Uma tarde de outono no Black Creek Pioneer Village

DSC_6725

DSC_6311

DSC_6415

A Black Creek Pioneer Village (em português, a vila pioneira do riacho negro) é um museu à céu aberto, que recria o estilo de vida dos Torontonianos no século 19. Lá você encontra uma coleção de edifícios e artefatos que vão fazer você imergir na vida, costumes e arredores dos primeiros moradores da cidade, que construíram as bases para a Toronto moderna. Abrangendo mais de 30 hectares de paisagens rurais intocadas, a Vila é uma experiência única com edifícios históricos – algumas originais, outras realocadas ou reconstruídas – de comunidades em todo o centro-sul de Ontário, que foram fielmente decorados com mobiliário original e artefatos. A Black Creek Pioneer Village fica localizado na cidade de Vaughan, à Noroeste do centro de Toronto e sudeste do cruzamento Jane e Steeles, colado na York University. O nome do local vem de um riacho que passa pela vila – o Black Creek – que é também um afluente do rio Humber.

DSC_6053

DSC_6152

DSC_6236

DSC_6376

DSC_6394

DSC_6397

DSC_6510

DSC_6458

IMG_7609

DSC_6403

DSC_6408

DSC_6436

A vila foi inaugurado em 1960 e é operado pelo Toronto and Region Conservation Authority. Além dos lindos cenários – perfeitos para fotos maravilhosas, especialmente no outono – você pode aventurar-se pelos mais de 40 estruturas históricas e aprender como as coisas funcionavam no século 19. Por exemplo, vimos como os jornais eram impressos na época, como um barril era construído, como sapatos eram fabricados, como preparar uma massa de pão naquela época, etc. Vale dizer aqui que como estávamos com Jojoe – que não podia entrar nas casas, acabamos focando mais na paisagem e na parte externa do local (que estava linda por causa do outono).

DSC_6214

DSC_6341

DSC_6442

DSC_6560

DSC_6605

DSC_6455

DSC_6641

A atração é bem popular entre as crianças e é super comum ver várias excursões de crianças no verão. Foi este um dos motivos que decidimos ir no outono – para evitar o movimento do verão – e não nos arrependemos: apesar do frio (que chegou de vez por aqui) o lugar estava bem vazio (só movimentado com os convidados de 3 casamentos acontecendo no local) e as árvores no auge das suas cores.

DSC_6170

DSC_6264

DSC_6326

DSC_6496

DSC_6621

DSC_6417

DSC_6674

DSC_6688

Informações úteis

A vila está aberta todos os dias (incluindo feriados) de 1 de Maio até 23 de Dezembro. Os horários variam conforme a estação e dia de semana e se você está planejando uma visita clique aqui e veja informações atualizadas no site oficial.

Como disse anteriormente, a vila fica mais afastada do centro de Toronto, mais precisamente no seguinte endereço: 1000 Murray Ross Parkway. Para usar o transporte público (TTC), pegue um metro até a estação Finch e use o ônibus “Steeles 60 West”, ou na estação Jane pegue o ônibus 35.

IMG_7630

A entrada custa $15 + taxas para adultos, crianças (de 5 a 14 anos) pagam $11, idosos e estudantes pagam $14 e o estacionamento custa $7. Para maiores informações quanto ao valor da entrada, clique aqui.

Lá dentro você encontra uma cervejaria, a Black Creek Historic Brewery, que recria as técnicas, ferramentas e receitas utilizadas por fabricantes de cerveja em Ontario em 1860. Os cervejeiros fazem tudo à mão e em uma pequena escala. A cervejaria fica dentro da vila e um tour por lá custa $4.50. Infelizmente estava fechado quando fomos. Há um restaurante anexado à cervejaria, que também estava fechado.

O único bar que estava aberto era o Event Pavilion Snack Bar e comemos um cachorro quente. Nada de mais! Para maiores informações quanto a o que comer no Black Creek Pioneer Village clique aqui.

DSC_6357

Essa foi nossa primeira vez no local, mas temos certeza que iremos voltar. O lugar é lindo e super gostoso para um passeio ou um picnic. Algo bem diferente e certamente uma atração para todas as idades… Jojoe (nosso cachorro) ADOROU (e nós também!) e voltou acabado pra casa.

DSC_6601

photo-(1)



  • 12 Responses

    1. Berenice disse:

      Lindas fotos! Lugar maravilhoso.

    2. Marta Rocha disse:

      Lugar lindo! As fotos estão incríveis!!!! Quero ir lá nesse outono, sem dívidas. Beijos Gaby e Thomas

    3. Camila Novais disse:

      O Canadá é lindo, Toronto é linda, as fotos estão maravilhosas, mas vou confessar…
      Não sei se venho aqui todo dia para ler (e ver) mais sobre Toronto que é um lugar especial para mim, ou se é para ver as fotos do Joe. Eita cachorro lindo 🙂 kkkk

      xx

    4. Adri disse:

      O outono é lindo mesmo!! Adorei as fotos do passeio!! Bjos

    5. Amanda Rigoni disse:

      Que lugar lindo Gabi! Adorei as fotos e cada vez que vejo suas fotos no outono ai me dá mais certeza ainda que é a epoca que quero passar no meu intercambio. Bjs

    6. Gaby, que lugar incrível!!! Adorei. E essas fotos? Sem comentários, estão muito profissa, parabéns! AMEI essa última, é digna de ir para um porta-retrato, hein? 🙂
      Jojoe sempre lindeuso, que saudades!!!

      Beijos mil e boa semana para vcs <3

    7. anna maria lima de melo disse:

      Que lugar lindo!!!Quanta paz!!!! So espero que todas as folhas cooridas n’ao tenham ido embora quando chegar ai. FOTOS COMO SEMPRE MARAVILHOSAS.

    8. Juciara Espanha disse:

      Gaby, como não poderia deixar de ser nesse país, que lugar belíssimo! Que paisagem gostosa e que fotos estonteantes foram essas que vocês tiraram! Lindo passeio realmente! Adorei! E dá pra perceber o Jojoe bem feliz!
      Mais um para minha listinha! ✔️
      Bjs

    1. 21/09/2016

      […] 28. Visite o Black Creek Pioneer Village […]

    2. 31/10/2016

      […] passeio literalmente para a família toda. A primeira vez que fomos no local eu mostrei para vocês aqui no blog – Jojoe foi junto e adorou. Desta vez – 2 anos depois da primeira visita […]

    3. 01/11/2016

      […] turísticas de Toronto que são pet-friendly e Jojoe adora: Distillery District, High Park, Black Creek Pioneer Village, Sunnybrook Park, Evergreen Brick Works, Bluffs, Lakeshore, Purina Paws Way, Ilhas de Toronto, […]

    4. 03/11/2016

      […] Black Creek Pioneer Village é um museu à céu aberto, que recria o estilo de vida dos Torontonianos no século 19. Lá você […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *