Dias especiais no Oeste!

Eu e o Ju ficamos um pouco mais de 1 mês separados. Essa não foi a primeira vez que ficamos tanto tempo longe um do outro e nem o recorde até hoje; mas, certamente foi mais do que suficiente para causar uma saudade enorme, daquelas que aperta o peito. Como o Ju precisava estar de volta ao trabalho nesta segunda (dia 24 de outubro) e como eu tinha que estar em Vancouver nos dias 21 a 24 de outubro (apresentação de trabalho no Congresso Canadense de Cardiologia) unimos o útil ao agradável e passamos 5 dias nesta região da América do Norte. Porém, se você pensa que fizemos uma viagem (que eu mais considero um passeio) cheia de pontos turísticos ou atrações especiais, esqueça! Este foi certamente um passeio diferente, aonde curtimos (muito) um ao outro (muito mais do que o lugar aonde estávamos) e isso foi o que tornou estes dias tão especiais.

Segue abaixo um pouco sobre nosso roteiro, o que fizemos e como curtimos estes 5 dias num passeio totalmente diferente, especial e imprevisível!


Eu vindo de Toronto e o Ju do Brasil, e foi assim que chegamos no aeroporto internacional de Vancouver. Confesso que eu acho este aeroporto tão pequeno (só não perde pro de Floripa) que passar 5 horas esperando o maridão chegar foi um desafio! Quer dizer, foi um desafio ficar sem comer besteira ou não ficar ansiosa. Mas no fim passou rápido e logo eu e o Ju estávamos juntinhos!

Juntinhos


Após a chegada, alugamos um carro e fomos direto pegar o Ferry para passear na Vancouver Island. Você pode ter todas as informações sobre horários, preços e locais para embarque no BC Ferries Website. Para quem não sabe, Victoria é uma das 6 cidades localizadas nesta ilha e a capital da Província de British Columbia. O passeio vale a pena e a Victoria é uma cidade muito charmosa e diferente – tentamos achar alguma cidade que estivemos semelhante e não conseguimos encontrar. Entre as atrações do local posso citar: Inner Harbour de Victoria, Parlamento de British Columbia, Hotel Fairmont Empress, Butchart Gardens, Fisherman’s Wharf e The Royal British Columbia Museum.

Victoria a noite

 

Hotel Fairmont Empress

 

Vista da cidade no barco


De Victoria seguimos (de barco) para os Estados Unidos. A cidade de desembarque é Post Angeles e nos dá uma impressão errada da região (porque a cidade é pequena, estranha). De lá, coladinho com a cidade fica o Olympic National Park, um lugar simplesmente fascinante e talvez a melhor surpresa da viagem. Imaginem um caminho entre lagos de cor azul petróleo, árvores amarelas de outono, montanhas e um ar de suspense. No meio do parque fica a cidade de Forks, que possui uma população de um pouco mais de 3500 habitantes e é famosa por ser o local aonde supostamente os vampiros de Crepúsculo moram. Passando pela cidade de carro eu achei o nome familiar, mas só depois é que me dei conta (senão certamente teria passado um pouco mais de tempo por lá).
Seguindo viagem, visitamos as praias do litoral do Pacífico, com destaque para a Ruby Beach, praia repleta de pedras e um local lindo para passear e bater fotos.

Olympic Park no outono

 

O carro e o motorista

 

Ruby Beach

 

Nós na Ruby Beach


Tinhamos 1 dia para conhecer Seattle + fazer compras no Outlet + visitar a fabrica da Boeing em Everett. Além disso, o tempo não estava ajudando – chovendo muito. Resultado: passeamos de carro a noite por Seattle (sem parar em nenhum ponto turístico, e sem nenhuma foto devido a chuva), fizemos o tour pela fábrica da Boeing (super recomendo) e passamos mais de 6 horas dentro do outlet (o que foi um tempo mais do que bem aproveitado).

Everett – meio do caminho entre Vancouver e Seattle

 

Ju na Boeing

 

Turbina do 747

Turbina do 747


Não foi nossa primeira vez na cidade – e certamente não será a última. Então optamos por descansar e curtir muito um ao outro. Por causa do Congresso, o Ju acabou fazendo uns passeios sozinhos. Mas não deixamos de passear: no Stanley Park, na Grouse Mountain, na Granville Island (aonde está o Public Market), no Canada Place, no Yaletown (região de bares), etc. Foi um tempo muito bom e bem aproveitado! Vancouver é realmente linda e com o outono estava ainda mais charmosa!

Lions Gate Bridge

 

Stanley Park by Ju

 

Vista das montanhas – Canada Place

 

Jantar especial

Jantar especial

Agora é voltar pra rotina. E, depois de 2 meses sem ter o Ju em Toronto, eu confesso que não vejo a hora! O Ju acabou de chegar em Toronto e eu só volto na terça de manhã. Por isso, ainda terei 1 dia por aqui! Prometo que assim que organizar as fotos eu coloco mais! Apesar do objetivo da viagem não ter sido bater fotos, a gente até que bateu um bocado! Beijos pra todos



  • 1 Response

    1. anna maria lima de melo disse:

      Fico muito feliz em ver vocês felizes. Fotos lindas…lugares lindos mas nada se compara em ver vocês juntinhos. Beijos.

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *