Austrália parte 4/6: Hamilton Island

headers_HI

Hamilton Island foi o nosso ponto escolhido para explorar a Grande Barreira de Corais, que é o maior sistema de corais do mundo, tendo mais de 2,000km de extensão.

Uma rápida pesquisa na internet nos mostrou que Cairns, Port Douglas, Airlie Beach ou Townsville eram os lugares populares para explorar a barreira. Contudo, o lugar que mais nos chamou a atenção foi Hamilton Island.

hi3

Hamilton Island faz parte da Whitsunday Islands, um arquipélago de 74 ilhas no estado de Queensland. Em 1975 um milionário resolveu comprá-la e criar ali um destino turístico de luxo como porta de entrada para a Grande Barreira de Corais.

 

Apesar de pequena, ela tem o seu próprio aeroporto, permitindo vôos diretos de Sydney, Melbourne, Brisbane e Cairns. Pegamos um vôo de 2h30 partindo direto de Sydney ( Virgin Austrália ).

hi21

hi15

hi22

A ilha oferece algumas opções de hotéis, mas o grande diferencial são as casas de grandes  condomínios. Se você está em 4 ou até mesmo 16 pessoas esta é uma boa alternativa, pois os custos ficam mais diluídos e no final das contas você acaba pagando o mesmo preço de um hotel ( onde o número de pessoas por quarto é muito limitado ).

hi5

Em Hamilton Island, além de poder visitar as barreiras de corais, você vai poder descansar em praias paradisíacas, esquecer o movimento das grandes cidades e ficar completamente imerso na natureza selvagem da ilha.

section_transporte

O transporte da ilha são carrinhos de golf ( geralmente já está incluído na diária da sua acomodação). Não esqueça, aqui também se dirige do lado esquerdo 🙂

hi7

hi25

section_acomodacao

Nós ficamos no Yacht Club Villas. Com casas de 3 andares acomodando até 8 pessoas, o lugar é simplesmente perfeito. Você pode apreciar o nascer do sol da sua própria cama, de frente para o mar!

hi20

hi19 hi18 hi17

section_explorando

A ilha por si própria já é uma grande atração. Com uma vida selvagem exuberante, você pode facilmente passar dias e dias aproveitando o que ela tem a oferecer. Era incrível ver os pássaros pousando no seu braço sem medo algum.

hi8

hi6

É muito fácil explorar a ilha. Na Front Street, rua principal de frente para o porto, você encontra o que você precisa: restaurantes, cafés, um supermercado, uma padaria e uma loja de bebidas. Sim, as opções são limitadas, mas tudo é de boa qualidade!

photo_solo

hi2

Uma dica para assistir o sol se pôr é visitar o Hamilton Islands One Tree Hill ( abaixo ), isso se você tiver sorte de não encontrar uma festa de casamento no local, pois a média anual é de 2 casamentos por dia neste local 🙂

hi26

Barreira de Corais

Existem diversos tipos de passeios que levam você até a barreira de corais. Os mais comuns são os passeios de barcos que levam aproximadamente 2h para chegar à barreira, permitindo que você passe o dia mergulhando e explorando os corais.

 

hi10

Chegando na ilha existem vários pontos onde você pode pedir informação sobre os passeios, inclusive no aeroporto. A empresa que gerencia os passeios é a Cruise Whitsundays.

hi12

Apesar de calor ( mês de Maio ~23C ), pegamos dias com muito vento e todos os passeios de barcos foram cancelados. No terceiro dia estávamos desesperados, pois o vento continuava e o mar não permitia a partida de nenhum barco.

Foi aí que descobrimos no aeroporto a opção aérea. Com 1h de duração, você visita de helicóptero a barreira de corais de forma ágil e prática, além de conhecer toda a região ao redor, incluindo Whiteheaven Beach e demais ilhas do arquipélago. Recomendo!

hi9

hi11

Esta foi a primeira vez que a mãe da Gaby andou de helicóptero, realizando assim um de seus sonhos. Segue abaixo o seu relato:

“Nunca me esquecerei do dia 19 de maio, o dia que conheci uma das grandes maravilhas naturais do nosso planeta.

Logo cedinho Gaby e Juliano procuraram informações e voltaram para casa aonde estávamos informando que os passeios de barco para a Grande Barreira de Corais estavam suspensos devido ao mar agitado, mas os helicópteros estavam operando. Eles reservaram então um helicóptero e perguntaram se alguém mais queria. Eu confirmei na hora, mas havia a possibilidade de não poder ir caso o aparelho já estivesse lotado. Contei com a sorte. Quando chegamos no aeroporto já haviam preparado um minúsculo helicóptero mas graças ao Vigilantes do Peso fui aprovada no teste de pesagem. Depois de um vídeo e algumas instruções de segurança embarcamos. Decolamos e por algum tempo me deliciei sobrevoando lindas ilhas do arquipélago de Whitsundays, com praias branquinhas e águas turquesas – Ilhas sem a ocupação humana. O piloto então anunciou…”Agora durante mais ou menos 10 minutos vocês verão somente água, em todos os ângulos. Eu me senti um grão de areio dentro de uma bolha de sabão.

Avançamos Pacífico adentro em um corredor ensolarado avistando lateralmente (e distante) algumas tempestades. Após os 10 minutos observamos uma linha branca no horizonte. Era ela: a Grande Barreira de Corais…as ondas quebravam contra a Grande Barreira de Corais, e conforme nos aproximamos, mais ela se definia. Então o  DESLUMBRAMENTO. SOB NÓS UM MUNDO DE DIFERENTES FORMATOS E VÁRIOS TONS DE TURQUESA, JADE E VERDE ESMERALDA….e no meio desta maravilha imaginem…um rio no meios do Oceano. Inacreditável.

Voltamos para nossa casa temporária realizados e felizes; Obrigada Gaby e Ju. Vocês contribuíram para que eu realizasse mais um sonho.”

Whiteheaven Beach

Devido a uma composição especial e tamanha pureza da areia, essa praia tem cores totalmente brancas, tornando ela uma visita indispensável. Whiteheaven Beach é uma parada opcional tanto para os passeios de barco ou helicóptero.

hi13

hi14



  • 7 Responses

    1. Samy disse:

      Que lugar maravilhosoooo!!
      Adoro aquele pequeno coral no meio em forma de coração, muito fofo!

    2. Letícia disse:

      Tudo muito lindo, né? Nossa, adorei as fotos e a descrição dos locais.
      Ta arrasando nos posts, Ju!!! Parabéns 🙂
      Beijão

    3. Adorei o Post e obrigada a vcs por postarem meu depoimento.Jamais esquecerei. Bjos

    4. Surreal essa barreira de corais!!! E que lindo o depoimento da Dona Ana!

      Gaby e Juliano, vcs formam uma dupla dinâmica nesse blog!

      Adorei os posts! 🙂

      Bjs

    1. 30/11/2014

      […] Passamos pela merecidamente famosa Sydney, pelas surpreendentes Blue Mountains, pela incrível Hamilton Island, pela apaixonante Melbourne, e pela cênica Great Ocean Road. Confesso pra vocês que não tinha […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *