There is something missing in my heart.

Definitivamente, há algo faltando em meu coração.

O tempo é o melhor remédio pra tudo… neste caso, somente o tempo irá ajudar a recuperar-me da perda de um filho. Porque pra mim, foi isso que aconteceu: um pedaço meu morreu antes da hora… que estava se desenvolvendo dentro de mim e apesar de eu não conhece-lo, era muito amado e desejado. Muito. Deus é sábio, mas também é muito duro. Dói, dói demais, sufoca as vezes, de um jeito que não desejo para ninguém… mas com o tempo esta dor esta se transformando em saudade. Saudade de algo que eu tive por apenas 14 semanas, mas que eu amei intensamente.

Hoje esperando pela cirurgia li num blog de uma menina que também passou por um aborto (palavra forte, não gosto de usá-la mas infelizmente foi o que aconteceu) que: “A dor do aborto é solitária. Todo mundo esquece, muda de assunto, segue em frente“. Realmente, as pessoas seguem em frente, eu sei que vou seguir… mas esquecer, acho que nunca vou esquecer desse meu primeiro filho e de toda a dor emocional e fisica que passei neste período. Mas obviamente irei me acostumar a viver com esta parte de mim faltante. Eu posso sorrir, posso viajar, posso sair, posso ter muitas alegrias, posso escrever besteiras aqui no blog; mas sempre terei uma tristeza para lembrar. Uma parte de mim que fica faltando. Pra sempre.

Quando a médica veio informar o diagnóstico – que o bebê havia parado de se desenvolver com 12 semanas e 4 dias – ela me falou 2 coisas, como que para me consolar. Primeiro ela falou que “isso é normal, acontece em 20% das mulheres grávidas”. Pra mim, normal é você ter um filho como as outras 80% das mulheres: é carregá-lo no ventre por 9 meses, parir e cuidar dele, tê-lo em meus braços… eu entendo que abortos são comuns (e não normais), mas não posso consolar-me pelo fato que acontece com outras pessoas. Aconteceu comigo e foi muito ruim e fico triste de pensar que outras pessoas passam por isso tambem. Depois, ela me disse que o fato de eu ter ficado grávida mostra que “meu sistema funciona” e certamente cada gravidez é única e que logo logo eu poderei ter vários outros filhos. Claro que eu ainda terei filhos e seremos muito felizes com eles (e talvez as pessoas devem me achar uma boba por sofrer tanto já que sei que serei mãe). Mas mesmo que eu fique grávida 10 vezes, sempre faltará a 11o parte disso tudo, uma parte que eu tanto queria. E pronto. Isso eu não quero esquecer e certamente não irei esquecer.

Estou bem fisicamente, já me recuperando da cirurgia de hoje. Agora é só me sentir “normal” novamente (neste caso, esperar minha menstruação voltar, o que deve levar 1-2 meses) e continuar a vida com este pedacinho faltando.

Muitas pessoas que tiveram um aborto não gostam de falar sobre isso. Mas eu resolvi me abrir e acho que isso servira para eu aceitar melhor a situação. O carinho e as mensagens de todos foram (e estão sendo) fundamentais para mim e para o Ju. Saber que eu posso sentir dor e falar dela quando e quanto eu quiser simplesmente me ajuda a aceitar esta perda. E a ajuda da Familia, amigos e até mesmo desconhecidos nos ajuda muito também. Obrigada.



  • 14 Responses

    1. Gisele disse:

      Oie, Sinto muito pela sua perda, amo seu blog e o encontrei faz pouco tempo, fiquei feliz quando li seu post de gravidez, mas agora fiquei comovida,por saber q vc teve esta perda tao grande =/ Só irei pedir a Deus para confortar vc e seu marido!

    2. Ju Ozol disse:

      Gaby, meu carinho e sentimentos pra vocês neste momento!
      beijos e fiquem c Deus

    3. Marli R. S.Ramos disse:

      Queridos, Gaby e Juliano,
      Deus colocou em meu coração, um amor muito especial por vcs, mesmo não os conhecendo pessoalmente, esse mesmo Deus, enxugará todas as suas lágrimas com Seu Terno Amor.
      Bjs.

    4. FêdaRaedoLu disse:

      Lamento muito! Em breve seu ventre receberá uma nova vida cheia de luz e amor!
      Recomendo para este momento tao seu o blog http://sejafortejose.blogspot.com.br/.
      É lindo! Trata a perda de um modo muito singelo. Força e paz! Abç, FêdaRaedoLu

    5. Andresa disse:

      Querida amiga Gaby,
      Receba daqui os meus sentimentos. Me entresteci com vcs. Orei por vcs. Pensei em vcs. E também tenho esperança como vcs! A vida segue… o tempo pode sim ser um santo remédio. Mas, quem consola mesmo é o Espírito do Nosso Criador e Pai. Ele é que tem essa função sobrenatural de sarar a nossa dor e de nos sustentar em momentos difíceis como esses que vcs estão vivendo. Então oro por isso… para que o Espírito de Deus conduza o coração de vcs ao consolo e à esperança!!!
      Forte e carinhoso abraço,
      Da Desa

    6. Geórgia disse:

      Gabi, hoje encontramos a Vavá e o Milton num restaurante na Lagoa, ela me contou o que houve.
      Ficamos muito tristes.
      Lendo o que vc escreveu aqui, pude imaginar esse emoção toda que vc está sentindo.
      Esperamos, de coração, que Deus Ilumine o caminho de vcs e que tenham força para superar esse momento.
      Beijos.
      Geórgia e Hique

    7. Neide disse:

      Gabi, é triste este momento eu sei.Deus nos livra de muitas coisas, acredite.O amor que vocês depositaram neste ser em desenvolvimento foi o suficiente para torná-lo um anjo,e lá de cima estará protengendo vocês. Transforme isto em força, fé e proteção divina . Beijos .Um abraço na Zê. Neide

    8. Valmir disse:

      Queridos Gabi e Ju!!
      Lamentamos profundamente o ocorrido. A tristeza de hoje jamais se apagará, – não há força no mundo que possa fazer isso – entretanto, esta árdua travessia chegará ao seu final e, certamente, os tornará mais fortes para trilharem o futuro radioso que os aguarda. Os filhos virão, e este, que foi chamado antes, estará sempre nos nossos corações. A força e a superação tão vitais nestes momentos parece estar iluminando o caminho de vocês. É também uma dádiva divina. Estamos com o pensamento firme, positivo, no retorno breve da plena felicidade de vocês.
      Beijos, abraços!
      Elisa/Valmir

    9. Liane disse:

      Oi Gabi! Fico triste tbm pelo acontecimento…mas pra Deus tudo tem sua hora, e o teu anjinho vai estar lá em cima olhando por vcs! Espero que vcs fiquem bem!!!! Força p vcs! Bjs!!!

    10. Tatiana de Bem Silva Slongo disse:

      Gabi querida! Meus sentimentos! A Carol Carmona me contou hoje e fiquei super triste e assustada! Conte comigo para o que precisares! Que bom que seus pais e sogra estão aí! Manda um beijo para todos e um especial para você. Pena não estar por perto para te dar um abraço. Beijo grande e força aí!

    11. Iara Emilia disse:

      Gabriela querida, muito difícil este momento, sinto muito. Nesta hora é importante dividir, resignificar os sonhos e voltar-se para o carinho e amor de quem te ama e para a realidade linda que te constitui. A vida segue; sem explicações…levando sonhos, trazendo desafios. Força e muito amor. Você é linda, jovem, e muitas realizações te aguardam, cada uma a seu tempo, acredite. Grande abraço.(para a Ana tambem). beijinho.

    12. Roger disse:

      Oi Gabi!!!
      Sabemos exatamente o q estas sentindo. Passamos por isso há exatos 3 anos. É dificil demais essa etapa da vida, mas, não existe “mas”, é muito triste.
      Força e abraço forte pra ti e pro Juliano.

      Bjo grande.

    13. Bi disse:

      Gabi, estás muito certa em todas as tuas palavras. Coloca mesmo pra fora, fala, escreve, chora. Isso te ajudará a tirar as energias ruins de dentro de ti e fará com que você se recupere mais rápido e trará de volta o sorriso nesse teu lindo rosto. Força pra ti, pro Ju, para teus pais e tua sogra. Beijos com carinho, Bi, Dudu,Sophia e Lorena.

    14. Michelle Quintilhan disse:

      Gabiiiiiiii… chorei contigo prima 🙁
      Vou orar por vocês, pra que logo logo possam realizar esse sonho e deixar essa dor um pouco menos doida!
      Um beijo enorme pra vcs dois, fiquem com Deus!

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *