Projeto 6 on 6 Canada | Junho 2015: Clichês

6on6logoRED

Quem ai acha que o tempo está passando muito rápido – já estamos em junho, ou melhor, dia 6 de junho. E como todo dia 6 hoje é dia de projeto 6 on 6 Canada aqui no blog. O tema deste mês é clichês das cidades aonde moramos (eu e as 5 blogueiras participantes do projeto). Aplicada em sentido figurado, a palavra tornou-se sinônimo de tudo o que já foi objeto de repetição excessiva e perdeu a originalidade. Assim, clichê significa uma idéia que se repete com tanta frequência que já se tornou previsível dentro de um dado contexto. No caso do 6 on 6 clichê significa aquilo que a maioria das pessoas pensa quando lembra de uma determinada cidade ou, em outras palavras, quando você pensa em “Toronto” você lembra de… Confesso para vocês que depois de morar quase 5 anos por aqui foi difícil achar/pensar em clichês para Toronto, já que hoje para mim a cidade é muito mais do que, por exemplo, a CN Tower. Mas fiz uma “pesquisa de campo” com alguns amigos e abaixo seguem alguns dos clichês mais citados.

Clichê #1: CN Tower

Não adianta, a maioria das pessoas pensa na Canada’s National Tower (ou CN Tower como é normalmente conhecida) quando Toronto vem na cabeça. Não é para menos: a torre é a atração turística mais visitada em Toronto, o principal cartão postal e o símbolo da cidade, e foi considerada a estrutura mais alta do mundo (553.3 metros de altura) por aproximadamente 30 anos (1976-2007), até perder o seu posto para o Burj Khalifa, um arranha céu em Dubai. Para os Torontonianos a CN Tower é símbolo de orgulho e também uma maneira de localizar-se dentro da maior cidade do Canadá: basta visualizar a torre para saber aonde é o Norte/Sul/Leste/Oeste. A foto abaixo é uma das minhas favoritas: foi batida pelo maridão no pôr do sol de um dia congelante de março de 2014 do Polson Pier, um dos melhores lugares para ter uma vista panorâmica da cidade.

DSC_0382

Clichê #2: Centro Financeiro do Canadá

Uma outra idéia popular sobre Toronto é que aqui é o centro financeiro do Canadá, aonde só se trabalha e aonde tudo acontece. E esta idéia é super correta – apesar de hoje eu só pensar em Toronto como meu lar. No ambiente de negócios global, Toronto emergiu como o segundo maior centro financeiro da América do Norte e classifica-se como um dos dez maiores centros financeiros globais (clique aqui e veja alguns rankings). A região de Toronto é sem dúvida o centro da indústria financeira canadense – bancos, empresas de investimento, fundos de pensão, companhias de seguros, entre outras possuem sede nesta cidade. Toronto é também o lar das sedes dos cinco maiores bancos do Canadá, três dos quais estão entre os maiores do mundo. Em 2014, pelo sétimo ano consecutivo, o Fórum Econômico Mundial classificou bancos Canadenses como os mais sólidos do mundo. Toronto também é o quartel-general para a grande maioria dos bancos estrangeiros que operam no Canadá. Ainda poderia citar mais alguns fatos relacionados à Toronto: (1) 30% de todos os serviços financeiros do Canadá acontecem aqui; (2) duas das maiores seguradoras de vida do mundo possuem sede em Toronto; (3) a cidade é sede de 123 empresas de valores mobiliários; e, (4) a Bolsa de Toronto é a terceira maior bolsa equity na América do Norte e sétima maior do mundo com uma capitalização de US$ 1,6 trilhões de dólares (2014). A foto abaixo foi batida no centro financeiro de Toronto em um dos prédios mais lindos que existem, o Brookfield Place (sede da Brookfield Office Properties, empresa imobiliária Americana).

IMG_2681

Clichê #3: Lago Ontário

O lago Ontário é um dos cinco Grandes Lagos da América do Norte e o menor em extensão territorial (com 18960 km²). O lago fica na parte sul de Toronto e é certamente um dos features mais legais que a cidade tem para oferecer. Ao redor do lago você encontra parques, trilhas, praias, etc… Toronto não seria a mesma cidade sem o lago. Confesso para vocês que eu sinto muita falta do mar (afinal, sou de Florianópolis, uma ilha com 42 praias), mas é só andar exatos 600 metros da nossa casa que chegamos no lago Ontario e aquele dia ruim ou aquela saudade de casa transformam-se em um sorriso. A foto abaixo foi tirada semana passada pelo maridão, dos vários cisnes que chamam o lago de sweet home.

DSC_4980

Clichê #4: Mini New York City

Antes de vir para Toronto pela primeira vez eu lia alguns travel guides (na época nem existiam blogs) e sempre via a comparação Toronto vs. NYC. Muitas pessoas consideram Toronto uma “mini NYC” e este é um dos clichês mais populares que Toronto recebe. Eu já fui para NYC inúmeras vezes e acho as cidades muito diferentes, cada uma com seu estilo e suas qualidades/defeitos. Apesar de ser o centro financeiro do Canadá, Toronto é menos agitada do que NYC, com uma qualidade de vida melhor e menos pobreza. Porém ambas cidades assemelham-se quando o quesito é boa comida e bons eventos. Achei na internet um site que compara as duas cidades (clique aqui). Um dos locais que ajudam esta comparação é a Dundas Square, que é chamada por muitos de mini Times Square (foto abaixo).

IMG_2653

Clichê #5: A cidade mais multicultural do mundo

Toronto é considerada por muitos a cidade mais multicultural do mundo. Quer saber se esta afirmação é correta? Basta andar pelo Eaton Centre no final de semana, ou almoçar na praça de alimentação do local, que você irá ver uma enorme variedade de raças, culturas e línguas. O censo de 2011 descreveu que 2.4 milhões de pessoas (ou 45% do total da população da cidade) nasceu fora do Canadá. Entre 2006 e 2011 o número de imigrantes que vieram para Toronto somou meio milhão. Vale falar que apesar da predominância de Indianos e Chineses, Toronto possui uma população super diversa, com mais de 230 grupos étnicos. Um exemplo super comum desta multiculturalidade são os bairros étnicos. Aqui em Toronto você encontra duas Chinatowns, Little Italy, Koreatown, Portugal Village, Greaktown, India Bazaar, etc. A multiculturalidade reflete-se também na comida, e você encontra restaurantes com culinária internacional e alimentos de várias partes do mundo.

DSC_0073

Clichê #6: Arranha-céus

Como qualquer grande metrópole Toronto é conhecida também pelos seus arranha-céus. Eu sou fanática por edifícios altos e adoro conhecer estas obras da arquitetura quando visito uma nova cidade. A cidade de Toronto está sempre evoluindo e esta evolução está diretamente associada a construção de arranha-céus. Para vocês terem uma noção há 130 projetos de edifícios altos em construção na cidade, mais do que qualquer outra cidade da América do Norte. O edifício residencial mais alto da cidade e o mais alto do Canadá é o First Canadian Place (298 metros, 72 andares) – você pode notar este edifício quando estiver andando em downtown pois ele possui o nome “BMO” no alto. Em seguida, os edifícios mais altos são o Scotia Plaza (275 metros, 68 andares) e Trump International Hotel e Tower (261 metros, 59 andares). A foto que selecionei foi do First Canadian Place, batida do topo da CN Tower em dezembro de 2014.

DSC_9630

E agora eu pergunta a vocês: há mais algum clichê de Toronto que eu não coloquei na lista? Não deixem de comentar no post.

Curiosos para ver os clichês das outras cidades Canadenses? Então não deixem de conferir as fotos das outras blogueiras Brasileiras que moram em 6 lugares diferentes do Canadá e participam deste projeto. Ótimo final de semana a todos.

Canada_6on6_GNC

Colorida Vida (Ana Paula, Vancouver)
Vida na Gringa (Lana, Edmonton)
Tchê Canadá, Uai! (Jaque, Regina)
Like a new home (Adriane, Ottawa)
Na terra da lua virada (Lidia, Montreal)



  • 7 Responses

    1. Debora disse:

      Adorei as informações!!!! Pretendo ir para o Canadá estou pensando em ficar em Toronto com minhas duas filhas que , querem ir esquiar e fazer compras kkkkk onde vc acha que devo ficar ? Primeira vez no Canadá , Montreal tbm é uma boa alternativa? E para mim ir esquiar qual o melhor mês ?

    2. Ana disse:

      Não tinha como não ter a CN Tower, né Gaby? Super símbolo da cidade! Adorei tua seleção. Realmente, Toronto tem todo esse ar cosmopolita, cidade grande, desenvolvida. Adorei!

    3. Lucas Rafael Dutra de Lima disse:

      St. Lawerence Market and Flatiron Building. 😉

    4. Adri disse:

      Lindas fotos, como sempre Gaby! E adorei o que você selecionou pra representar Toronto. Juro que nao tinha pensado nos arranha-céus, vc acredita?!
      Eu penso muito no transito daí também, que é bem mais complicadinho que daqui de Ottawa… 🙂

      Beijoo
      Adri

      • oi Adri. Poisé, o trânsito daqui é caótico. Mas já havia falado dele no cotidiano, então optei mesmo por falar dos arranha-céus (que eu AMO).
        Beijos e quando vocês vem para Toronto novamente?

    5. Lidia disse:

      Adorei as fotos! Eu gosto muito de Toronto, moraria aí fácil, fácil! Não gostei muito de NYC, como você disse, embora seja comum comparar as duas cidades, Toronto é mais calma, menor, menos violenta e menos excludente. <3 <3 <3
      Beijos!

      • Obrigada Lidia, deixei um comentário lá no seu blog sobre suas fotos. Uma das coisas que sinto falta de Toronto são as igrejas, AMO visitar igrejas, a arquitetura e toda a espiritualidade envolvida. E nesse quesito Montreal é demais! Beijos e ótima semana

    1. 11/06/2015

      […] (Lana) | Regina (Jaque) | Toronto (Gaby) | Ottawa (Adriane) | Montreal […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *