Road trip Toronto > Houston: nosso destino final, Houston

e09162f4145ef0c2383078c0be5ee038

Conforme disse nos posts anteriores, o destino final da nossa Roadtrip (ou da nossa ida) era Houston. Agora, preciso fazer uma pergunta para vocês: Qual a primeira coisa que vem em mente quando você ouve Houston? Para muitos é a lendária frase “Houston, we have a problem” (Houston, nós temos um problema), dita no dia 13 de abril de 1970 por James Lovell, comandante da nave Apollo 13 (3ª missão tripulada à lua do projeto Apollo da Nasa), que não cumpriu a missão devido a um acidente durante a viagem de ida, causado por uma explosão no módulo de serviço, que impediu a descida na Lua.

Bom, este post irá falar sobre algumas das atrações de Houston (e quem sabe você lembre de Houston por sua beleza e atrações – é uma cidade muito linda – e não pela tal frase. Houston foi a cidade que mais ficamos (3 noites) e a que mais aproveitamos/descansamos/curtimos. Não estávamos no clima de fazer passeio turístico – ultimamente o clima das nossas viagens é outro – mas mesmo assim conseguimos curtir e conhecer muitas atrações da cidade. E é sobre isso que irei falar neste post.

Em primeiro lugar, Houston é muito, muito grande – a maior cidade do Texas, com um pouco mais de 2 milhões de habitantes, e a quarta maior cidade dos EUA. Portanto, nem pense em conhece-la sem alugar um carro (e ter um GPS, porque o número de elevados e saídas é assustador). Nós até vimos trens elétricos (super modernos por sinal), mas estavam vazios. O meio de transporte de lá é carro (não tem jeito) e cada um tem o seu (tanto que éramos os únicos na car pool lane de 2+ passageiros).

DSC_7989

DSC_7996

Houston é sede de grandes empresas de petróleo e da HP. Ainda, a cidade é conhecida pela concentração enorme de universidades e hospitais (super modernos) que formam o Texas Medical Center. É incrível como você encontra vários hospitais e centros de pesquisa espalhados pela cidade. Apesar disso tudo, Houston é uma cidade calma, pacata e as pessoas de lá parecem não ter os mesmos hábitos de outras grandes cidades como New York e Miami. Isso porque no final do dia as ruas encontram-se vazias e poucos são os lugares que você pode sair depois das 10 da noite.

Entre as atrações da cidade curtimos muito (e nisso podemos incluir certamente o Joe, nosso cachorro) o Hermann Park, que fica localizado pertinho do Museum District e é um dos maiores e mais visitados parques da cidade. Dentro do parque fica o Houston Zoo, o Museum of Natural Science, um jardim japonês (lindo e, melhor de tudo, que aceita cachorros), um jardim de esculturas, um centro de jardinagem, um teatro, um lago, um trenzinho super fofo (que é uma opção para conhecer o parque se você não quer caminhar) e um playground. Nós passamos uma manhã toda lá, e foi ótimo: clima gostoso, paisagem maravilhosa, tudo especial.

DSC_8216

DSC_8288

DSC_8324

DSC_8234

DSC_8260

DSC_8299

DSC_8314

O que também me chamou a atenção foi o bairro chamado The Village (próximo a Universidade), que é super fofo, com casas lindas, ótimos restaurantes e cafés e um super shopping, o The Galleria. Falando em shopping, Houston possui muitas lojas e outlets. Como o objetivo da viagem não era compras (e nem podíamos comprar muito depois de comprar os ingressos para o All Star) decidimos que não iriamos a nenhum outlet ou loja (porque se você entrar já era). Mas segue aqui um link para um post legal de outro blog sobre compras em Houston. Ainda sobre o the Village, paramos em um café francês, o Le Madeleine, super gostoso. Achei legal que no banheiro eles passavam lições de francês para você ouvir.

DSCN9665

DSCN9671

Nosso hotel ficava pertinho do Reliant Park e Stadium, aonde acontecem os rodeios. A arena impressiona e é infinitamente maior do que o Toyota Center, aonde aconteceram os jogos da NBA (inclusive no começo achamos que o Reliant Stadium era o local dos jogos da NBA, mas nos enganamos feio). Estava tendo evento e o local estava super movimentado. Eu até tinha curiosidade para assistir um rodeio, mas acho que se eles maltratarem o animal eu vou querer sair correndo, Na dúvida prefiro não ir, mas fica aqui a dica se você gosta deste tipo de show.

DSC_8002

O Discovery Green é um parque dentro do centro da cidade, na frente do Centro de Eventos e pertinho do Toyota Center (aonde foram os jogos que assistimos). O local é sede de vários eventos durante todo o ano e possui playground, restaurante (chamado The Grove), lago, esculturas, e um gramado enorme, super convidativo!

DSCN9677

Green_Houston

Agora vamos falar de coisa boa: comida! No Texas há a mistura de duas culinárias que amamos: as carnes e a comida mexicana. E desta fusão surge o tex mex, uma das nossas comidas preferidas. Dos restaurantes que fomos, adoramos o El Tiempo Cantina e o SaltGrass Steakhouse. Ainda, achamos o máximo as diversas lanchonetes Sonic do tipo drive-in (você estaciona e ai faz seu pedido e a garçonete vem trazer). Lá só parávamos para tomar milkshake, uma delicia. Ah, nós tentamos ir na Fogo de Chão, mas fica fechada no almoço.

DSCN9662

DSC_8368

DSC_8025

DSC_8012

DSC_8021

Houston texmex

Sonic_DriveIn

Obviamente não fizemos todas as atrações turísticas – e como falei anteriormente estávamos mais no clima de descanso e jogo do que de turista. Mas se você está procurando o que mais fazer em Houston, eu sugiro um passeio a NASA ou uma visita aos inúmeros museus da cidade.

You may also like...

6 Responses

  1. Joe já conheceu mais cidades que eu hehehe, mt massa!!! deve ter sido show mesmo!!!

  2. Izabella disse:

    Ai, vocês só aumentando as lindas das cidades que quero conhecer!

  3. Andresa disse:

    What a road trip, amigos!!! Obrigada por compartilhar com a gente da viagem de vcs! Muito massa!!!

  1. 07/10/2013

    […] (aonde ele passou frio e correu pelos jardins do parlamento para esquentar), para Houston no Texas (fugir um pouco do inverno e comer muita carne), para Banff (aonde ele pode curtir um pouco a natureza Canadense), para o Lake Louise (aonde ele […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *