#GabyPergunta: Colorida Vida

Sou super fã do blog Colorida Vida da Ana Paula desde que entrei nele pela primeira vez (e faz muito tempo, acho que foi em 2012). A Ana fala de tudo – viagens, família, filhos, vida, sua paixão pela leitura – de uma maneira única (já aviso que é difícil você entrar lá e não viciar como eu). E eu já fiz até uma participação especial lá no blog Colorida Vida, falando sobre pós-graduação no exterior. Ah, e pra quem acompanha o projeto 6on6 Canada, a Ana faz parte representando (super bem) a linda cidade de Vancouver. Obrigada Ana pelas respostas super detalhadas e pelas belas fotos.

ColoridaVida_ABOUT

Cidade que mora:

Vancouver, BC.

Há quanto tempo mora no Canadá?

Em fevereiro fez 8 anos que chegamos aqui.

Por que veio para o Canadá?

Em 2005 fizemos uma viagem pela costa oeste do Canadá e nos apaixonamos por Vancouver. Na época, a gente já pensava em sair do Rio. Nossa filha tinha 1 ano e não achávamos que o Rio era uma boa cidade para criá-la por conta da violência, entre outros problemas que nós, brasileiros, conhecemos bem. Aquela viagem foi o estopim pra gente embarcar numa mudança ainda maior. Pesquisamos o processo de imigração assim que voltamos e 13 meses depois nosso visto de residente permanente saiu. Viemos como imigrantes, sem trabalho nem nada. Com seis malas, uma criança de 2 anos, e muita fé que essa aventura ia dar certo.

Meninas_ColoridaVida

O que faz aqui?

Já fui coordenadora de projetos de internet e hoje sou bibliotecária. Depois de muitos anos trabalhando com web, cansei do ritmo alucinado e resolvi voltar pra faculdade e mudar de carreira. Fiz um mestrado em biblioteconomia e há quase 1 ano trabalho numa biblioteca pública da grande Vancouver. Meu marido trabalha com TI.

Atração turística da cidade que mais gosta e por que?

Stanley Park, bem óbvio. É o maior parque urbano da cidade. O Seawall, o calçadão que contorna o parque, tem 22 quilômetros e é perfeito para andar de bicicleta ou caminhar. A vista é deslumbrante sempre, desde os prédios altos do centro da cidade, junto com a marina do parque, passando pelo litoral norte cortado pela linda ponte Lions Gate, o oceano Pacífico pontuado de barcos comerciais e cruzeiros, até chegar à vista de Kitsilano e English Bay. Tem playground pras crianças, muitas trilhas, totens das nações primitivas da região, piscina pública, lago. É também onde fica o Aquário de Vancouver, outra atração turística da cidade.

Stanley_ColoridaVida

Atração turística da cidade que menos gosta e por que?

Eu gosto de tudo em Vancouver! É tanta natureza, que não tem nada que não seja legal. Se é pra citar alguma coisa, vou dizer que desde que viemos morar aqui ainda não fomos no Capilano Suspension Bridge por ser bem caro (33 dólares por adulto). Pra quem quer economizar, tem uma alternativa de ponte, o Lynn Canyon Park, que é gratuito. A ponte não é tão extensa como a do Capilano e a infraestrutura é mais básica por ser apenas um parque público, mas o visual é bem bacana e tem uma trilha para quem gosta de andar pelo meio do mato (hiking é uma atividade bem forte aqui!).

Lynn_ColoridaVida

Melhor restaurante/comida na cidade que você mora:

A nossa família não é de frequentar restaurantes chiques, eu sou adepta do bom e barato. Tem um italiano bom e barato que a gente vai de vez em quando, o Anton’s Pasta, em Burnaby. O restaurante não é tão grande e chega a fazer fila na porta. Os pratos são bem servidos, dá pra duas pessoas com pouca fome numa boa.

Uns amigos iranianos nos levaram no Cazba, em North Vancouver, e a gente se apaixonou pela culinária persa! Nada de apimentado, bem parecido até com o nosso paladar latino. A pastinha de berinjela é maravilhosa! Eu sempre peço o Joojeh Kebab Vaziri, que vem com dois espetinhos, um de carne e outro de frango (deliciosos!), arroz e tomate assado. Sempre sobra pra levar pra casa.

Melhor balada ou lugar legal para sair a noite:

Não somos da noite. Pode pular essa pergunta? 🙂

Aquela dica que só quem mora na sua cidade pode dar:

Não se prender em casa por causa da chuva. Vancouver é chuvosa de outubro a abril, aquele céu cinza, aquela garoa fina. Mas ninguém aqui deixa de fazer o que quer que seja por causa da chuva. Muitos nem usam guarda-chuva! É só colocar um casaco impermeável e sair.

O que sua cidade possui que nenhuma outra cidade do mundo possui?

Eu precisaria conhecer o mundo todo pra poder comparar, né? Mas comparando o Rio com Vancouver, eu diria que é segurança. A sensação de poder sair na rua sem medo, de não ficar com o coração na mão ao parar no sinal vermelho ou deixar de ir a algum lugar porque é muito tarde e escuro e perigoso. A tranquilidade que a gente tem aqui não tem preço!

E o inverno na sua cidade, como é?

Chuvoso, cinzento, mas não muito frio. As temperaturas médias ficam entre zero e 8 graus. Não neva muito por aqui, quando neva, fica tudo branco por poucos dias e logo depois a neve derrete, o que pra mim é o suficiente pra gente se encantar e poder brincar na neve sem que ela nos sufoque por meses a fio, como em outras províncias do país. Este último inverno foi super atípico porque só nevou uma vez, bem fraquinho, no início do inverno. Foi estranhamente seco também, com muitos dias ensolarados e até bem frios, com temperaturas negativas (quando está sol é que fica mais frio!). A primavera deu as caras por aqui no início de fevereiro nesse ano, deixando a galera no resto do país morrendo de inveja da gente! 😉 O inverno mais ameno foi uma das razões que nos fez escolher Vancouver pra morar.

Se você tivesse somente 1 dia para visitar sua cidade, o que você faria?

Começaria o dia com uma volta no Stanley Park e no centro da cidade, que é perto. Passaria pelo Gastown e Canada Place, que tem uma vista linda do litoral norte da cidade. Se estivesse a pé, atravessaria o mar com o Sea Bus (que faz parte do sistema de transporte da cidade) e visitaria North Vancouver. Dali, vale a pena subir até a Grouse Mountain, uma montanha turística que só tem acesso por bondinho (é o Pão de Açúcar de Vancouver). Terminaria o dia em Granville Island (só porque é meu lugar preferido!).

Um cantinho da cidade que é só seu:

Meu lugar preferido em Vancouver é Granville Island. É uma região que um dia foi industrial, mas que há bastante tempo foi renovada e hoje é um pólo artístico. Galpões pintados de várias cores abrigam muitas lojinhas de artesanato local, e tem um mercado público bem bacana de conhecer, com várias bancas de guloseimas e uma praça de alimentação com estabelecimentos independentes (nada desse negócio de rede de fast-food). O Kids Market é bem bacana para famílias com crianças pequenas, com lojas de brinquedos, fantoches lindos, e um playground fechado. A ilha fica no False Creek, e dá vista pro centro de Vancouver, que é acessível através de um barquinho.

Granville_ColoridaVida

O lugar da cidade que é mais fotogênico:

O Stanley Park tem vistas maravilhosas, sem dúvida. No final dele, tem a praia de English Bay, que tem um dos pores do sol mais lindos da cidade! Pra quem quiser ver a cidade do alto, a dica é subir o caminho da montanha Cypress. No meio da subida tem um recuo na estrada de onde dá pra ver toda Vancouver do alto, e sem pagar nada.

Cypress_ColoridaVida

Se você pudesse definir sua vida no Canadá (ou na cidade que você mora) em uma palavra ou frase qual seria?

Renascimento. Isso ficou bem claro desde os primeiros meses no Canadá. Era tanta coisa nova, tanta diferença, que nos sentíamos como se tivéssemos nascido novamente e tivéssemos que aprender tudo de novo! Tem sido um aprendizado incrível e somos muito gratos pela oportunidade de recomeçar nossa vida do zero. Hoje já estamos bem integrados na nossa nova vida e olhamos pra trás com gratidão no coração por termos tido coragem de dar um passo tão grande – e tão longe.



  • 3 Responses

    1. Alan disse:

      Legal demais está entrevista Ana. Lindas fotos também. A insegurança e corrupção é o que faz com que muitos Brasileiros pensem em sair. É uma decisão dificil mas os perseverantes em busca de uma qualidade de vida melhor conseguem.

    2. Ana disse:

      Muito obrigada pela oportunidade de compartilhar um pouco de Vancouver com seus leitores, Gaby! Adorei a entrevista. E a reciproca do primeiro paragrafo e totalmente verdadeira tambem, adoro teu blog! Sempre recomendo pra todo mundo que me pergunta sobre Toronto. Beijao!

      • Marina Pieruccini Sangali disse:

        Olá ana, eu estou pensando em ir para Vancouver dia 20 de outubro e voltar 15 de dezembro, mas estou com muito medo de não aproveitar devido a chuva, ou de a cidade não estar tão bonita devido a isso, o que você acha? devo ir mesmo assim? Obrigada

    1. 19/06/2015

      […] Mais ao Norte: [youtube] [post] Outside Brazil: [blog] [post] Flicka e Fala Maluca: [blog] [youtube] [post] Colorida Vida [blog] [post] […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *