Entendendo a GTA

Se você vier para Toronto vai ouvir várias vezes a expressão GTA, que significa Greater Toronto Area (ou a região metropolitana de Toronto).
A GTA possui uma população de mais de 5.6 milhões de habitantes e compreende 5 municípios: Toronto, York, Halton, Peel e Durham.

O que mais me chama atenção nesta região é sua diversidade cultural: aqui são faladas 17 línguas, sendo que o Inglês é falado (em casa) por 55% da população.

Toronto em si é pequena e não vive sem suas cidades e regiões vizinhas. Por exemplo, o maior aeroporto da região fica em Missisauga (aquele que sempre usamos para ir e voltar para o Brasil); o outlet fica em Vaughan (sempre muito visitado hehehehe); nossos amigos Marceu e Josi moram em Richmond Hill e estamos sempre por lá… e por ai vai. Para vocês terem uma noção como a GTA é uma área só, pegamos um metro na esquina de casa e em 15 minutos estamos na casa dos nossos amigos em Richmond Hill. Na verdade, quando cheguei aqui eu achava que Toronto era a cidade e os outros nomes (que acabavam surgindo no meio da conversa) eram bairros. Estava (obviamente) enganada.

E falando em bairros, ao contrário do Brasil, não costumamos colocar no nosso endereço o bairro aonde moramos. Tudo vai pelo CEP (zipcode) mesmo. Na verdade, os bairros aqui em Toronto são estranhos, pois não havia até pouco tempo um consenso aonde eles começavam e terminavam. Um jornal local acabou mapeando os bairros e você pode conferir tudo clicando aqui.

Segue abaixo alguns dos bairros que conheço (na região central de Toronto) e indico para quem vem passear por aqui:


Downtown
Região aonde moramos. Compreende a região da Yonge Street, começando na Bloor até a King Street. É nesta região que fica o Eaton Centre. É também nesta região que você encontra umas lojas alternativas, que vendem obejtos que vocês nem imaginam que existem. Vale a caminhada! Os quarteirões entre a College e a Queen são chamados de Downtown Yonge. O cruzamento da Yonge com Dundas é chamado Yonge-Dundas Square, um espaço estilo Times Square, com telões, bares, restaurantes, o Eaton (mall) e um ambiente perfeito para muitas fotos.


Kensington Market/Chinatown
Tai um lugar super diferente: o Kensigton Market, coladinho com Chinatown (Spadina Avenue). É uma espécie de mercado a céu aberto, com ruas estreitas e muitos brechós, restaurantes mexicanos e chineses, artigos de música e verdureiras. Ao redor da Baldiw Street você encontra mercados de queijo, padarias e cafés. Vale a visita para explorar esta multiculturalidade!


Waterfront
Compreende a região ao redor do lago Ontario. Destaque para o Ontario Place (um espaço para eventos + parque de piscinas), o Music Garden (espaço verde com jardins e esculturas), o HTO Park (com areia, espreguiçadeiras e sombrinhas – estilo praia) e o Harbourfront Centre (espaço para eventos). É nesta região que você pega os Ferries para ir para as Ilhas de Toronto.


Little Italy
Uma região cheia de restaurantes e sorveterias, que começa na intersecção das ruas College e Bathurst (bem aonde eu morei quando cheguei aqui). Não poderia ser melhor! Destaque para os restaurantes: Marinella, Il Libretto (pizza Napolitana) e a Sorveteria e Café Sicilian.


University of Toronto
O nome do Campus da Universidade de Toronto é o St George (nome da rua principal da Universidade), mas a região compreende muitos prédios que se localizam principalmente da Spadina até o Queens Park (sentido leste-oeste) e entre a Bloor e College (sentido norte-sul). Os edifícios e os jardins da Universidade (de estilo românico e gótico – datados entre 1858 e 1929) são uma atração imperdível na região central de Toronto.




Bloor/Yorkville
É uma região super chique, com as lojas famosas (por exemplo, Cartier, Louis Vuitton, Prada e Vera Wang) e também de restaurantes e hotéis. Além disso, é nesta região que acontece o Tiff (Toronto International Film Festival). Enfim, vale uma caminhada e até entrar em algumas lojas na região entre a Bloor Street, Cumberland e Yorkville Avenue.


Financial District / St Lawrence / Distillery District
Três regiões muito próximas. A primeira região (Financial District) repleta de prédios comerciais e ruas escuras devido ao arranha-céus. O que é legal desta região é o The Path (passagem subterrânea de 10 km). O St Lawrence é o mercado público daqui, que oferecendo produtos regionais, um local histórico que é considerado o berço de Toronto. O Distillery Historic District é pertido dali, um antigo centro industrial com várias galerias, lojas, padarias e cafés que, segundo críticos, lembra Paris. Se tornou um centro cultural muito agradável. As regiões de St Lawrence e Distillery District são consideradas a parte antiga da cidade (Old Town).


The Beach
Um outro clima, estilo praia mesmo (apesar de não termos mar aqui). Destaque para a Woodbine Beach, uma “praia” mais parecida com as nossas do Brasil, com areia, quadras de vôlei e piscina. A água do mar é fria, mas até vale um banho quando a temperatura está na casa dos 40 graus.


Toronto Islands
As ilhas artificiais de Toronto são um bairro/atração que deve ser visitada. As ilhas possuem praias, trilhas, parque de diversões, restaurantes. O Ferry podem ser pegos no the Ferrydocks na 9 Queen’s Quay W (localizado na Queen’s Quay entre Yonge Street e Bay Street).


The Danforth /Greektown
A região da Danforth Avenue compreende a maior comunidade grega na América do Norte. As ruas são lindas, com canteiros de flores e um restaurante grego em casa esquina. Obviamente destacamos o Pan on the Danforth, nosso preferido!




High Park
O maior parque em Toronto. Zoológico, parque, trilhas, quadras… região que vale a pena! Vejam meu post sobre o parque.



  • 17 Responses

    1. Jessica Capovilla disse:

      Bom dia Gaby, tudo bem?
      Estou indo com o meu namorado para passar 12 dias em toronto, e estou procurando airbnb para ficar.
      Encontrei alguns em Leslieville e uns em Treffan Court.
      O que você me diz?

      Obrigada

    2. Marco Aurélio Carneiro disse:

      Olá Gaby,
      Estou indo com família de 5 para um mestrado sanduiche e dois deles um para high school e outro para o ensino fundamental. Os outros dois já adultos vão para imersão em inglês. Pretendemos ficar por uns 6 meses e vou para a Universidade de Toronto, Law school. Como é para alugar um imóvel para essa temporada? Parabéns pelo site.

    3. Priscilla disse:

      Gaby, estou me mudando em junho. Você saberia me indicar um bom bairro de classe média e com boas escolas infantis? De preferencia com mais canadenses do que estrangeiros, senão não pratico o inglês. Rs…. Muito obrigada! Priscilla

    4. Ana Alencar disse:

      Oi Gaby . Adoro seu blog. Vou morar em Toronto com meu marido e meu cachorro, mas ando com muitas duvidas em relação a qual bairro alugar um apê ou dependendo até uma casa. Me indica aí um bairro seguro , bonito e perto do metro. Bjos

    5. Marilia disse:

      Olá Gabi!
      Por um contratempo acabei midando meu College de Vancouver para Toronto!Me mudando em menos de um mês!
      Eu morri em Van por 10 meses ano passado entao ja esta mais segura da ida pra la.
      Estiu adorando seus post! Voce tem indicacao de algum grupo, pagina do face, ou qqr coisa q eu possa estar me familiarizando mais?
      Com o ser site estou aprendendo muito e ja estou me encantando com Toronto!!

      Obrigada e parabens pelo trabalho!!!

    6. vinicius disse:

      ola gaby,eu gostaria de quando eu for para toronto, eu pretendo morar na GTA pois os valores sao melhores, o estilo de vida e bem mais tranquilo e menos agitado comparado a toronto, mas tambem gosto muito dos bairros residênciais de toronto…
      mas eai, na sua opiniao eu devo optar por morar na GTA ou em toronto?

      • Ola Vicinius. Concordo com vc: o estilo de vida fora de Toronto é mais tranquilo, mas tbem de você morar muito longe não vai poder curtir tudo que a cidade tem a oferecer. Confesso pra vc que eu sempre tive esta duvida e no momento moramos em Toronto mas nao no centro e curtimos um pouco de sossego mas tbem estar perto de tudo. Morar em Toronto é mais caro, então isso pode tbem pesar muito na sua escolha. Eu fico com Toronto, por enquanto.
        Obrigada pela visita

    7. João Victor disse:

      Oi Gaby, tô devorando seu site… muito bom mesmo!! 😀
      Mas me ajuda com uma coisinha: vc conhece Scarborough? Vou pra Toronto fazer duas semanas de curso de inglês, e minha homestay fica nesse lugar. É muito longe de tudo? Perigoso? Tranquilo? Fácil de locomover?
      Desculpe tantas perguntas, mas é que achei pouca coisa sobre lá… Se puder me ajudar..!
      Desde já, obrigado! 😀

      • Entao Joao, Scarborough é uma regiao ao leste de Toronto e eu vou pouco pra la porque Moro no oeste. É um subúrbio de TO e uma região mIs feinha, eu não sei sobre locomoção, mas é mais afastado do centro sim! ;-/

        • João Victor disse:

          Obrigado por me responder! Acho que por 2 semanas dá pra encarar essa distância, né? Segundo a agência, fica a 14km da escola… Vamos ver como me saio! 🙂
          Abraço!

    8. Anna disse:

      Olá Gabi,

      Estou indo com um grupo de colegas final de julho para um curso em Thunder Bay. Mas vamos ficar apenas dois dias em Toronto. Queria ver se podes indicar um bairro legal, e central em Toronto, e talvez um Hotel bom e em conta.

      P.S.: A Ingrid Schlup que me indicou o seu blog.

      Obrigada,
      Att.
      Anna

      • Gabriela disse:

        Oi Anna! Obrigada pelo seu recado! Acho que vc deve ficar no centro. Sobre hotel, dê uma olhada na internet, na região central (próximo ao Eaton Centre) é um bom lugar pra ficar. Eu não tenho nenhuma indicação de hotel, mas vc pode me passar alguns nomes e endereços e eu posso te ajudar falando do que acho da região.
        2 dias em Toronto dá pra conhecer muita coisa! Vais amar a cidade! Beijos

    9. Gustavo Henrique Perez disse:

      Olá Gabriela, parabéns pelo seu blog, pretendo passar férias no Canadá/Estados Unidos ano que vem e tenho certeza que seu blog vai me ajudar bastante, pelo pouco que li já gostei parabéns

    10. Roger disse:

      Oi Gaby. Tds as vexes q leio teu blog tenho a sensação de estar em Toronto. Aliás, eu e a Sá sempre conversamos sobre visitar o Canada, especialmente Toronto. E, claro, vcs. Qdo teus pais voltarem vamos trocar mais informações. Td d melhor p vcs. Bjs

    1. 25/11/2013

      […] E é sobre “andar de trem” que irei falar hoje aqui no blog, mais especificamente na GTA e cidades próximas a […]

    2. 23/01/2014

      […] nada mais é do que a região metropolitana de Toronto (quer saber mais sobre a GTA leia este post aqui). Na minha opinião, se hospedar fora do centro é ter que correr para pegar transporte público […]

    Deixe um Comentário

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *