Austrália parte 3/6: Blue Mountains

header_blu

Blue Mountains é uma cadeia de montanhas localizada aproximadamente a 100km de Sydney. Ela abriga mais de 400 tipos de animais e é uma excelente opção para uma aventura próximo a cidade.

blu2

Deixamos para visitar Blue Mountains na metade da nossa visita à Sydney, dessa forma teríamos tempo para pesquisar a melhor forma de transporte até lá.

section_transporte

Basicamente existem três opções de transporte para chegar até Blue Mountains:

Pacotes de excursão

Esta é uma opção bem completa, mas em compensação custa mais caro. As opções que avaliamos giravam em torno de ~$175/pessoa (  grupo limitando  de 14 pessoas ).
A vantagem é que no preço geralmente estão incluídos alimentação e ingressos para o Scenic World  e o Featherdale Wildlife Park.

Uma das empresas que consultamos é a Blue Diamond Tour, que ainda oferece um passeio de barco ao redor da Opera House e Harbour Bridge ao final do dia.

Pensamos muito em fechar essa opção, pois não nos incomodaríamos com a logística, mas acabando deixando de lado pelo alto custo.

Trem

Uma outra opção para visitar Blue Mountains é pegar o Explorer Link Blue Mountains, um trem que parte da Central Station em Sydney.  Com duração de aproximadamente 2h, acredito ser uma das opções mais baratas ( ˜$50 ida e volta ).

Para facilitar a sua visita a Blue Mountains, a passagem de trem ainda oferece acesso ao Explorer Bus, um ônibus de 2 andares que leva você aos principais pontos turísticos da cidade.

A grande vantagem de pegar um trem é que você não precisar ficar preso a um grupo. Contudo, perde um pouco de flexibilidade para explorar lugares mais distantes.

note

“Se possível, tente pegar um assento do lado esquerdo do trem, dessa forma você poderá observar as Blue Mountains no trajeto de subida.”

Alugar um carro

Está foi a opção que escolhemos. Alugamos um carro pela Hertz e foi tudo muito fácil e tranquilo. Saindo do centro de Sydney você logo encontra a highway A4/M4, de fácil acesso e termina praticamente nos pés das Blue Mountains ( além de não possuir pedágios ).

blu7

O aluguel do carro saiu na faixa de $100. Na Austrália o seguro contra colisão já está incluso na tarifa. Porém, a franquia no caso de acidentes fica em torno de $2.700. Você pode contratar um seguro extra para reduzir essa franquia ( ~$30 ). A hertz foi a única empresa que encontramos que reduzia a franquia para $0, as demais a franquia era reduzida para ~$500.

Dirigir na esquerda pela primeira vez realmente é uma aventura. Nos primeiros minutos você fica muito confuso, ainda mais dirigindo no transito da cidade, mas a partir do momento que você passa a seguir o tráfego tudo fica mais tranquilo. É sempre bom ter um co-piloto para auxiliá-lo.

O que eu achei mais difícil no início foi ter a noção do lado oposto do carro, muitas vezes eu acabava invadindo a pista ao lado. O segredo é tentar ficar o mais a direita da pista possível, dessa forma você nunca se engana. Olhar para o espelho central do carro também é muito estranho, pois o seu reflexo é de olhar para o lado direito, e não o esquerdo.

section_explorando

Wentworth Falls

Localizada na cidade com o mesmo nome, Wentworth Falls é uma linda cachoeira com quase 200 metros  de altura, dividida em duas quedas de água e cercada por uma quantidade impressionante de pássaros locais.

Para visitá-la, apenas siga pela Falls Road até o ponto mais sul da cidade, você vai encontrar locais para estacionamento, picnics e lookouts ( vista panorâmica ).

blu3

note

“Para ter uma melhor vista da cacheira, não deixe de ir até a Princes Rock Lookout ( 5 min ), você fica praticamente na beira da montanha.”

blu4

Mas o que é mais interessante, é por esta cachoeira ser apenas uma parte do National Pass, considerada uma das trilhas mais bonitas da Austrália.

National Pass

Quando eu comecei a pesquisar a respeito do National Pass, eu pensei que era um passe de entrada para o parque. Eu estava enganado: o National Pass é uma trilha entre os desfiladeiros de Blue Mountains.

Construída em torno de 1907 ( sim, ela tem mais de 100 anos), o caminho é realmente único.  Em 2002 ela teve que ser restaurada e foram gastos $1.5 milhões nas obras ( não é de se surpreender o valor gasto, é quase impossível imaginar como eles construíram alguns pontos da trilha a 100 anos atrás ).

blu5

Uma coisa que achei super interessante é o fato de cada trilha informar detalhes como distância, tempo e grau de dificuldade. Isso facilitava muito, pois podíamos decidir quais teríamos tempo ( e fôlego ) para encarar.

Dados da trilha National Pass:

  • Distância : 5.4 km
  • Tempo: 3.5 horas ( ida )
  • Dificuldade: difícil.

A região de Blue Mountains possui mais de 140km em trilhas, opções para aventuras não faltam!

Echo Point e as Três Irmãs

O Echo Point, na cidade de Katoomba, é o ponto mais visitado do parque. Isso porque deste ponto é possível ter uma vista completa das Três Irmãs, formação rochosa icônica da região.

blu11

blu9 blu10

Este ponto também da acesso para outras trilhas ( inclusive permitindo que você vá a base das Três Irmãs ).

Scenic World

O Scenic World é uma atração privada localizada na cidade de katoomba, oferecendo atrações como teleférico e cable car para você apreciar a região ( ticket $35 ). Parece ser uma atração bem interessante, mas optamos por não visitá-la para ter mais tempo e conhecer o Featherdale Wildlife Park.

blu20

Featherdale Wildlife Park

O Featherdale Wildlife Park está localizado no meio do caminho para Blue Mountains, então é uma boa idéia se você quiser aproveitar e incluí-lo no roteiro. Ele fica aberto diariamente entre 9AM-5PM ($29).

blu14

Nós sempre ficamos com o pé atrás para visitar lugares onde os animais estão presos, como comentado no post sobre o Zoo de Toronto, mas também tínhamos curiosidade em conhecer os animais locais e sobretudo entender o que é feito para preservá-los ( O parque mantém uma série de programas educacionais, além de ajudar a reprodução de animais em extinção ). Ele funcional desde 1972!

blu18 blu17 blu16 blu15

Outras Atrações

A região de Blue Mountains oferece muitas outras atividades e atrações. Você pode conferir a lista completa acessando o site oficial do parque clicando aqui.

You may also like...

1 Response

  1. Samy disse:

    Que graça os bichos 🙂

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *