Viagem e chuva combinam??…

Quando viajamos certamente a última coisa que queremos é um dia chuvoso, escuro, o qual não podemos nem andar direito na rua, ou bater boas fotos, certo? Bem, digamos que o melhor é que esteja um dia lindo de sol, mas nas nossas viagens a chuva nunca chegou a ser um obstáculo para passearmos e curtimos. Resolvi escrever aqui no blog algumas dicas básicas sobre como curtir sua viagem quando São Pedro não colabora.

1 – Pesquise a melhor época do ano para viajar ao destino escolhido.
Pesquisando bem antes de embarcar, a gente pode evitar viajar para um destino numa época tradicionalmente chuvosa – afinal, não dá pra cair na roubada de, por exemplo, viajar ao México na época de furacões e nem poder sair do hotel, ou mesmo voltar para casa com o aeroporto interditado. Mas não é sempre que a gente pode escolher a melhor época para viajar, pois não é todo mundo que escolhe seu período de férias. Às vezes aparecem AQUELAS chances que você não quer perder e, melhor curtir uma chuva em um lugar lindo do que passar as férias em casa, certo?

Em Veneza chove o ano todo e as chuvas se intensificam nos meses de muito calor (julho e agosto). Mas, e dai? Surgiu a oportunidade de visitá-la em agosto de 2005 e eu e o Ju fomos para lá. Vai dizer que as nuvens pretas não deram um toque a mais nesta foto?!

2 – Cheque a previsão do tempo e planeje seu roteiro baseado nela.
Quando viajamos para um lugar, há sempre um museu ou um shopping que você quer conhecer. Minha dica aqui é você planejar seu roteiro dentro da previsão do tempo, e deixar para dias chuvosos atividades indoor. Nunca caia na besteira de passar o dia todo dentro de um shopping quando esta aquele dia ensolarado lá fora, a não ser que todos os dias sejam assim (o que é raro).

Washington DC: dia super chuvoso e acabamos curtindo muito visitando vários museus, entre eles o National Air and Space Museum Steven F. Udvar-Hazy Center.

Washington DC: dia super chuvoso e acabamos curtindo muito visitando vários museus, entre eles o National Air and Space Museum Steven F. Udvar-Hazy Center.

3 – Esteja preparado.
Eu sempre viajo com uma capa de chuva na mala, um sapato fechado, e uma sombrinha pequena (daquelas que você consegue colocar na bolsa). Ou ainda, quando vou nas lojas de souveniers, sempre compro uma sombrinha pequena, com o símbolo do local que estou. Mas não adianta comprar a sombrinha e deixar no hotel: tenha ela sempre na bolsa, afinal, você comprou-a para uma eventualidade. Ah, e não esqueça de ter algo para proteger sua máquina.

Ju protegendo nossa máquina com o casaco impermeável. Só assim conseguimos continuar passeando por Washington no outro dia, já que a chuva não quis passar.

Que chuva que nada: nossas mães querem é passear!

Seja com guarda-chuva (foto da esquerda em Brugge, Bélgica) ou com uma capa de chuva (foto da direita em NYC, USA), o jeito é se preparar quando a chuva não quer ir embora!

4 – Quem está na chuva é pra se molhar.
Se você já visitou todos os museus, comprou tudo que queria e mesmo assim o tempo não está mudando, é hora de colocar aquela capa de chuva, comprar um guarda-chuva, e se aventurar pela cidade. Pense que, além de você não ser de açúcar, você planejou esta viagem por muito tempo e não sabe quando ira voltar aquele local. Depois não adianta se lamentar! Ah, e posso contar um segredo: até que as fotos em dias de chuva não ficam muito ruins! Como diz minha sogra: a gente fica chique segurando uma sombrinha nas fotos!

San Sebastian – Espanha: chuva e capa de chuva, uma ótima combinação.

Washington DC: chuva e capa de chuva, uma ótima combinação [2]!

Washington DC: chuva e capa de chuva, uma ótima combinação [2]!

Claro que se estiver caindo o mundo lá fora (e, pasmem, isso já aconteceu conosco em várias viagens) você não vai conseguir aproveitar sua caminhada com sombrinha e capa de chuva, e corre o risco de ficar doente e não conseguir curtir os outros dia da viagem. Uma opção é você pegar um tour e conhecer a cidade dentro de um ônibus (melhor que nada, certo?). A outra opção é alugar um carro e passear pela cidade, fazendo seu próprio roteiro. O problema aqui é que, como toda cidade, o trânsito em dia de chuva fica caótico, e você certamente não conhecerá as manhas do trânsito para se livrar do tráfego.

Conhecendo Bruxelas dentro de um ônibus de turismo: tempestade lá fora e muitas fotos (a maioria perdida) lá dentro. Mas valeu!

Interior da Holanda, de carro. E uma tempestade horrível chegando…

Esperando a chuva passar na Ponte Vecchio – Florença (Itália). Sem guarda-chuva o jeito foi ficar ali esperando a chuva passar e aproveitando para apreciar o local, lindo demais!


E Toronto?
Bom, a época que mais chove em Toronto é na primavera, entre os meses de março e maio. Nesta época, a cidade esta “melada”, porque a chuva derrete a neve e forma o slush. No verão também chove, devido ao calor forte, mas são pancadas de chuva e raramente você terá uma semana toda de chuvas no verão. Outono também é uma época de chuvas, mas menos do que a primavera. O engraçado aqui são que os Torontonianos são usam guarda-chuva. Aqui o acessório básico para chuva é bota de borrada e capa de chuva. E todos nós já temos as nossas, incluindo o Joe.

You may also like...

12 Responses

  1. Marta Rocha disse:

    Estamos chegando por aí mesmo na época melada, Gaby! 15/3/15. Mas, que tá na chuva é pra se molhar! #sqn Onde encontro capas aí em Toronto Gaby? Vamos chegar desprevenidos e com criança :/ #PrefiroFixarSequinha

  2. Juliana disse:

    Olá Gaby, tudo bem? Você indica alguma boa marca de capa de chuva ? Bjus

    • Oi Juliana.
      Olha eu não tenho dica para uma marca específica. Comprei as minhas em uma loja chamada Burlington nos USA que tem vários casacos com um preço ótimo. Ambas as minhas capas são Calvin Klein.
      Obrigada pela visita ao blog

  3. Natália disse:

    Olá!
    Estou planejando minha viagem pro Canada e estou com algumas dúvidas.
    Qual é a melhor época realmente? No Canada tem época de furacões? Pensei em ir em julho ou agosto. Mas morro de medo de pegar uma temporada “sinistra”.
    Beijinhos!

  4. Helen Beatriz Matos disse:

    Esse post me deixou muito feliz…vou em Dezembro/Janeiro. Quase certeza que não teremos chuva né? rs

    • Gabriela disse:

      Nunca diga nunca Helen, ainda mais com o tempo louco! Por exemplo ontem deu 10C e hoje esta nevando muito e vai dar -18! 😉 mas acho difícil chover, mas vai nevar! 😉

  5. Lismara disse:

    Oii Gaby! Em maio chove muuitoo em Toronto? Vou ficar o mês inteiro de maio do ano que vem aí em Toronto… não chove o mês todo não né? hehe

  6. Oii Gaby! Que legal o seu blog! Muito lindo e seus textos são super bem escritos…Parabéns!
    Estou em Toronto há 5 meses e ficarei 1 ano. Sou baiana, jornalista e também criei um blog para contar aos amigos e família o que ando aprontando por aqui.
    Virei fã do blog e vou passar por aqui sempre!
    beijo

    • Gabriela disse:

      Obrigada! Vou checar seu blog! 😉 beijos e boa estada na cidade. Daqui a pouco começa a esfriar e com certeza você vai amar o outono e inverno canadenses.

  1. 04/08/2014

    […] a parte triste desta história é que chegamos embaixo de chuva, muita chuva. Como já escrevi aqui no blog, a chuva nunca me impediu de curtir uma viagem, e o que fizemos foi pegar um guarda-chuva, […]

  2. 04/08/2017

    […] de Canadenses 25. There is something missing in my heart: sobre a perda do meu primeiro bebê 26. Viagem e chuva combinam?: sobre aproveitar viagens quando está chovendo 27. Um sim: sobre dizer sim para as oportunidades […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *