Mentiras e Verdades sobre o Canadá

Quando nós falamos que moramos no Canadá certamente as pessoas pensam que só passamos muito frio, que nos alimentamos muito mal, entre outras coisas. Por isso resolvi escrever sobre alguns mitos e mostrar pra vocês que alguns deles são verdadeiros e outros nem tanto…


Não! Vamos parar com a idéia de que Canadá = gelo eterno, iglus, bonecos de neve, avalanche, etc. No inverno faz frio sim, mas no verão faz (muito) calor. A temperatura daqui, na minha opinião, é perfeita pois você tem as 4 estações bem definidas e não dá tempo de cansar do calor infernal do verão, das folhas de outono, do frio do inverno, das chuvas da primavera, pois a temperatura está sempre mudando, sempre algo novo acontecendo… muito bom!


Francês é a segunda língua oficial do país. Porém, mesmo que todas as embalagens, manuais e panfletos possuam 2 línguas – o inglês e o francês – é o inglês que predomina na maioria do páis. Francês mesmo, só na província de Quebéc (e mesmo assim nas grandes cidades as pessoas falam o inglês).


Posso estar errada, mas a experiência que eu tenho, ou melhor, o que meus amigos Canadenses me contam é que eles/seus filhos estudaram/estudam em escolas públicas. Aqui o sistema público de ensino funciona e as escolas são ótimas pois ensinam muito mais do que matérias, ensinam diferentes tarefas/skills pra vida, como por exemplo, aulas de teatro, marcenaria, fotografia, metalurgia, aulas de cerâmica, entre muitas outras. Se você quiser saber mais clique aqui (depoimento que achei num blog da STB, bem interessante).


Aqui em Toronto (ou mesmo nas cidades que já visitamos no Canadá) nós comemos muito bem. Aquela história de que nos países da América do Norte só se come “lanche” “McDonalds” é mentira. Há sim, um fastfood em cada esquina, mas há restaurantes maravilhoso, com pratos super bem elaborados… sem contar o sushi, maravilhoso! E no supermercado achamos sim carne, pão, leite, feijão, verduras, frutas (de todos os tipos), temperos, etc. Então acredito que o mito de se comer mal no Canadá deve-se muito mais a cultura dos visitantes (que nem sempre gostam de experimentar pratos/restaurantes novos).


O Canadá está classificado entre um dos países mais multiculturais do mundo. Ou seja, eles são totalmente receptivos, amigáveis e compreensíveis, um povo um tanto quanto paciente. Se levarmos por este lado, é errado dizer que os Canadenses são fechados, frios e não se envolvem com estrangeiros. Porém, seja na maneira de cumprimentar, de reagir a uma história, de receber você na sua casa, eles são SIM diferentes do povo Brasileiro.


Toronto, a maior cidade Canadense, é considerada uma das cidades mais seguras do continente americano – sua taxa de criminalidade é menor do que qualquer grande cidade dos USA, e uma das menores do Canadá (1,3 homicídios para cada 100 mil habitantes). Obviamente com o aumento da população as taxas de criminalidade também aumentam, mas nada que nos faça ficar preocupados em sair na rua a noite, deixar a garagem aberta, andar com bolsas e celulares a mostra, etc. A vida aqui é segura sim!


Sabe aquele ditado: “a vida é o que fazemos dela”. Pois bem, nossa vida agora é Canadense e estamos aproveitando esta oportunidade ao máximo. Mas nem tudo é maravilhoso, lindo, perfeito por aqui: há greves, o sistema de transporte público é falho, há buracos em algumas estradas, há lixo jogado nas calçadas (em algumas), há falta de educação, há acidentes de trânsito… e por ai vai. Mas certamente os “defeitos” não são grandes quando comparados a qualidade de vida que temos aqui!

Ps. As flores são pra dar um ar de primavera no Blog (eu adoro esta estação)!



  • 12 Responses

    1. Gabriela disse:

      Concordo contigo em tudo, Gaby. Quanto ao transporte, muita gente que passa pouco tempo aqui acha maravilhoso, mas só pegando todo dia pra entender como o TTC é falho, com atrasos quase todo dia, streetcar lento e velho (e fedorento, na minha opinião), etc.

      Mas fazer o que? Nem tudo são flores (hehe). A gente ama demais Toronto pra ficar brava por muito tempo, né?

      Amo teu blog.

      Beijão da sua xará.

    2. Fernando disse:

      Concordo con tudo menos com o transporte.. Como assim é falho?
      O onibus tem hora pra chegar e mostra ate os segundos em cada ponto

      • Eu não acho o transporte público uma maravilha. Por exemplo, as estações de metro aqui em Toronto são poucas, no frio eu tenho que andar 6 quadras para chegar no hospital que trabalho (não tem ponto de onibus mais perto – agora imagine os pacientes), e por ai vai. É muito melhor do que o do Brasil mais ainda apresenta falhas… essa é a minha opinião.

    3. BChams disse:

      Oi Gaby! Adorei seu blog
      Vou me mudar para Toronto em 4 meses e não sabia nada até te “conhecer”, agora sou ema expert! hahhaha
      Obrigada pelas postagens, continue sempre assim! Beijão

    4. Carol disse:

      Oi Gaby, estou em Quebec estagiando (escravizando hahaha) e concordo com tudo ai, aqui a primeira lingua é frances, e achei muita gente que nem sabe ingles, bizarro!
      A comida, se eu quiser comer direito, almoço mesmo, tenho que fazer, arroz, lentilha, carne, porque os pratos decentes pra vender são uma facadinha de caro para o bolso de um estudante!
      Mas até ser bois fria no Canada é divertido!
      Um ponto que pode ser adicionado é a higiene do povo por aqui… os brasileiros são mais cheirosos e limpinhos! Mas não digo pelos canadenses propriamente, a mistura, chineses, indianos, africanos etc. é que trás algumas culturas, de por exemplo, não usar desodorante!
      As vezes a coisa fica meio feia hahahah
      Vivendo e aprendendo certo?

      Adoro o Blog, parabéns

    5. Catherine disse:

      Olá Gabriela;

      adorei o post. Nunca estive em Toronto, mas quero conhecer. Morei 4 meses em Montreal, onde estudei inglês em 2003 e, desde então estou juntando dinheiro, em 2010 comecei a estudar francês para me ajudar no processo e, estou fazendo outra faculdade. Termino em 2015 e, espero até lá poder dar entrada no processo de imigração. MInha intenção é ir morar em Toronto. Vamos ver o que vai acontecer…
      Vou seguir seu blog, já que vc mora aí.

      abraços;
      Catherine
      http://meetyoutherecanada.blogspot.com.br/

    6. Rômulo disse:

      Olá…estive em Toronto ano passado e estudei na Universidade de Toronto, fiz um curso de inglês de um mês, mas eu achei a comida da universidade um pouco “sem graça”, então fui a caça de comida nos supermercados, adorei o Metro pois tem muita variedade. Mas depois de achar um restaurante Brasileiro na St Clair, misericordia, foi um estrago só. No geral realmente se acha tudo em Toronto, percebi que as frutas e verduras são um pouco caras, mas nada que me faça deixar de comprar…eu espero em breve voltar, tentarei a migração.
      Gabriela parabéns pelo site, muito bem diversificado espero que continue assim.
      até mais.

      • Gabriela disse:

        Obrigada por compartilhar sua experiência! Eu AMO sushi e é basicamente o que como na universidade quando nao levo marmita! Tomara que de certo seu processo Romulo e obrigada pela visita ao GNC!

    7. Ola Gabriela,
      Gostei muito do seu post. Trabalho com expatriados e penso que ao preparar-se para entrar em uma nova cultura, a experiência de cada um é um pouco diferente, porém, antecipar algumas questões poderá facilitar o dia-a-dia no novo país. E no seu post, você apresenta os dois lados da moeda no Canada.
      Um abraço,
      Transformare Psicologia

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *