Muito mais do que “Falls”

Um dos passeios que os turistas devem fazer quando estiverem em Toronto é uma visita a região de Niagara. Niagara é conhecida pelas cataratas (Niagara Falls) e também por ser destino de casais americanos e canadenses em lua de mel. Mas – certamente – esta região é muito mais do que isso!
Mesmo se você vier aqui no inverno – quando o frio e a umidade das Cataratas fazem um passeio a céu aberto ficar quase que insuportável, mesmo assim, eu acredito que vale a visita.
Hoje levamos os pais do Ju e minha mãe para esta região para um dia muito especial, e início da comemoração do Dia das Mães, e é isso que irei escrever nos próximos posts.

Toronto – Niagara Falls 1h33 minutos – 128km

Niagara Falls
As cataratas do Niagara são consideradas as mais fortes quedas d’água da América do Norte e estão localizadas no rio Niagara, na fronteira entre os Estados Unidos (estado de New York) e o Canadá (província de Ontario). As cataratas do Niagara são divididas em três: Cataratas Canadenses, as Cataratas Americanas e as Cataratas Bridal Veil.

Niagara Falls (da esquerda para direita: American, Bridal Vail e Canadian Falls)

As Cataratas Canadenses (também chamadas de Cataratas Horseshoe) é a maior das três cataratas, e aproximadamente 90% do volume do Rio Niagara passando por ela. As quedas possuem uma altura média de 53 metros, e 671 metros de comprimento.

Cataratas Canadenses

As Cataratas Americanas correspondem a 10% do volume do Rio e sua altura varia entre 21 a 34 metros de altura. As Cataratas Bridal Veil (Véu de Noiva) são as menores e do lado das Americanas, possuindo 17 metros de altura.

Cataratas Americanas

Do lado canadense a região ao redor dessas três cataratas é cheia de jardins, parques, restaurantes, hotéis, casinos. Destaque para o Skylon Tower, torre de observação e restaurante (para quem era fã de LOST, aonde o John Locke pediu sua namorada em casamento). Nela, além de ver as cataratas você consegue ter uma visão da cidade de Toronto em dias claros. Todas as noites há um show de luzes nas Cataratas que dizem ser imperdível.

Skylon Tower

Maid of the Myst

Parques em Niagara Falls

Do lado americano, o destaque é o Prospect Park, um parque verde aonde você pode fazer trilhas até chegar nas cataratas. Mas a vista mais bonita mesmo é a do lado canadense.
Um passeio que pode ser feito tanto do lado americano quanto do Canadense é pegar um barco e ir ëm direção” as Cataratas. Nunca fizemos mas parece ser divertido.

Niagara-on-the-lake
Cidadezinha simpática e aconchegante na entrada do rio Niagara. O maior destaque da região certamente é o passeio (de carro, onibus, a pé, bicicleta ou cavalo) entre as vinículas da região. Além delas, as casas são lindas, o passeio ao redor do lago Ontario é maravilhoso e o centro da cidade (Queen Street), certamente uma visita inesquecível. A Queen Street é a principal rua da cidade, cheia de casas com estilo vitoriano, cafés, restaurantes e, o mais importante, sorveterias. Destaque para o Prince of Wales, hotel vintage que serve buffets de café da manhã, almoço, jantar e chá da tarde.

Clock Tower

Prince of Wales Hotel

Tulipas na Queen Street

Niagara Pkwy: estrada que costeia o Rio Niagara e é linda demais. Nela você verá parques, casas maravilhosas, algumas das vinículas, fortes… O Queen’s Royal Park vale uma parada e você pode ver a cidade de Toronto do outro lado do Lago Ontario.

Vista do Fort Niagara State Park (USA) do Queen’s Royal Park

Há mansões e casas “menores”… todas lindas!

Centro de Cultura

Niagara Pkwy

Vinículas: segundo informação que tivemos hoje, a região de Niagara on the Lake possui mais de 100 vinículas. Geralmente, além de fazer o tour e conhecer o processo de fabricação dos vinhos, algumas delas oferecem almoço, algumas são hoteis e outras até spa. Obviamente não conhecemos todas, mas pessoas que estudam comigo indicaram duas que, segundo eles, são as melhores: Inniskillin e Peller Estates. Escreverei mais sobre elas em um outro post.

Peller Estates Winery

Icewine: quando se pensa em Niagara on the Lake, os canadenses pensam em Icewine. Icewine é um vinho de mesa (branco ou tinto) feito a partir de uvas congeladas (no inverno), que atingem um nível diferenciado de sabor (os açucares não são dissolvidos, mas a água sim, o que faz com que este tipo de vinho seja mais doce e com textura de licor). Por isso mais se parece com um licor: é doce e desce leve. Ideal para tomar com sobremesas, inclusive chocolate. Sua garrafa é facilmente reconhecida sendo fina e alongada. O Canada e a Alemanha são os maiores produtores de Icewine, sendo que a região de Niagara produz cerca de 75% do produzido no mundo.

Loja de Vinhos

Prova e compra de Icewine – Peller Estates Winery



  • 33 Responses

    1. Renata Borrego disse:

      Oi Gaby!
      Vou em janeiro passar 12 dias no Canadá e estou amando seu blog, pois quase todas as minhas dúvidas são remetidas e respondidas por você pelo google!
      Iremos eu e meu filho, minha intenção inicialmente é chegar de Nyc a Quebec, depois Ottawa, depois Montreal e finalmente Toronto.
      Minha pergunta é sobre locação de carro e sobre como dirigir no inverno por aí, pois não tenho experiência na neve.
      O único trecho que faria de avião é Montreal/ Toronto.
      Os demais pensei em trem.
      Você acha que locar carro seria mais viável?
      Abraços e parabéns novamente!

      • Ola Renata. Então, não é tão simples e sua viagem tem que ser bem flexível pois caso aja uma nevasca vc tem que parar no lugar que está e esperar passar. Mas geralmente as condições das estradas são boas e eles limpam as principais rodovias bem rápido. Mas, novamente, se tiver muita neve tem que parar e esperar passar.
        Abraços

    2. Amanda disse:

      Olá Gaby. Prentendo fazer o passeio de um dia a niagara falls dia 17 de maio.
      Vi que existe varios passeios e atrações (Journey Behind the Falls , Hornblower Niagara Cuises, Niagara’s Fury, White water walk, WHIRLPOOL AERO CAR, skylon tower…. ). Se tivesse que escolher, quais você indica em ordem decrescente?

    3. Mariana disse:

      Olá Gaby,
      EM julho deste ano estarei indo para Toronto fazer 1 mês de intercambio, tenho apenas 17 anos e fiquei um pouco confusa ao ler seu post. O passeio até Niagara Fall´s pode ser feito através de empresas ai de Toronto? Sobre essa Niagra-on-the-lake, é proxima a Niagara Fall´s? To amando seu site!! Obrigada, Mariana

    4. Rogério Brandão disse:

      Boa noite Gaby!
      Estou indo passar alguns dias em Toronto no mês de Abril e gostaria de aproveitar para visitar alguma igreja de hispânicos. Sabe se existe alguma em Toronto?
      Obg. Abs.

    5. Cássia disse:

      Ótimo post.
      Estarei em breve em Toronto. Gostaria de saber mais ou menos quantos reais é necessário para visitar todos esses lugares. (não tenho ideia e quero fazer um orçamento).

    6. Leandro disse:

      Olá Gaby, vou em outubro fazer uma conexão (em torno de nove horas) em Toronto e fiquei muito interessado em conhecer as cataratas, mas não sei se terei tempo, quantas horas você acha que dá para fazer esse bate e volta do aeroporto de Pearson? Mesmo que corrido, só do lado canadense mesmo sem fazer o passeio de balsa ou subir na torre. Gosto muito de natureza e nada de compras por isso o interesse. Tem transporte público até lá?Obrigado!!!

      • Ola Leandro. A maneira mais rápida seria alugando um carro já no aeroporto, mas eu confesso que acho arriscado (eu não faria). O trajeto pode ser feito em 1h30 para ir, 1h30 para voltar “sem trânsito”. O problema é que Toronto tem um trânsito caótico e você teria que contar com isso. Não há transporte público até lá, mas há onibus que saem da Union Station – que fica no centro de Toronto (tem post no blog sobre como chegar em Niagara Falls). Você terá que se planejar muito bom e contar com pelo menos mais 2h de transito para não perder seu vôo. Espero ter ajudado (e não complicado hehehe). Abraços

        • Leandro disse:

          Obrigado Gaby pela atenção e resposta rápida, vou providência o visto e pensar no assunto, vc sabe se o visto de trânsito permite sair do aeroporto?
          Obrigado mais uma vez, abç!

    7. Marília Ruivo disse:

      Olá Gaby!
      Eu e minha família iremos para Toronto em maio, porém nosso voo é para Detroit. Gostaria de saber como é a travessia da fronteira para o Canadá. Passaremos também em Niagara on the lake, ao invés de irmos diretamento a Toronto. Só é necessário o passaporte e o visto ou é necessário mais algum documento?? Eles fazem algum tipo de inspeção? Parabéns pelo seu blog!!! Tem sido meu guia no planejamento da viagem!!!

      • Ola Marília. A passagem é semelhante à entrada em aeroportos. Muitas vezes é necessários mostrar reservas de hotéis, pode haver inspeção de malas e se o carro for alugado você vai precisar mostrar o contrato de aluguel. Você deverá sair do carro, pagar uma taxa de US$6 por pessoa (se não me engano) e ser entrevistado por um oficial. Acho que é isso. Obrigada pela visita ao blog

    8. Natalia disse:

      Gaby! Você levou o Joe para visita a Niagara? Se sim, como foi? Ficaram em Hotel? e nos passeios é viável?

      Obrigada, bjos e um lindo 2015 pra vc 🙂

    9. Janine Amanda Mousquer disse:

      Oi Gaby, estou completamente apaixonada pelo eu Blog, incrivel cmo você esta me ajudando…parece que tem as respostas para todas as minhas perguntas! kk 🙂
      Estou indo para o Canadá em outubro, ficarei somente um mês, e vou dar uma passada em Toronto, 3 dias. Adorei o vinho que você comentou, deve ser maravilhoso…mas minha pergunta é, tem como trazer algumas (poucas) garrafas deste vinho para o Brasil na bagagem? Pensei em trazer como presente para minha família…

      Obrigada e Parabéns pelo Blog, estou lendo TUDO! 🙂

    10. Thayanna disse:

      Gabi, tudo joia?? To estudando no Canada por 6 meses e meus vem me visitar em julho!!

      • Gabriela disse:

        Olá Thayanna! Para dicas de compras sugiro vc ler este post do blog http://gabynocanada.com/2012/02/26/compras-na-fronteira/ Não conheço este Grove City, sempre vou no Fashion Outlets e gosto bastante. Para fazer compras nos USA vc tem que ficar mais do que 24h. Ficamos em hotéis de rede – Marriot, Holiday Inn – e depende do preço mas tem varias opções! Para alugar carro veja as agências Hertz, Avis ou Dollar e no site das empresas tem as localidades!
        Sobre 1000 ilhas tem sim vários passeios por dia – da uma olhada nos links que tem no post 😉
        Obrigada pelo carinho, da uma lida nos links com calma e aí se ainda assim vc tiver duvida nos falamos!

    11. Thamy disse:

      Oi Gabi estou indo para Toronto em junho e alugamos um carro para fazer Niágara, mais estou com medo de ser pouco tempo, pois queria atravessar e fazer compras nos EUA. Queria alguma sugestão do que é imperdível e de quanto tempo preciso para conhecer Niágara? se devo ficar lá de manha ir para as compras e na volta já a noite tem algo que da para fazer em Niágara???
      uffa qta informação né? obrigada!

      • Gabriela disse:

        Olá Thamy. Tenho vários posts com dicas de Niagara aqui no blog, da uma fuçada que vais achar muita coisa e montar o roteiro que seja melhor pra vc. A fica é dormir nos USA se vc for fazer compras, senão não pode trazer nada – a cota é zero se vc ficar menos de 24h.
        Obrigada pela visita ao GNC!

    12. Mayra disse:

      Acabei de ver, muito bom!!! muito obrigada Gaby!! Espero que não esteja muito frio final de outubro.

    13. Mayra disse:

      Oi Gabi, minha dúvida agora é sobre a Niagara Falls. Vamos sair de Detroit dia 29 agora as 4 da tarde, vamos direto para Niagara Falls, chegaremos a noite, você tem alguma dica do que poderemos fazer? Outra dúvida, penso em conhecer as cataratas e Niagara on-the-lake no dia seguinte de manhã e lá pelo meio dia partir para Toronto, será que da tempo? Outra dúvida, você sabe se é melhor se hospedar na parte americana ou canadense? Se você tiver alguma dica de um Hotel bom e com preço justo por lá também agradeceria. Obrigada Gabi e parabéns novamente pelo site!

      • Gabriela disse:

        Oi!!! Melhor a Niagara do Canadá – mais bonita e mais coisas para fazer. Como disse na outra mensagem nao conheço nenhum hotel na região pois nunca me hospedei. Geralmente nosso passei por Niagara e Niagara on-the-lake é de 1 dia – e nao fazemos muita coisa nao! Acho que é melhor deixar mais algumas horas… Tem um post de Niagara hora a hora que é otimo – falo do que fiz quando levei amigos a cada hora e vc pode ter uma noção de quanto tempo demora… 😉 beijos

    14. Adriana disse:

      Olá Gaby, estou viajando para o Canadá e pesquisando algumas coisas bacanas. Amei seu blog!!!

    15. Daniela disse:

      adorei as dicas do blog, estou seguindo todas no meu roteiro! abs

    16. Tiago disse:

      Oi Gabriela,
      Vou para o Canada (Toronto, Niagara Falls, Quebec, Montreal, Ottawa) em agosto, gostaria de saber quanto tempo (horas ou dia) você recomenda separar para conhecer Niagara on the Lake.
      Estamos acompanhando todas as suas dicas.
      Obrigado!

      • Gabriela disse:

        Obrigada pelo recado e pela visita ao blog Tiago. Nao deixe de gostar da pagina do blog no facebook (lá eu posto outras dicas). Niagara on the lake é pequena e vc pode conhece-lá no dia que for visitar Niagara Falls. Se tiver mais tempo, durma 1 noite na região e conheça tudo com calma, o que será mais do que suficiente. Abraços

    17. Ana Carolina M. Rocha disse:

      Olá, Gaby!
      Estou indo para o Canadá agora em janeiro, gostaria de saber qual a melhor maneira para ir as cataratas e quanto irei gastar em média?

      Obrigada.

      • Gabriela disse:

        Ola Ana. Na minha opinião a melhor maneira é ir de carro – ainda mais que vc vai no inverno. De carro voce tambem consegue ir nas vinicolas e Niagara on-the-lake. O aluguel de carro custa em torno de 50 dólares por dia + gasolina. Para visitar o parque você não precisa pagar nada. Tambem nao tem custo o passeio as vinicolas – mas se vc quiser visitar e fazer o tour terá que pagar. Se quiser curtir as cataratas de uma maneira diferente, conforme as citadas nos posts, cheque os links que passei (pois cada uma possui um custo). Espero poder ter ajudado.
        Boa viagem e ótimo ano novo!

    18. Alessandra disse:

      Gabriela,
      Parabéns, seu post é ótimo!
      Irei à Nova Iorque em fevereiro do ano que vem e estou pesquisando outros lugares próximos para dar uma esticadinha… Toronto está em minha lista, só estou com receio de congelar por lá, visto que será final de inverno. Você esteve lá nesta época?

      Grata

      • Gabriela disse:

        Ola Alessandra! Vc esta perguntando se eu estive em NY final do inverno? Eu já estive em NY em dezembro e é tão frio quanto Toronto… mas como vc vai passear vale a pena! Tudo diferente! Estarei postando sempre dicas aqui… da uma olhadinha sempre! Beijos

    19. Letícia Giacomin disse:

      Que lindo, Gaby! Amei! A cidade é muito charmosa, que delícia!
      Mais um lugar maravilhoso!!!

      Ah, feliz dia das mães, Gaby! Afinal, o Joe é seu filho querido, né! 🙂
      E manda um feliz dia das mães pra tia Anna! E adivinha quem vai almoçar conosco lá na mãe? Cururu, seu papis! hehehe

      beijãooo e muitas saudades!!!

    1. 28/07/2011

      […] de barco por elas), a cidadezinha de Niagara-on-the-lake e passear pela região de Vinículas. Este post do blog explica direitinho sobre as atrações da região. Uma dica legal é: se você possui o […]

    2. 07/12/2012

      […] Canadá é conhecido por ser o maior produtor mundial de Icewine (e eu já falei sobre isso aqui e aqui no blog). Apesar de produzir outros tipos de vinho o país ainda é considerado um pequeno […]

    3. 14/03/2013

      […] e aconchegante na entrada do rio Niagara várias vezes aqui no blog (check um dos posts clicando aqui). Entre as atrações do local destacam-se as vinícolas, o Fort George, Fort Mississauga, […]

    4. 31/07/2013

      […] minutos de distância de Niagara Falls (pertinho de Toronto), e faz seu passeio a esta região ser muito mais do que as cataratas. É uma cidade bonita, com uma linda rua principal e belos parques. Além das lojas e cafés na […]

    5. 22/09/2013

      […] sobre Niagara não faltam. Por isso selecionei posts diversos da região, um de cada ano. Post 2011 Post 2012 Post […]

    6. 23/01/2014

      […] 5- Não visite apenas o centro Essa história de que Toronto é só CN Tower, Bloor Street e Eaton Centre é coisa do passado gente. Se você estiver por aqui (e com mais tempo é claro), não deixe de conhecer outras regiões da cidade (além do Centro). E eu trago várias dicas e posts aqui no GNC, como por exemplo Bluffer’s Park, Ilhas de Toronto, Humber Bay, Unionville, Village of Islington, Old Mill, Lakeshore, e, é claro, Niagara Falls. […]

    7. 03/02/2017

      […] Blue Mountain Bruce Peninsula Bruce Trail Elora Frankenmuth Grafton Hamilton Muskoka Niagara Falls Niagara-on-the-lake Point Pelee National Park Prince Edward County Scenic Caves St Jacobs Stoney Lake Stratford […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *