Longe dos olhos, perto do coração…

GNC1

Muitas pessoas me questionam como eu consigo estar casada e longe do meu marido. Bom, na verdade não é que eu consigo… eu nem penso muito nisso…mas sei que é preciso neste momento das nossas vidas. É engraçado pensar que estamos tão longe e tão perto ao mesmo tempo. Na verdade, ele está sempre aqui comigo: tudo o que eu faço, cada esforço, cada sucesso, eu sinto ele presente… e saber do seu amor e suporte me motiva a ser melhor, a lutar por um futuro melhor para a “nossa família”… Vamos ser sinceros, não é qualquer casal que consegue ficar separado e não é toda esposa que recebe apoio incondicional do marido para morar fora. O que posso dizer é que é preciso um amor muito forte, um respeito mútuo e muita sorte de achar a pessoa certa, aquela que respeita suas decisões e te apoia 100%!… como disse a Alice (uma grande amiga) a pouco no facebook: ” […]não é todo mundo que tem a sorte de ter uma pessoa e algo TÃO especial a ponto de conseguir ficar TÃO longe!”. O Ju voltou para o Brasil ontem, mas está aqui comigo sempre! Daqui a um mês ele está de volta para me visitar… enquanto isso o jeito é segurar a saudade e me dedicar ao propósito que nos afastou por este período: estudar e fazer um bom trabalho no Canadá!

You may also like...

3 Responses

  1. ai Gabi chorei lendo teu post…impossível nao chorar afinal…tb to casada e longe do meu marido…..mas em breve estarei em Toronto…agora falta pouco…na verdade ja to longe dele desde junho do ano passado 2013 qdo ele decidiu imigrar p/ o Canada… ele já tinha aguardado seu longo processo de imigração…veio fim do ano passear e ficamos apenas 15 dias juntos..onde casamos ….e tudo vai dar certo e estarei mto em breve aí, tenho fé !

    Na verdade eu sou um pouco “descolada” em viver a distancia do meu amado, pois ja namoravamos assim…..fiquei phd nesse quesito rs…mas claro q sinto mta falta dele, apenas sei lidar com isso….mas a saudade ta imensa e ando bem chorona.

    bjo
    Grasi

  2. Alice Linck disse:

    é isso aí, graças a Deus existem MUITAS formas de amenizar a saudades hoje em dia:
    webcam, mensagem de texto, blog, skype, email, e a boa e velha energia e sintonia que se tem com a pessoa!
    E no meu caso que é ainda mais estranho…. eu escuto muita coisa (que nem sempre gostaria de escutar)…. mas como eu e meu namorado sempre dizemos um pro outro:
    They think it’s crazy because they don’t know what we have! 🙂
    Um mês passa RAPIDO ! 🙂
    Boa noite !

  1. 11/08/2014

    […] dia 30 de Agosto de 2010 para fazer 4 anos de PhD na Universidade de Toronto. Eu vim para estudar e meu marido ia ficar no Brasil – iria fazer um doutorado misto com aulas aqui no Canadá e pesquisa no Brasil (eu não ia […]

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *