Dubai dia 4: passeio no emirado vizinho Abu Dhabi

Abu Dhabi é a capital e o maior e o mais rico dos Emirados Árabes e fica a 150km de Dubai (2 horas). A cidade era deserta há cerca de 30 anos e hoje parece um canteiro de obras (dizem que como Dubai, há 10 anos atrás). É responsável por 10% do suprimento petroleiro mundial e uma cidade em crescimento.

Como chegar: o percurso de Dubai a Abu Dhabi é monótono (deserto + uma única reta). Você pode alugar um carro em Dubai (se tiver a carteira internacional) ou ir de taxi (combine o valor antecipadamente). Nós optamos por ir de taxi e foi ótimo: sem preocupação, e gastamos o preço do aluguel de carro. Uma dica: o taxi em Abu Dhabi é mais barato do que o de Dubai, então sua volta vai ser mais barata do que sua ida.

Hotel Emirates Palace: mesmo pra quem não vai ficar hospedado no hotel, este é um passeio que deve ser feito. O Emirates Palace é o hotel mais luxuoso do mundo em sua construção foram gastos cerca de 3 bilhões de dólares. São mais de 1000 lustres em cristais Swarovki, cúpulas de mármore, mais de 100 elevadores e mais de 1000 empregados nas dependências do hotel! Além disso, há uma parte exclusiva do hotel para quando os reis dos Emirados ficam por lá (inclusive com uma entrada especial e tudo mais). Vale dar uma volta pelo hall de entrada, pelos jardins e espiar um melhores restaurantes do país encontra-se nas suas dependências: o Hakkasan.

Mesquita Sheikh Zayed: é certamente a principal atração de Abu Dhabi e uma belíssima obra da arquitetura islâmica. Inaugurada em 2007 e nomeada em homenagem ao falecido Sheikh Zayed Bin Sultan Al Nahyan, o fundador dos Emirados, que também se encontra enterrado no pátio externo mesquita. Considerada a terceira maior mesquita do mundo, com 57 cúpulas, é capaz de acomodar 30.000 pessoas nos seus 22.000 m² de área coberta. Para sua construção foram usados 33.000 toneladas de aço, 120.000 m³ de concreto e 7000 estacas de fundação.

Como tudo lá na região é o “maior do mundo”, o destaque aqui foi o maior tapete persa do mundo, que fica no interior da mesquita, com mais de 5.600 metros quadrados, 47 toneladas, tecido totalmente à mão e no qual trabalharam por volta de 1.300 iranianos.

Achei tudo lá super organizado, principalmente em relação a vestimenta (e, de certa forma, respeito a religião islâmica). As mulheres só podem entrar na mesquita com uma capa preta (chamada de Abaya) que é emprestada por eles no local. Para cobrir a cabeça você dele usar o Shela, também emprestado no local. Os homens que estão de calça podem entrar na mesquita; se estiverem de bermuda também devem pegar uma roupa própria emprestada. Ao entrar na mesquita você deve tirar seus sapatos. E eles emprestam pra você uma sacolinha.

Antes de visitar veja se a mesquita está aberta (alguns dias ela esta fechada e também fica fechada nos horários de rezar). Informe-se no site da mesquita.

Yas Marina Circuit e Mundo Ferrari: o Yas Marina Circuit é o mais luxuoso autódromo do mundo, localizado na fabulosa Ilha Yas na entrada de Abu Dhabi e onde acontece um dos GPs de Fórmula 1. Ao lado dele fica o mundo Ferrari, que é considerado o maior parque indoor do mundo e onde está a mais montanha russa mais rápida do mundo (não falei que tudo era maior). No Circuito há o YAS Hotel.

Se você é amante de F1 ou mesmo de velocidade não deve perder estes passeios. Você pode alugar um carro e dar voltas pelo circuito (veja informações no site oficial). Infelizmente com o marido com o braço quebrado ele e meu pai (amantes da F1) acabaram não fazendo a corrida (que estava planejada no nosso roteiro).

O parque da Ferrari é legal, possui várias atrações e acho que é um passeio válido, apesar da entrada com preço salgado. Vale visitar o museu da Ferrari, ver as crianças andando no mini-circuito de F1, andar num carro Ferrari pela Itália, passear de asa delta pela Itália, andar a bordo de uma Ferrari dirigida pelo Alonso num simulador e andar na montanha russa mais rápida do mundo, a FORMULA ROSSA Rollercoster, que atinge velocidade de 240 km/h em menos de quatro segundos, simulando a sensação de estar dentro de um carro de F1 ao longo de 2km de extensão.

Clique aqui para mais informações sobre o parque.



  • 7 Responses

    1. MILENA disse:

      Desculpe me Querida
      Estou escrevendo de novo pois esqueci de marcar pra receber avisos de post/ comentario
      Vai pro meu e mail uma msg que vc responderu minha pergunta, correto?
      Obrigada
      Abraço

    2. MILENA disse:

      Olá Gabriela
      Querida vou a Dubai com minha filha e sem o maridão
      Tem algum problema pegar taxi comum na cidade?
      Os femininos de preferencia pra ir a Abu Dhabi ja que é distante, correto?
      Ate pq os femininos saõ um pouco + caros nao é?

      • Olá Milena. O preço é o mesmo e eu pegaria somente os femininos, já que você estará somente com sua filha. Os taxistas não são muito educados e isso estando com meu pai e marido. Não custa arriscar…

    3. Patrícia disse:

      Olá Gabriela!
      Estou indo para Dubai em Outubro e adorei as suas dicas de Abu Dabhi e me interessei em conher a Mesquita, vc poderia me informar qual o valor pra conece-la e a media de quanto vc gastou com o taxi de ida e volta.

      Desde já agradeço!

      • Gabriela disse:

        Ola Patricia! Obrigada pelo recado e pela visita ao blog. A visita a Mesquita é gratuita. O valor do taxi eu não lembro, mas foi um valor super em conta (o problema é que os taxistas são “espertos”, tem que ficar de olho para eles não darem voltas e voltas pela cidade). E só pegue taxi se vc estiver indo viajar com homem, ou senão pegue os taxis femininos. Os homens não respeitam muito as mulheres. Estava com meu pai e marido, então foi tranquilo! 🙂

    4. Carol Wieser disse:

      Oi Gabriela,

      Estou indo a Dubai agora e Abu Dhabi está nos meus planos. Vi que voces foram e voltaram de taxi, mas entre as atracoes tursiticas, foi facil encontrar taxi para ir de um lugar a outro?
      Meu marido quer muito fazer o parque da Ferrari, quantas horas vcs acham bom para fazer o parque?

      Tambem tenho um blog de viagens, passa lá pra dar uma olhada!
      http://www.travelforever.com.br

      • Gabriela disse:

        Ola Carol! Obrigada pelo recado e pela visita ao blog. Não deixe de gostar da fanpage do blog no facebook. Vou lá espiar seu blog tbem!
        Bom, andar de taxi é uma experi6encia e tanto em Dubai. Os taxistas são estranhos, alguns deles até desagradáveis. Mas no fim não tivemos problema nenhum. Há varios taxis entre uma atração e outra, e não tivemos problema algum em encontrar um taxista. As vezes, o taxista ficava até nos esperando (quando a atração era rápida), com o taximetro ligado – é tão barato que não vale a pena esperar outro taxi. Eu gostei do mundo ferrari, acho que vale a pena ir. Mas não espere uma Disney ou algo assim… ficamos umas 4h lá, e foi suficiente (não é tão grande assim).
        Espero que tenha ajudado… se tiver mais alguma dúvida me escreva!
        beijos, Gabriela

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *