Viajando com seu animal de estimação

Minolta DSC

Joe1

Nós já viajamos com o Joe outras vezes e preciso escrever aqui que ele é um fofo: não reclama, não late, não faz xixi, dorme o vôo todo… um querido. Incomoda menos que muito passageiro folgado! Pois bem, toda vez que viajamos com ele eu fico apreensiva, com medo de que pegue algum atendente de mal-humor, que ache algum problema nos papéis e não deixe ele entrar no país ou que todos os documentos que temos não são suficientes, ou que o peso dele não esteja certo… Mas quando fomos para o Brasil passar Natal de 2012 foi tudo ótimo.

Apesar de já ter escrito no blog sobre o transporte internacional de animais e o Ju ter escrito um post sobre como trouxe o Joe para o Canadá pela primeira vez, resolvi escrever este post de uma maneira bem simples e prática. Espero que ajude e, melhor de tudo, que você se divirta e curta a viagem com seu animal assim como nós sempre curtimos!

Joe2

Minolta DSC

O que vc precisa saber para transportar seu animal do Canadá para o Brasil?

1. Tenha todas as vacinas em dia. No caso do Brasil, o pais só aceita animais que tenham a vacina de raiva aplicada dentro de 1 ano. Não há a necessidade de chip e outro tipo de vacina.
2. Reserve a passagem do seu pet com a cia aérea – somente 1 animal por avião é permitido e veja especificações da Air Canada aqui. A tarifa do animal (no caso da AirCanada custa um pouco mais de $100.00) é paga no check-in. No caso de vôos internos no Brasil, a TAM é a única empresa que permite animais dentro da cabine e o peso máximo do animal + bolsa de viagem é 10kg. Eles são bem chatos com isso! A tarifa de embarque varia de R$ 70 a R$ 90, mais uma porcentagem do trecho multiplicado pelo peso do animal.
3. Marque uma consulta com o veterinário e peça para ele preencher o formulário específico do Canadá-Brasil Se você olhar no site do Governo do Canadá o Brasil é um dos poucos países que exige um certificado específico (este aqui). O veterinário tem que ter registro junto ao Governo do Canadá.
4. Vá a um centro do Canadian Food and Animal Inspection. Leve o certificado preenchido pelo veterinário e “autentique-o”. Você deve levar também a carteirinha de vacinação do animal e pagar uma taxa de CA$20.00. Para endereços dos centros clique aqui.

Pronto! No dia do embarque chegue um pouco mais cedo, pois sempre demora mais quando você está viajando com animais. O engraçado foi que fizemos toda a documentação e não nos pediram: nem no Canadá e nem no Brasil (quando chegamos no país não havia veterinário de plantão e eles “nos deixaram passar”).

Minolta DSC

O que vc precisa saber para transportar seu animal do Brasil para o Canadá?

1. Tenha todas as vacinas em dia. No caso do Canadá, o pais também só aceita animais que tenham a vacina de raiva aplicada dentro de 1 ano. Não há a necessidade de chip e outro tipo de vacina. O Canadá não possui quarentena e outro tipo de cuidado, o que facilita muito a sua decisão de trazer seu animal.
2. Reserve a passagem do seu pet com a cia aérea – somente 1 animal por avião é permitido e veja especificações da Air Canada aqui. A tarifa do animal (no caso da AirCanada custa um pouco mais de $100.00 por trecho) é paga no check-in. No caso de vôos internos no Brasil, a TAM é a única empresa que permite animais dentro da cabine e o peso máximo do animal + bolsa de viagem é 10kg. Eles são bem chatos com isso! A tarifa de embarque varia de R$ 70 a R$ 90, mais uma porcentagem do trecho multiplicado pelo peso do animal.
3. Marque uma consulta com o veterinário e peça para ele um atestado internacional de saúde. Nesta atestado deve constar dados do animal e do dono (nome, espécie, sexo, raça, data de nascimento, idade, número de identificação do microchip ou tatuagem caso possua, cor, tipo de pelagem, data de nascimento, e nome completo, endereço, telefone para contato e documento de identificação do proprietário do animal). Não há um modelo para este atestado de saúde, mas é importante que haja o maior número de informações, pois este documento será usado para fazer o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI). O atestado de saúde tem validade de 3 dias.
4. Dentro dos 3 dias de validade do atestado de saúde emitido pelo veterinário, vá a um dos 106 postos do Serviço de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), órgão vinculado à Secretaria de Defesa Agropecuária (SDA), distribuídos em aeroportos, portos e em pontos de fronteira. É neste órgão, levando todos os documentos originais do seu animal, que você vai fazer o CZI. O CZI tem validade de 10 dias, portanto você deve fazê-lo no máximo 10 dias antes da data do embarque. Para maiores informações sobre o CZI clique aqui.

Pronto! Da mesma maneira que na ida, na volta nenhuma cia aérea pediu nosso documento. Quando você chega no Canadá seu animal passa por uma inspeção (na verdade, os documentos do seu animal). No nosso caso, como chegamos dia 1 de janeiro não havia ninguém para inspecionar e fomos liberados. Quando meu marido trouxe o Joe em 2011 o compovante de vacinação da raiva estava em português, e eles encrencaram um pouco (veja aqui o que o Canadá exije na entrada do seu animal ao país). Ru sugiro que vocês façam uma tradução deste documento, para evitar qualquer complicação.

Para finalizar este post, seguem mais algumas fotos desta aventura com nosso peludo!

Joe3

Minolta DSC

joe4



  • 148 Responses

    1. Ieda Santos disse:

      Oi Gaby, tudo bem?

      Parabéns pelo blog. Ele é incrível!

      Sobre a tradução do comprovante de vacinação, você indica algum lugar? Obrigada =D

    2. Rosana disse:

      Gaby, como fez com a alimentação do Joe durante a viagem (voo e chegada no Canadá)? Pelo que pesquisei não dá pra entrar com ração no país. Viajaremos com o nosso Johnnie agora em abril. Obrigada!

      • Ola Rosana. Eu dei comida para ele daqui… aqui há muitos tipos de rações e eu peguei uma semelhante a que dava no Brasil e não tive problema. Vai dar tudo certo! Beijos

    3. Oi Gaby,

      gostaria de saber se é possivel viajar de trem pelo canada com caes. Não consigo achar nehum post falando a respeito. Queria passar um mes viajando por toronto, Ottawa, Quebec e Vancouver. Parte desse trechho pretendo fazer de trem ou carro. E pra Vancouver faria aereo.
      Please, voce pode me ajudar.

      Obrigada

      Marlene

    4. Maria Fernanda disse:

      Gabi, vou para o Canada em Fevereiro e gostaria muito de levar meu cachorro. Porém ele tem 10kg. Estou fazendo uma dietinha com ele rsrs, mas somando o peso da mala com ele, acho que dificilmente chegarei nos 10kg. O Joe pesa quanto? Você chegou a ter esse problema? Embora no site, a Air Canada sinalize que ess é o peso maximo, você sabe me dizer se eles flexibilizam algumas gramas?
      Obrigada!

      • Ola Maria Fernanda. Quando o Joe viajava ele tinha 8.5kg e agora ele está com 10kg e nem queremos correr o risco. Eu acho que se estiver menos de 10.5kg (animal + bolsa) eles podem até deixar seu cachorro embarcar, mas vai depender da boa vontade da pessoa que te atender. Infelizmente… Boa sorte!

    5. Luciana disse:

      Oi Gabi, me tira uma dúvida se puder.

      Você comprou a sua bolsa pronta ou pediu para alguém fazer?

      Grata, Luciana

    6. Nicoli disse:

      Oi Gabi, sou sguidora fiel do seu blog desde que o Canada entrou na minha vida. En Julho passei pela experiencia de trazer minha cachorrinha do Brasil para o Canada e deu tudo certo, porem agora em dezembro vou leva-la comigo e estou buscando as informacoes de como fazer o transporte de ida do Canada para o Brasil, voce menciona no passo 3 “… poucos países que exige um certificado específico (este aqui). ” porem o link nao esta funcionando e nao consigo encontrar informacoes do formulario, voce teria alguma informacao sobre isso?
      Tambem queria saber aonde encontro os endecos do Vá a um centro do Canadian Food and Animal Inspection para “autenticacao ” do document assinado pelo veterinario.

      Desde ja agradeco sua ajuda e atencao.

    7. Thaina Oliveira disse:

      Eu queria passar 2 meses no Canadá a muito tempo tenho essa vontade, mas nunca vou pois não quero deixar meus três peludos para trás. Será que consigo levar os três?

    8. Marlon disse:

      Ola Gaby. Eu estou morando em Hamilton e voltarei para o Brasil em fevereiro. Eu gostaria de comprar um filhote de husky siberiano aqui no Canada e levalo pra o Brasil. Eu devo tomar as mesmas medidas que tu falaste acima? Desde ja agradeco.

    9. Marcelo Batemarchi disse:

      Olá Gaby, estou morando em Calgary e vou me mudar para Toronto em Dezembro, trouxe meu Madruguinha pra cá sem problemas, mas não acho em nenhum lugar qual documentação preciso para viajar com ele dentro do Canada. Você já fez isso? Sabe como é?

      Obrigado

    10. Paula disse:

      Olá Gabi, muito legal o seu blog. Parabéns!!
      Eu vou viajar com minha gata em Novembro para Ilhas Cayman, eu preciso dos mesmos documentos, certificado de saúde e o ir no Canadian Food and Animal Inspection.
      Eu tenho que marcar horário para ir no Canadian Food and Animal Inspection? Eu tenho que ir até 14 dias antes da minha viagem?

      Muito obrigada.

      • Ola Paula. Obrigada pelo recado. Não sei quais são as regras para as Ilhas Cayman. Você terá que ver isso. As regras que escrevi aqui são para vir para o Canadá. Cada país tem suas regras.

    11. Thaise Wolff disse:

      Gaby, bom dia!
      Em janeiro voltamos para o Brasil com a nossa filha de 4 patas. Fui hoje até o aeroporto no CANADIAN FOOD INSPECTIONS AGENCY, a atendente falou que não sabe de nada e falou para nos informar no consulado brasileiro.
      O veterinário preenchendo a ficha que o Brasil exige, é só levar na agência e eles autenticam na hora?

    12. Diogo Oliveira disse:

      Olá Gaby, tudo bem?

      Estou voltando com meu cachorro para o Brasil e caí aqui procurando dicas.

      Fiquei na dúvida em relação ao prazo do documento. Ao contrário de quando eu vim pra cá, quando eu levar ele ao veterinário aqui, posso embarcar em até 60 dias com esse documento emitido aqui que é o Veterinary Health Care Certificate? Saindo daqui então não existe o CZI?

      Outra dúvida. O que seria esse “tratamento de amplo espectro contra parasitas internos e externos” que o Brasil exige?

      Obrigado.

      • Ola Diogo… o certificado daqui tem tbem validade, lembro que fomos 1 dia antes de levar Jojoe. dei uma pesquisada e vi que no documento está escrito que é valido por 60 dias, mas acho que o exame de saúde que vc faz no veterinário tem uma validade menor, então vc precisa ter os dois validos. A validade é maior do que a do Brasil, isso tenho certeza. Agora fiquei confusa… sugiro que vc ligue para o Canadian Food Animal Inspection.
        Boa sorte!

    13. Patricia disse:

      Olá Gaby, tudo bem? Muito bacana seu blog! Em relação ao assunto, onde consigo encontrar veterinários que sejam licenciados? No meu caso, seriam ou em Salvador ou no Rio de Janeiro. Eu coloquei no google, mas não encontrei resposta, nem no site do Ministério da Agricultura.

      Obrigada!!

      • Olá Patricia. Acredito que licenciados significa veterinários formados que tenham um carimbo e um número de registro. Todos os veterinários deveriam ter isso para atuar.

    14. Beatriz disse:

      Oi Gaby, tudo bem?

      Vou viajar pela air Canadá com minha salsichinha, que é relativamente leve(6,5), porém ela é comprida, não muito, mas …. Você acha que eu consigo transporta-la sem muitos problemas? O Joe é relativamente comprido?

      Fico tensa só de pensar dela indo em carga. Tive minha cota de urticária na vida , só de imaginar! Acredita?

      Parabéns pelo seu site. O descobri agora e já estou com um caso sério de paixão!

      Abraços !

      • Olá Beatriz. Eles não se importaram muito com o comprimento do Joe e sim com o peso. Eu levaria sua cachorra antes no aeroporto para ter certeza que está tudo ok, mas acredito que se ela estiver confortável na sacolinha e girar – além de estar dentro do peso – eles não vão criar problema. Uma dica: não tire ela da sacolinha nunca (na fila do check-in). Assim eles não conseguem implicar com o tamanho da sua cachorra. Tem que contar com a sorte um pouco tbem… Beijos

    15. Fernanda Balhes disse:

      Olá Gaby, tudo bem?
      Você sabe me dizer se ainda é necessário levar o papel do veterinário no CZI? Eu estava procurando infos e no site do governo canadense não vi nada que falasse disso. Será que mudou alguma coisa?

    16. Mariana disse:

      Oi Gaby! Estou adorando seu blog, apesar que vc deve escutar isso o tempo todo rs.

      Estou encantada com Joe, com as viagens que vcs fazem, como ele é fofo. Tenho um West Highland que cm vc deve saber são.bastante parecidos rs. O nome dele é Banff pq estive em 2012 por lá e voltei apaixonada. Qse morri de fofura qdo vi Joe no lake Louise e pensei que meu Banff precisa ir em Banff rs.

      Estou lendo td sobre cm levar cachorro, obrigafa por publicar e nos ajudar. Provelmente irei morar ai em Janeiro de 2017. Caso dê td certo msm seria bem legal fazer um encontro do Joe com o Banff pra eles brincarem, se vc não se importar.

      Abraços, Mariana Costa.

    17. Mari Carneiro disse:

      Oi Gabi, tudo bem?
      Tenho acompanhado seu blog há alguns meses e adoro!!!
      Estou indo morar em Vancouver e vou levar meu pug junto, adorei todas suas dicas e instruções de como levá-lo, mas ainda estou com uma dúvida e acho que talvez vc possa me ajudar…
      Você já levou o Joe do Canada para os EUA? Você sabe se precisa de alguma documentação especial para isso?
      Obrigada!!
      Bjks,

    18. Magali disse:

      Oi Gabi, td bem?? Estou querendo ir para Montreal final do Ano, e a Bella (westie) tem 9kg tbm, gordinha, mais a casinha dela que quero fazer sob medida e mais leve para chegar a 10kg. vi que em um post seu ele teve que ir na porão, e nesse post pelas fotos ele veio na cabine. Qual foi a diferença? Por que um veio em baixo e outro em cima? Ele olha dentro da bolsa pra ver se o cao consegui virar 360 mesmo? Ou soh pesam?

      parabens pelo blog.

    19. Arlem Lima disse:

      Olá Gaby,
      Tenho 7 cães, e gostaria de saber se tem limitação para a quantidade de cães vivendo em uma mesma residência no Canadá ?
      Atenciosamente.

    20. Laura Rittmeister disse:

      Oi Gaby, mto bacana seu post! Quero saber se o veterinario do Brasil pode ser qualquer um pois no site do governo canadense é dito que precisa ser um veterinario licenciado. Obrigada!

      • Acredito que veterinário licenciado = veterinário regulamentado no Brasil (que tenho registro no conselho, etc)… então, pode ser qualquer um regulamentado sim. Obrigada pelo recado

    21. Dalva Ramaldes disse:

      Gaby, parabens pelo belo trabalho. Tenho dus duvidas. Meu filho vai a turismo, por 10 dias, mas vai levar sua cachorrinha, porque nao estarei no Brasil e ele nao gosta de deixar em hotlzinho ( levar ainda fica mais em conta financeiramente). Voce acha que pode dar problema na imigraçao pelo fato de levar a cachorrinha estando de ferias? Ele ja esteve no Canada duas vezes…..mas nao tinha a cachorrinha. A segunda duvida. Moramos em uma cidade que nao possui o orgao que emite o CZI, entao queriamos marcar no galeao, para tirar este documento, no mesmo dia do embarque pra Toronto…Emitem no mesmo dia ou nao?

      • Olá Dalva. Não tem problema em trazer o cachorro a turismo não, conheço várias pessoas que fizeram isso. Sobre tirar o certificado no mesmo dia não sei, você tem que ligar para o aeroporto e ver com eles. Boa sorte

    22. JEOVANIA PONCHIO SILVA disse:

      Gaby, parabéns pelo seu blog! encontrei fazendo pesquisa de como viajar com um cachorro para o Canada. Meu filho esta de mudança para Toronto em julho e a ideia é deixar seu cachorro comigo para eu despacha lo em Setembro, isso seria um problema? o cachorro viajar sozinho ate Toronto ?
      Obrigada, beijos

    23. Karline disse:

      Oi Gaby! Tenho uma lhasa apso e quero muito leva-la em uma viajem comigo para o Canadá, porém estamos preocupados de a imigração nos barrarem por nosso visto ser de turismo e pensarem que vamos pra ficar porque da cachorrinha. Quando viajou pela primeira vez com seu cãozinho qual era seu visto??

    24. Leo disse:

      Ola gaby, ja estou no canada e gostaria de saber se eh o mesmo processo pra alguem me enviar ele de la ? Tenho um Border collie 19kg

    25. isabella disse:

      Gaby,
      Que lugar você comprou essa bolsa de transporte? estou com dificuldade de encontrar neste tamanho.

    26. Mariana Araujo disse:

      Oi Gaby, tudo bem?
      Vocês só viajaram com o Joe pela Air Canada? Eu, meu noivo e nosso cachorro vamos nos mudar pra Ottawa em Junho e vamos passar uns dias nos EUA antes. Nosso primeiro trecho é pela TAM e a mala especificada por eles é minuscula. Queria saber se eles são flexíveis em relação ao tamanho da bolsa, pq nosso cachorro tem só 7 kg.
      Obrigada!

      • Olá Mariana. Tudo sim e com você? Nós já viajamos por outras empresas sim, inclusive a TAM. Na época eles aceitavam cachorros com 10kg mas eram super chatos e por causa de 100g quase não embarcamos. Imagino que eles sejam bem restritos com os voos internacionais. Eles não eram muito flexíveis não, na época que Joe estava 100g a mais que o permitido eles ligaram para o piloto para ver se ele autorizava e ele ainda nos colocou em um lugar específico por causa do “excesso de peso”. Eu fiquei indignada porque tem muita gente que viaja com 5 bagagens de mão e ninguém fala nada. Mas no fim não precisei reclamar pois deu tudo certo. Veja se não pode remarcar esta passagem para daqui a 1 ano e compre um voo pela aircanada, mais garantido! Beijos

        • Mariana Araujo disse:

          Oi Gaby, tudo bem tbm!
          É, acho que remarcar vai ser complicado, pq o trecho pela TAM é São Paulo – Miami. Mas de qualquer forma, obrigada pela atenção!
          Beijos

    27. Achei su blog por intermédio do Youtube. Sou brasileira, mas eu e minha familia, moramos na Suiça,no total somos 6 e temos 6 gatos persas. Meu marido e eu resolvemos imigrar p/ o Canada (Québec) e nao vou sem meus gatos! A pergunta que quero fazer : Posso leva-los todos juntos com a gente ? Sera que a companhia aerea vai aceita-los ? E em relaçao a moradia? No inicio pensamos em alugar um apartamento, ate escolher uma casa com jardim, ja que aqui na Suiça eles tem um grande jardim. Obrigada se puder exclarecer minhas duvidas; Isabel Donzelot

      • Olá. Não sei a resposta a suas perguntas. Geralmente há um limite no número de animais por voo, mas se você levá-los no cargo não teria problema. O ideal é contactar a cia aérea e ver isso. Boa sorte! 🙂

      • Ana disse:

        IsabelMariana,
        Também estou vivendo um drama. Eu tenho dois gatinhos e em alguns meses estaremos migrando para o Canadá. Eu não gostaria de deixar os meus filhotes aqui no Brasil, pois certamente eles morrerão. Eu gostaria de saber quais as providências que você adotou?

    28. Camila disse:

      Oi tudo bem??? Vi seu post e fiquei com uma dúvida; To querendo viajar com meu poodle, mas ele ultrapassa facilmente a altura permitida pela linha aérea. Ele pesa apenas 6 Kg, mas de altura acho que chega a uns 40 cm medindo até a cabeça. Vi pelas fotos q seu filhote também não é baixinho. Como vc faz??? Ele em algum momento teve que ficar em baixo da cadeira da frente?

      • Ola camila. O Joe é bem baixo, apesar de não parecer. Na verdade ele tem que ficar fechado na bolsa o tempo todo. A vantagem é que Joe gosta de ficar em lugares apertador e ele deitava enroladinho e ficava ali, bem tranquilo. Foi isso que fez com que ele pudesse viajar. Ele tem que ficar o tempo todo embaixo da cadeira, ai como ele gostava de ficar deitado era tranquilo.

    29. Amy disse:

      Olá Gaby ^^
      Conheci recentemente seu blog e vou lhe falar, estou adorando. ;u;
      Eu e minha amiga vamos ir para o Canadá em Julho, e estamos com a ideia de adotar um animal lá (não me zoa ewe -q), isso é possível? Se sim, depois trazê-lo ao Brasil (claro, rs), então é válido utilizar o ”método” um?

      • Olá Amy. Acho que sim, mas aqui a adoção geralmente é paga e talvez você tenha que esperar um tempo aqui antes de levar o Animal. Se sua intenção é adotar eu acho que há muito mais animais no Brasil precisando de um lar, além de você geralmente não ter que pagar nada por lá para adotar seu cão.

    30. Layssa disse:

      Gaby, fico nervosa só de pensar nessa viagem com meu bebê shit zu ! Ele é bem dorminhoco, mas não suporta ficar preso em lugar nenhum. Mas ainda bem que ele só tem 5,5kg, vou verificar com o Veterinario tbm se tem algum remedinho para ele ficar calminho.
      Mas a minha dúvida hoje é sobre hospedagem para ele assim que chegar em TO. No início ficaremos em hotel´ou basement (algo por pouco tempo), até acharmos um local para alugar. E minha preocupação é meu cachorro. Apesar de eu já ter visto alguns hoteis que aceitam cachorro, fico preocupada, pois a maioria são de carpete, e meu cachorro não pode sentir cheiro de lugar novo que quer fazer xixi (ele não é castrado) e marcar territorio. Você tem alguma indicação de lugar para ficar com ele esse tempo ?Lugares sem carpetes e que realmente não vão implicar com ele.
      Outra dúvida, posso levar comida no avião pra ele ? Pra ele poder comer assim que chegarmos e não termos que ir atras de pet ainda pra comprar logo na chegada.

      Obrigada !!!

      • Ingrid disse:

        Layssa, também tenho shih tzus (um casal) e estou olhando lugar para ficar no site da Airbnb, que são casas/aptos de aluguel para curta temporada. Dá uma olhada, pois tem várias opções que aceitam cães e não é carpete.

    31. MARCELE SUZETE MULLER disse:

      Gaby,

      Sigo o seu blog e adoro! Tenho uma gatinha e gostaria de levá-la para viajar, mas tenho uma dúvida sobre um ‘detalhe’ .. como eles fazem as necessidades estando dentro de um avião por mais de 10h de viagem? não imagino como isso pode ser feito dentro avião.
      Fico aguardando sua resposta, beijosss

      • Olá Marcele. Então, o Joe não faz. Ele é acostumado a não fazer a noite – pois só faz na rua e não saímos com ele durante a madrugada – então ele ficou tranquilo. Não sei como fazer se seu Animal é acostumado a fazer as necessidades a noite.

    32. Tamires disse:

      Olá, Gabriela! Bom dia 🙂
      Achei muito interessante seu blog!!
      Irei para Toronto no início de 2016 (provavelmente em fevereiro) e moro sozinha com Jeremias, meu bulldog inglês de 1 ano.
      A princípio, irei como turista porque quero conhecer o país, mas pode ser que eu fique um tempo a mais por lá estudando, caso encontre algum college ou MBA interessante.
      Saberia me dizer se com visto de turista eu consigo levar o Jeremias comigo? Já pesquisei nos sites de cias aéreas (como Air Canada) e os bull dogs inglês, por serem braquicefálicos (focinho curto), não podem viajar em voos comuns. Terei que contratar uma empresa especializada em transporte de cargas vivas. Você conhece alguma?
      Caso eu consiga levá-lo, qual o procedimento que devo seguir? Li outros posts em seu blog, mas vi que são mais antigos (2011). As regras ainda são as mesmas? Muuito obrigada, lambeijos do Jeremias para o Joe 😉

      • Ola Tamires. Dá para trazer seu Jeremias com vc sim, com qualquer tipo de visto (desde que você tenha todos os documentos). As regras são estas do post… a última vez que viajei com Jojoe para o Brasil foi dezembro/2013, então desde então não sei se mudou algo (mas estas regras do post foram válidas). Não conheço nenhuma empresa não, mas não dá para ele ir na cabine com vc? Beijos pra vcs e boa viagem!

      • Fernando de Oliveira disse:

        Olá Tamires, tudo bem?

        Vc conseguiu alguma empresa para transportar seu Bull Inglês??

        Obrigado

    33. dalva disse:

      Oi Gaby, que bom encontrar seu blog. `Preciso saber se viajando com visto de turista para o Canada se posso levar minha cachorrinha. Imagino que para viajar na cabine se pague o preço da passagem de um passageiro….. se vc puder me explicar.

    34. Bruna disse:

      Olá, Gaby. Qual é a altura do Joe?

    35. Larissa disse:

      Olá! Gostaria de fazer uma pergunta que é o que mais me deixa preocupada. Acomodação no Canadá. Estou iniciando o processo de imigração e o que me deixa angustiada é arranjar no inicio local pra ficar que aceite animais. Me informaram que existe uma grande dificuldade lá pra isso. Poucos apartamentos aceitam. Tem informações sobre isso querida? Obrigada!!!

      • Olá Larissa! Então, eu nunca tive problema com isso, mas já ouvi falar que é difícil. Acho que os apartamento mais antigos e com aluguel mais barato não aceitam animais, mas os mais novos e com aluguel um pouco mais caro aceitam. Acho que a maioria das pessoas pega locais mais baratos, basements e isso da com que seja mais difícil. Portanto, prepare-se para gastar um pouquinho mais por mês. Boa sorte e ótima viagem

    36. Clélia disse:

      Oi Gaby, adorei seu blog, sua experiência de viagem com seu Pet. O meu filho mora em Quebec, e eu pretendo ir visita-lo ano que vem. Pretendo ficar 3 meses e queria levar meu bulldog Inglês. Será que é tranquilo a viagem no compartimento de carga? Ele pesa 28 quilo será que consigo levar? Se vc conhece alguém que tenha um bulldog Inglês e viajou de avião. Sabe sou uma mãe de peludo zeloso não quero que nada de mal aconteça com ele. Obrigada.

      • Olá Clelia. O ideal é que você veja com a companhia aérea. Tenho amigos que já viajaram com o cão no cargo e foi tranquilo, mas não sei quanto a sua raça. Acho que depende muito das características e do comportamento do cão.

        • elio disse:

          Oi Gabriela. Obrigado pelas informacoes!
          Como voce conseguiu aprovacao pro JJoe viajar nessa mala, se pelas fotos a altura dele eh maior q a propria mala?
          ele conseguia dar uma volta complete dentro da mala fechada?

      • Fernando de Oliveira disse:

        Olá Clelia, tudo bem?

        Você conseguiu alguma empresa para transportar seu bull inglês??

        Obrigado.

    37. Luciana disse:

      Olá Gabriela, ajudou muito com suas dicas, mas eu tenho uma dúvida, eu pretendo migrar para o Canadá e hoje eu tenho 6 cachorros, e eu sei que não posso levar todos de uma vez, mas é possível levar um a cada viagem? Ou o Governo restringe o número de animais?

      • Olá Luciana. Conheço pessoas que trouxeram 2 por vez. Na cabine do avião só pode 1, mas se mandar como cargo pode mais. Não sei quantos, mas tenta ver nos links que tenho nos posts de viagem com animais. Boa sorte!!!

    38. Marina disse:

      Oi Gaby! Gostaria de saber onde você encontrou a mala para transporta-lo! Pois iremos também pela air Canadá, (mesmas medidas). Obrigada!

      • Olá Marina. Comprei a mala aqui no Canada, na petsmart. Obrigada

        • Luis' disse:

          Ola Gaby, vc não saberia dizer qual é a bolsa msm, eu e minha esposa temos uma Lhasa Apso, ela tem 7,5 kg aproximadamente uns 28 cm de Altura, 50 cm de comprimento é praticamente do tamanho da medidas necessárias para embarcar, mas está dificil encontrar uma bolsa com essas medidas, e no site a que eu encontrei tem L = 17 in, W = 11 in e H = 10,5 , ou seja, se não fosse os 17 de comprimento que da cerca de 48 cm … acho q daria 🙁

          • Comprei a bolsa aqui no canada. Não sei a marca, mas fui na pet shop e pedi uma bolsa com as medidas das cias aéreas.

          • Rosalia disse:

            Oi Luis! Estou na mesma situação, tenho um Lhasa e não consigo achar a bolsa certa, ouvi dizer que uma ong faz a bolsa sob medida, se encontrar te falo, isso se vc ainda noa viajou, se consegiu me passe pf : ) abç

    39. Silvia Abreu disse:

      Oi Gaby!
      EU e meu marido estamos pensando em imigrar para o Canadá. Estamos no começo do processo, mas como não vivemos sem nossos totós já estou procurando informações de como viajar com eles. Temos 2, um Schnauzer e um SRD porte pequeno/médio. Fico mt preocupada com o schauzer que fica mt estressado se trancam ele. O outro é mais calmo, mas é mais compridinho, acho que não caberia na bolsa Os 2 tem entre 7 e 9 kgs. Vc teria como nos dizer quanto o seu totó tem de altura e comprimento?
      Obrigada!

    40. ana disse:

      Oi !! Estou indo em Abril para o Canadá, tenho 5 animais…isso mesmo…5 !! Tenho 2 cachorros ( 35 kg e 11kg ) e meus 3 gatos. Também não vivo sem eles e deixar aqui no Brasil é uma opção q não existe pra mim então resolvemos correr atrás . Na Air Canadá posso levar 2 por vôo , um por pessoas, entao eu vou levar um gato e meu marido outro, o terceiro e mais sociável vai ficar 1 mês aqui no Brasil com uma amiga. Na verdade fiquei desesperada pois não deixaria ele ir como bagagem, então entrei em contato com uma empresa que envia cargas especiais e fiz a cotação para levar meus cães e o outro gato… Assustou o valor…assustou mto alias… Os dois cães R$ 6.900 + R$ 1.200 da caixa de transporte ( kennel) e o meu gato R$ 1.800 + R$ 350,00 do kennel. Mas como não vivo sem.eles já coloquei no orçamento. É isso….tudo é possivel quando existe amor !!

      • Ola Ana. Obrigada Por compartilhar. Entao você vai trazer os 2 gatos e os outros 3 animais vao pela empresa? Você nao precisa ir buscar? Que bom que vc achou esse serviço. Acho que se você tivesse que pagar a passagem sairia parecido. Boa sorte e vai dar tudo certo! Obrigada por compartilhar e venha me contar o que aconteceu depois!!!

      • Fernando de Oliveira disse:

        Olá Ana, tudo bem?

        Poderia me informar por gentileza qual foi a empresa que lhe enviou a cotação?

        Obrigado.

      • Ana disse:

        Olá Ana, gostaria de saber como foi o transporte dos teus animais? Eu tenho dois gatos e estou angustiada só de pensar em deixá-los, pois certamente morrerão. Em 9 meses estarei me mudando para Ontário, mas o transporte dos meus animais esta me tirando o sono.

      • Ana disse:

        Olá, Ana….

        Fiquei interessada em saber como vc transportou esse seu cão como carga especial…..
        Qual a diferença de ele ir no compartimento de bagagem?
        Você poderia entrar em contato comigo e passar as informações….

        Nunca levei um cão em avião e talvez tenha que levar como bagagem e é realmente desesperador….

        por favor….me mande um email: anarosambb@gmail.com….com o seu email para podermos conversar….obrigada.

    41. Fernanda disse:

      Oi Gaby,

      Primeiro queria te dizer que acho o MÁXIMO seu site. Já li tanto post seu que me sinto íntima!rs
      Estou indo morar no canadá este ano, em Junho, e meu filho (um bulldog francês FOFOOOOO) vai comigo. Meu aperto no coração é que a cia aérea disse q não posso levar ele na cabine. Já chorei, já quis pagar primeira classe, já quis pagar alguém da cia para ir junto com ele… Pensa em uma pessoa desesperada?! Sou eu!
      Ele é relativamente pequeno, acho até que é do tamanho do jojoe (pelas fotos), e consigo colocar ele pesando 11kg se parar de comer petiscos. Você teria como medir o Jojoe?Quanto ele pesa? Juro… acho q não vou dormir no voo se ele não for comigo.Vai ser punk p ele, mas acho que p mim o sentimento de q não posso fazer nada p ajudar ele vai me “matar”.rs
      Enfim… HELP ME!
      Parabéns pelos seus posts, mas principalmente parabéns pela sua família (vc, Ju e Jojoe) são fofos demais juntos!

      Beijos,

      Nanda

      • Olá Fernanda! Obrigada pelo recado. Primeira classe não aceita cachorro na cabine! O Joe parece grande (por causa do pelo) mas ele tem 9kg (e quando viaja eu diminuo a alimentação e ele perde um pouco). O que as cias aéreas fazem é ver se ele gira sobrepor da casinha e como ele é baixo tbem consegue ir. Tens que relaxar e se eles disseram que não da, paciência. Respira fundo e pensa que você esta fazendo isso para que ele possa curtir momentos especiais com você em outro lugar. Tenho varias amigas que voaram com os animais embaixo e deu tudo certo! Beijos

    42. Thaiz disse:

      Olá Gabriela, o seu blog esclareceu muitas dúvidas que eu tinha, também busquei informações nas cias aéreas, vou para o Canadá mas não sem minhas três gatas, hoje eu liguei para a Air Canada e eles aceitam somente 2 animais por voo, liguei para a Tam e eles mandaram um e-mail com várias informações, pelo que entendi, não é muito claro, são 3 animais por voo, mas não sei se poderia ser para um passageiro. Também estou buscando informações sobre o que é pedido em relação a CZI, e tudo mais, não fico sem minhas filhotas.. 🙂 Obrigada por compartilhar suas informações… Um abraço.

      • Thissi disse:

        Oi Thaiz, tbm estou na mesma situação, pois tenho três gatinhos, meus bebês! Descartei a possibilidade de ir de Air canadá, por poder ir somente 2 por voo. Também estou pesquisando e vamos manter contato para gente se ajudar, já que estamos no mesmo barco, com os 3, rsrs! Abraços

        • Bianca disse:

          Além do post, me conforta muito encontrar outras pessoas preocupadas em não abandonar os pets. Tenho 3 gatas!! E só iria para outro país passar mais de 3 meses de puder levá-las.
          Que bom que há opções, mesmo que sejam caras ou complicadas. É melhor do que ser algo impossível. Boa sorte pra nós! 🙂

          • Ana disse:

            Meninas, estou vivendo um drama. daqui a 09 meses estarei me mudando para o Canadá para ficar 02 anos, mas o que me aflige são os meus gatinhos Boris e Leo. Não posso deixá-los aqui, pois certamente morrerão. Quero todas as dicas possíveis. É muito caro o processo? Não sei como será a reação deles? Alimentação e necessidades??? Aff que sofrimento!!

    43. Alexandre Alencar disse:

      Olá Gabriela, boas dicas. Só uma contribuição. No caso do Lhasa Apso temos um problema no tracho nacional. A única que transporta é a TAM mas somente na cabine. Você falou sobre isso. A mudança é que o peso total agora está limitado a 7 kg (animal+bolsa). O pesol, me disseram no SAC, foi REDUZIDO no final de 2014 para padronização com a parceira LAN…

      • Ola Alexandre.
        Obrigada pela informação. Eu sabia sim que a TAM era a única agência nacional a transportar animais na cabine, mas não sabia que o peso estava reduzido. Sempre achei complicado voar na TAM, eles possuem várias restrições. Acho muito mais tranquilo voar Air Canada, American, etc. Obrigada pela informação e pela visita ao blog

    44. Stephannie disse:

      Olá , tudo bom?
      Eu tenho uma dúvida e espero q você possa me ajudar. rs
      Atualmente me encontro em vancouver e vou voltar pro Brasil em fevereiro. Quero comprar aqui um furão(ferret) e quero levá-lo para o Brasil . Li no site da aircanada só te pets, mas eles falam somente de gatos e cachorros, e não sei se isso se aplica a todos os animais.
      O site que você postou sobre o formulários não se encontra no ar mais. Caso souber algo para me ajudar, ficarei muito grata.
      Obrigada

    45. Jailson Mohr disse:

      Olá, e para o transporte de um Mini-Coelho vocês sabem como funciona???

      • Ola. Tenho uma amiga que trouxe um coelho do brasil e ele veio embaixo do aviao e teve que ficar em quarentena em casa (como ele nao dai nao teve problema). Em um dos meus posts tem um link para a agencia de animais do governo canadense. Obrigada pela visita

        • Paula Nogueira disse:

          Olá Gabi, sei que o post é antigo mas como foi a única resposta referente a coelhos, só tenho você a recorrer.
          Estou me mudando para Toronto em agosto com meu noivo e queremos levar nosso coelho. Ele é pequeno mas não consegui nenhuma cia aérea que aceite levá-lo na cabine. Você tem mais informações sobre a viagem do coelho dessa sua amiga? como ele viajou, se resistiu bem indo despachado, regras, etc agradeço muito, pois está beeeeem difícil encontrar exemplos parecidos para comparar. beijoooos
          Seu blog tem sido minha maior fonte de informações, to amando!

          • Infelizmente não tenho mais informações mas vc pode verificar com o órgão canadense.

          • Camila Lopes disse:

            Boa tarde Paula! Tudo certo?
            Você conseguiu embarcar com seu coelho? Eu estou na mesma situação! Pretendo me mudar para Toronto com meu mini-cpelho, e vi que nenhuma aceita coelhos na cabine, e estou sem coragem de despachá-lo! Porém vi também qua muita gente entra com uma liminar na justiça no aeroporto mesmo, alegando que não tem porque fazer distinção de coelhos, cães ou gatos domésticos, e que praticamente todo mundo que faz isso, consegue a liminar! Estou me apegando à isso, pois foi a única forma que encontrei!
            Gostaria de saber se você conseguiu algo e como foi?
            Muito obrigada desde já!
            Bjosss

            • Rafael Bueno disse:

              Eu gostaria muito de saber tb… vou viajar em alguns meses e não sei o que fazer. Como vou levar um coelhinho super pequeno no compartimento de cargas? Nao sei se ele aguenta o stress da viagem na carga…

            • Diesel disse:

              Galera, estou indo para Montréal e vou levar meu orelhudinho comigo, não vou deixar ele pra trás!

              O processo é longo, cheio de detalhes e exaustivo.

              Recomendo começarem com a documentação canadense 2 meses antes da viagem. Para isso é necessário que já tenha definido um local onde o coelho DEVE passar a quarentena, é exigido que seja uma peça em uma casa (apartamento, condô e studio não valem).

              Depois deve-se preencher o formulário de importação do CFIA, citando alguém que recepcionará o inspetor do governo na vistoria preliminar. Junto deve enviar um termo de compromisso e atestado de saúde, ambos em inglês.

              Se tudo estiver OK e as taxas pagas, breve deve receber a permissão de importação (estou nessa fase hehehe)

              Agora é a hora de falar e convencer as cias aéreas, se não forem receptivos, a melhor saída é entrar com uma liminar. Não esqueçam de verificar todas as exigências das empresas para transporte animal e podem dizer que coelho é considerado pet e não silvestre pelo Ibama e outros órgãos internacionais.

              Nas últimas 2 semanas vem a correria dos documentos brasileiros primeiro um novo atestado de saúde veterinária (aconselho ser bilíngue) junto ao documento canadense, para poder solicitar o CZI, que é o documento de exportação brasileira.

              No meu caso, vou precisar voar para São Paulo, então provavelmente vou precisar do GTA, mas tenho que confirmar com o MAPA.

              Em linhas gerais é isso. Existem mais detalhes, mas espero ter ajudado de alguma forma. Recebi muita ajuda da Cinthia Nemoto quando descobri o blog dela e da sua saga com o Bunny:
              http://fromsampatotoronto.blogspot.com.br/2008/05/o-bunny-canadense.html

              Abraços

    46. Alice disse:

      Vou levar meu casal de cats de Fortaleza-Vancouver, 3 escalas 🙁 mt medo, a gente ta tentando acostuma-los nas cxs, mas estao miando mt, tô com mt medo da viagem. Uma dúvida, no voo internacional podemos levar a carry on + uma bolsa q acomode abaixo da poltrona, e no caso de ja estarmos levando um pet, podemos levar apenas a carry on? Outra coisa, compramos as passagens ontem pela AirCanada q autorizaram 2 pets por voo, e a Tam tb.

      • Ola Alice. Da muito medo sim, mas tenho certeza que dara certo! Eu acredito que vc pode levar seu carry on + 2 bolsas (ligue para a cia e pergunte se vc tiver duvida). Eu sempre levo so o Joe e uma bolsa, para nao ter que carregar muita coisa e poder levar ele com mais calma… Quando vc comprou a passagem vc marcou os seus pets? Antes de comprar eu sempre marco o Joe first… se vc fez agora eh so viajar! 🙂
        Feliz Ano Novo!

        • Ana disse:

          Alice, estou vivendo um drama. daqui a 09 meses estarei me mudando para o Canadá para ficar 02 anos, mas o que me aflige são os meus gatinhos Boris e Leo. Não posso deixá-los aqui, pois certamente morrerão. Quero todas as dicas possíveis. É muito caro o processo? Não sei como será a reação deles? Alimentação e necessidades??? Aff que sofrimento!!

    47. Gabriela Martini disse:

      Oi Gaby,
      Adoro seu blog e suas dicas!!!
      Estou viajando com minha cachorrinha nesse fim de ano para o Brasil e minha dúvida é, quantos dias antes da viajem preciso fazer a consulta no veterinário e levar o papel do CFAI?
      No Brasil tem que ser poucos dias antes da viajem, aqui também acontece a mesma coisa?
      Obrigada!!!

      • Olá Gabriela. Aqui no Canada tbem é bem corrido… Pelo que me lembro o atestado é aceito dentro de 10 dias. Tenho uns 3-4 posts sobre isso aqui no blog. Da uma fuçada que você vai achar todas as informações e links. Beijos

    48. Débora disse:

      Oi Gabriela…tudo bem?
      Gostei muito das suas informações. Eu tenho uma cachorrinha, york, ela pesa apenas 2 kg, não é de ficar latindo, mas ela é um grude, gosta de ficar no colo o tempo todo que estou sentada, rsrsrs. Minha dúvida é: quando estivermos dentro do avião, é autorizado pegar ela no colo? ou tem que ficar o tempo todo dentro do transporte especifico?
      Obrigada, bjo

    49. Silvio Moura disse:

      Oi Gabriela. Legal seu blog.
      Tenha uma duvida em relação ao transporte de animal dos EUA para o Canadá. Eu, minha cachorra (Duda) e um amigo viemos do Brasil para os EUA em junho pra fazer turismo. Pretendemos agora ir daqui até o Canadá (de carro ou de avião). Que tipo de documentação é preciso pra levá-la? Como vamos partir direto dos EUA devo seguir as regras de transporte daqui?

    50. Monica disse:

      Oi gabriela, estou com dificuldade e ncontrar a bolsa de transporte na medida que a Air canada exige, pois e diferente do da TAM!! Como vc fez para atender as duas medidas?

      • Gabriela disse:

        Olá Mônica! Eu comprei a bolsa no canada específica de avião. Acredito que vc achará em petshops. Se tiver duvida ca em um escritório da companhia que eles dão todas as medidas e inclusive vc pode levar a bolsa e eles dirão se esta ok ou não 😉

    51. Mariane Oliveira disse:

      Olá Gaby, tudo bem? Encontrei seu Blog por acaso e estou mergulhando em informações sobre como viajar com seu PET, porém o meu caso será mais atípico.
      Tenho um labrador de porte médio que pesa 28kl o que provavelmente irá viajar junto as malas e o maior desespero e surpresa é que a companhia aérea não se responsabiliza em nada sobre o animal, não há seguro, taxas de segurança, nada e te confesso que até pagaria uma passagem a mais para que ela pudesse viajar conosco dentro do avião se fosse o caso.
      Estou pesquisando em diversas companhias a melhor possibilidade, meios de custo porque o que mais importa para nós é a segurança dela o que a maioria não assegura disso. Vamos leva-la até o aeroporto, sou de São Paulo e tenho planos de mudança para o Canadá ainda este ano. O que você nos recomenda? Pensamos em até pedir ao veterinário um remédio para que ela possa dormir. Muito obrigada!

      Abs, Mary

      • Gabriela disse:

        Ola Mariane! Que Bom que vc esta gostando do GNC! Então, é complicado para mim falar porque Jojoe viaja sempre dentro da cabine com a gente…o que eu faria era cansar muito seu cachorro, mas não sei se eu daria remédio. Vai treinando e deixando seu cachorro dentro da casinha para ele ir se familiarizando… E pensa positivo! Pega um vôo direto que a chance de problema é bem menor!!! Tenho vários conhecidos que trouxeram o cachorro na carga e não deu problema!!! Boa sorte!!!

    52. Amanda disse:

      Oi Gabi, eu não vou para o Canadá, mas eu queria uma ajudinha, porque eu to tentando trazer uma cachorrinha do Chile para o Brasil, e queria saber se você sabe alguma transportadora confiável, eu pesquisei um pouco pela Delta, para ser confiável. E queria saber se a o animal chega no mesmo dia, e se é muito caro a passagem de quaisquer transportadora porque o homem que eu to tentando fazer negocio disse que era 310 dólares, e como eu não faço ideia se isso é caro ou não eu queria uma ajuda, agradeço desde já.

      • Gabriela disse:

        Ola Amanda…. o transporte do Joe foi feito pela cia area Air Canada, e nós estávamos dentro do avião com ele. Pagamos $100 por trecho mas ficamos o tempo todo com ele. Se fossemos transportar ele no mesmo voo que a gente mas no cargo seria mais caro (não sei quanto) e se não estivéssemos no voo seria mais caro ainda. Não sei a informação que vc quer, mas te desejo boa sorte! Beijos

    53. Luanaa KP disse:

      Olá Gaby… o que você acha do transporte no cargo? Escutamos tantas histórias aqui dentro do País, como perdas e mortes por maus tratos dentro do avião, que fico um pouco apreensiva, até pelo tempo de viagem. Um beijo e obrigada.

      • Gabriela disse:

        Ola Luana! Eu conheço varias pessoas que trouxeram seus animais no cargo e não tiveram problemas. Acho que se esta fosse a única opção para eu ter meu Joe por aqui eu nem teria questionado e teria trazido ele no cargo. Tenho uma amiga que levou sua cachorra de ferias para o Brasil no cargo e a reinou e preparou por 3 meses e foi tudo bem. Beijos e obrigada pela visita ao blog. Não deixe de curtir a pagina do blog no facebook.

    54. Luanaa KP disse:

      Olá, meu caso é bem complicado…vou começar os preparativos este ano para ir ao Canadá, mas não penso em ir e deixar meus pets. Tenho 3 gatos e 1 cachorrinha. Sendo 1 animal por vôo fiquei desanimada. Desisto de tudo se não puder levá los. :/

      • Gabriela disse:

        Ola Luana. Obrigada pelo recado. Não desanime pois geralmente é 1 animal dentro da cabine por vôo, mas já voei com o Joe e vi outro cachorro. Se informe na companhia (as regras sempre mudam) e leve alguns animais no cargo e um emcima com vc. Boa sorte!

    55. Danielle disse:

      Fico imaginando o dia em que eu resolver me mudar e tiver que levar meus filhos peludos, vai ser um Deus nos acuda.
      Afinal tenho uma Pastor Alemão e três gatinhos, vamos ver como vai ser uma aventura, ainda bem que tenho bastante tempo ainda.

    56. natalia lima disse:

      Oi Gabi, estou bem aflita.. pois tenho um lhasa apso e ele pesa 8 kg, mais tenho certeza que ele nao cabe na caixinha com a medidas pedidas pela a TAM para ir na cabine, a mala de transporte dele seria uma bem maior que a medidas aceitas e pela a raca dele, ele nao pode ir no porão, por ter o fucinho curto! ai falaram pra mim mandar ele pela a tamcargo, mais nao confio!! Ele num grande, acho que o Joe ainda ‘e maior que ele, vc acha que consigo levar ele na cabine comigo?

      • Gabriela disse:

        Ola Natalia. Isso eh complicado. O que fizemos foi comprar a mala e levar nas cias aereas que usariamos (TAM e Air Canada) para ver se eles aceitavam… o Joe é grande, mas é baixo entao foi tranquilo… mas confesso que toda vez que viajamos eles enchem o saco, dizem que o cachorro é muito grande, etc. É um desafio viajar com os cachorros, mas compensa… Enfim, minha dica é que vc leve a caixa e se informe bem. Minha outra opcao era de ir de carro de Floripa até SP, pois os voos nacionais sao bem mais chatos que os internacionais. Vc tem que explorar suas opções! Boa sorte e Feliz natal!

      • Mayra disse:

        Natália….você conseguiu fazer o transporte do seu lhasa? Estou me preparando para ir ao Canadá e um dos meus cachorros é dessa raça. As companhias aéreas colocam inúmeras restrições. Gostaria de saber se vc conseguiu e como. Obrigada! Abraços!

    57. Vinicius disse:

      Olá Gabriela, estou me mudando para o Canadá em Julho de 2014 e pretendo levar minha Shihtzu, Fofucha, ela pesa 5,5 kg, gostaria de saber se ela poderia ir na cabine devido ao peso, pois não tenho ideia de quanto pesa a bolsa ou a caixa e se esse processo e essas documentações citado nesse post é válido para quem está imigrando. Grato.

      • Gabriela disse:

        Olá Vinicius! O Joe pesa quase 9kg então vc não precisa se preocupar com sua cachorrinha! Procura aqui no blog vários posts (4 se não me engano) sobre viajar com os peludos na cabine! 🙂 Obrigada pela visita ao blog

    58. Clara disse:

      Olá! Muito legal e útil seu site! Eu gostaria de saber sobre a malinha que você menciona. Tenho uma Lhasa Apso com 8 quilos e vamos para os EUA. Nós queremos leva-la na cabine. Você poderia nos ajudar com informações. Grata,

      • Gabriela disse:

        Claro Clara! Comprei a mala numa loja Pet Smart… nao sei se vc esta no Brasil mas se tiver vá em um petshop e veja malas para viajar com seu cachorro (eles tem varios modelos). Nao esqueca de pegar as especificacoes no site da cia que vc vai viajar, a mala mais o cao tem que ter 10kg. 🙂 Obrigada pela visita ao blog

    59. viviane Abreu disse:

      Gabriela,

      Já viajou pela Tam com ele na cabine? minha preocupação é o tamanho( não o peso)
      Obrigada, me aliviou esse post

    60. Erica disse:

      Estou indo para Paris com meu lhasa, vc acha que ele cabe no kennel permitido pela tam? Ele pesa 7.300kg e as medidas sao 20x25x36. O peso maximo tem que ser 10 kg. Acho que ele vai ficar tao apertado, mas morro em pensar de mandar no porao, ele eh cardiopata e fem 9 aninhos….

      • Gabriela disse:

        Olá Erica! O Joe é grandão (9kg) e vai sempre com a gente na cabine. Pra ficar mais tranqüila eu sugiro que vc leve sua cachorra e a malinha para o aeroporto (antes da viagem) e mostre para um agente. Fizemos isso com o Joe e nos deixou muito mais seguros que nao ia dar problema no dia do embarque. Beijos e boa sorte

    61. Saulo Ferreira disse:

      Desculpe, Gaby. Acabei de achar o post com o que você fez. http://gabynocanada.wordpress.com/2011/01/15/apreensao-e-alegria-parte-ii-by-ju/ Estou apreensivo. A Misha tem 7kg, parece ser menor que o Joe, será que dá? Fico com medo de eles terem ficado rigorosos de lá pra cá…

      • Gabriela disse:

        Olá Saulo! Esta preocupação sempre acontece! Até hoje ficamos nervosos quando viajamos com o Joe, se vamos pegar uma atendente de mau humor, essas coisas. Na primeira vez levamos as duas opcoes (caixa para ele ir embaixo e mala de cima, porque nao sabiamos se ele ia com a gente na cabine). Se ela tem 7kg fica tranquilo. Joe tem 9kg quando esta magro e sempre conseguiu ir emcima. Mas vc renque reservar a passagem dela, porque como disse é apenas um cão por vôo. O Joe é muito tranquilo e nunca damos nada para ele. Ele dorme o vôo todo. Mas se sua cachorro é mais agitada as atendentes podem vir reclamar. Canse bastante ela no FIA da viagem! Boa sorte! Vai dar tudo certo!

        • Saulo Ferreira disse:

          Oi, Gaby. Obrigado pela resposta. Eu e Carol fomos no balcão da United ontem à noite e eles disseram que o tamanho dela está ok. Como ela é lhasa apso e bem peluda, nós tosamos para dar um efeito psicológico de que ela é menor rsrs Acho que vai dar tudo certo. Obrigado pela resposta!!

    62. Saulo Ferreira disse:

      Oi, Gaby, tudo bem?

      Nós vamos para o Canadá no início de agosto e estamos buscando opções sobre como levar nossa lhasa, a Misha e nos identificamos MUITO com situação que você passou e, por isso, gostaria que você nos desse uma ajudinha, por favor. Estamos com um certo receio, que eu acho que você também teve: nossa cachorra está dentro do peso requisitado (10kg), porém de jeito nenhum dá para ela dar uma volta em torno de si ou ficar completamente ereta dentro da bolsa (no primeiro tópico você disse que ela seria despachada e depois conseguiu levar na cabine). Como vocês fizeram para ter certeza que ela poderia embarcar? Vocês devem ter ido ao balcão da tam em floripa, mas e quanto a Air Canada que só tem em São Paulo? (nós estamos no Rio).

      Te agradeço muito se você puder me responder.

      Um abraço,
      Saulo e Carol

      • Gabriela disse:

        Obrigada pelo recado e pela visita ao blog Saulo. Vc tem que ligar para a Air Canadá e reservar/pagar o vôo do seu cachorro. Dentro da cabine somente um cão é permitido então geralmente quando viajamos com o Joe vemos a disponibilidade para ele viajar primeiro e depois compramos nossa passagem. Aí quando você chegar na conexão nacional ou internacional eles vão ver na sua passagem que vc tem um cão.
        Espero que tenha esclarecido

    63. Fernanda Acioli disse:

      Obrigada pelas dicas Gabi! Estou providenciando tudo pra trazer a Melzoca pra NYC, já reservei o lugar dela no vôo, mas confesso que achei um absurdo a taxa que a TAM cobra pra levar na cabine $300. Vou rezar pra não encrencarem também e dar tudo certo! Acho que o peso total vai passar um pouquinho dos 10kg permitidos, pq a bolsa pesa mais de 2kg né?! A medida permitida na cabine seria de uma malinha M, mas acho que a Mel só cabe na G (large), que deve ser a do Joe também né?! Depois te conto se deu tudo certo (esperooooo!!!) Bjinhos, Fê.

      • Gabriela disse:

        Fê, vai dar tudo certo – você vai ver. Compre a mala que é vendida nas lojas de animais, que é oficial das cias aéreas. E eu levaria a Mel no aeroporto para alguém da cia aerea dar uma olhada. Foi isso que fizemos com o Joe da primeira vez. Depois me conte como foi! Boa sorte! Quando vc vai traze-la? Beijos

        • Hernandes disse:

          Boa Noite Gaby tudo bem?

          Estamos em Montreal e gostaria que nos indicasse os Vets no Brasil que são autorizados pelo governos Canadense.
          Muito obrigado pelo Post.

          Abs

    64. VGC disse:

      Muito bom esse seu post! Pode dar algum trabalho, mas vale muito a pena, a companhia deles é tudo de bom! Bjos!

    65. Letícia Giacomin disse:

      Na próxima Jojoe também tem que vir conhecer a casa da tia Lê! Cotadooooooooo!
      Beijocas

    66. Flicka disse:

      Nossa.. Passei por isso com meu Barto e Filomena… barto teve que ir nna carga o que deixa o coracao beeeeem aoertado… Filo foi com a gente na boa 😀

      É engracado como sempre parece mais desesperador do que na hora mesmo… Achei bem tranquilo e fiquei meeeeega preocupada com tudo!!! Parece super buricratico, mas ate que é simles… Enfim…

      Esse tipo de post é sempre bom pra quem pensa em mudar de pais com animalzinho 😉

      Beijos!!!

      • Gabriela disse:

        Sim, é um desespero, mas acho tudo bem tranquilo e o post é pras pessoas que estão voando não ficarem tão nervosas como nós! Feliz 2013! Beijos

    1. 07/10/2013

      […] Acredito que viajar de avião é mais burocrático do que cansativo. Há várias regras que devem ser seguidas para que você consiga viajar com seu animal de estimação. Todas as vezes que viajamos com o Joe ele foi dentro da cabine, portanto minhas dicas são para animais que podem voar dentro da cabine. Você encontra estas dicas no GNC aqui, aqui e aqui. […]

    2. 05/02/2015

      […] Viajando de avião com seu animal de estimação Dicas para viajar de carro com seu cachorro Planejamento de viagem com animal de estimação Vida de cão no Canadá Relato da primeira vez que Joe viajou de avião [Parte 1] [Parte 2] Transporte aéreo e internacional do nosso cachorro […]

    3. 07/12/2016

      […] não é. Mas acredito que trazer um animal do Brasil já requer um certo planejamento (clique aqui e veja como trazer seu animal do Brasil), então inclua neste planejamento a procura de casas/aptos […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *