Curiosidades sobre as Universidades Canadenses

UofT_GNC

1. A maioria das Universidades são pagas, mas isso não quer dizer que elas são particulares. A minha querida Universidade de Toronto é pública, mas todos os alunos pagam anuidades. Já Harvard (embora não seja Canadense é um ótimo exemplo a ser usado pois é uma das Universidades mais conceituadas do mundo) é particular.

2. Ao contrário do Brasil, na graduação (undergraduation) você não entra na Universidade com uma turma e a acompanha até se formar. Por aqui você escolhe as disciplinas que quer prestar, dependendo da sua área de interesse. Existem algumas disciplinas obrigatórias, mas a maioria é definida pelo aluno. Os alunos devem fazer um número mínimo de “créditos” para se formarem e não importa qual turma eles queiram fazer. O termo “academic credits” é uma forma de contar o tempo em sala de aula exigido para a conclusão do curso, como uma forma de quantificar o aprendizado.

3. Porque os valores das anuidades são altos é super comum os alunos trabalharem durante as aulas e, principalmente, nas férias de verão. Já cansei de ver alunos meus trabalhando na biblioteca, nos cafés da UofT, e comandando colônia de férias com crianças.

4. Aqui não se fala em semestre e sim termo, e dependendo do curso você pode ter 2, 3 ou 4 termos por ano. Os termos possuem os nomes das estações do ano. As aulas começam em setembro (fall term), há um break rápido entre Natal e Reveillon e já na primeira semana de janeiro começa o winter term.

5. Há um nome diferente para cada aluno cursando sua graduação em anos diferentes (ao contrário do Brasil, que só tem um nome para alunos do primeiro ano – calouros). Aqui no Canada temos o Freshman (primeiro ano da graduação, calouro), o Sophomore (segundo ano), o Junior (terceiro ano), e o Senior (quarto ou último ano da graduação).

6. O aluno não precisa necessariamente saber o curso que ele quer se formar quando ele entra na faculdade. Ele pode escolher uma área, ir fazendo créditos gerais, e só depois de um tempo (geralmente 2 anos) ele irá aprofundar seus estudos na área específica. Por exemplo, no departamento que eu sou TA na Universidade de Toronto há dois tipos de bacharelados: Bachelor of Kinesiology (bacharel em cinesiologia) e Bachelor of Physical and Health Education (bacharel em educação física e saúde). Os alunos cursam algumas disciplinas gerais no primeiro ano e decidem qual caminho (curso) irão seguir após adquirirem algum conhecimento.

7. As aulas e as reuniões começam sempre 10 minutos após o horário marcado. Por exemplo, se a aula esta marcada para as 11am você sabe que ela começará as 11:10am. Um dia eu perguntei para meu orientador o porquê disso e ele falou que é uma regra na UofT (e já vi em outras universidades do Canadá) para que os alunos tenham tempo de se locomover de um lugar para outro (já que o campus é grande). Mesmo quando você tem uma reunião espera-se que comece 10 minutos depois.

8. Para entrar em uma Universidade Canadense você precisa demonstrar proficiência da língua (o que deveria também ser feito no Brasil pois muita gente entra sem falar e escrever português corretamente) e um histórico escolar. Juntamente com este histórico muitas instituições também costumam pedir por um CV, trabalho voluntário (muito importante por aqui), cartas de recomendação, e carta de intenção (na qual o aluno irá escrever sobre suas intenções de pesquisa, disciplinas e carreira em 1 página).

9. Syllabus é o nome dado para o plano de ensino e aqui no Canadá além de conter as datas de entrega dos trabalhos, as datas das provas, os objetivos da aula, lista de livros, tópicos e horários tem sempre uma ou duas páginas dedicadas ao código de conduta do aluno (o que ele pode ou não fazer na aula). Achei super Canadense mostrar o que é aceitável ou não e impor regras e acho super válido pois está tudo explicado (se você faltar uma aula o que acontece, se você tratar mal o professor o que acontece, o que você precisa nas provas, o tempo de espera que o professor tem para responder o email). É algo super complexo e, só para vocês terem noção, fiz um curso de 6 semanas só para aprender como escrever um syllabus (que é muito diferente do que recebia no Brasil).

10. As instituições de ensino Canadense são verdadeiras comunidades, com suas leis e regras, sua polícia, sua clínica, suas eleições, suas lojas e restaurantes… eu sempre fico maravilhada como a UofT é a casa de muitas pessoas (assim como a minha) e muita gente me pergunta como eu consigo conhecer tanto cada cantinho dela. A resposta é simples: eu vivi 4 anos lá, estudando, trabalhando e virou meu local preferido de Toronto, minha “segunda casa” na cidade… assim como eu os alunos tem admiração e respeito pela sua instituição. Só quem já estudou em uma instituição de ensino no exterior pode entender o que estou falando… e se você quer experimentar essa sensação eu sugiro que você leia este, este e este posts nos quais falo mais sobre minha experiência de estudar no exterior e dou dicas de como ingressar em universidades estrangeiras.

Para finalizar vou deixar uma pergunta aqui no blog: vocês incluiriam algo na minha lista? Vou adorar receber comentários com mais curiosidades sobre as Universidades – seja elas no Canadá ou não.

You may also like...

67 Responses

  1. Liliane disse:

    Olá Gaby, muito legal seu site, parabéns!! Eu estou me organizando pra fazer um college de 2 anos em Toronto (diploma) e estava planejando começar em janeiro, mas li alguns posts onde diz que se você começa a estudar em janeiro não há férias, que eu teria que cursar os 4 terms seguidos. Você sabe se isso procede? Paralelo a isso, se eu começar em setembro por exemplo, seriam 8 meses + ferias de verão + 8 meses? Eu tinha a ideia que a cada um term teria ferias, mas acho que me enganei. Desde já muito obrigada!

    • Ola Liliane. Quando digo que não há ferias me refiro ao meu PhD. No college há sim férias. As férias geralmente são 3 meses no verão daqui, mas não sei como funciona com o college porque cursei PhD. Obrigada pela mensagem e desculpe não ajudar

  2. Pedro Acacio disse:

    Olá Gabi, tudo bom?
    Primeiramente eu gostaria de agradecer pelas informações que passou, pois para um jovem como eu, com essa vontade de estudar no exterior, mas sem uma base muito sólida, ajudou muito.
    Gabi, a minha vontade de estudar no exterior é grande, e ando pesquisando muito sobre as universidades no Canada focadas em Business. Porém, não só como você mencionou, como todas as que eu pesquisei a respeito, pedem um histórico escolar excepcional.
    Minha vontade de estudar Business é grande, porém, acredito que não possuo notas lá muito altas como as que as universidades pedem.
    Gostaria de saber sua opinião sobre tudo isso, e constar outro fator importante que seria o inglês, algo que eu domino e já sou fluente, me preparando para prestar o teste da Cambridge ou TOEFL (dependendo do que a universidade pedir).
    Terminei o ensino médio ano passado, e estou agora com 17 anos. Atualmente eu trabalho, e estou indo atrás dessa vontade tremenda de estudar no exterior.
    Por favor, suplico pela sua ajuda!

  3. Eduardo disse:

    Ola gaby, tenho uma dúvida, como funcionavam os seus horarios de aula, gostaria de ter uma ideia, o full time enche as grades curricular de 2* à 6* como aqui no brasil, trmho interesse em fazer mestrado mas estava com essa dúvida?
    Parabéns pelo excelente post!

  4. Juliana disse:

    Olá Gaby!
    Fui ao Canadá para um intercâmbio de estudo e trabalho, e me apaixonei por Toronto. Ando sonhando em estudar na UoftT e me preparando para isso. Estou estudando para o TOEFL e queria saber se foi necessário você fazer o GRE e caso sim, como foi. Em todos os sites que vejo eles apresentam a exigência desse exame além das outras que você citou nos posts. Obrigada! Regards! =)

    • Olá Juliana. Eu não precisei para o meu PhD. Mas sei de outras pessoas que entraram depois de mim e precisaram… será que eles mudaram os requisitos? O que eu precisei foi “validar” meu mestrado (traduzir os transcripts) e fazer algumas provas e preparar documentos.
      Boa sorte na sua jornada!

  5. António Salumbongo disse:

    Olá Gabriela gratidão pelas divas, realmente foi muito bem explicito e interessou-me bastante, você sabe quanto pode custar o curso de educação física? dizem ser uns dos mais baratos das universidades e College e como posso fazer para conseguir uma bolsa de desconto ? obrigado

  6. Gabriela disse:

    Olá Gabi, vou fazer intercâmbio em toronto por 6 meses e tenho interesse de logo depois que terminar o curso, entrar em uma faculdade, mas não faço ideia de qual faculdade é boa, qual é mais facil de entrar, quais não são tão caras…você poderia me ajudar?
    Obrigada

  7. Ana disse:

    Olá Gabi! Muito bom o seu blog!
    Você saberia se existem cursos de férias no Canadá? Cursos tipo culinária, fotografia, ou qualquer outra coisa. Que tenho um bom nível de inglês e gostaria de aproveitar minhas férias para colocá-lo em prática. Acredito que esses cursos me trariam mais benefícios que os cursos de idiomas. Onde que posso encontrar informações?
    Grata, Ana

    • Ola Ana. Obrigada pelo recado e pela visita ao blog. Não acho que na UofT você encontre estes cursos mas em Colleges vc pode encontrar. Entre no site de cada um deles – George Brown, Seneca, etc – e veja os cursos de verão que eles oferecem. Beijos e boa procura!

  8. Andréia disse:

    Oi, Gaby! Adoro teus textos, sempre tem muitas informações úteis 🙂

    Eu sou fisioterapeuta aqui no RS e gostaria de saber se com o meu diploma do Brasil eu posso trabalhar como Physiotherapy Assistant no Canadá, ou se preciso fazer um College.

    Agradeço desde já

  9. Muito obrigado pela informação!

  10. Ingrid disse:

    Oiii, bom meu sonho é morar no Canadá, mas não faço a mínima idéia de como vou fazer para morar lá. Então gostaria de saber, vc já tinha algum parente ou simplesmente foi sem conhecer niguéme e já sabia fala inglês ?

    • Olá Ingrid. Não tinha nenhum parente e já sabia falar inglês fluente. Vim para estudar – fazer meu doutorado – e você pode ver nossa trajetória em 2 posts com o título “nosso processo de imigração”. Boa sorte!

  11. Raianne disse:

    Olá Gaby! Primeiro gostaria de elogiar seu site,muito bom e já tirou muitas dúvidas minhas. O negócio é o seguinte, eu tenho atualmente 19 anos e estou no quarto período do curso numa federal daqui do brasil e vou concluir em 2018. Não é a area que sempre sonhei,mas eu entrei nesse curso por problemas financeiros, querendo minha independencia. De uns tempos pra cá decidi que gostaria de morar no Canadá um dia, mas o que eu realmente queria era estudar o curso de biologia em uma das faculdades de lá,e pelo que pesquisei todas são muito boas. Estou juntando e pretendo ir um ou dois anos após ter me formado aqui(já que leva um tempinho pra juntar toda a grana necessária) e queria saber duas coisas. A primeira é se as universidades de lá tem alguma restrição ou preconceito com idade,porque quando eu puder provavelmente já vou ter mais de vinte. A segunda é, as universidades de lá aceitam quem já tem uma graduação? Pesquisando sobre isso descobri que algumas universidades(americanas) não aceitam quem já possua uma graduação, e fiquei preocupada se as canadenses( Calgary mais precisamente,que é a que está me interessando) também tem esse preconceito. Espero que possa me responder, obrigada 🙂

    • Olá Raianne. Obrigada pelo recado e pela visita ao blog. Confesso que nunca ouvi falar de faculdades terem restrição quanto a idade ou se a pessoas têm outro curso. Fiquei até surpresa de ter lido que você achou universidades que não aceitam pessoas já formadas em outro curso. Nunca tinha ouvido falar! Sugiro que vc mande e-mail para o undergrad departament da universidade que você quer estudar perguntando sobre isso, só para garantir! Boa sorte!

  12. Rodrigo disse:

    Oi, Gaby! Gostaria de saber qual o tempo mais ou menos de mestrado e doutorado nas universidades canadenses, especificamente para engenharia elétrica.

    • Olá Rodrigo… Não sei como funciona para engenharia elétrica. Sei na minha área de saúde. Acho que você pode tirar suas duvidas mandando e-mail para o graduate program da Universidade de Toronto. Obrigada pela visita ao blog

    • Lilian Lira disse:

      Meng – 3 termos podem ser feitos entre 1 a 2 anos e MSC – 3 termos + pesquisa e levam no minimo 2 anos.

  13. Davi disse:

    Olá Gaby,

    Eu queria estudar na UofT, como faço para me ingressar?

    É paga?

    E se for paga, tem como conseguir bolsa?

  14. Romario Eichlig disse:

    Minha dúvida é muito simples e não encontro a resposta em canto nenhum!

    Qual é o mínimo de créditos de um study permit?

  15. Larissa disse:

    Oi Gabi, você sabe como é o processo para tentar bolsas de mestrado ai? Quais são os requisitos? Obrigada

  16. layla disse:

    Ola gostaria de saber se quanto mais ou menos se pagar por mes e como faço pra mim planejar para estuda nessa universidade

    • Ola Layla. O pagamento das universidades por aqui é anual (uma vez por ano) e depende muito do curso que vc vai fazer. Procure no site da universidade/curso que vc quer estudar para saber o valor certo. Vale destacar que se vc não tiver residência permanente ou cidadania canadense estes valores são beeeem mais altos (3x mais).

  17. Luciana Maria Leal disse:

    Oi, Gaby!Meu filho está esperando o resultado da Universidade de Toronto. Cumpriu todas as exigências, mas como disseste é lento e burocrático, além de muito concorrido pois ele quer Engenharia Aeroespacial. Ele está muito ansioso. Até quando esperar pela resposta? Te agradeço muito pela atenção!

  18. Laís disse:

    Parabéns pelo blog, Gaby! Acompanho ele há uns meses já 🙂
    Tive uma dúvida agora em relação aos termos: se o mestrado que eu tô interessada só menciona fall term e winter term nos dois anos do curso, isso quer dizer que só tem aulas nessas épocas mesmo? Nas outras estações não tem? Não sabia dessa história de que pode ter 2, 3 ou 4 termos, dependendo do curso.
    Beijos e obrigada por se dispôr a compartilhar tantas informações aqui 🙂

    • Acho que mestrado deve ser que nem doutorado: full time. Você irá trabalhar ou estudar o ano todo mas as aulas serão só fall e winter. No verão você fica fazendo sua pesquisa. Era como acontecia comigo. 🙂

  19. Wellington disse:

    Olá, Gaby. Tudo bem?

    Muito obrigado pela quantidade e qualidade das informações compartilhadas aqui no seu blog. Eu tenho uma dúvida sobre as universidades do Canadá e talvez você possa me ajudar. É possível iniciar o ano letivo no Canadá no Winter Term? Ou as universidades só recebem novos estudantes no Fall Term?

    Muito obrigado desde já. : )

    • Olá Wellington. Ótima pergunta! Eu acredito que sim, de certeza os cursos de pós você pode, mas não estou 100% certa quanto à graduação. Porém vários alunos começaram no inverno então acredito que sim.

  20. bruna disse:

    Olá Gaby, a poucos dias achei teu blog, estou pensando em fazer o intercambio mas inicialmente em Vancouver por ter referencias de lá, segundamente meu sonho (se nao se realizar por aqui) é fazer a graduação no exterior, estava olhando umas univ canadenses e vi que tenho chances de ser aceita, vou fazer meu 2º toelf itp(pbt) em março se der certo, fiz em novembro mas obtive apenas 433 pontos, porém terei que penar um pouquinho para conseguir a bolsa, me formo em tecnico Meio Ambiente até metade de Abril, que dica daria para eu ir me planejando? Até achei um site do governo com a relaçao de bolsas e instituições, mas a grande maioria não é para minha area, vi que a UofT tem um colegiado que é só para alunos internacionais que não conseguem a admission direta, é bom arriscar a fazer isso tambem?

  21. Luanna disse:

    Olá, meu nome é Luanna e eu pretendo ir morar no Canadá por um tempo com a minha tia. Não temos muitos planos ainda além de procurar trabalho, porém, como eu ainda tenho 17 anos e até lá já terei 18, estou cogitando a possibilidade de cursar universidade lá mesmo, meu interesse é medicina, e a segunda opção é arquitetura.. Você poderia me explicar como funciona a med school canadense e como faço para ingressar? Igualmente com arquitetura? Se possível, manda no meu email (luannalacerdac@yahoo.com.br)! É muito importante!
    Grata desde já!

    • Olá Luanna. Obrigada pelo recado. Eu não sei como funciona e o ideal é que você entre em contato com os departamentos das universidades daqui e veja o que é necessário. Boa sorte!

  22. Michelly disse:

    Oi gaby
    Tenho uma duvida
    Eu estou pensando em fazer faculdade ai no canada sera que vc pode me explicar tudo dirwitinho por email quanto eu twnho que pagar para fazer minha faculdade de direito 5 anos ai , com bolsa de estudo ?
    Pfv me responda tenho muita duvida

    • Olá Michelly. Eu não sei quanto você tem que pagar. Você deve entrar em contato com o departamento da instituição ar você quer estudar e perguntar valores e opções de bolsas. Boa sorte!

  23. Wagner disse:

    Olá Gabriela,

    adorei as dicas, mas gostaria muiiiito de saber, pois não acho em lugar nenhum, o tempo de férias que temos da universidade. Quantos meses por ano temos livre?
    Fiquei em dúvida sobre o período dos termos dos cursos. Não sei se são 8 meses de estudo ou mais.
    Obrigado!

    • Ola Wagner… se vc é undergrad tem de junho-início de setembro. Se você é graduate (mestrado e pós-doc) tem que combinar com seu orientador mas não tem grandes férias.

  24. Conrado disse:

    Gabi, muito bacana seu post. Sou aluno de Rotman na UofT e eu e minha namorada estudamos muito seu blog antes de vir pra cá.

    Em relação a fazer faculdade aqui, acho bacana reforçar também que o todo o processo de application e do envio de documentos é bastante longo e qualquer pessoa que queira vir estudar por aqui precisa se planejar muito bem antes de embarcar na aventura.

    Abcs

  25. Yameh disse:

    Olá gaby, fiquei super interessada no seu site e queria saber mais…Eu pretendo ir para a Universidade de toronto que inclusive fiz uma imtrevista. Mas fiquei com muitas dúvidas. Queria saber se você podia me esclarecer esse mundo novo que o Canadá nos proporciona e como faço para ingressar na faculdade de medicina de toronto

  26. Nicole disse:

    Oi Gaby,

    To amando suas dicas, e estou querendo ingressar em uma universidade em Toronto também. Quando fui ao Canada me apaixonei completamente, porem nem minha host conseguir me esclarecer dúvidas. Você não tem algum post, sobre sua preparação antes de se mudar, seu plano de carreira ou algo assim? Seria muito mais fácil seguir os passos de alguém que já atingiu esse objetivo.

  27. Camila disse:

    Olá Gabi, aqui de novo com duvidas . Como sempre seu blog é incrível. Tem algum departamento na UoFT com portugues ou brasileiros p tirar algumas duvidas. Gsotaria de fazer uma pos-graduacao em Relcoes internacionais e ja passei horas buscando nos sites de varios colleges, universities e nao consigo informacao nenhuma. Tambem tntando contactar alguem que fez o curso e nada. Voce conhece alguem que ja fez o curso ou sabe sobre algo. Obrigada !!!!

  28. Letícia disse:

    Gabi, como sempre seus posts são muito completos e informativos! Obrigada por compartilhar seus conhecimentos com a gente! Sou fã do blog desde 2014!

  29. Ana disse:

    Sou Portuguesa, sigo seu blog desde que o descobri. Sou licenciada em Direito e agora minha intenção é ir tirar uma pós-graduação ou mestrado na University of Calgary, pois posteriormente é lá onde quero ficar a viver, ir com marido, cão, gato, família completa 🙂 Falou num outro post dos custos de uma pós-graduação, tremi 🙂
    Como estudante, disse que teremos de trabalhar na nossa área de estudo, certo? no meu caso, quero Relações Internacionais ou Administração Pública ( bem relacionado com Direito) teria de trabalhar em algum departamento dessas área na faculdade ou por exemplo num departamento de Relações internacionais de uma empresa?
    Meu marido poderia vir comigo tendo eu de pedir um “work permit” para que ele possa vir e trabalhar, correto?
    Para começar já em Setembro de 2015, já está muito em cima da hora ? Por que valores estão as pós-graduações/ mestrados, sabe me informar? Porque não tenho uma boa média de curso, logo não dá para aplicação de média….
    Ir para o Canadá dá um trabalhão, tanto que por vezes dá vontade de desistir mesmo antes de ter começado na prática todos o processo.
    Meu problema é querer 2 coisas: imigrar para o Canadá e tirar um mestrado no exterior, quero juntar as 2 coisas, mas parece missão extra-complicada…
    Para finalizar, PARABÉNS Gaby, pelo blog (é excelente) e pelo doutoramento.

    Obrigada!

  30. Iúry Pinto disse:

    Opa, primeira vez por aqui, mas bacana saber que também é da UofT! Mas sobre algumas coisas, então, depende da unviersidade! No Brasil, a UFABC por exemplo, chega a ser trimestral (embora não seja bem ligado às estações, como os terms – talvez por causa das greves hahaha). E os 10 minutos também existem nas universidades, só que professor algum respeita. Na UFRRJ, cada aula tem 2 horas, mas só 100 minutos dos 120 realmente deveriam ser usados. 10 são de tolerância pra chegada do aluno e 10 de intervalo. Mas ninguém lembra a eles haha! Nessa mesma UFRRJ, você escolhe as matérias, então bem parecido com aqui! Voltando à UFABC, por lá você também não escolhe no que quer se formar, você entra fazendo ou tecnologia ou humanas ou biológicas (ok, acho que tem outros tipos de opção, agora não me recordo bem). E o negócio de pagar, pelo que notei, é quase normal. Na Alemanha e (como você já comentou, EUA), você paga, a não ser que ganhe bolsa. Eles nem comentam se é privado ou publico, só sabem que tem que pagar se não conseguir alguma bolsa.

    Enfim, adorei o post! Acho que começarei a fazer umas visitas por aqui! Beijos e vamos aproveitar enquanto ainda não estamos congelando!

  31. Marcelo disse:

    Olá, Gabriela, boa tarde!
    Gostei muito do seu tópico, parabéns! Eu tenho duas dúvidas, não sei se você pode me ajudar.
    Eu estava pensando em fazer Letras com especialização no Inglês aqui no Brasil, mas agora estou pensando (mais sonhando do que pensando) em fazer no Canada. Qual é o curso nas universidades do Canadá para quem quer ensinar English as a Second Language? Eu sei que para quem quer lecionar Inglês no Canadá precisa de um diploma universitário mais a certificação TESL, mas não sei exatamente qual é o curso.
    Outra dúvida, os cursos nas universidades do Canada são período integral ou meio período?
    Marcelo

    • Olá Marcelo. Obrigada pelo recado e visita ao blog. Eu não sei a resposta a sua primeira pergunta, mas vc pode dar uma olhada no site da uoft OISE que eles devem ter muita informação. Quanto aos cursos, no caso de pos graduação (mestrado, doutorado) da para optar, mas como estudante internacional vc só pega o visto se for full time. Foi isso que aconteceu comigo pelo menos… 😉

  32. samuel disse:

    Olá Gabi, gostei bastante do post, e gostaria de mais informações a respeito de como ingressar, pois gostaria de fazer minha graduação em medicina na UofT
    Obrigado e espero a resposta

  33. Rodrigo Teixeira disse:

    Olá Gabriela. Ótimas explicações. Mas tenho uma dúvida que não quer calar. Vc falou que a graduação é bem flexivel. Existe uma quantidade mínima de créditos por term? A anuidade varia em valores de acordo com os creditos cursados? As aula em programas full time são durante o dia todo ou em turnos específicos como aqui no Brasil?

    Obrigado

    • Olá Rodrigo.
      Tem uma quantidade mínima de créditos no geral – no total do curso, não por termo. Mas pode variar por departamento e por orientador (seu orientador pode querer que vc faça um número X de créditos por termo, por exemplo). A anuidade não varia. As aulas tem horários específicos mas por ser full time student você tem que trabalhar no lab ou escritório no tempo livre ou seu aula. 😉

  34. Paola disse:

    Olá! Fiz a primeira parte do meu mestrado na York U online e pretendo ir para Toronto em 2015 para fazer a segunda parte, mas a grana está curta e cada term é bem caro. Você sabe me dizer algum programa de bolsas para alunos internacionais, fora os da York? Sempre me inscrevo nas bolsas e eles sempre dizem que não há recursos disponíveis pela universidade. Obrigada!

    • Ola Paola. Que legal, eu não sabia que dava pra fazer mestrado online. As bolsas são bem específicas do orientador e do departamento. Vc tem que falar especificamente com seu orientador ou departamento. Obrigada pelo recado

  35. Verônica disse:

    Olá, fiquei curiosa com uma coisa, existe mestrado que vc termina sem a tese? é pq eu tenho uma prima que está fazendo mestrado na Austrália e ele disse que não tem tese . Talvez seja pós graduação latu sensum ou até essas precisam de tese/monografia?

  36. Ana disse:

    Muito legais suas observações, Gabi. A gente estranha um bocado a vida acadêmica aqui, comparando como é no Brasil, né? Tenho algumas coisas pra acrescentar, do lado de cá do país:

    * Estudei na UBC (University of British Columbia), também pública, mas subsidiada pelo governo. Estudantes residentes (cidadãos e residentes) pagam menos anuidade que estudantes internacionais. Isso é muito importante pra quem vem de fora e não entende a diferença dos preços. A diferença em muitos casos é gritante.

    * O syllabus a gente chamava de ementa lá na UFRJ. Na UBC, ele é bem padronizado também. Além dessas regras que você citou, pelo menos na UBC eles enfatizam muito a questão de plágio e propriedade intelectual. Plágio é um crime muito sério e se o aluno for pego, pode até ser expulso da universidade.

    * As bibliotecas são maravilhosas! 🙂 Eu sou suspeita pra falar, mas amei poder pesquisar pelo acervo digital da UBC, e ter acesso a tantos journals. Pra mim essa diferença foi brutal de quando fiz minha graduação no Brasil há mais de 10 anos, quando a consulta ao acervo era física e bem mais complicada de fazer do que aqui.

    * Essa coisa do exame de proficiência do idioma só é requerido de alunos estrangeiros, né? Pelo menos na UBC sim.

    * Outra diferença que notei é que parece que a graduação (undergraduate) não é suficiente para o aluno ir direto pro mercado de trabalho. Pelo menos na área de humanas. Geralmente eles fazem uma graduação de formação genérica (de 3 anos) e emendam num mestrado de 2 anos, e só então estão aptos para o mercado de trabalho. Na minha área, por exemplo, não há curso de biblioteconomia em nível de undergraduate. Somente mestrado. Ou seja, a pessoa tem que fazer undergraduate em inglês, ou história, ou antropologia (ou qualquer outro curso da área de humanas, ou línguas), e depois fazer o mestrado específico da profissão que escolher. Talvez seja diferente em exatas ou ciências. Não sei.

    • Ola Ana, ótimo ponto. Como Toronto é multicultural muitas vezes vc tem que provar a proficiência (porque muitos são estudantes/imigrantes). Eu fui estudante internacional e as taxas eram um absurdo – mas tbem são altas para Canadenses, eu achei!
      Muito legais suas observações, obrigada por compartilhar sua experiência por aqui!

  37. Pauline disse:

    Uma coisa que eu achei legal quando estudei aqui foi a Frosh Week, mas acho que só tem pra undergrad, né?

    Já faz tempo e eu não lembro todos os detalhes, mas foi diferente da experiência que tive na 1a semana de faculdade no Brasil.

  38. Fran disse:

    Gaby, tirei varias duvidas que tinha sobre o assunto! Como os “semestres” e os créditos! 🙂 adorei! Beijinhos!

  39. Júh disse:

    Ooi Gaby,
    Primeiramente parabéns pelo blog… É blog mais explicativo q eu já vi sobre o Canadá 🙂
    Vc saberia me dizer onde eu poderia achar botas masculinas caterpillar em Toronto?
    Bjos

  40. Caynan disse:

    Gabi, Parabéns pelo blog, está muito bonito, fazia tempo que não vinha aqui (leio sempre pelo feed).

    Queria te perguntar se você têm uma noção basica de quanto dinheiro precisamos levar do Brasil para fazer um mestrado no Canada, estou perto de terminar minha graduação e fico namorando com os sites das universidades, mas sempre que vejo o tuition fico imaginando que é impossivel pagar os valores que chegam a CAD 60.000 por ano.
    E como você ja comentou em posts anteriores os trabalhos dentro da universidade em sua maioria são mais pelo conhecimento que pelo dinheiro.

    Obrigado

    • Olá Caynan. É mesmo, estudar fora é bem caro e requer um planejamento financeiro. O ideal é vc aplicar para bolsas – e para saber quais disponíveis na sua área entre em contato com o departamento e um futuro orientador. Difícil dizer quanto levar. Se vc escolher um curso eles darão todas as informações de tuition, hospedagem, etc. 😉

  1. 01/09/2014

    […] Curiosidades sobre as universidades canadenses – Gaby no Canadá Pra quem quer saber como é estudar numa universidade aqui no Canadá. A maioria das coisas que a Gaby observou em Toronto eu percebi em Vancouver também. […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *