Oeste Canadense [Parte 6: Icefields Parkway]

Viajar pelos 232 km da Icefields Parkway é experimentar um dos tesouros nacionais do Canadá e um dos destinos mais lindos do mundo. A estrada fica no coração das Rocky Mountains e é considerada Patrimômio Mundial, seguindo o seu caminho através de dois parques nacionais e apresentando uma paisagem única e insubstituível, rica em história e beleza natural incomparável. É difícil dizer o que esperar da viagem: lagos cristalinos?, deserto de montanhas?, animais selvagens?, vales deslumbrantes?, geleiras antigas? paisagens de tirar o fôlego?… uma combinação de tudo isso?. Esta foi a segunda vez que passamos por esta estrada e a impressão foi de que nunca estivemos por lá tamanha a beleza e falta de palavras que ficamos… o local é realmente lindo (e cheio de cuidados, como vocês podem ver na foto abaixo das placas com as regulamentações)!

CostaOesteP6_gabynocanada10

OesteCanadaP6_gabynocanada1

OesteCanadaP6_gabynocanada4

CostaOesteP6_gabynocanada12

CanadaOesteP6_gabynocanada5

Já havia escrito aqui no blog sobre a Icefields Parkway, quando fizemos o trajeto completo em 2009. Desta vez, selecionamos algumas das melhores atrações para repetir. Porém, gostaria de deixar registrado que no caminho há vários locais para parar foto, vários lagos e a estrada em si é uma atração a parte.

Hector Lake
Bem no começo do caminho, um pouco depois de você passar pela entrada do parque, você vai encontrar o Hector Lake, ou como é chamado o Lago de Espelho, na beira da estrada. O lago é do tipo glaciar e quando você estiver visitando-o estará a 1800m de altura. É incrível a harmonia entre o lago e as montanhas ao redor e o reflexo parece de mentira. Uma dica aqui é que não há acostamento ou estacionamento e como o lago fica numa curva tome muito cuidado com os carros passando pela estrada.

CanadaOesteP6_gabynocanada2

CostaOesteP6_gabynocanada15

Peyto Lake
Para visitar este lago você precisa fazer uma trilha curta mas íngreme. A subida é puxada mas a vista compensa: o Peyto Lake fica abaixo do local de observação e a vista é linda (o lago fica a 1800m e o observatório a aproximadamente 2100m). No verão fica super (super!) lotado; então tente chegar antes das 10am ou depois das 4pm. O lago é alimentado pelas geleiras próximas, porém vários cientistas estão monitorando o local já que o tamanho do lago esta diminuindo rapidamente (uma pena!).

CostaOesteP6_gabynocanada9

CostaOesteP6_gabynocanada14

CanadaOesteP6_gabynocanada3

CostaOesteP6_gabynocanada13

A maioria das pessoas anda somente na trilha pavimentada. Porém, se você é aventureiro, pode pegar uma outra trilha de 3km – chamada Bow Summit Lookout – para ter uma vista mais especial. Não fizemos esta trilha, mas está na nossa “to do list” para a próxima vez que visitarmos a região.

Athabasca Glacier
Um passeio imperdível é o de caminhar sob o Glaciar Athabasca, um dos 6 “dedos” da Columbia Icefield. Atualmente o glaciar diminui 2-3 metros por ano e já diminuiu mais de 1.5 km nos últimos 125 anos, perdendo metade do seu volume original. Esta atração fica aberta do meio de Abril até Início de Outubro e recebe milhares de pessoas todos os dias. Para viver esta experiência você deve dirigir até o Columbia Icefield Centre (na beira da Icefields Parkway), pegar um ônibus até um trecho próximo do glaciar e um trator (literalmente) para andar no gelo. Se você planeja fazer este passeio leve um casaco porque embora esteja 30C no dia, a proximidade com o gelo dá muito frio. Ah, leve também uma garrafa para beber água diretamente das geleiras.

CostaOesteP6_gabynocanada16

CostaOesteP6_gabynocanada8

CostaOesteP6_gabynocanada6

CostaOesteP6_gabynocanada7

Para finalizar este post, indico que você clique aqui e baixe flyers com informação da região. Ah, e lembrando que foi neste passeio que avistamos a mamãe ursa e seus filhotes.

You may also like...

17 Responses

  1. Paulo Ossamu disse:

    Gaby, Gostei muito das informações que disponibiliza. Parabéns! Anotei as dicas para a viagem que farei com minha esposa por período de 12 dias em Agosto/17 (dia 6 a 18). Peço por gentileza, sua sugestão de pernoites partindo de Calgary, Banff, Jasper, Kamloops e Vancouver, bem como quais locais reservar hotéis em cada cidade. Obrigado!

  2. Marina disse:

    Oi Gaby, usei algumas informações dos seus posts sobre as Rochosas Canadenses para a viagem que estou fazendo agora ( thanks 😊) e percebi que tem um lago que vc cita que o nome tá trocado, esse lago da foto é na verdade o Herbert Lake, passei agora a pouco pela curva que vcs pararam para bater a foto e queria avisar que tem uma entrada sinalizada e segura pra fotografar esse lago, onde dá para estacionar o carro e caminhar até a água. Tambem passei pelo mirante sinalizado do Héctor Lake, que na verdade parece com o Peyto. Espero que vc não se chateie de eu estar avisando. Juro que só quero ajudar, pq gosto muito do seu blog. 😁😊😘

  3. Carla disse:

    Oi Gabi,

    Esse passeio do Columbia Icefields precisa reservar ou dá para parar o carro e comprar na hora?

  4. estela disse:

    Olá Gabriela!! Seu site é muito inspirador!! estou amando!!! estou programando viagem ao canada este ano, qual o melhor mes para visitar as rochosas (clima)? junho, julho ou agosto?

  5. Maria Cristina Morales disse:

    Oi Gaby,
    Sou fã do seu blog! E os posts sobre as rochosas são o máximo!
    Moro em Winnipeg e estou planejando uma viagem para as rochosas em agosto com minha família. Ficaremos lá por 6 dias, e queremos conhecer os lugares que você colocou nos posts, como Banff e arredores e a Icefield Parkway. Minha dúvida é se devemos ou não ir até Jasper. Você conhece?
    Obrigada!
    Beijos,
    Cris

  6. Carlos Augusto disse:

    Gabi,
    Para o fazer o passeio (em julho) de caminhar sob o Glaciar Athabasca e pegar o trator especial. Tem como comprar com antecedencia ou não precisa ? Lindad fotos !!!

  7. Ligia disse:

    Gabi,
    Dá pra fazer por conta propria como os folders que vc colocou?
    É bastante sinalizada a estrada e atraçoes?
    Vou pra o canada em final de maio inicio de junho de 2015 e queria passar 06 dias nas montanhas rochosas. É suficiente?

  8. Rachel disse:

    Você sabe dizer se vale a pena conhecer o oeste canadense dá no outono? La por setembro, outubro… se a paisagem ta legal, o clima….

    • Gabriela disse:

      Ola Rachel… eu não sei a resposta a sua pergunta. Tenho um amigo que foi em setembro e estava super frio, nublado… até as fotos ficaram escuras e não parecia o mesmo lugar (pode ter sido azar – por exemplo 1 semana de frio ou a época do ano ser ruim, não sei mas não arriscaria. A primeira vez fomos no meio de julho (verão) e foi otimo! A segunda vez fomos meio de agosto (ainda verão) e já estava ais frio… imagina outubro. Bom, espero ter ajudado, como não fui nesta epoca não posso opinar mais do que isso! Beijos

  9. Pati disse:

    Obrigada pelas dicas!
    Eu e minha família faremos esse passeio semana que vem!
    Espero que minhas fotos tenham pelo menos 1/3 da beleza das suas fotos!!! rsrs
    beijos

  10. raquelandr disse:

    Nossa…perdi o fôlego com essas imagens. Muito lindo mesmo…bem diferente da beleza que estamos acostumados.

  11. Kiki disse:

    Nossa vcs estão bem longe de casa….fizeram td de carro? O lugar eh lindo mesmo Gabi, perto do Alaska…..morro de vontad de conhecer essa região cheia de gelo e lagos tão azuis….lindo mesmo…..viajo junto cm vcs vendo estas fotos…..bjokas

    • Gabriela disse:

      Oi Kiki! Não! Fomos de avião até Calgary e de lá é 1h e pouco até os parques nacionais. O lugar é lindo mesmo, e vale muito a pena visitar! Beijos e obrigada pelo recadinho

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *