10 dicas pra se virar em Toronto como um local

1. Consulte sempre a previsão do tempo antes de sair de casa. Raramente está errada.

2. Para se localizar na cidade basta ter a Yonge Street e a Bloor Street como referência. Tudo acima da Bloor é norte, tudo abaixo da Bloor é sul; tudo a esquerda da Yonge é leste e a direita oeste. É importante falar que os torontonians costumam dar como ponto de referência as grandes intersecções de ruas/avenidas, como por exemplo Bloor x Yonge ou College x Spadina.

3. Verbo commute – aqui as pessoas não dizem que vão pro trabalho de ônibus, que pegam o metro pra ir pro centro da cidade, etc. O verbo aqui é commute ou o substantivo commuting, que significa: “viagens regulares entre o seu local de residência e local de trabalho ou estudo em tempo integral. Pode se referir a qualquer viajando regular ou frequentemente repetido entre os locais de trabalho, quando não relacionados”.

4. É costume tirar os sapatos antes de entrar nas casas (seja no inverno ou no verão). Se você for visitar alguém faça como os locais, não espere a pessoa indicar, já chegue desamarrando os cadarços.

5. Quando você for fazer compras no mercado leve sempre sacolas reutilizáveis ou carrinhos de compras. As lojas e supermercados cobram $0.05 por sacola.

6. Lembre-se que tudo aqui tem taxa. Antes de comprar algo adicione em torno de 13% sobre o valor total. Esta taxa de 13% refere-se a Província de Ontario (5% de GST, imposto do governo federal e 8% de PST, imposto provincial de Ontário). Outras províncias possuem taxas próprias. É importante falar que o imposto pode variar de acordo com o produto.

7. Ao entrar na estação de metro, não esqueça de pegar um exemplar do seu jornal Metro, que é distrubuido gratuitamente de segunda a sexta.

8. A temperatura na rua é uma e dentro dos locais é outra. Por exemplo, no verão na rua as temperaturas são altas (podem passar dos 30C) e dentro dos locais há sempre ar condicionado. Já no inverno, dentro dos locais há calefação. Portanto sempre use roupas que podem ser adaptáveis a duas estações: um casaquinho no verão é companheiro inseparável e uma layer mais fresquinha no inverno também ajuda!

9. Ande sempre com sua garrafa de água ou xícara de café/chá: você achará bebedouros em vários locais da cidade – e se você levar sua xicara para comprar o cafe (eles colocam o cafe na sua xicara, sem frescura) ainda ganha desconto. No Starbucks, por exemplo, o desconto é de 10 cents.

10. Não saia beijando os Canadenses como comprimento. É impossível não perceber que os canadenses se cumprimentam de uma forma bem diferente da que nós brasileiros estamos acostumados: o contato físico não é muito comum entre as pessoas, até mesmo entre indivíduos que já se conhecem há um bom tempo. Na hora de dar oi, eles cumprimentam sem te tocar (muitas vezes nem aperto de mão) e ao dar tchau a coisa é rápida – tchau é tchau mesmo (eles não ficam enrolando como nós brasileiros, que falamos o que vamos fazer no outro dia, etc).

Agora fica aqui a pergunta pros meus amigos Torontonianos: O que vocês acrescentariam nesta lista?



  • 19 Responses

    1. Débora disse:

      Adorei suas dicas gabi, aliás, adoro seu Blog!
      Quando fui pra Toronto, passei vergonha duas vezes na hora de cumprimentar ahaha
      Sabia que eles não se cumprimentam assim, mas sabe qdo vc esquece e vai no impulso, aí qdo fez que se lembra? rs
      Fiquei com muita vergonha depois, mas fingi que não sabia ahahaha

    2. Cassie disse:

      Olá! Estou de viagem marcada e gostaria saber se você tem alguma dica sobre gorjetas. Em que lugares e quanto deve ser?

      Obrigada

    3. Catherine disse:

      não é difícil se acostumar com a questão dos cumprimentos ?

      adorei as dicas ! abraços !

    4. Van disse:

      Oi, Gaby!
      Tudo bem?
      Estou indo pra Toronto pra estudar inglês por 1 mês. Será a minha primeira vez fora da América do Sul! Estou adorando ler as suas dicas!
      Tenho disponibilidade em Abril ou Maio… datas tão próximas, mas olhando pela internet as temperaturas são tão diferentes e, pelo que tenho lido, as atrações e atividades aí dependem muito da temperatura… aí queria saber se vc tem alguma dica, qual mês seria melhor pra uma brasileira de primeira viagem que quer aproveitar tudo em 1 mês?
      Obrigada!

    5. Adorei as dicas! Super essenciais.

      Deixar TODAS as pessoas sairem do ônibus/metro antes de começar a entrar é outra coisa que complementa a resposta acima sobre os transportes… O motorista ttc não vai embora sem você…

      Ahh tem outra coisa que eu adoro. “Combinar roupa” é “vestir o que você quer, e te faz feliz e confortável no dia”, tudo é permitido! 🙂

      • Gabriela disse:

        É mesmo Isabel… até hoje eu fico impressionada como as pessoas não se importam com o que elas estão vestindo! Fico feliz de viver em um local assim! Beijos e obrigada pelo recado!

    6. Adriana disse:

      Nas reuniões sempre tem cenourinha,pimentão, couve-flor, brocólis, tomatinho, tudo cru para comer com molho para legumes…rs. Lembrei também que nas festas infantis e sempre bom ter opções peanut-free.

      • Gabriela disse:

        É mesmo Adriana… esta é uma boa! Eu adoro porque vivo de dieta! Vamos ver se nosso encontro rola soon. To esperando uma resposta de um curso e logo logo terei meu schedule e marcamos! Beijos e obrigada pelo comentário

    7. Helena Constante disse:

      Já passei vários micos nos EUA quando dei oi com beijos no rosto! as pessoas não são tão calorosas.. demorou mas aprendi =P

    8. Gabi disse:

      Adorei Gaby! Super típicas! Eu adoro ler e largar o Metro no metro (afinal está escrito que é pra compartilhar e deixar para o próximo).
      Faltou uma! Ao sair e entrar dos lugares, sempre segure a porta até que a pessoa de trás possa segurar. Nunca largue sem olhar! Parece óbvio, mas aqui as pessoas são super prestativas/educadas com estranhos e a pouco tempo fui pro Brasil e cansei de levar porta na cara!

    9. Gabriela disse:

      Gente, estou AMANDO as dicas do pessoal que mora em Toronto (e os comentários deste post em geral). Lê, realmente aqui é muito diferente e é legal saber estas “dicas” pra se parecer um pouco Canadense (até porque o Marcel tem cara de gringo mesmo hehehehehehe). Pauline: a dica do streetcar/onibus é ÓTIMA! Essa de pisar no degrau eu as vezes esqueço. Outra coisa é, quando vc estiver no ponto, não precisa fazer sinal que o motorista para o onibus de qualquer maneira! Augusto: ADOREI… essa dica de falar de tempo é muito Torontoniana mesmo! Ana, essa coisa de TIP 15% só aqui mesmo… hehehehehhe
      Beijos pra todos!

    10. Ana disse:

      Pois é! a Dica do ônibus/streetcar é importantissima!!!! Ate parece que é obvio!!!!!
      Eu acrescentaria à lista o facto de termos de dar sempre TIP 🙂 muito canadiano!

    11. Augusto disse:

      Reclamar do tempo no elevador ou em conversas de “watercooler” também é típico 🙂

    12. Pauline Ramos disse:

      Uma coisa importante é não esticar o braço para o ônibus/streetcar parar no ponto.
      E ainda sobre transporte público, no streetcar, puxe a cordinha para dar sinal que vai descer e pise no degrau da porta traseira. A porta se abre. Se não abrir, aí pode pedir pro motorista. E no ônibus, dê sinal e quando parar no ponto, a luz verde em cima da porta se acende e aí você empurra a porta.
      Está na cara que a pessoa não é daqui quando fica pedindo desesperada pro motorista abrir a porta.

    13. Wellington disse:

      Muito bacana as dicas, elas serão muito útil com certeza!
      O jeito é comprar algumas meias para levar.. rsrs, pois as minhas estão “complicadas” kkk

    14. Letícia Giacomin disse:

      Adorei as dicas, Gaby! Já anotei para a nossa ida, para dar aquela disfarçada no TURISTA escrito na testa! hahahaha
      Quanta coisa diferente, né?

    1. 21/02/2014

      […] da estação (e Toronto possui 4 estações bem definidas), entender a cultura do local e tentar se adaptar, saber como usar táxi e transporte público, as taxas sobre os produtos Canadenses, os aplicativos […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *