Minhas 10 atrações preferidas em San Diego [Parte 2]

DSC_0493

Quem gostou do post anterior coloca a mão pro alto?! hehehe… Fiquei muito feliz com os vários likes e comentários no facebook e instagram sobre as minhas primeiras 5 atrações preferidas de San Diego. Hoje apresento para vocês a segunda parte dos lugares mais gostosos de visitar quando você for para lá. Espero que vocês gostem e não esqueçam que em fevereiro irei publicar uma série de vídeos mostrando alguns desses lugares.

6.Mount Soledad

Esse morro residencial (de 250 metros de altura) fica entre as regiões de La Jolla e Pacific Beach. No alto do morro há uma cruz e um mirante, e você consegue ver o centro de San Diego e as praias. A vista é linda e ainda mais bonita durante o pôr do sol. Vale muito a subida.

DSC_0866

DSC_0881

DSC_0895

Se você estiver passeando por San Diego na época de Natal não deixe de procurar a Casa de Natal de Pacific Beach, que fica pertinho do topo do Mt Soledad. A casa possui mais de 8.000 luzes e mais de 220 objetos natalinos diferentes. Leva 130 horas para ser montada e cerca de 30 horas para ser desmonatada e, detalhe, é uma residência. O endereço é: 4827 Gresham St.

DSC_0569

7.Black’s Beach

Point dos surfistas, praia de nudismo, lugar incrível para ver o pôr do sol e golfinhos…Black’s Beach tem de tudo. A praia é isolada e fica abaixo dos Torrey Pines bluffs – para chegar lá é meio complicado, mas você tem algumas opções: 1) Via La Jolla Farms (há uma estrada que pode ser feita a pé e te leva até a praia), 2) Via Torrey Pines Scenic Drive (há um parque lindo e mirantes para você apreciar a praia e ver o pôr do sol; além de trilhas se você quiser descer para a praia). Desta vez não descemos e ficamos só apreciando o pôr do sol.

IMG_2820

IMG_2826

IMG_2835

IMG_2862

DSC_9911-2

DSC_9946

DSC_9981

8.La Jolla

La Jolla (lê-se “La Roya”) é um dos bairros mais populares e charmosos de San Diego. Além do Mt Soledad e de Black’s Beach, La Jolla possui o campus da Universidade da Califórnia de San Diego (UCSD), a faculdade de Oceonografia (Scripps Institution of Oceanography, também parte da UCSD), La Jolla Shores (região de praia, parques e um centrinho cheio de restaurantes e casas diferentes) e La Joya Cove (caverna e praia). Para vocês entenderem melhor como o bairro é, todas as vezes que fomos para San Diego eu vi um casamento nos parques de La Jolla… o bairro é charmoso e único. Vale uma visita com certeza.

DSCN7694

DSC_1161

DSC_1172

DSC_0941

DSC_9836

DSC_0017

Ficamos hospedados neste bairro no Residence Inn by Marriott La Jolla. Essa rede de hotéis é super legal: aptos completos (com cozinha) + pet-friendly + atividades e eventos para os hóspedes (noite do hamburguer, noite de nachos) + café da manhã incluído. Vale a pena pesquisar por esta rede de hotéis quando vocês estiverem viajando pelos USA. Os preços são ótimos e giram entre US$130-150 por noite.

DSC_0594

DSC_0595

9.Seaport Village e o Porta Aviões USS Midway

O USS Midway é considerado o maior museu dentro de um porta-aviões no mundo. Ele já foi o mais antigo veículo da marinha dos Estados Unidos do século 20 e o maior navio do mundo entre 1945 e 1955, transportando mais de 4.000 pessoas. O gigante ficou na ativa por quase 50 anos: foi lançado aos mares em março de 1945 (no final da Segunda Guerra Mundial) e foi aposentado pela marinha americana em Abril de 1992. Foi em 2004 que o museu foi aberto ao público e hoje recebe mais de 800 mil visitantes por ano.

DSC_0626

DSC_0639

DSC_0649

Dados os laços militares de San Diego, a cidade é sim o lugar perfeito para ter um porta-aviões de 972 metros de comprimento em uma atração turística. Além do grande navio – o que é impressionante por si só – você vai encontrar mais de 25 aeronaves em exposição e muita história. O barco é enorme e dizem que você precisa reservar de 3 a 5 horas para visitá-lo. Eu nunca entrei, mas morro de vontade (quem sabe na nossa próxima visita nos aventuramos, hein amor?). Acabamos sempre passeando pela redondeza.

Ali pertinho fica a Seaport Village, uma espécie de centrinho comercial na beira da baía de San Diego com lojas e restaurantes. Um local super lindo e popular.

DSN300

DSC_0656

10.Gaslamp Quarter

O Gaslamp Quarter é um bairro histórico 16 quadras no centro de San Diego que começou seu desenvolvimento em 1867, quando Alonzo Horton comprou o terreno na esperança de criar um novo centro da cidade mais próxima da baía (não mais na Old Town, como contei aqui), e escolheu 5th Avenue como sua rua principal. Após um período de decadência urbana o bairro passou foi renovado na década de 1980 e 1990 e hoje é o local de diversas lojas, restaurantes e boates, além de festivais e eventos (clique aqui e veja o que está acontecendo no Gaslamp Quarter).

DSCN7760

DSCN7763

DSC_0660

Depois de ver este post e o anterior (com os tópicos 1 à 5) você se perguntar aonde está o San Diego Zoo ou o Sea World ou o Balboa Park? Bem, eu não gosto muito de zoológicos e geralmente não visito este tipo de atração quando viajo, pois sempre saio meio triste ao ver animais presos, mesmo que muitas vezes seja por uma boa causa (por exemplo, animais em extinção ou resgatados e que não podem voltar ao habitat natural). Em relação ao Sea World, o de San Diego é o primeiro parque desta rede, fundado em 1964. Depois que eu vi parte do documentário Blackfish eu não me animo a ir a um local como esse (veja aqui o trailer). E, acreditem, nunca fomos no Balboa Park – parque com jardins, museus, trilhas (o bom é que sempre tem algum motivo para voltar, certo?).

Espero que tenham gostado e aguardem mais posts sobre nosso final de ano e a websérie com estes e outros momentos.

You may also like...

5 Responses

  1. Thais disse:

    Gaby, gostei de saber que vcs não gostam de ir a parques que exploram a vida marinha/selvagem. Há alguns anos fui ao Sea World e também nadei com golfinhos, mas hj me arrependo de ter “incentivado”essa indústria. Além do “Black Fish”, recomendo assistir o documentário “The Cove” ou “A Enseada”, que foca na exploração de golfinhos e o principal ativista é o cara que treinou o “Flipper”. Uma triste realidade. Super beijo e parabéns pelo post lindo! San Diego está na nossa lista de próximas viagens também.

    • Oi Thais, eu tbem nadei com os golfinhos e me arrependo. Eu fico tão mal assistindo esses vídeos e documentários que ultimamente estou evitando. Obrigada pela mensagem e pelo carinho.

  2. Ana disse:

    Vocês ainda não foram no Balboa Park??? Nossa, aquilo é incrível! E dá fotos lindas, Gaby! Vocês têm que ir lá na próxima vez, hein? 🙂 A gente foi no Sea World e no zoológico também, temos crianças, né? 🙂

    Lindas, lindas fotos, como sempre! 🙂

    • Poisé Ana… já fomos para San Diego umas 5 vezes mas sempre vamos para a praia ou perto da água, não resistimos! Mas da próxima vez vamos pro Balboa de certeza! Beijos e obrigada pelos comentários

  3. Juliano Ghisi disse:

    Pow, San Diego é muito show! Alguém tem mais alguma experiência ou local preferido para compartilhar?

  1. 31/01/2015

    […] Também escrevi dois posts sobre a cidade, com minhas 10 atrações preferidas (clique aqui e aqui). Espero que gostem e acompanhem todos os espisódios, feitos com muito […]

  2. 17/11/2016

    […] Natal passado eu e o Ju estávamos em San Diego (post 1 e 2) passando o Natal – somente nós e Jojoe – e estávamos muito felizes mas com a […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *