Poutinerie + Queen Street West

Eu já falei sobre poutine aqui no blog. Desde que eu descobri o que ele era – quase um ano atrás – ele virou meio que um vício pra mim, ou um prêmio (quando a gente faz algo certo e pensa “eu mereço”) ou ainda uma desculpa quando tenho visitas e quero apresentar um prato tipicamente Canadense.

E foi assim que eu levei a Paty e o Tiago para o Smoke’s Poutinerie da Queen Street West.

Para entender um pouco esta frase eu vou dividi=la em 4 assuntos – e é sobre isso que eu vou falar neste post: Poutine, Paty e Tiago, Smoke’s Poutinerie e a Queen Street West.

Toda região tem uma comida típica e, ao pensar em Canadá, é difícil fazer distinção de sua culinária com a americana. Porém, existe o poutine! Poutine é um prato tradicional canadense feito com batatas fritas, queijo coalho e um molho gravy (de carne bovina). O que eu digo por tradicional é: você não pode vir a Toronto e deixar de provar esta delícia. Existem diversos tipos de Poutine (de carne, com bacon, com frango, etc), mas todos devem ter estes 3 ingredientes que citei. Minha primeira impressão quando vi o poutine foi: não vou gostar, muito salgado, não gosto de queijo sem ser derretido, as batatas poderiam ficar moles… mas, me enganei! A batata não leva sal, porque o molho gravy já é salgado o suficiente. E por incrível que pareça, elas ficam crocantes. O queijo se derrete com o molho gravy quente… enfim, apesar de não parecer é uma combinação ideal!

Tiago é o primo do Ju de Criciuma. A Paty é esposa dele. Ambos são nossos afilhados de casamento. Eles vieram nos visitar e passaram as festas de final de ano aqui (vocês podem conferir um pouco nos posts de Final de Ano aqui do blog). São pessoas queridas e muito especiais… Passeamos muito por aqui e, é claro, não poderia deixar de levar eles para comer poutine (adianto que o Tiago raspou o prato).

Smoke’s Poutinerie é um restaurante de poutine, ou seja, se você quiser qualquer outra coisa (um hamburguerzinho, sei lá) não vai achar. A Smoke’s é tipo uma rede de poutinerias (meio que um McDonalds de Poutine, mas bem típico e caseiro) com lojas por todo o Canadá. Aqui em Toronto a rede possui 7 lojas. Acredito que o maior destaque da rede (além da comida ser deliciosa e feita na hora) é você poder escolher os ingredientes que irá colocar no seu poutine. Com o lema: “How do you like your poutine?” você pode escolher poutine com carne de porco, vegetariano, com carne de boi, frango, salsicha italiana, cebola, pimenta, cogumelos, bacon, e por ai vai…

A região da Queen Street West é considerado um bairro “alternativo” – normalmente comparada ao bairro Soho de New York – e, na minha opinião, um dos locais mais legais pra passear em Toronto. Numa mesma rua você pode encontrar lojas, galerias de arte, ótimos restaurantes e uma infinidade de atrações (por exemplo, estúdios da Much Music, Chinatown, Nathan Phillips Square, entre outras). A presença de pessoas de diferentes estilos influenciou as lojas da região, fazendo com que a Queen West se tornasse uma das mais diversificadas áreas de comércio de Toronto. No bairro é possível encontrar desde discos de vinil e revistas antigas até roupas de grifes e brechós. A diversidade cultural não está presente somente nas pessoas que se identificam com diferentes estilos comportamentais, mas também nos restaurantes do local. Ao contrário de outras áreas de Toronto (por exemplo Little Italy ou Chinatown), a Queen West é um bairro onde diversas culturas se misturam. Isso faz com que seja possível encontrar restaurantes de diversas nacionalidades e estilos. Destaque para a região West Queen West, a região entre a Bathurst e Gladstone Avenue aonde você pode encontrar muita coisa legal sobre arte e cultura.

You may also like...

2 Responses

  1. Quando se viaja realmente é muito bom se ter a oportunidade de conhecer a cultura local, costumes, lugares conhecidos e… comida!!!
    Confesso que quando chegamos lá tive a mesma impressão que comentasse: pensei que a batata fosse ficar mole, que não seria tão saboroso… mas não é que me supreendi comigo mesma e gostei?! 😛
    pra quem for ao Canadá, vale a pena experimentar o Poutinerie!!
    e pra variar gaby… ficou muito legal o post!!
    Beijosss

  1. 07/11/2013

    […] quero comer algo gostoso eu pego um streetcar e parto para a Queen Street West, uma rua que é a cara de Toronto – com várias opções de comidas, para todos os […]

  2. 27/02/2014

    […] (com gravy vegetariano e queijo sem lactose), e por ai vai. E você também não precisa ir a uma Poutineria para provar o poutine: eles são vendidos até no McDonalds. Ou seja, você não terá nenhuma […]

  3. 13/09/2014

    […] Esta semana a Vogue publicou uma reportagem com os 15 bairros mais cool do mundo e, adivinhem, a região West Queen West (que é a parte Oeste da rua Queen West) ficou em segundo lugar (merecidamente!) – clique aqui e veja a reportagem. Eu nem preciso dizer pra vocês que achei O MÁXIMO. Quem me conhece sabe como eu amo a Queen Street West e já falei várias vezes sobre ela aqui no blog (leia um dos posts clicando aqui). […]

  4. 03/02/2015

    […] e uma coca zero para rebater hehehe). Se você quiser saber mais sobre poutine clique aqui e aqui e veja outros posts do GNC falando dessa delícia […]

  5. 03/04/2015

    […] ser feitas ao ar livre. No verão adoro ir ao Trinity Bellwoods Park com meus amigos, andar pela Queen Street West e desbravar o Kensington Market. No inverno, gosto de patinar no gelo no Harbourfront, andar na […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *