4 dias no outono de Michigan

O Estado de Michigan fica pertinho do Canadá, e da nossa casa você pode chegar nele em apenas 3 horas dirigindo. O estado é dividido em dois, a Upper Peninsula e a Lower Peninsula; sendo a última a parte maior, em formato de “luva”. Em 1957 foi construída a Ponte Mackinac, ligando as duas penínsulas que formam o estado, e que se tornou um dos cartões postais da região. Michigan é cercado pelos Grandes Lagos e sua capital é Lansing e não Detroit, que um dia foi capital e que certamente é sua cidade mais famosa. O nome Michigan significa “grande lago”, na língua nativa dos índios locais. Detroit fica às margens do rio de mesmo nome, fazendo fronteira com Windsor, no Canadá, que fica a 20 minutos, cruzando a ponte ou o túnel.

Sempre que tínhamos um tempinho eu e o marido tentávamos ir a Michigan, mas nunca rolou. Já tinha uns 3 roteiros guardados – de locais, cidades e parques que eu queria conhecer. Então resolvemos aproveitar o feriado de Thanksgiving Canadense – e o outono no hemisfério Norte – e resolvemos ir para lá por 4 dias.

O roteiro escolhido não incluiu cidades maiores – como Detroit, que certamente iremos visitar em breve – mas locais diferentes, pitorescos e com a nossa cara (i.e. locais que rendem uma bela foto e não são lotados, mas ainda sim lindos). Além disso, o outono certamente trouxe um charme a mais ao nosso passeio. Segue abaixo nosso roteiro e dicas das cidades e parques que visitamos nos últimos 4 dias. Adianto que batemos mais de 1500 fotos e provavelmente as fotos aqui selecionadas (na correria) não irão mostrar a real beleza do lugar.

Frankenmuch

A primeira parada foi Frankenmuch, cidade alemã super fofa, um “achado” da Lower Peninsula e uma das surpresas da viagem. Ao contrário das pequenas cidades de interior, Frankenmuch é cheia de atrações e vale muito ficar por lá mais de 1 dia. A começar pelos festivais, cada mês há um. No final de semana que fomos pegamos o Crabby Clam & Lobster Festival (festival da lagosta e do caranguejo gigante) e foi super divertido, com banda ao vivo e muita gente divertida, além de uma ótima comida a um preço super bom! Ao contrário do que imaginávamos, a Octoberfest acontece sim, mas em setembro. Se você quiser conferir o que rola em Frankenmuch clique aqui.

Mas não somente de festivais vive a cidade. É em Frankenmuch que fica a Bronner’s, a maior loja de Natal do mundo. Além de visitar a loja de dia, não deixe de passar por lá a noite, você vai ficar impressionado com a quantidade de enfeites de Natal luminosos. E a loja é grande mesmo! Não consegui visitar nem 1/5 da mesma.

A Main Street é a rua principal da cidade, e dela você consegue visitar a maioria das atrações, incluindo o Bavarian Inn Restaurant (parada obrigatória para almoço ou jantar tipicamente alemão), o River Place (shopping a céu aberto com lojas estilo alemã), a Covered Bridge (ponte antiga de madeira, que dá acesso ao hotel Bavarian Inn), o Rose Garden (parque da cidade, aonde conseguimos bater lindas fotos do outono), a Frankenmuch Brewery (cervejaria da região).



Como não somente de passeios vive uma viagem em solo americano, as compras não poderiam faltar. E é ai que Birch Run, cidadezinha a 15 minutos de Frankenmuch entra na viagem. Lá você encontra o Birch Run Premium Outlets e junto com ele ótimos preços.

mackinac


Mackinac (ou Mackinaw) City é a última cidade da Lower Peninsula e é através dela que você pega a Mackinac Bridge para a Upper Peninsula. A cidade é muito fofa e pequenina, com cerca de 850 habitantes. Ainda, é nela que voce pega um barco para conhecer a Mackinac Island(ou em st Ignace). Entre as atrações estão um IceBreaker (aberto para visitação), um antigo farol, e um parque que costeia a península aonde a cidade está localizada.

Mackinac Island é famosa por ser super romântica, por não aceitar carros (você se locomove pela ilha de cavalo, charrete, bicicleta ou a pé), por ser super charmosa (com suas casas estilo colonial) e por ter o Grand Hotel (inaugurado em 1887, possui 385 quartos e a direção do hotel afirma que nenhum quarto é igual a outro). Foi nesta ilha que foi filmado “Em Algum Lugar do Passado”. Infelizmente, devido ao pouco tempo e ao clima 9super frio) não conseguimos visitar a ilha, mas de Mackinac City voc6e consegue avistá-la e ter uma noção de como é fofa.

Em relação a ponte, Mackinaw Bridge é a terceira maior ponte suspensa do mundo, ou a maior ponte suspensa com duas torres entre as fixações do Hemisfério Ocidental (2.626 m). Ela é a única ligação entre a Lower e Upper Península, e faz parte da rodovia I-75. Para passar nela você precisa pagar um pedágio de $4.00.

Pictured_Rocks

Pictured Rocks National Lakeshore é um parque nacional com extensão de 67km, oferencendo um cenário espetacular da costa montanhosa entre as cidades de Munising e Grand Marais, na Upper Peninsula de Michigan. Além das diversas formações rochosas, o parque possui cachoeiras, arcos naturais e dunas de areia. O parque possui este nome em função de 24km de rochas de arenito colorido, que formam penanhscos de até 60m acima do nível do lago superior. O paredão rochoso foi naturalmente esculpido ao longo do anos, formando cavernas rasas, arcos, formações que lembram torres do castelo, e perfis humanos, entre outros. De Munising, os visitantes também podem ver Grand Island, cidade com 47 habitantes e 127km2, que hoje abrange um parque florestal (mas possui moradores e diversas casas de verão).

A melhor maneira de conhecer o parque Pictured Rocks é de barco. Há 4 passeios diários, e cada um deles é diferente. Os barcos operam com chuva ou sol, porém no dia que fizemos nosso passeio o lago estava suuuper mexido, até perigoso, e infelizmente só conseguimos visitar 1/3 do parque de barco. Porém, há várias trilhas e o caminho entre Munisign e Grand Marais foi um dos mais lindos que passamos até hoje. Ah, a dica aqui é que a única trilha que você consegue chegar de carro perto do literal é a trilha do Miners Castle. As outras você deve se programar e fazer uma caminhada. Mas vale muito a pena e as trilhas são super bem planejadas, estilo americano.




A cidade de Munising é muito, muito, muito linda e muito, muito, muito pequena (olha a foto de “metade” dela abaixo). A dica aqui é que você reserve o Holiday Inn de lá (preço ótimo, hotel sem grande risco = rede conhecida e localizado num dos lugares mais lindos da cidade) e fique por lá durante um final de semana.

lake_superior

Dando uma pausa as dicas e atrações da região, eu não poderia deixar de falar do Lago Superior. O Lago Superior é o maior dos cinco Grandes Lagos, e o maior lago de água doce do mundo em extensão territorial e o terceiro maior em volume de água. O Lago Superior localiza-se entre o Canadá (província de Ontario) e os Estados Unidos (Estados de Michigan, Minnesota, e Wisconsin), com uma área de 82.414 km². É tão grande, tão grande que dá a impressão de ser mar (e várias vezes nós acabamos o chamando de mar). As cidades importantes no litoral do Lago Superior são Thunder Bay em Ontario, Sault Ste. Marie em Michigan, e Duluth em Minnesota.

scenic_routes

Certamente para quem gosta de viajar de carro e apreciar a paisagem a Upper Peninsula é um passeio especial. Neste caso, fizemos 4 rotas, sendo duas delas indicadas pela national Geographic como uma das rotas mais bonitas do mundo (e, ainda mais bonitas no outono). São elas: Mackinac Bridge to Escanaba, Escanaba to Marquette, Marquette to Munising, e Munising to Grand Marais (esta, nossa preferida).

É importante terminar o post falando que ainda há muito que conhecer em Michigan, destacando-se: Charlevoix (cidade charmosa que possui um porto), Holland (cidade holandesa no oeste da Lower Peninsula), Traverse City (região vinicula, destacando-se o Chateau Chantal), Muskegon (regiao de dunas e praias, oeste da Lower peninsula), entre outras.

You may also like...

20 Responses

  1. Mila disse:

    Oi Gabi!
    Adorei seu post! Eu queria ver umas coisas com você.
    Eu saio de Chicago e pensei em subir até Munising e fazer a rota até Grand Marais. Vocês pararam no caminho no Pictured Rocks, né? Quanto tempo levaram lá? Será que dá pra fazer uma passada rápida pelo parque?

    E quam cidade você acha melhor para pernoitar? Qual que você achou com mais estrutura: Munising, Grand Marais ou Mackinaw?

    beijos

    • Ola Mila, obrigada pelo recado e pela visita ao blog. Lembro que levamos o dia inteiro explorando o parque e fizemos o passeio de barco, que é lindo demais. Sobre a cidade todas são pequenas e não lembro qual das 3 possui uma melhor estrutura. Acho que Machinaw é maiorzinha, pelo que me lembro. O passeio é maravilhoso! Vais curtir muito! Beijos

  2. Adriana Ferraz disse:

    Gabi adorei o seu roteiro, amo estas cidades pequenas cheias de charme. Terei 4 dias (14 a 17 de abri) para fazer um passeio a partir de Toronto. Quais destas cidades você sugere para um casal nesta época do ano? Também adoramos dirigir pelas estradas . Vi que voce sugeriu Charlevoix, Holland , Traverse City , Muskegon , entre outras.

    • Ola Adriana. Eu tenho vários posts com dicas de lugares para visitar perto de Toronto e roadtrips pelos USA e Canadá. Dá uma procurada aqui no blog e se não achar me avisa! Beijos

  3. Adriana disse:

    Gabi
    Adorei o seu roteiro!Parabéns!Terei férias no periodo de 17/09/16 a 24/09. Já encontro paisagem de outono nestas cidades e parques? voarei de Miami e já conheço Toronto. qual,quais cidade(s) americana mais próxima para eu começar o roteiro?ou é melhor começar por Toronto?
    Obrigada

  4. Ricardo disse:

    Olá Gabi, muito legal a road trip. Estou indo para a região no inicio de junho e pretendo fazer uma road trip parecida, você sabe como é a região nesta época? vc sabe se é possível atravessar de carro ao Canadá apenas com o visto americano ?

    Obrigado pelas informações e o ótimo blog
    Ricardo

    • Olá Ricardo. Nesta época será mais quente, tudo verde. Quanto a vir para o Canadá, você precisara de visto Canadense (mas como tem o anatocismo a partir de março você só vai precisar tirar uma permissão/visto on-line).

  5. Neuza Turella disse:

    Ola Gaby, adorei o seu blog. Somos um casal seniors e gostariamos de saber se esta viagem “outono nos grandes lagos” pode ser feita no mes de Setembro .pretendemos viajar de 02/09 a 23/09. Veremos as cores de Outono? Outra opçao seria irmos de 27/09 a 20/10, mas receamos que seja muito frio. Aguardamos a sua opiniao. Neuza

  6. alexandre disse:

    Gabriela,
    Muito obrigado pelas dicas! Depois da viagem te conto conto foi.
    Abraço,
    Alexandre

  7. alexandre disse:

    Gaby,
    Como você dividou os dias? Aonde se hospedou?
    Estou programando um trajeto parecido no final de agosto. O que acha?
    Alexandre

    • Gabriela disse:

      Ola Alexandre! Eu e o marido nao temos nunca um roteiro 100% fixo… vamos passeando e conhecendo os locais. Se um lugar eh ruim partimos para o outro… e por ai vai. Viajar nos USA eh tranquilo porque tem varios hoteis entao vc pode se hospedar em otimos hoteis da estrada, sem ter que reservar. Acho que final de agosto sera bonito, mas nao espere ver as cores de outono.
      Que eu me lembre ficamos 2 dias na regiao sul – outlet + cidade alema – 1 dia para subir, 2-3 dias na upper Michigan passeando.
      Espero poder ter ajudado!

      • alexandre disse:

        Gabriela,
        Claro que ajudou. Infelizmente a época que posso viajar é sempre no final do verão do hemisfério norte. Também viajo no mesmo ritmo, sem roteiro fixo, passeando, mas reservo hotéis para pernoites. Estou chegando dia 21.08 em Detroit e pretendo estar em Toronto dia 26.08 e ficar duas noites, saindo dia 28.08 para NYC. Veja se pode me ajudar em algumas dúvidas: a) No dia que fizeram a subida vcs foram direto para Munishing ou pernoitaram em Mackinaw? b) Na volta para Toronto vcs sairam de Munishing direto para Toronto ou pernoitaram em alguma cidade do Canadá? c) O que fazer em 02 dias em Toronto? d) Já fez o trajeto de Toronto a NYC de carro? Peço desculpas pelo abuso, mas não posso deixar de contar com sua experiência. Alexandre.

        • Gabriela disse:

          Ola Alexandre! Tenho certeza que a viagem sera otima em qualquer epoca do ano! Vamos as suas perguntas: 1) Fomos direto para Munising. Eu e meu marido gostamos de viajar de carro, nao ficamos cansados… tbem estava muito frio e por isso subimos logo porque nosso objetivo era ver as folhas de outono. Acho que uma opcao seria sim dormir em Mackinaw ou em Machinac Island. Isso vai depender do ritmo de viagem de vcs. 2)Dormimos na divisa entre Canada e Estados Unidos, na parte Americana porque eh bem mais barato. O nome da cidade eh Sault Ste Marie (cuidado porque eh o mesmo nome do lado americano e Canadense).3) sobre o que fazer em Toronto, tenho varios posts sobre isso na tab “Tips” do blog. Vc pode comprar um passe num onibus de 2 andares e passear pela cidade toda, para conhecerpor alto, ou pode visitar os principais pontos turisticos (Eaton Centre, CN Tower, Universidade de Toronto, Bloor Street, ROM, Mercado St Lawrence, Ilhas, etc). 4) Ja fizemos sim o trajeto de carro e alem de Niagara Falls (1 hora de Toronto) nao ha muita coisa para ver. O estado de Nova York eh feio demais no norte… Espero poder ter ajudado!

  8. Juliana disse:

    Nossa Gabi, que lugares mais lindos!
    Deu vontade!!
    Beijinhos

  9. Letícia Giacomin disse:

    Lindo, lindo, lindo! As fotos parecem até montagens, de tão bonitas!

  10. Gabi amei suas fotos e o tio Caon também. Ainda mais que é o Estado onde ele morou.
    Beijosssss

  11. anna maria lima de melo disse:

    Tudo maravilhoso!!! Realmente vale a pena viver e ver, Beijos

  1. 25/07/2013

    […] da viagem você faz no estado de Michigan, que é lindo. No caminho você pode passar por Holland e Frankenmuch (Michigan); e, em Michigan City (Indiana). Além de Chicago ser linda o caminho é muito […]

  2. 14/09/2013

    […] diferente mas não quer pegar avião eu sugiro (muito) visitar Frankenmuch em Michigan, USA. Já estivemos por lá ano passado e pelo pouco que ficamos adoramos. Então este ano resolvemos passar um final de semana na região […]

  3. 22/09/2013

    […] A primeira coisa que você irá querer fazer no outono Canadense é apreciar as árvores em diferentes tons de vermelho, laranja, amarelo. Mesmo morando em Toronto há 3 anos toda vez que o outono chega eu fico ansiosa para que as árvores mudem de cor e, quando elas mudam, eu fico emocionada. Jojoe gosta do outono porque os passeios são mais longos, já que é impossível não querer apreciar mais e mais esta beleza. Se vocês pesquisarem os posts de outubro vão ver que eu escrevo bastante sobre o outono. Selecionei aqui um de cada ano, lembrando que o ideal é fazer um passeio de final de semana para o Norte, Quebec ou Estados Unidos para maravilhar-se com as árvores coloridas da estação. Post 2010 Post 2011 Post 2012 […]

  4. 07/10/2013

    […] (já foi diversas vezes e adora passear pela Old Montreal), para Michigan ver as cores do outono (ele adora outono!), para Ottawa (aonde ele passou frio e correu pelos jardins do parlamento para esquentar), para […]

  5. 20/08/2014

    […] preferidos no carro. Tá certo que 8h não é pouco tempo, mas já ficamos muito mais (leia aqui, aqui e aqui e veja algumas das roadtrips que fizemos). Enfim, ficar no carro não é problema! O que na […]

  6. 21/09/2016

    […] 11. Faça uma roadtrip para apreciar as cores do outono […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *