita coisa linda que para me impressionar e emocionar precisa ser algo incrível mesmo.

DSC_1345

Em quarto lugar, seja uma pessoa positiva sempre. Por exemplo, você vai no tripadvisor e lê vários reviews de que o museu X não é legal, mas ao mesmo tempo quando você lê e vê fotos sobre o lugar você tem vontade de conhecer o tal museu. Vá. Vá e tenha sua opinião. Isso já aconteceu tantas vezes com a gente – de irmos em um lugar com reviews ruim mas com uma mente aberta e positiva – que eu digo de boca cheia: não decida visitar um lugar baseado nos reviews, pesquise sobre a história dali e veja se ela te fascina. E se ela te deixar com um friozinho na barriga e uma vontade louca de conhecer o local, vá e curta muito.

Ainda, procure se apaixonar pelo lugar não somente em função das atrações turísticas, mas pelos parques, pela natureza e pelo céu. Tenho certeza que você vai encontrar lugares incríveis admirando suas viagens através destes ângulos.

DSC_8565

DSC_6154

Um outro ponto em relação a ser positivo é o fato de que, para mim, Toronto sempre será um dos melhores lugares para se viver, independente de qualquer pesquisa (veja aqui) pois eu vivo muito bem aqui, mas isso tem muito a ver com a maneira que eu reajo a momentos da minha vida. Já comentei inúmeras vezes aqui no blog como eu sou extremamente positiva com tudo (e mesmo sem comentar vocês podem ler alguns dos meus posts e entender um pouco sobre isso), e seria difícil para mim escrever sobre coisas ruins, ficar reclamando disso ou daquilo. Não é da minha natureza. Então, tenha sempre isso em consideração quando ler meus posts. Eu amo Toronto e espero que meus posts continuem a fazer vocês sonharem com sua viagem/intercâmbio/imigração, mas peço para que vocês não criem grandes expectativas antes de vir para cá. Tenho certeza que Toronto irá surpreender a maioria de vocês positivamente e fazer todos se apaixonarem, assim como eu me apaixonei.

DSC_6119

You may also like...

20 Responses

  1. Helen Beatriz Matos disse:

    Gaby você fala bonito demais kkkk. Eu bem sei que seu blog foi a maior fonte de pesquisa para meus 22 dias entre dezembro e Janeiro em Toronto. E eu ameii cada dica sua que pude realizar. Você está certissima spbre tudo que disse, mas não tem como não amarmos Toronto! Não é perfeito, vi umas duas vezes brigas no metro kkkk mas não se compara a nenhum outro lugar que já tenha conhecido.

    • Ola Helen… eu tbem penso assim, mas conheço muita gente que não gostou de Toronto ou não teve uma experiência tão legal. Por isso achei importante escrever o post. Beijos e obrigada pelo recado

  2. Caroline Lima disse:

    Oi Gaby! Amei o post!!! Vivo falando isso para meu marido… ele é meio… digamos assim… ansioso rsrsrss

    Também fico ansiosa e animada por nossa escolha em ir para Toronto ano que vem porém penso que quanto menos expectativa eu tiver mais incrível tudo vai ser.

    Não digo isso no sentido ruim, eu espero sim que tudo dê certo, que nós nos adaptemos ao clima, que façamos amigos e consigamos ter os melhores dias de nossas vidas nessa nova fase, porém não crio as mais altas expectativas pois a chance de frustração é grande…

    Sempre penso que se vivermos no mesmo nível de vida (qualidade de vida, emprego e etc) que vivemos no Brasil, ainda assim, será incrível só pela experiência única e enriquecedora.

    Minhas expectativas estão sempre no que podemos fazer para que as coisas aconteçam da melhor forma possível!

    Beijos, Gaby! Quando eu for para Toronto te levo um Nescau como agradecimento pelos posts úteis! hahahahaha

    PS: Eu nem sei, tem Nescau aí? rs

  3. Bruna disse:

    Adorei o post. Faltam 5 meses para minha viagem a Toronto e a ansiedade aumenta a cada dia. Difícil não criar expectativas mas acho que vou me surpreender bastante com a diversidade cultural, a primeira vez fora do país, o primeiro contato com o inglês fora da sala de aula, enfim… Espero curtir cada minuto aí. Beijos

  4. Fernanda Sana disse:

    Bem legal falar sobre expectativas… quando lemos um blog esquecemos que estamos lendo sob um ponto de vista pessoal. E, se o autor acredita que aquilo é o máximo, nós leitores-sonhadores queremos acreditar também! 🙂
    Mas tem razão, devemos ter mais cuidado!
    (De qualquer forma, ainda acredito que Toronto deve ser um must. Quem sabe eu consiga ver por mim mesma? Bjs!)

  5. Fernanda disse:

    Ola Gaby, tudo bem?? Já sigo seu blog faz um tempo e to até te vendo no Jornal da Record agora!! rs… que chique =)
    Adorei seu post …me ajudou a pensar sobre ansiedade! rs… Acho que você deve entender… Tenho uma pergunta que não é pessoal; é a realidade da cidade! Ando vendo que muito brasileiro fala que o TTC e o serviço de saúde é praticamente igual ao do Brasil. O único setor que a diferença é gritante positivamente é a segurança. Isso é verdade? Muito obrigada por transmitir sempre informações úteis sobre assuntos diversos.Saúde e Amor nessa sua nova fase da vida!! beijos….

    • Ola Fernanda. Obrigada pelo recado e pela visita ao blog. Eu sinceramente não acho que o TTC e a saúde sejam iguais ao Brasil. Em relação ao transporte público, acho que é ótimo e funciona muito (apesar de não ser perfeito). Tbem é diversificado – temos aqui outros meios além do ônibus que é o mais comum na maioria das cidades do Brasil. Quanto a saúde, aqui a saúde é publica (de graça) e de boa qualidade. Ai no Brasil geralmente as pessoas tem seguro e mesmo assim ainda tem que esperar para conseguir uma consulta. Beijos

      • Lais disse:

        Gaby, qdo fui para TO em 2011 queria ir para NYC, pois era meu grande sonho, mas finaceiramente era inviável, TO foi a melhor escolha sem dúvida alguma.. foi minha primeira vez fora do país, não pesquisei mto, pois não tinha tempo para tal.. fui surpreendida e foi maravilhoso. Agora planejando a trip pra NYC a expectativa está grande, tem q segurar a onda.. rs mas vai ser maravilhoso com ctz, viajar eh mto bom, troca a roupa da alma..
        Sobre o transporte lembro que os canadenses reclamavam muito, mas depois que eu explicava como era no Brasil eles concordavam que o Canada estava a muito a frente… Sobre a saúde, acredito que o funcionamento seja mto diferente e é por isso que os brasileiros reclamam, pq aqui todos tem plano de saúde. Mas quando estão aqui tb reclamam do plano e passam longe do SUS.. outro dia liguei para marcar um exame e so tinha para Setembro, mais de um mês da data da ligação… Enfim, bjs e valeu pelo post!!!

        • Lorena disse:

          Oi Lais.. Vi seu comentário sobre NY e não pude deixar passar em branco… Eu tinha uma expectativa muito alta antes da minha trip p NY e essa cidade só conseguiu me deixar loucamente apaixonada por ela! Sim NY é tudo isso sim! Eu amo quando um lugar supera minhas expectativas e ela conseguiu fazer isso de tal forma qua um dia antes de embora eu estava aos prantos sem querer deixá-la!
          Vou para Toronto e Montreal próximo ano e meu coração já está na boca!!

          Espero que NY tb te surpreenda!! Viajar é a melhor coisa do mundo! Bjos

  6. Samira Tosas disse:

    Bom dia Gaby, tudo bem? Eu vi um dos seus posts antigos e descobri que temos a mesma profissão, Fisioterapia. Como falei em outro comentário, eu e meu esposo estamos no processo de imigração para Toronto, ele já tem trabalho e eu, bom é complicado, porque eu já havia desistido da profissão por conta do salário que é péssimo aqui e dos problemas que tive. Sou Pós-Graduada em Fisioterapia Hospitalar pelo HCFMUSP , trabalhei em hospitais, e como tentativa desesperada de continuar na profissão porque realmente eu amo, fiz uma outra pós mas desta vez em Estética. Várias pessoas já me falaram e recentemente li um artigo sobre isso, que aí no Canadá o salário é muito bom, porém temos que validar o diploma, fazer pelo menos o Mestrado, fazer uma prova no conselho daí e fazer o IELTS, ou seja, burocracias que fazem alguns desistirem. O que eu gostaria de saber é sua opinião sobre isso, sei que estais concluindo um Doutorado, e quero saber suas considerações sobre isso. Estou parada a quase 5 anos, desiludida mesmo, mas no fundo gostaria de voltar a atuar e com essa mudança creio que talvez seja possível que eu retorne à profissão. Beijos! 😉

    • Olá Samira. Obrigada pelo recado. Então, eu trabalho como pesquisadora aqui – conclui meu doutorado ano passado e hoje trabalho na área de pesquisa e quero atuar na academia. Nunca trabalhei como fisio aqui e bem pretendo, por opção minha. Em um dos posts das perguntas mais freqüentes eu falo da validação do diploma e tem links – realmente tem bastante burocracia, mas nada absurdo e impossível na minha opinião. Se você quer voltar a atuar sugiro que já veja os documentos que precisam ser traduzidos para trazer tudo certinho dai do Brasil. Beijos e boa sorte

  7. Augusto Leite disse:

    Bom dia Gaby,

    Já venho acompanhando um tempo suas dicas. Parabéns por tudo que informas!
    Também quando viajo, tento ao máximo tirar proveito das coisas boas, afinal todo lugar tem seus problemas, por menores que sejam. Passarei 3 semanas por aí em setembro e certamente olharei todas as coisas boas que a cidade possa oferecer.
    Nas minhas últimas duas férias estive em Vancouver…linda cidade… ( AH!! tem problema também, mas nada que tire o charme … a mágica .. a beleza) e caso nunca tenha ido, vale muito conhecer.
    Mais uma vez , parabéns pelas dicas…curiosidades… tudo do seu blog…
    Se puder indicar os melhores locais para câmbio, agradeço.

    Augusto

  8. Cristina disse:

    Super verdade isso, cada um com sua experiência, eu achei que não iria gostar de Toronto, mas me surpreendi peli lado positivo

  9. Estela Lopes disse:

    Oi Gaby… Seu blog é ótimo e não poderia deixar de comentar nessa postagem..

    É extamente isso que acontece..

    Eu sempre quis fazer intercâmbio e sempre quis ir para o Canadá.. Ficava entre Toronto, Montreal e Vancouver. Acabei escolhendo Toronto porque tambem me facilitaria ir para os EUA.. E eu era loucaaaaa pra conhecer Nova Iorque..

    Eu li tanto.. Pesquisei tanto.. Li muito seu blog e até outros e eu imaginava mil coisas.. Que a cidade era linda, que tudo seria incrível e correria perfeitamente bem.. Acontece que a expectativa foi grande que eu acabei me decepcionando um pouco.. Sabe aquele sentimento de “ah achei que fosse diferente que o Brasil”.. Ou então.. “Esperava mais”.. E muitas coisas deram erradas ao longo do caminho, inclusive a data da ida, que foi alterada 3x.. Quando eu queria ter ido no inverno.. “/

    Nao que nao tenha sido uma experiência incrívelll ou que não tenha gostado de Toronto.. Toronto é lindaa e te oferece milll possibilidades.. Mas juntou uma série de fatores que deram errado, o que fez com que a saudade de casa aumentasse ainda mais, o que me fez voltar antes do tempo..

    Acho que o erro foi justamente em colocar muita expectativa.. Ser surpreendido é muito melhor..

    Um beijo.. E parabens pelo blog e pelas postagens

  10. Bruna disse:

    Oi Gaby!! Estou prestes a fazer uma roadtrip com meu namorado de Orlando a NY, e estou planejando nosso roteiro um pouco parecido com o de vcs qd foram de Toronto a Orlando (mas começando do final rs). Estamos ansiosissimos!! Mas o q vc falou é totalmente vdd, estou aberta a possibilidade de a minha impressão da viagem ser diferente do que imagino (não que eu ache que possa ser ruim, afinal aguardo essa viagem a bastante tempo!!). Perguntei em um post sobre a sua viagem qual câmera vc utiliza para tirar fotos tão lindas, pois pretendo comprar uma por la para registrar a viagem tb, mas acho q vc não viu por ser um post mais antigo. Se puder me dar essa dica!! Muito obrigada! Parabéns pelo blog. Beijinhos no Jojo, adoro ele!! Tb tenho um filhote. Rsrs

  11. Jade disse:

    Oi Gaby! Acompanho seu blog sempre mas nunca tinha comentado rsrs Adoro seu blog e suas dicas, farei um intercâmbio de 1 mês em Toronto ano que vem, mas não sei exatamente o mês, mas acho que vou escolher ir quando for outono, fiquei apaixonada pelo visual que fica a cidade. Obrigada por compartilhar sua vida conosco, e mais ainda obrigada por escrever esse post, eu tenho altas expectativas para conhecer o Canadá, sempre fui apaixonada pela cultura mesmo não conhecendo pessoalmente!! Então depois de ler isso, realmente vou tentar me controlar, mesmo sendo muito dificil, estou em grupos no Facebook e às vezes tem relatos de furtos, de sujeira no metrô e tal, e vejo que não é perfeito mesmo… Mas tenho certeza que vai ser mágico meu intercâmbio! Quero passear muito e claro, estudar e aperfeiçoar meu inglês. Obrigada pelo blog! E muita saúde para o Thomas <3

  12. Marina disse:

    Excelente post, Gaby. Quando eu fui fazer intercâmbio em Toronto, em 2013, eu não criei expectativa nenhuma. Nunca sonhei em conhecer o Canadá e falava, inclusive, que seria minha única estada no país, pois teria que tirar outro visto para ir novamente e isso dá muito trabalho. Em contrapartida, eu criei uma expectativa gigante para Nova York, que conheceríamos (eu e meu marido) no fim da viagem. Resumo da ópera: eu voltei completamente apaixonada por Toronto, pensando, inclusive, em morar aí. Vejo fotos e meu coração fica arrebatado de saudades por essa cidade incrível. Já de NY, eu voltei completamente decepcionada. Não que seja um lugar ruim, não é nada disso, mas eu esperava tanto, mas tanto, mas tanto, que me senti desapontada. Ainda mais voltando de Toronto, cidade pela qual me apaixonei. Enfim, a melhor coisa é ir de coração aberto e curtir cada lugar, que é único, com características peculiares. Beijos

    • Beatriz disse:

      Marina,
      Fiz intercambio em 2012 para Toronto, lugar onde nunca tinha imaginado estar. Me apaixonei perdidamente e hoje só vejo coisas boas de lá, até os defeitos eu justifico! heheeh
      Já NY, sonho americano… Eu nem tinha criado tantas expectativas da viagem que fiz no meio do intercâmbio em Toronto, mas tinha expectativas da cidade, não achei a cidade tudo isso…
      Acho que Toronto é tão organizada, limpa e com pessoas educadas, que NY perde em vários quesitos…
      Bjos

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *